01 de janeiro de 2020 em Turismo

Réveillon de Fortaleza 2020 reúne mais de 1,2 milhão de pessoas no Aterro da Praia de Iracema

Matheus e Kauan, Alok, Fagner, Nando Reis, Jorge Ben Jor e Simone e Simaria foram algumas das atrações da festa da virada


multidão de pessoas e fogos ao fundo no mar
O Réveillon de Fortaleza contou com 12 minutos de queima de fogos no espigão da Praia de Iracema

A chegada de 2020 em Fortaleza foi marcada por muita alegria e desejos de boas novas por mais de 1,2 milhão de fortalezenses e turistas que celebraram juntos a virada do ano no Aterro da Praia de Iracema. Lá, o público assistiu a um dos maiores shows pirotécnicos do Brasil, que iluminou o céu da capital cearense por 12 minutos. O evento teve apoio do Governo do Estado e patrocínio da Skol Puro Malte.

O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da primeira-dama, Carol Bezerra, compareceu à festa, destacou a importância da ocasião e agradeceu a todos os que constroem juntos uma Fortaleza melhor. “Uma palavra de gratidão, gratidão pelo trabalho, pela parceria, gratidão pela paciência, gratidão pelos gestos de gentileza e, sobretudo, pelo suor e pelo trabalho de muitos fortalezenses que têm ajudado a transformar nossa Cidade. Também desejo boas energias e bons fluidos para o ano de 2020, além de paz, saúde e harmonia à nossa Fortaleza”, disse.

dj em cima de palco com braços pra cima e público em frente assistindo
O DJ Alok comandou a contagem regressiva para a chegada de 2020

Artistas nacionais e locais comandaram a programação, que teve início às 16h30 do dia 31 de dezembro e seguiu até as 6h do dia 1º de janeiro. Os shows ficaram por conta de grandes intérpretes da música brasileira, trazendo diferentes ritmos para todos os gostos.

Passaram pelo palco principal vários artistas, entre eles, a dupla Matheus e Kauan. “Fortaleza é uma cidade que a gente ama muito. Já estávamos na expectativa de quando viríamos e, para nós, é uma honra cantar para mais de 1 milhão de pessoas. Foi incrível e todo mundo participou. Foi bom demais!”, destacou a dupla.

Os cearenses Marcos Lessa e Fagner também subiram ao palco. Em seguida, foi a vez do DJ Alok animar a festa da virada. Ele também foi o responsável pela contagem regressiva. E após 12 minutos de fogos, o cantor Jorge Ben Jor subiu ao palco, seguido de Nando Reis, Simone e Simaria e as bandas Mastruz com Leite, Limão com Mel e Calcinha Preta., que encerraram a festa com muito forró das antigas.

Já no Palco Fortaleza, instalado no Aterrinho da Praia de Iracema, o público conferiu shows de artistas locais, contemplando a cena independente da Cidade. Coletivo de DJs Rebel Women, DJ Priscilla Delgado, grupo Na Quebrada do Côco, banda Ghetto Roots, Luiza Nobel e Getúlio Abelha foram as atrações.

ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA RECEBE PÚBLICO DE FORTALEZENSES E TURISTAS PARA A CHEGADA DE 2020

Ainda à luz do último pôr-do-sol do ano de 2019, fortalezenses e turistas foram, aos poucos, chegando ao aterro da Praia de Iracema. A tradicional festa de Réveillon de Fortaleza, ao reunir mais de 1,2 milhão de pessoas, foi palco democrático para manifestações de alegria, de prosperidade e de esperança para 2020.

Cadeiras, guarda-sóis, tendas, isopores, alegria e disposição compuseram o cenário que se formara em toda a extensão daquele território durante 14 horas de evento. Um figurino diversificado invadiu as areias fortalezenses. Além do habitual branco, vários tons ofereceram um colorido especial a quem acredita na influência das cores, dos acessórios e demais rituais desta época.

senhora sentada em cadeira de rodas posando para a foto com palco e pessoas ao fundo
Terezinha da Silva chegou cedo, garantiu lugar privilegiado e aprovou a acessibilidade da estrutura

Em cada coração, uma crença. A aposentada Terezinha da Silva chegou cedo, garantiu lugar privilegiado e detalhou o que espera de 2020. “Para o ano que vai chegar, desejo muitas alegrias. Muita saúde. Minha tão sonhada cirurgia da mama, que vai me garantir maior qualidade de vida. Cheguei ao longo da tarde, gostei da acessibilidade. Vim de roupa colorida para garantir muitas coisas positivas. Minha maior ansiedade é ver os fogos”, contou.

Diante de um público plural, composto por protagonistas de histórias diversas, artistas consagrados no cenário local e nacional comandaram a celebração. Iniciada ao cair da tarde, a programação contou com as apresentações de Marcus Café, Chambinho do Acordeón, Jonnas Alves, Ludmila Amaral, Waldonys, Paulo José e Roberta Fiúza.

Marcos Lessa, intérprete vencedor do Festival da Música de Fortaleza 2019, parabenizou a Prefeitura pela realização de uma festa ampla e democrática. “É uma alegria fechar 2019 com chave de ouro. Esperamos começar 2020 com boas mensagens e amor no coração”, declarou o artista, que, na oportunidade, apresentou ao público a canção “Virá em Dobro”, cuja mensagem carrega um simbolismo para o ano que se inicia.

Comandando a hora do Ângelus, Waldonys subiu ao palco trazendo, em seguida, um repertório pautado por grandes sucessos de sua carreira. “Falando como fortalezense, sinto orgulho de estar aqui. Falando como artista, é uma honra. Já participei do Réveillon de Fortaleza muitas vezes. Também já estive em outros lugares, em outras capitais, mas tocar em casa sempre terá um sabor diferente. A energia é muito forte. Tudo é preparado com muito carinho. A estrutura é top. A gente espera que 2020 seja um ano cheio de saúde, de paz, de forró, de música e de alegria”, afirmou.

grupo de mulheres em frente de mesa de som com braços levantados e sorrindo para a foto
Coletivo de DJs Rebel Woman no Palco Fortaleza

O Palco Fortaleza despontou como uma das novidades do Réveillon 2020. O público aprovou a escolha das atrações, cujo repertório autoral garantiu espaço à cena independente. O turista alagoano Rafael Pedro Resende enfatizou a relevância da pluralidade de gêneros musicais do evento, destacando o espaço garantido às atrações locais. “Fortaleza é um lugar lindo demais para se visitar. Amo a Cidade, as praias, as pessoas, a cultura. Essas atrações regionais me deixam apaixonado. Merecem muito mais espaço. E é isso que nós vemos aqui”, avaliou.

Diante da minimização do investimento público no evento, o Réveillon de Fortaleza, patrocinado pela Skol Puro Malte e apoiado pelo Governo do Estado do Ceará, vem possibilitando a potencialização dos recursos injetados na Capital neste período. Consolidada como a segunda maior festa do País no tocante ao impacto econômico, Fortaleza fica atrás somente do Rio de Janeiro. Segundo dados do Ministério do Turismo, 650 mil turistas vieram à Cidade em dezembro, fortalecendo uma movimentação financeira relativa a R$ 1,6 bilhão.

guardas de trânsito conversando com pessoas em avenida
Agentes da AMC atuaram na organização do tráfego

O professor Rogério Cardoso, acompanhado da família, elogiou a logística operacional estabelecida pela Prefeitura para o transporte público, assegurada pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), e à distribuição estratégica de serviços para garantir o conforto e a segurança dos presentes. “Esse cuidado em disponibilizar um bolsão gratuito no estacionamento do Shopping RioMar foi muito interessante. A gente chegou com tranquilidade e conforto. Além disso, há muita estrutura. Eu me sinto seguro em estar com os meus filhos”, relatou.

A organização envolveu a atuação de órgãos municipais e estaduais de segurança, saúde, limpeza, mobilidade e fiscalização. Ao todo, 12 entidades estiveram envolvidas, durante meses, na montagem do plano operacional.

Em decorrência da ampliação do novo aterro, o efetivo de segurança foi potencializado. Para a finalidade, atuaram equipes da Guarda Municipal de Fortaleza, da Polícia Civil e da Polícia Militar. Também a fim de assegurar o sucesso do evento, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) atuou em três frentes: coibição de estacionamentos, bloqueio para montagem de barracas e bloqueios gerais, orientando e redirecionando motoristas para os desvios estrategicamente pensados para a ocasião.

Já a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) disponibilizou postos médicos avançados (PMA) organizados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Fortaleza e Ceará. Quatro equipamentos estiveram de plantão para dar apoio ao evento. Dentre eles, o Instituto Doutor José Frota (IJF), com equipes preparadas para garantir o suporte necessário.

CLIQUE PARA BAIXAR TODAS AS FOTOS DA COBERTURA

Réveillon de Fortaleza 2020 reúne mais de 1,2 milhão de pessoas no Aterro da Praia de Iracema

Matheus e Kauan, Alok, Fagner, Nando Reis, Jorge Ben Jor e Simone e Simaria foram algumas das atrações da festa da virada

multidão de pessoas e fogos ao fundo no mar
O Réveillon de Fortaleza contou com 12 minutos de queima de fogos no espigão da Praia de Iracema

A chegada de 2020 em Fortaleza foi marcada por muita alegria e desejos de boas novas por mais de 1,2 milhão de fortalezenses e turistas que celebraram juntos a virada do ano no Aterro da Praia de Iracema. Lá, o público assistiu a um dos maiores shows pirotécnicos do Brasil, que iluminou o céu da capital cearense por 12 minutos. O evento teve apoio do Governo do Estado e patrocínio da Skol Puro Malte.

O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da primeira-dama, Carol Bezerra, compareceu à festa, destacou a importância da ocasião e agradeceu a todos os que constroem juntos uma Fortaleza melhor. “Uma palavra de gratidão, gratidão pelo trabalho, pela parceria, gratidão pela paciência, gratidão pelos gestos de gentileza e, sobretudo, pelo suor e pelo trabalho de muitos fortalezenses que têm ajudado a transformar nossa Cidade. Também desejo boas energias e bons fluidos para o ano de 2020, além de paz, saúde e harmonia à nossa Fortaleza”, disse.

dj em cima de palco com braços pra cima e público em frente assistindo
O DJ Alok comandou a contagem regressiva para a chegada de 2020

Artistas nacionais e locais comandaram a programação, que teve início às 16h30 do dia 31 de dezembro e seguiu até as 6h do dia 1º de janeiro. Os shows ficaram por conta de grandes intérpretes da música brasileira, trazendo diferentes ritmos para todos os gostos.

Passaram pelo palco principal vários artistas, entre eles, a dupla Matheus e Kauan. “Fortaleza é uma cidade que a gente ama muito. Já estávamos na expectativa de quando viríamos e, para nós, é uma honra cantar para mais de 1 milhão de pessoas. Foi incrível e todo mundo participou. Foi bom demais!”, destacou a dupla.

Os cearenses Marcos Lessa e Fagner também subiram ao palco. Em seguida, foi a vez do DJ Alok animar a festa da virada. Ele também foi o responsável pela contagem regressiva. E após 12 minutos de fogos, o cantor Jorge Ben Jor subiu ao palco, seguido de Nando Reis, Simone e Simaria e as bandas Mastruz com Leite, Limão com Mel e Calcinha Preta., que encerraram a festa com muito forró das antigas.

Já no Palco Fortaleza, instalado no Aterrinho da Praia de Iracema, o público conferiu shows de artistas locais, contemplando a cena independente da Cidade. Coletivo de DJs Rebel Women, DJ Priscilla Delgado, grupo Na Quebrada do Côco, banda Ghetto Roots, Luiza Nobel e Getúlio Abelha foram as atrações.

ATERRO DA PRAIA DE IRACEMA RECEBE PÚBLICO DE FORTALEZENSES E TURISTAS PARA A CHEGADA DE 2020

Ainda à luz do último pôr-do-sol do ano de 2019, fortalezenses e turistas foram, aos poucos, chegando ao aterro da Praia de Iracema. A tradicional festa de Réveillon de Fortaleza, ao reunir mais de 1,2 milhão de pessoas, foi palco democrático para manifestações de alegria, de prosperidade e de esperança para 2020.

Cadeiras, guarda-sóis, tendas, isopores, alegria e disposição compuseram o cenário que se formara em toda a extensão daquele território durante 14 horas de evento. Um figurino diversificado invadiu as areias fortalezenses. Além do habitual branco, vários tons ofereceram um colorido especial a quem acredita na influência das cores, dos acessórios e demais rituais desta época.

senhora sentada em cadeira de rodas posando para a foto com palco e pessoas ao fundo
Terezinha da Silva chegou cedo, garantiu lugar privilegiado e aprovou a acessibilidade da estrutura

Em cada coração, uma crença. A aposentada Terezinha da Silva chegou cedo, garantiu lugar privilegiado e detalhou o que espera de 2020. “Para o ano que vai chegar, desejo muitas alegrias. Muita saúde. Minha tão sonhada cirurgia da mama, que vai me garantir maior qualidade de vida. Cheguei ao longo da tarde, gostei da acessibilidade. Vim de roupa colorida para garantir muitas coisas positivas. Minha maior ansiedade é ver os fogos”, contou.

Diante de um público plural, composto por protagonistas de histórias diversas, artistas consagrados no cenário local e nacional comandaram a celebração. Iniciada ao cair da tarde, a programação contou com as apresentações de Marcus Café, Chambinho do Acordeón, Jonnas Alves, Ludmila Amaral, Waldonys, Paulo José e Roberta Fiúza.

Marcos Lessa, intérprete vencedor do Festival da Música de Fortaleza 2019, parabenizou a Prefeitura pela realização de uma festa ampla e democrática. “É uma alegria fechar 2019 com chave de ouro. Esperamos começar 2020 com boas mensagens e amor no coração”, declarou o artista, que, na oportunidade, apresentou ao público a canção “Virá em Dobro”, cuja mensagem carrega um simbolismo para o ano que se inicia.

Comandando a hora do Ângelus, Waldonys subiu ao palco trazendo, em seguida, um repertório pautado por grandes sucessos de sua carreira. “Falando como fortalezense, sinto orgulho de estar aqui. Falando como artista, é uma honra. Já participei do Réveillon de Fortaleza muitas vezes. Também já estive em outros lugares, em outras capitais, mas tocar em casa sempre terá um sabor diferente. A energia é muito forte. Tudo é preparado com muito carinho. A estrutura é top. A gente espera que 2020 seja um ano cheio de saúde, de paz, de forró, de música e de alegria”, afirmou.

grupo de mulheres em frente de mesa de som com braços levantados e sorrindo para a foto
Coletivo de DJs Rebel Woman no Palco Fortaleza

O Palco Fortaleza despontou como uma das novidades do Réveillon 2020. O público aprovou a escolha das atrações, cujo repertório autoral garantiu espaço à cena independente. O turista alagoano Rafael Pedro Resende enfatizou a relevância da pluralidade de gêneros musicais do evento, destacando o espaço garantido às atrações locais. “Fortaleza é um lugar lindo demais para se visitar. Amo a Cidade, as praias, as pessoas, a cultura. Essas atrações regionais me deixam apaixonado. Merecem muito mais espaço. E é isso que nós vemos aqui”, avaliou.

Diante da minimização do investimento público no evento, o Réveillon de Fortaleza, patrocinado pela Skol Puro Malte e apoiado pelo Governo do Estado do Ceará, vem possibilitando a potencialização dos recursos injetados na Capital neste período. Consolidada como a segunda maior festa do País no tocante ao impacto econômico, Fortaleza fica atrás somente do Rio de Janeiro. Segundo dados do Ministério do Turismo, 650 mil turistas vieram à Cidade em dezembro, fortalecendo uma movimentação financeira relativa a R$ 1,6 bilhão.

guardas de trânsito conversando com pessoas em avenida
Agentes da AMC atuaram na organização do tráfego

O professor Rogério Cardoso, acompanhado da família, elogiou a logística operacional estabelecida pela Prefeitura para o transporte público, assegurada pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), e à distribuição estratégica de serviços para garantir o conforto e a segurança dos presentes. “Esse cuidado em disponibilizar um bolsão gratuito no estacionamento do Shopping RioMar foi muito interessante. A gente chegou com tranquilidade e conforto. Além disso, há muita estrutura. Eu me sinto seguro em estar com os meus filhos”, relatou.

A organização envolveu a atuação de órgãos municipais e estaduais de segurança, saúde, limpeza, mobilidade e fiscalização. Ao todo, 12 entidades estiveram envolvidas, durante meses, na montagem do plano operacional.

Em decorrência da ampliação do novo aterro, o efetivo de segurança foi potencializado. Para a finalidade, atuaram equipes da Guarda Municipal de Fortaleza, da Polícia Civil e da Polícia Militar. Também a fim de assegurar o sucesso do evento, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) atuou em três frentes: coibição de estacionamentos, bloqueio para montagem de barracas e bloqueios gerais, orientando e redirecionando motoristas para os desvios estrategicamente pensados para a ocasião.

Já a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) disponibilizou postos médicos avançados (PMA) organizados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Fortaleza e Ceará. Quatro equipamentos estiveram de plantão para dar apoio ao evento. Dentre eles, o Instituto Doutor José Frota (IJF), com equipes preparadas para garantir o suporte necessário.

CLIQUE PARA BAIXAR TODAS AS FOTOS DA COBERTURA