19 de setembro de 2022 em Cultura

Vila das Artes divulga programação da mostra cineclubista Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil

Sessão inaugural da mostra exibe "Cabra Marcado Pra Morrer", de Eduardo Coutinho nesta terça-feira (20/09)


A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove, neste mês de setembro, a mostra Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil. Serão quatro sessões cineclubistas, nos dias 20, 22, 27 e 29/09 , a partir das 18h, no estacionamento da Vila das Artes.

A curadoria dos filmes é de Kamilla Medeiros, que media debate sobre os filmes após cada sessão. Confira mais abaixo o detalhamento da programação.

A curadora explica a proposta da mostra: "são filmes que nos fazem lembrar que a luta deve continuar, que os vencidos e os vencedores mudam de lugar a todo instante e que o cinema está aqui também para nos contar essas histórias", comenta Kamilla. "Tamanhas são as semelhanças entre o passado e o presente que não seria de total anacronismo dizer que mesmo após 60 anos, vivemos infortúnios de ordem social, econômica, ambiental e cultural".

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre a curadora
Paraibana de berço e cearense de criação, Kamilla Medeiros é mestranda e bolsista Capes no Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e graduada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Sob orientação da Profª. Drª. Consuelo Lins, sua pesquisa de mestrado parte da relação da obra de Eduardo Coutinho e o Nordeste brasileiro. Foi eleita representante discente no Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine) no biênio 2021-2023.

Programação
Sessão 1
"Cabra Marcado Para Morrer", de Eduardo Coutinho (Documentário / Brasil / 1964-1984 / 110’ / 12 anos)
Data: 20/09
Horário: 18h

Sessão 2
"Chão", de Camila Freitas (Documentário / 2019 / Brasil / 110’ / 10 anos)
Data: 22/09
Horário: 18h

Sessão 3
"Edna", de Eryk Rocha (Documentário / 2021 / Brasil / 64’ / 12 anos)
Data: 27/09
Horário: 18h

Sessão 4
"Lavra", de Lucas Bambozzi (Documentário / Brasil / 2021 / 98’ / Livre)
Data: 29/09
Horário: 18h

Telas Abertas
A mostra Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil é a segunda oriunda da convocatória Telas Abertas 2022, que selecionou propostas de curadoria de mostra de filmes com temática livre para compor a programação do Cineclube da Vila das Artes durante o período de agosto a dezembro de 2022.

Serviço
Cineclube Vila das artes – Mostra Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil
Data: 20, 22, 27 e 29/09
Hora: 18h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 - Centro)

Vila das Artes divulga programação da mostra cineclubista Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil

Sessão inaugural da mostra exibe "Cabra Marcado Pra Morrer", de Eduardo Coutinho nesta terça-feira (20/09)

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove, neste mês de setembro, a mostra Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil. Serão quatro sessões cineclubistas, nos dias 20, 22, 27 e 29/09 , a partir das 18h, no estacionamento da Vila das Artes.

A curadoria dos filmes é de Kamilla Medeiros, que media debate sobre os filmes após cada sessão. Confira mais abaixo o detalhamento da programação.

A curadora explica a proposta da mostra: "são filmes que nos fazem lembrar que a luta deve continuar, que os vencidos e os vencedores mudam de lugar a todo instante e que o cinema está aqui também para nos contar essas histórias", comenta Kamilla. "Tamanhas são as semelhanças entre o passado e o presente que não seria de total anacronismo dizer que mesmo após 60 anos, vivemos infortúnios de ordem social, econômica, ambiental e cultural".

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre a curadora
Paraibana de berço e cearense de criação, Kamilla Medeiros é mestranda e bolsista Capes no Programa de Pós-Graduação da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e graduada em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Sob orientação da Profª. Drª. Consuelo Lins, sua pesquisa de mestrado parte da relação da obra de Eduardo Coutinho e o Nordeste brasileiro. Foi eleita representante discente no Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (Socine) no biênio 2021-2023.

Programação
Sessão 1
"Cabra Marcado Para Morrer", de Eduardo Coutinho (Documentário / Brasil / 1964-1984 / 110’ / 12 anos)
Data: 20/09
Horário: 18h

Sessão 2
"Chão", de Camila Freitas (Documentário / 2019 / Brasil / 110’ / 10 anos)
Data: 22/09
Horário: 18h

Sessão 3
"Edna", de Eryk Rocha (Documentário / 2021 / Brasil / 64’ / 12 anos)
Data: 27/09
Horário: 18h

Sessão 4
"Lavra", de Lucas Bambozzi (Documentário / Brasil / 2021 / 98’ / Livre)
Data: 29/09
Horário: 18h

Telas Abertas
A mostra Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil é a segunda oriunda da convocatória Telas Abertas 2022, que selecionou propostas de curadoria de mostra de filmes com temática livre para compor a programação do Cineclube da Vila das Artes durante o período de agosto a dezembro de 2022.

Serviço
Cineclube Vila das artes – Mostra Marcharemos em nossa luta: por um novo amanhecer do Brasil
Data: 20, 22, 27 e 29/09
Hora: 18h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 - Centro)