07 de dezembro de 2018 em Fortaleza

Prefeitura de Fortaleza realiza limpeza do Riacho Maceió

Uma equipe operacional composta por 90 agentes está trabalhando, de forma manual, nas margens e no leito do manancial


Homens trabalhando nas margens e no leito do manancial para minimizar os riscos de alagamento.
Homens trabalhando nas margens e no leito do manancial para minimizar os riscos de alagamento.

A Prefeitura de Fortaleza iniciou, por meio da Secretaria Regional II e da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), operação de limpeza do Riacho Maceió, no trecho que compreende o bairro Papicu até o ponto que deságua no mar, na Avenida Beira-Mar. Os trabalhos acontecem como medida preventiva e com o intuito de melhorar o escoamento da água e evitar o transbordamento no período de chuvas intensas.

Para executar os serviços de limpeza, foi escalada uma equipe composta por 90 agentes que trabalham, de forma manual, nas margens e no leito do manancial, recolhendo entulhos, resíduos sólidos, capinação, reparos e desobstrução do assoreamento, a fim de minimizar os riscos de alagamento e melhorar a qualidade de vida dos moradores.

O titular da Secretaria Regional II, Ferruccio Feitosa, explica que esta ação é uma continuidade das intervenções com o intuito de prevenir alagamentos. “Periodicamente, realizamos diversas ações de limpeza com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores e prevenir alagamentos. Neste período do ano, em que ocorrem maiores precipitações, nós intensificamos essas atividades. Mas é importante ressaltar o papel da população, evitando jogar lixo nas ruas, para que não ocasionem alagamentos”, afirma o titular.

Limpeza de canais e bocas de lobo
Ao longo deste ano, a Prefeitura de Fortaleza vem executando um cronograma de limpeza de canais para todos os bairros e Regionais da Cidade, realizando a retirada do lixo e do matagal presente no entorno desses locais. Até o momento, já foram limpas mais de 5 mil bocas de lobo e um total de 89 recursos hídricos na Capital.

Em todos os bairros, a coleta domiciliar de lixo é realizada, no mínimo, três vezes por semana. Atualmente, Fortaleza conta com 51 Ecopontos, distribuídos em todas as sete Regionais, para o recebimento de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. Somente na Regional II dispomos de oito equipamentos, onde a população tem acesso ao benefício do Programa Recicla Fortaleza, que gera desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis.

A gestão municipal conta com a consciência e boa educação da população, para construirmos uma cidade mais acessível e com qualidade de vida para todos.

Prefeitura de Fortaleza realiza limpeza do Riacho Maceió

Uma equipe operacional composta por 90 agentes está trabalhando, de forma manual, nas margens e no leito do manancial

Homens trabalhando nas margens e no leito do manancial para minimizar os riscos de alagamento.
Homens trabalhando nas margens e no leito do manancial para minimizar os riscos de alagamento.

A Prefeitura de Fortaleza iniciou, por meio da Secretaria Regional II e da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), operação de limpeza do Riacho Maceió, no trecho que compreende o bairro Papicu até o ponto que deságua no mar, na Avenida Beira-Mar. Os trabalhos acontecem como medida preventiva e com o intuito de melhorar o escoamento da água e evitar o transbordamento no período de chuvas intensas.

Para executar os serviços de limpeza, foi escalada uma equipe composta por 90 agentes que trabalham, de forma manual, nas margens e no leito do manancial, recolhendo entulhos, resíduos sólidos, capinação, reparos e desobstrução do assoreamento, a fim de minimizar os riscos de alagamento e melhorar a qualidade de vida dos moradores.

O titular da Secretaria Regional II, Ferruccio Feitosa, explica que esta ação é uma continuidade das intervenções com o intuito de prevenir alagamentos. “Periodicamente, realizamos diversas ações de limpeza com o objetivo de melhorar a qualidade de vida dos moradores e prevenir alagamentos. Neste período do ano, em que ocorrem maiores precipitações, nós intensificamos essas atividades. Mas é importante ressaltar o papel da população, evitando jogar lixo nas ruas, para que não ocasionem alagamentos”, afirma o titular.

Limpeza de canais e bocas de lobo
Ao longo deste ano, a Prefeitura de Fortaleza vem executando um cronograma de limpeza de canais para todos os bairros e Regionais da Cidade, realizando a retirada do lixo e do matagal presente no entorno desses locais. Até o momento, já foram limpas mais de 5 mil bocas de lobo e um total de 89 recursos hídricos na Capital.

Em todos os bairros, a coleta domiciliar de lixo é realizada, no mínimo, três vezes por semana. Atualmente, Fortaleza conta com 51 Ecopontos, distribuídos em todas as sete Regionais, para o recebimento de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. Somente na Regional II dispomos de oito equipamentos, onde a população tem acesso ao benefício do Programa Recicla Fortaleza, que gera desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis.

A gestão municipal conta com a consciência e boa educação da população, para construirmos uma cidade mais acessível e com qualidade de vida para todos.