17 de dezembro de 2019 em Social

Prefeitura realiza amistoso de futsal com usuários atendidos na Rede de Atenção Psicossocial

Torneio ocorre nesta quarta-feira (18/12), das 8h às 14h, no Ginásio Paulo Sarasate


A Prefeitura de Fortaleza promove, por intermédio da Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas, mais um torneio InterCaps de futsal, formado por usuários em acompanhamento nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (Caps AD) e Unidades de Acolhimento (UAs), equipamentos municipais que atendem e acolhem os dependentes químicos. A competição acontece nesta quarta-feira (18/12), no Ginásio Paulo Sarasate, das 8h às 14h,

As atividades de inserção social, por meio do esporte e lazer junto aos usuários de álcool, crack e outras drogas fazem parte do projeto Atlética Raps. Nesta edição da competição, os Caps das Regionais I, III, VI e Centro estarão envolvidos na estratégia de Redução de Danos (RD) dentro do Projeto Terapêutico Singular, proporcionando o cuidado desses indivíduos.

De acordo com a assistente social da CPDrogas e organizadora do amistoso, Andrea Moreira além de proporcionar saúde aos participantes, a prática de atividade física garante a socialização, integração, autonomia e momentos de protagonismo, nem sempre vividos por eles em suas trajetórias de vida. “O futebol também é uma ferramenta terapêutica no cuidado em saúde mental e proporciona espaços de trocas de afetividades e construção da subjetividade, fatores importantes para a reabilitação psicossocial de quem enfrenta a dependência química”, reforça.

Projeto Atlética Raps

Em Fortaleza, cerca de 275 usuários acompanhados pelos Caps e UAs já foram contemplados pelo projeto. Anualmente, no evento da Semana Municipal sobre Drogas, no mês de junho, é realizado um grande torneio. Até lá, semanalmente os pacientes participam de treinamentos em espaços esportivos do município, com o acompanhamento de um profissional de referência de cada equipamento.

A prática de exercícios aumenta o condicionamento físico, melhora a autoestima e altera os hormônios do Sistema Nervoso Central (SCN). Um deles é a endorfina, responsável pela sensação de prazer e que também diminui a ansiedade, irritabilidade, além de sensações frequentes na luta da dependência química. Além disso, fortalece os vínculos entre os pacientes, incentivando-os a permanecer no tratamento, sendo uma ferramenta de adoção de hábitos saudáveis.

Serviço
Torneio de futsal
Data: 18/12 (quarta-feira)
Horário: 8h às 14h
Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050 - Dionísio Torres)

Prefeitura realiza amistoso de futsal com usuários atendidos na Rede de Atenção Psicossocial

Torneio ocorre nesta quarta-feira (18/12), das 8h às 14h, no Ginásio Paulo Sarasate

A Prefeitura de Fortaleza promove, por intermédio da Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas, mais um torneio InterCaps de futsal, formado por usuários em acompanhamento nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (Caps AD) e Unidades de Acolhimento (UAs), equipamentos municipais que atendem e acolhem os dependentes químicos. A competição acontece nesta quarta-feira (18/12), no Ginásio Paulo Sarasate, das 8h às 14h,

As atividades de inserção social, por meio do esporte e lazer junto aos usuários de álcool, crack e outras drogas fazem parte do projeto Atlética Raps. Nesta edição da competição, os Caps das Regionais I, III, VI e Centro estarão envolvidos na estratégia de Redução de Danos (RD) dentro do Projeto Terapêutico Singular, proporcionando o cuidado desses indivíduos.

De acordo com a assistente social da CPDrogas e organizadora do amistoso, Andrea Moreira além de proporcionar saúde aos participantes, a prática de atividade física garante a socialização, integração, autonomia e momentos de protagonismo, nem sempre vividos por eles em suas trajetórias de vida. “O futebol também é uma ferramenta terapêutica no cuidado em saúde mental e proporciona espaços de trocas de afetividades e construção da subjetividade, fatores importantes para a reabilitação psicossocial de quem enfrenta a dependência química”, reforça.

Projeto Atlética Raps

Em Fortaleza, cerca de 275 usuários acompanhados pelos Caps e UAs já foram contemplados pelo projeto. Anualmente, no evento da Semana Municipal sobre Drogas, no mês de junho, é realizado um grande torneio. Até lá, semanalmente os pacientes participam de treinamentos em espaços esportivos do município, com o acompanhamento de um profissional de referência de cada equipamento.

A prática de exercícios aumenta o condicionamento físico, melhora a autoestima e altera os hormônios do Sistema Nervoso Central (SCN). Um deles é a endorfina, responsável pela sensação de prazer e que também diminui a ansiedade, irritabilidade, além de sensações frequentes na luta da dependência química. Além disso, fortalece os vínculos entre os pacientes, incentivando-os a permanecer no tratamento, sendo uma ferramenta de adoção de hábitos saudáveis.

Serviço
Torneio de futsal
Data: 18/12 (quarta-feira)
Horário: 8h às 14h
Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050 - Dionísio Torres)