10 de julho de 2018 em Meio ambiente

Programa de Adoção contempla praça na Regional V

Aproximadamente 78% das adoções na Regional V de Fortaleza partem de pessoas físicas


Praça São Francisco de Assis (Regional V)
A Praça São Francisco de Assis, conhecida como Praça do Canidezinho, foi oficialmente adotada

A união entre o poder público e um morador do bairro Canindezinho (Regional V), está transformando a realidade de uma importante área de lazer e convivência: a Praça São Francisco de Assis, que possui aproximadamente 4 mil m² e é considerada pela comunidade como um dos principais locais de lazer do bairro.

A Prefeitura de Fortaleza reformou o espaço no ano de 2016, implantando nova iluminação (luz branca), novo piso e lixeiras. Agora, o senhor Francisco José, conhecido como Franco, adotou oficialmente a praça, por meio do Programa Adoção de Praças e Áreas Verdes, e se tornou parceiro do poder público na manutenção do espaço.

Morador do bairro há mais de 15 anos, Franco conta que sua primeira ação, após se tornar oficialmente adotante, foi mobilizae a comunidade para trabalhar em prol da cidadania. “A Prefeitura realizava limpeza e pintura na praça, só que em questão de segundos a juventude sujava tudo. Vendo uma grande necessidade de resolver esta questão, conversei com os moradores e comerciantes para fazemos um trabalho nesta praça e este trabalho está sendo feito, com a ajuda da juventude, que antes trabalhava contra isso. Conseguimos educar a nossa comunidade e ter o apoio e o respeito dos jovens e nós já conseguimos um crescimento. Nosso projeto tem o objetivo de resgatar a cidadania da nossa comunidade. É gratificante ver as famílias voltando para a Praça São Francisco", comemora o adotante.

Atualmente, a Prefeitura de Fortaleza possui 223 espaços públicos adotados em toda a cidade. A Regional V é a área que concentra o maior número, com 68 espaços, sendo 53 adotados por pessoas físicas e 15 por pessoa jurídica.

“É gratificante acompanharmos o compromisso da sociedade com a cidade, quando percebemos que aproximadamente 78% das adoções na Regional V de Fortaleza partem de pessoas físicas. É a união da prefeitura com a comunidade. É uma mudança de cultura”, afirma Águeda Muniz, titular da Seuma.

“Estamos em constante diálogo com a comunidade, conscientizando sobre a necessidade da população conservar os espaços públicos, assegurando a preservação dos ambientes. Através deste diálogo, estamos conquistando parceiros que oficializam, por meio do programa municipal de adoção, sua vontade de realizar gentilezas urbanas. Assim, coletivamente, auxiliando o poder público a cuidar de praças, parques, canteiros, dentre outros. Agradecemos a todos os adotantes pela belíssima iniciativa”, enfatiza Ronaldo Nogueira, secretário da Regional V.

Ao longo de cinco anos de existência do Programa Adoção de Praças e Áreas Verdes, coordenado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), em parceria com as Secretarias Regionais, o poder público economizou aproximadamente R$ 30 milhões, que seriam aplicados na manutenção desses espaços públicos adotados.

“Esta economia possibilitou que a Prefeitura investisse em outros benefícios para o cidadão. O nosso intuito, através desta parceria com os mais diversos segmentos da sociedade civil, é promover não só melhorias urbanas, mas também melhorias ambientais e paisagísticas, despertando o voluntariado e o sentimento de pertença, fazendo com que a sociedade reflita sobre seu papel primordial na manutenção das áreas comunitárias de lazer e convivência”, enfatiza Águeda.

Entidades da iniciativa privada, pessoas jurídicas ou físicas, associação de moradores, associações de bairros, centros comunitários, clube de serviços são alguns segmentos que podem adotar espaços públicos. Procure a Regional do seu bairro ou a Seuma.

Programa de Adoção contempla praça na Regional V

Aproximadamente 78% das adoções na Regional V de Fortaleza partem de pessoas físicas

Praça São Francisco de Assis (Regional V)
A Praça São Francisco de Assis, conhecida como Praça do Canidezinho, foi oficialmente adotada

A união entre o poder público e um morador do bairro Canindezinho (Regional V), está transformando a realidade de uma importante área de lazer e convivência: a Praça São Francisco de Assis, que possui aproximadamente 4 mil m² e é considerada pela comunidade como um dos principais locais de lazer do bairro.

A Prefeitura de Fortaleza reformou o espaço no ano de 2016, implantando nova iluminação (luz branca), novo piso e lixeiras. Agora, o senhor Francisco José, conhecido como Franco, adotou oficialmente a praça, por meio do Programa Adoção de Praças e Áreas Verdes, e se tornou parceiro do poder público na manutenção do espaço.

Morador do bairro há mais de 15 anos, Franco conta que sua primeira ação, após se tornar oficialmente adotante, foi mobilizae a comunidade para trabalhar em prol da cidadania. “A Prefeitura realizava limpeza e pintura na praça, só que em questão de segundos a juventude sujava tudo. Vendo uma grande necessidade de resolver esta questão, conversei com os moradores e comerciantes para fazemos um trabalho nesta praça e este trabalho está sendo feito, com a ajuda da juventude, que antes trabalhava contra isso. Conseguimos educar a nossa comunidade e ter o apoio e o respeito dos jovens e nós já conseguimos um crescimento. Nosso projeto tem o objetivo de resgatar a cidadania da nossa comunidade. É gratificante ver as famílias voltando para a Praça São Francisco", comemora o adotante.

Atualmente, a Prefeitura de Fortaleza possui 223 espaços públicos adotados em toda a cidade. A Regional V é a área que concentra o maior número, com 68 espaços, sendo 53 adotados por pessoas físicas e 15 por pessoa jurídica.

“É gratificante acompanharmos o compromisso da sociedade com a cidade, quando percebemos que aproximadamente 78% das adoções na Regional V de Fortaleza partem de pessoas físicas. É a união da prefeitura com a comunidade. É uma mudança de cultura”, afirma Águeda Muniz, titular da Seuma.

“Estamos em constante diálogo com a comunidade, conscientizando sobre a necessidade da população conservar os espaços públicos, assegurando a preservação dos ambientes. Através deste diálogo, estamos conquistando parceiros que oficializam, por meio do programa municipal de adoção, sua vontade de realizar gentilezas urbanas. Assim, coletivamente, auxiliando o poder público a cuidar de praças, parques, canteiros, dentre outros. Agradecemos a todos os adotantes pela belíssima iniciativa”, enfatiza Ronaldo Nogueira, secretário da Regional V.

Ao longo de cinco anos de existência do Programa Adoção de Praças e Áreas Verdes, coordenado pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), em parceria com as Secretarias Regionais, o poder público economizou aproximadamente R$ 30 milhões, que seriam aplicados na manutenção desses espaços públicos adotados.

“Esta economia possibilitou que a Prefeitura investisse em outros benefícios para o cidadão. O nosso intuito, através desta parceria com os mais diversos segmentos da sociedade civil, é promover não só melhorias urbanas, mas também melhorias ambientais e paisagísticas, despertando o voluntariado e o sentimento de pertença, fazendo com que a sociedade reflita sobre seu papel primordial na manutenção das áreas comunitárias de lazer e convivência”, enfatiza Águeda.

Entidades da iniciativa privada, pessoas jurídicas ou físicas, associação de moradores, associações de bairros, centros comunitários, clube de serviços são alguns segmentos que podem adotar espaços públicos. Procure a Regional do seu bairro ou a Seuma.