27 de novembro de 2019 em Saúde

Prefeitura de Fortaleza promove dia “D” de vacinação contra o sarampo neste sábado (30/11)

Todos os Postos de Saúde estarão abertos, das 8h às 16h30, para imunizar jovens de 20 a 29 anos


rapaz sendo vacinado por enfermeira
A vacina tríplice viral, que atua contra o sarampo, caxumba e rubéola, faz parte da rotina de imunização e, por isso, está disponível durante todo o ano nos postos de saúde

Neste sábado (30/11), os 113 Postos de Saúde de Fortaleza realizam o dia “D” de vacinação contra o sarampo, encerrando a Campanha Nacional. A mobilização acontece em todo país e a Prefeitura vai estar, por meio da Secretara Municipal da Saúde (SMS), das 8h às 16h30, reforçando a segunda etapa de imunização, voltada para adultos de 20 a 29 anos que não tenham tomado duas doses da vacina ou que estão com o esquema incompleto.

A campanha de vacinação para jovens adultos começou no dia 18 de novembro e cerca de 5.783 pessoas procuraram alguma Unidade de Saúde do Município para receber serem vacinadas. De acordo com a coordenadora de Imunização de Fortaleza, Vanessa Soldatelli, esse público apresenta o segundo maior índice da doença e é o mais difícil de ser alcançado. “As pessoas dentro dessa faixa etária indicada devem procurar o Posto de Saúde mais próximo com cartão de vacina. Caso só tenha apenas uma dose, vai precisar tomar a segunda e, se por ventura, não tiver nenhuma dose, iremos começar o esquema vacinal com duas doses, com intervalo de 30 dias”, explica.

A Campanha Nacional tem o intuito de proteger a população do sarampo e evitar a doença. Altas coberturas vacinais diminuem as chances de propagação do vírus, beneficiando os indivíduos e todos com quem tiverem contato. Em outubro, o Ministério da Saúde realizou a primeira etapa da campanha para crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias que ainda não tinham sido imunizadas ou que estavam com o esquema de vacinação incompleto. Em Fortaleza, a população de crianças foi 100% atingida na meta mensal da campanha.

Vacinação

A vacina tríplice viral, que atua contra o sarampo, caxumba e rubéola, faz parte da rotina de imunização e, por isso, está disponível durante todo o ano nos Postos de Saúde. Ela é dividida em duas doses: a primeira aos 12 meses e a segunda aos 15 meses, com a tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Apenas em situações de risco, como viagens para regiões que enfrentam surtos ou epidemias, a imunização deve ser iniciada aos 6 meses de idade, com a dose zero.

Caso a imunização não tenha ocorrido na faixa etária acima, até os 29 anos são indicadas duas doses com intervalo de 30 dias. Já dos 30 até os 49 anos, uma dose é suficiente. A avaliação da necessidade de vacinar ou não na fase adulta é feita pelos profissionais que atuam nos postos, a partir da avaliação da caderneta de vacinação do usuário.

Serviço:
Dia “D” de vacinação contra o sarampo
Data: 30/11 (sábado)
Horário: 8h às 16h30
Endereços dos postos: https://saude.fortaleza.ce.gov.br/postos-de-saude 

Prefeitura de Fortaleza promove dia “D” de vacinação contra o sarampo neste sábado (30/11)

Todos os Postos de Saúde estarão abertos, das 8h às 16h30, para imunizar jovens de 20 a 29 anos

rapaz sendo vacinado por enfermeira
A vacina tríplice viral, que atua contra o sarampo, caxumba e rubéola, faz parte da rotina de imunização e, por isso, está disponível durante todo o ano nos postos de saúde

Neste sábado (30/11), os 113 Postos de Saúde de Fortaleza realizam o dia “D” de vacinação contra o sarampo, encerrando a Campanha Nacional. A mobilização acontece em todo país e a Prefeitura vai estar, por meio da Secretara Municipal da Saúde (SMS), das 8h às 16h30, reforçando a segunda etapa de imunização, voltada para adultos de 20 a 29 anos que não tenham tomado duas doses da vacina ou que estão com o esquema incompleto.

A campanha de vacinação para jovens adultos começou no dia 18 de novembro e cerca de 5.783 pessoas procuraram alguma Unidade de Saúde do Município para receber serem vacinadas. De acordo com a coordenadora de Imunização de Fortaleza, Vanessa Soldatelli, esse público apresenta o segundo maior índice da doença e é o mais difícil de ser alcançado. “As pessoas dentro dessa faixa etária indicada devem procurar o Posto de Saúde mais próximo com cartão de vacina. Caso só tenha apenas uma dose, vai precisar tomar a segunda e, se por ventura, não tiver nenhuma dose, iremos começar o esquema vacinal com duas doses, com intervalo de 30 dias”, explica.

A Campanha Nacional tem o intuito de proteger a população do sarampo e evitar a doença. Altas coberturas vacinais diminuem as chances de propagação do vírus, beneficiando os indivíduos e todos com quem tiverem contato. Em outubro, o Ministério da Saúde realizou a primeira etapa da campanha para crianças de seis meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias que ainda não tinham sido imunizadas ou que estavam com o esquema de vacinação incompleto. Em Fortaleza, a população de crianças foi 100% atingida na meta mensal da campanha.

Vacinação

A vacina tríplice viral, que atua contra o sarampo, caxumba e rubéola, faz parte da rotina de imunização e, por isso, está disponível durante todo o ano nos Postos de Saúde. Ela é dividida em duas doses: a primeira aos 12 meses e a segunda aos 15 meses, com a tetraviral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela). Apenas em situações de risco, como viagens para regiões que enfrentam surtos ou epidemias, a imunização deve ser iniciada aos 6 meses de idade, com a dose zero.

Caso a imunização não tenha ocorrido na faixa etária acima, até os 29 anos são indicadas duas doses com intervalo de 30 dias. Já dos 30 até os 49 anos, uma dose é suficiente. A avaliação da necessidade de vacinar ou não na fase adulta é feita pelos profissionais que atuam nos postos, a partir da avaliação da caderneta de vacinação do usuário.

Serviço:
Dia “D” de vacinação contra o sarampo
Data: 30/11 (sábado)
Horário: 8h às 16h30
Endereços dos postos: https://saude.fortaleza.ce.gov.br/postos-de-saude