02 de outubro de 2019 em Economia

Prefeitura vai realizar Mutirão de Renegociação de Dívidas no Ginásio Paulo Sarasate

Mutirão ocorre de 7 a 11 de outubro (segunda a sexta-feira), das 8h às 17h


A Prefeitura vai realizar, por meio do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), o Mutirão de Renegociação de Dívidas, entre os dias 7 e 11 de outubro (segunda a sexta-feira), no Ginásio Paulo Sarasate. Para o Procon, este promete ser o maior evento de conciliação de dívidas já promovido pelo Órgão. Os descontos podem chegar a 95% no valor da dívida. Pelo menos, 50 guichês vão atender simultaneamente.

Serão distribuídas 400 senhas por dia. O Procon espera cerca de 1.200 negociações diariamente, totalizando 6.000 operações em uma semana. Isso porque os consumidores possuem, em média, três dívidas a serem renegociadas. Pelo menos, 45 empresas entre grupos e conglomerados se habilitaram a participar do mutirão.

Cláudia Santos, diretora do Procon Fortaleza, explica que foram estabelecidas condições para que as empresas possam participar do mutirão. "Solicitamos às empresas que ofereçam descontos e prazos especiais para o pagamento da dívida. Sem essas condições, não haveria motivo para participar do mutirão", esclareceu.

Ainda segundo a Diretora, a escolha do Ginásio Paulo Sarasate permite que o consumidor tenha mais conforto contando com área coberta e assentos suficientes.

O Procon também preparou divulgação nos terminais de ônibus da capital, que recebem entre os quarta e sexta-feira (02 a 04/10), panfletagem com material explicando a realização do mutirão, bem como a lista das empresas participantes.

Empresas participantes 

Documentos
É preciso levar cópias da documentação pessoal e do comprovante de endereço e ainda de faturas de cobrança ou de contratos que comprovem a situação a ser renegociada com a empresa. Só podem participar consumidores residentes na Capital.

Principais problemas

O número de consumidores com problemas financeiros que procuram o Procon Fortaleza tem aumentado sucessivamente nos últimos anos. Saiu de 5.856 em 2015 para 7.957, em 2016, um aumento de 35,87%. Em 2017, saltou para 8.505, uma elevação de 6,88% frente ao período anterior. No ano passado, esse número chegou a 8.936, representando um aumento de 5% se comparado ao ano de 2017. Os consumidores se queixam, principalmente, de cobrança indevida e de juros e multas abusivos.

O Procon lembra que aqueles consumidores que não sabem qual tipo de dívida possuem e nem o valor do débito devem procurar antes o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e solicitar um extrato detalhado da dívida.

O telefone do Procon Fortaleza para denúncias e informações é o 151.

Balanço 2018

No ano passado, o Mutirão de Renegociação de Dívidas, que também ocorreu em outubro, superou as expectativas do Procon. Houve um aumento de 208% na quantidade de atendimentos, se comparado com o mutirão de 2017 (2.348 em 2018 contra 762 em 2017). O índice de resolutividade também subiu, passando de 68% para 83%.

Cerca de 1.494 consumidores procuraram o Procon para renegociar dívidas com bancos, operadoras de cartão de crédito e empresas que emprestam dinheiro, o que corresponde a 83% do total de 2.348 atendimentos. Em seguida, 211 consumidores (9%) buscaram a intermediação do Procon para renegociar dívidas com a concessionária de energia elétrica. Outros 188 consumidores (8%) registraram insatisfação com cobranças abusivas de empresas de telefonia.

Pelo menos 65% do total, cerca de 1.526 atendimentos, foram do sexo feminino, enquanto que 822 reclamações foram do sexo masculino, o que corresponde a 35%.

Serviço
Mutirão de Renegociação de Dívidas
Data: 07 a 11/10 (segunda a sexta-feira0
Horário: 8h às 17h
Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050 - Dionísio Torres - entrada pela Rua Antônio Augusto)

Prefeitura vai realizar Mutirão de Renegociação de Dívidas no Ginásio Paulo Sarasate

Mutirão ocorre de 7 a 11 de outubro (segunda a sexta-feira), das 8h às 17h

A Prefeitura vai realizar, por meio do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), o Mutirão de Renegociação de Dívidas, entre os dias 7 e 11 de outubro (segunda a sexta-feira), no Ginásio Paulo Sarasate. Para o Procon, este promete ser o maior evento de conciliação de dívidas já promovido pelo Órgão. Os descontos podem chegar a 95% no valor da dívida. Pelo menos, 50 guichês vão atender simultaneamente.

Serão distribuídas 400 senhas por dia. O Procon espera cerca de 1.200 negociações diariamente, totalizando 6.000 operações em uma semana. Isso porque os consumidores possuem, em média, três dívidas a serem renegociadas. Pelo menos, 45 empresas entre grupos e conglomerados se habilitaram a participar do mutirão.

Cláudia Santos, diretora do Procon Fortaleza, explica que foram estabelecidas condições para que as empresas possam participar do mutirão. "Solicitamos às empresas que ofereçam descontos e prazos especiais para o pagamento da dívida. Sem essas condições, não haveria motivo para participar do mutirão", esclareceu.

Ainda segundo a Diretora, a escolha do Ginásio Paulo Sarasate permite que o consumidor tenha mais conforto contando com área coberta e assentos suficientes.

O Procon também preparou divulgação nos terminais de ônibus da capital, que recebem entre os quarta e sexta-feira (02 a 04/10), panfletagem com material explicando a realização do mutirão, bem como a lista das empresas participantes.

Empresas participantes 

Documentos
É preciso levar cópias da documentação pessoal e do comprovante de endereço e ainda de faturas de cobrança ou de contratos que comprovem a situação a ser renegociada com a empresa. Só podem participar consumidores residentes na Capital.

Principais problemas

O número de consumidores com problemas financeiros que procuram o Procon Fortaleza tem aumentado sucessivamente nos últimos anos. Saiu de 5.856 em 2015 para 7.957, em 2016, um aumento de 35,87%. Em 2017, saltou para 8.505, uma elevação de 6,88% frente ao período anterior. No ano passado, esse número chegou a 8.936, representando um aumento de 5% se comparado ao ano de 2017. Os consumidores se queixam, principalmente, de cobrança indevida e de juros e multas abusivos.

O Procon lembra que aqueles consumidores que não sabem qual tipo de dívida possuem e nem o valor do débito devem procurar antes o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e solicitar um extrato detalhado da dívida.

O telefone do Procon Fortaleza para denúncias e informações é o 151.

Balanço 2018

No ano passado, o Mutirão de Renegociação de Dívidas, que também ocorreu em outubro, superou as expectativas do Procon. Houve um aumento de 208% na quantidade de atendimentos, se comparado com o mutirão de 2017 (2.348 em 2018 contra 762 em 2017). O índice de resolutividade também subiu, passando de 68% para 83%.

Cerca de 1.494 consumidores procuraram o Procon para renegociar dívidas com bancos, operadoras de cartão de crédito e empresas que emprestam dinheiro, o que corresponde a 83% do total de 2.348 atendimentos. Em seguida, 211 consumidores (9%) buscaram a intermediação do Procon para renegociar dívidas com a concessionária de energia elétrica. Outros 188 consumidores (8%) registraram insatisfação com cobranças abusivas de empresas de telefonia.

Pelo menos 65% do total, cerca de 1.526 atendimentos, foram do sexo feminino, enquanto que 822 reclamações foram do sexo masculino, o que corresponde a 35%.

Serviço
Mutirão de Renegociação de Dívidas
Data: 07 a 11/10 (segunda a sexta-feira0
Horário: 8h às 17h
Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050 - Dionísio Torres - entrada pela Rua Antônio Augusto)