19 de julho de 2022 em Meio ambiente

Prefeitura implanta projeto piloto de sustentabilidade e coleta seletiva nas secretarias municipais

O programa Fortaleza + Sustentável tem o intuito de promover a conscientização ambiental e beneficiar associações de reciclagem cadastradas no Município


homem andando com o saco de reciclagem num corredor
SCSP faz treinamento de coleta seletiva com funcionários das secretarias municipais (Fotos: Kiko Silva)

Estimulando o comportamento sustentável de seus servidores e empenhando-se em servir de exemplo para outras instituições, a Prefeitura de Fortaleza deu início a um projeto piloto de práticas sustentáveis e coleta seletiva nas pastas municipais. O programa Fortaleza + Sustentável atende à Lei 12.305/2010, referente à Política Nacional de Resíduos Sólidos, e prioriza a destinação dos recicláveis produzidos em órgãos públicos para associações de recicladores.

Além da conscientização ambiental, o projeto deve promover redução de gastos ao Município e vai beneficiar associações que trabalham com reciclagem. Entre as práticas incentivadas no ambiente corporativo estão a redução de uso de papéis, utensílios descartáveis e energia, por exemplo.

duas pessoas colocam material na sacola de reciclável
Os big bags são usados para separar materiais recicláveis

As ações do projeto são realizadas por meio da Coordenadoria Especial de Limpeza Urbana (Colimp) da Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), com apoio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), e consistem em uma série de visitas aos órgãos para promover um diálogo sobre escolhas sustentáveis, a forma correta de descartar lixo reciclável e não reciclável, assim como realização de vistorias da área e treinamento. Posteriormente, são instalados os equipamentos, chamados big bags, onde devem ser armazenados os resíduos recicláveis.

A coleta desse material é realizada pela empresa concessionária do Município, a Ecofor. Os resíduos são destinados a associações de reciclagem cadastradas na Prefeitura que, por sua vez, beneficiam-se com a venda do material ou reutilização.

Inicialmente, além da SCSP, outros seis órgãos participam do projeto piloto: Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (Secultfor), e Coordenadoria Especial de Programas Integrados (COPIFor). A ideia é implantar as ações em todas as pastas da Prefeitura.

Prefeitura implanta projeto piloto de sustentabilidade e coleta seletiva nas secretarias municipais

O programa Fortaleza + Sustentável tem o intuito de promover a conscientização ambiental e beneficiar associações de reciclagem cadastradas no Município

homem andando com o saco de reciclagem num corredor
SCSP faz treinamento de coleta seletiva com funcionários das secretarias municipais (Fotos: Kiko Silva)

Estimulando o comportamento sustentável de seus servidores e empenhando-se em servir de exemplo para outras instituições, a Prefeitura de Fortaleza deu início a um projeto piloto de práticas sustentáveis e coleta seletiva nas pastas municipais. O programa Fortaleza + Sustentável atende à Lei 12.305/2010, referente à Política Nacional de Resíduos Sólidos, e prioriza a destinação dos recicláveis produzidos em órgãos públicos para associações de recicladores.

Além da conscientização ambiental, o projeto deve promover redução de gastos ao Município e vai beneficiar associações que trabalham com reciclagem. Entre as práticas incentivadas no ambiente corporativo estão a redução de uso de papéis, utensílios descartáveis e energia, por exemplo.

duas pessoas colocam material na sacola de reciclável
Os big bags são usados para separar materiais recicláveis

As ações do projeto são realizadas por meio da Coordenadoria Especial de Limpeza Urbana (Colimp) da Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), com apoio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), e consistem em uma série de visitas aos órgãos para promover um diálogo sobre escolhas sustentáveis, a forma correta de descartar lixo reciclável e não reciclável, assim como realização de vistorias da área e treinamento. Posteriormente, são instalados os equipamentos, chamados big bags, onde devem ser armazenados os resíduos recicláveis.

A coleta desse material é realizada pela empresa concessionária do Município, a Ecofor. Os resíduos são destinados a associações de reciclagem cadastradas na Prefeitura que, por sua vez, beneficiam-se com a venda do material ou reutilização.

Inicialmente, além da SCSP, outros seis órgãos participam do projeto piloto: Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação de Fortaleza (Citinova), Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (Secultfor), e Coordenadoria Especial de Programas Integrados (COPIFor). A ideia é implantar as ações em todas as pastas da Prefeitura.