19 de maio de 2017 em Social

Prefeitura realiza ação de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes no Cuca Jangurussu

A atividade faz parte de uma série de iniciativas que serão promovidas em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes


18 de Maio no Cuca Barra
Durante o mês, estão acontecendo diferentes ações, como programação educativa e cultural nos Cucas e sensibilização nos shoppings

Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), vinculada à Secretaria de Direitos Humanos, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, realiza, nesta sexta-feira (19/05), a partir das 13h30min, ação educativa e cultural no Cuca Jangurussu. A atividade faz parte de uma série de iniciativas que serão promovidas, em toda a cidade, neste mês, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de Maio, cujo objetivo é alertar e sensibilizar a sociedade para os casos de violência sexual praticados contra crianças e adolescentes.

No Cuca Jangurussu, estão previstas intervenções musicais, de teatro e de dança que abordarão a temática de forma lúdica. Acontecerá ainda apresentação de alunos do circo-escola e de projetos sociais da região. A ideia é envolver a comunidade para que aconteça cada vez mais a multiplocação das informações a respeito da prevenção e do combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

A Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas (CPDrogas) dará um reforço nas ações educativas da campanha, nos dias 16 e 19/05, no Cuca Barra e Jangurussu, respectivamente, desenvolvendo o projeto #Construindosonhos - uma estratégia de prevenção ao uso problemático de álcool, crack e outras drogas, por meio de atividades lúdicas. Haverá oficina de dobradura em papel, distribuição de brides, além de atendimento ao público adolescente acerca da temática, tendo como foco o fortalecimento dos fatores de proteção e disseminação de informações sobre a rede de prevenção e cuidado que o município disponibiliza para este público.

Durante todo o mês, estão acontecendo blitze em feiras livres; ação de sensibilização nos principais shoppings da Cidade; atividades educativas e culturais nos Cucas; e distribuição de materiais informativos no Terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, terminais do Papicu, Siqueira, Parangaba e Antônio Bezerra.

O Dia D da Campanha foi o 18 de maio, quando o prefeito Roberto Cláudio, em parceria com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), inaugurou a primeira sala de depoimento especial de Fortaleza, no Fórum Clóvis Beviláqua. O espaço será destinado para a escuta humanizada de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

Em 2016, em todo o País, a violência sexual foi a quarta violação contra crianças e adolescentes mais denunciada no Disque 100. Ao longo do ano passado, o Disque 100 recebeu 144.580 denúncias relacionadas a algum tipo de violação de direitos contra crianças e adolescentes, destas 15.707 estavam relacionadas à violência sexual, o que representa uma média de 43 casos por dia.

Rede Aquarela
Promovido pela Funci, o Programa Rede Aquarela desenvolve ações de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, sendo responsável por promover e articular atividades de prevenção, atendimento especializado, mobilização e articulação comunitária, em parceria com as instituições que compõem os eixos de promoção, defesa e controle social do Sistema de Garantia de Direitos.

Disque 100
O serviço funciona 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido. As demandas recebidas pelo Disque 100 são encaminhadas, no prazo máximo de 24 horas, aos órgãos competentes. O Disque Direitos Humanos (Disque 100) é coordenado pela Secretaria de Direitos Humanos e é o principal canal de comunicação da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos.

Conselho Tutelar
O Conselho Tutelar é um órgão autônomo, essencial ao Sistema de Garantia de Direitos, responsável por zelar pelo cumprimento dos direitos de crianças e adolescentes. Quando há suspeita de violência sexual é importante acionar o Conselho Tutelar. Denunciar é o primeiro passo para romper o silêncio contra esse crime. Fortaleza conta com oito Conselhos Tutelares.


Serviço
Ação educativa e cultural
Dia: 19/05 (sexta-feira)
Horário: 13h30min
Local: Cuca Jangurussu (Av. Gov. Leonel Brizola, s/n – Jangurussu)

Programação completa
Sexta-feira (19/05)
Ação educativa e cultural
Horário: das 13h30 às 16h
Local: Cuca do Jangurussu
Av. Gov. Leonel Brizola, s/n – Jangurussu
Estande com orientação e distribuição de material informativo no Shopping Benfica
Horário: das 17h às 22h
Local: Av. Carapinima, 2200 - Benfica
Sábado e Domingo (20 e 21/05)
Estande com orientação e distribuição de material informativo no Shopping Benfica
Horário: das 17h às 22h
Local: Av. Carapinima, 2200 – Benfica
Segunda-feira (22/05)
Ação de sensibilização no Terminal do Papicu
Horário: das 8h às 11h
Local: R. Pereira de Miranda, 80 - Papicu
Terça-feira (23/05)
Ação de sensibilização no Terminal da Parangaba
Horário: das 8h às 11h
Local: R. Napoleão Quezado, 10 - Parangaba
Quarta-feira (24/05)
Ação de sensibilização no Terminal do Antônio Bezerra
Horário: das 8h às 11h
Local: Av. Demétrio Menezes, 3467
Quinta-feira (25/05)
Ação de sensibilização no Terminal do Siqueira
Horário: das 8h às 11h
Local: Av. Gen. Osório de Paiva, 2955
Sexta-feira (26/05)
Atividade educativa na Praça da Estação
Horário: das 8h às 11h
Local: R. Castro e Silva, s/n - Centro
Sábado e Domingo (27 e 28/05)
Estande com orientação e distribuição de material informativo no Shopping Parangaba
Horário: das 17h às 22h
Local: Rua Germano Franck, 300 – Parangaba
Segunda e terça-feira (30 e 31/05)
Oficina Vira Vida
Horário: das 14h às 16h
Local: SESI Parangaba
Av. João Pessoa, 6754 - Parangaba

 

Prefeitura realiza ação de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes no Cuca Jangurussu

A atividade faz parte de uma série de iniciativas que serão promovidas em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

18 de Maio no Cuca Barra
Durante o mês, estão acontecendo diferentes ações, como programação educativa e cultural nos Cucas e sensibilização nos shoppings

Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci), vinculada à Secretaria de Direitos Humanos, Desenvolvimento Social e Combate à Fome, realiza, nesta sexta-feira (19/05), a partir das 13h30min, ação educativa e cultural no Cuca Jangurussu. A atividade faz parte de uma série de iniciativas que serão promovidas, em toda a cidade, neste mês, em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, 18 de Maio, cujo objetivo é alertar e sensibilizar a sociedade para os casos de violência sexual praticados contra crianças e adolescentes.

No Cuca Jangurussu, estão previstas intervenções musicais, de teatro e de dança que abordarão a temática de forma lúdica. Acontecerá ainda apresentação de alunos do circo-escola e de projetos sociais da região. A ideia é envolver a comunidade para que aconteça cada vez mais a multiplocação das informações a respeito da prevenção e do combate à violência sexual contra crianças e adolescentes

A Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas (CPDrogas) dará um reforço nas ações educativas da campanha, nos dias 16 e 19/05, no Cuca Barra e Jangurussu, respectivamente, desenvolvendo o projeto #Construindosonhos - uma estratégia de prevenção ao uso problemático de álcool, crack e outras drogas, por meio de atividades lúdicas. Haverá oficina de dobradura em papel, distribuição de brides, além de atendimento ao público adolescente acerca da temática, tendo como foco o fortalecimento dos fatores de proteção e disseminação de informações sobre a rede de prevenção e cuidado que o município disponibiliza para este público.

Durante todo o mês, estão acontecendo blitze em feiras livres; ação de sensibilização nos principais shoppings da Cidade; atividades educativas e culturais nos Cucas; e distribuição de materiais informativos no Terminal Rodoviário Engenheiro João Tomé, no Aeroporto Internacional Pinto Martins, terminais do Papicu, Siqueira, Parangaba e Antônio Bezerra.

O Dia D da Campanha foi o 18 de maio, quando o prefeito Roberto Cláudio, em parceria com o Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), inaugurou a primeira sala de depoimento especial de Fortaleza, no Fórum Clóvis Beviláqua. O espaço será destinado para a escuta humanizada de crianças e adolescentes vítimas de violência sexual.

Em 2016, em todo o País, a violência sexual foi a quarta violação contra crianças e adolescentes mais denunciada no Disque 100. Ao longo do ano passado, o Disque 100 recebeu 144.580 denúncias relacionadas a algum tipo de violação de direitos contra crianças e adolescentes, destas 15.707 estavam relacionadas à violência sexual, o que representa uma média de 43 casos por dia.

Rede Aquarela
Promovido pela Funci, o Programa Rede Aquarela desenvolve ações de enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes, sendo responsável por promover e articular atividades de prevenção, atendimento especializado, mobilização e articulação comunitária, em parceria com as instituições que compõem os eixos de promoção, defesa e controle social do Sistema de Garantia de Direitos.

Disque 100
O serviço funciona 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido. As demandas recebidas pelo Disque 100 são encaminhadas, no prazo máximo de 24 horas, aos órgãos competentes. O Disque Direitos Humanos (Disque 100) é coordenado pela Secretaria de Direitos Humanos e é o principal canal de comunicação da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos.

Conselho Tutelar
O Conselho Tutelar é um órgão autônomo, essencial ao Sistema de Garantia de Direitos, responsável por zelar pelo cumprimento dos direitos de crianças e adolescentes. Quando há suspeita de violência sexual é importante acionar o Conselho Tutelar. Denunciar é o primeiro passo para romper o silêncio contra esse crime. Fortaleza conta com oito Conselhos Tutelares.


Serviço
Ação educativa e cultural
Dia: 19/05 (sexta-feira)
Horário: 13h30min
Local: Cuca Jangurussu (Av. Gov. Leonel Brizola, s/n – Jangurussu)

Programação completa
Sexta-feira (19/05)
Ação educativa e cultural
Horário: das 13h30 às 16h
Local: Cuca do Jangurussu
Av. Gov. Leonel Brizola, s/n – Jangurussu
Estande com orientação e distribuição de material informativo no Shopping Benfica
Horário: das 17h às 22h
Local: Av. Carapinima, 2200 - Benfica
Sábado e Domingo (20 e 21/05)
Estande com orientação e distribuição de material informativo no Shopping Benfica
Horário: das 17h às 22h
Local: Av. Carapinima, 2200 – Benfica
Segunda-feira (22/05)
Ação de sensibilização no Terminal do Papicu
Horário: das 8h às 11h
Local: R. Pereira de Miranda, 80 - Papicu
Terça-feira (23/05)
Ação de sensibilização no Terminal da Parangaba
Horário: das 8h às 11h
Local: R. Napoleão Quezado, 10 - Parangaba
Quarta-feira (24/05)
Ação de sensibilização no Terminal do Antônio Bezerra
Horário: das 8h às 11h
Local: Av. Demétrio Menezes, 3467
Quinta-feira (25/05)
Ação de sensibilização no Terminal do Siqueira
Horário: das 8h às 11h
Local: Av. Gen. Osório de Paiva, 2955
Sexta-feira (26/05)
Atividade educativa na Praça da Estação
Horário: das 8h às 11h
Local: R. Castro e Silva, s/n - Centro
Sábado e Domingo (27 e 28/05)
Estande com orientação e distribuição de material informativo no Shopping Parangaba
Horário: das 17h às 22h
Local: Rua Germano Franck, 300 – Parangaba
Segunda e terça-feira (30 e 31/05)
Oficina Vira Vida
Horário: das 14h às 16h
Local: SESI Parangaba
Av. João Pessoa, 6754 - Parangaba