Na foto ao fundo, uma jovem de cabelos loiros abraça duas câmeras filmadoras de grande porte. Em primeiro plano, o texto diz

A Vila das Artes abre vagas, por meio da Escola Pública de Audiovisual, para o curso gratuito “Assistente de Câmera”, com Wanessa Malta. As aulas ocorrem de 7 a 11 de outubro, das 9h às 13h. São, ao todo, 25 vagas com inscrições online até 02/10.

Clique aqui para se inscrever.

O curso tem por objetivo um melhor entendimento do processo de fotografia de um filme, a partir das funções e das responsabilidades do profissional assistente de câmera. Serão trabalhados temas como funções da equipe de câmera, checagem e montagem de câmera, teste de câmera, listagem de equipamentos, foco e manutenção de equipamento.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Sobre a ministrante
Wanessa Malta é realizadora, formada em audiovisual pela Vila das Artes e com especialização em direção de fotografia para cinema pela Escuela Septima Ars (Madrid). Trabalha como diretora de fotografia e assistente de câmera desde 2007. Soma hoje mais de 50 produções no currículo, entre curta e longas-metragens, séries, videoclipes, novelas, programas de TV e publicidade.

Serviço
Curso “Assistente de Câmera”, com Wanessa Malta
Inscrições: até 02/10, em www.viladasartesfortaleza.com.br
Vagas: 25
Resultado: 04/10
Realização: 07 a 11/10
Hora: das 9h às 13h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, nº 1221 – Centro)
Gratuito

Publicado em Cultura
O ministrante do curso, Ivo Lopes Araujo, de perfil com sua longa barba esbranquiçada; ao fundo, a imagem de uma lente de câmera fotográfica. Abaixo da lente, o texto diz

A Vila das Artes abre vagas, por meio da Escola Pública de Audiovisual, para o curso gratuito “Direção de Fotografia: do Roteiro à Primeira Exibição”, com Ivo Lopes Araujo. São, ao todo, 25 vagas. As aulas ocorrem de 23 a 27 de setembro, das 9h às 13h. Inscrições devem ser realizadas online até 18/09.

Clique aqui para se inscrever.

A atividade se propõe a mapear detalhadamente os procedimentos e as possibilidades técnicas que o diretor de fotografia dispõe para o desenvolvimento de seu trabalho na criação do universo imagético de um filme. “A ideia é pensar os filmes a partir de dois extremos; filmes menores com equipes reduzidíssimas e filmes de maior orçamento com equipes maiores e grande elenco, passando por filmes intermediários que misturam características dessas duas formas de produção”, explica Ivo.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Sobre o ministrante
Ivo Lopes Araujo nasceu em Fortaleza em 1977. Formou-se em cinema na Universidade Estácio de Sá, Rio de Janeiro, onde realizou seus primeiros trabalhos como Diretor e Diretor de Fotografia. É sócio-fundador do Alumbramento, produtora de destaque no cenário nacional com mais de 40 filmes produzidos entre curtas, longas e médias metragens. Assina a fotografia de mais de 30 filmes de destaque nacional e internacional, como “Tatuagem”, de Hilton Lacerda (19 prêmios em festivais brasileiros), "Av. Brasília Formosa", de Gabriel Mascaro (Rotterdam Film Festival 2010), e “A Falta Que Me Faz”, de Marília Rocha (Rotterdam Film Festival 2010).

Serviço
Curso “Direção de Fotografia: do Roteiro à primeira exibição”, com Ivo Lopes Araujo
Inscrições: até 18/09
Vagas: 25
Resultado: 20/09
Realização: Segunda a sexta-feira (23 a 27/09)
Hora: das 9h às 13h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, nº 1221 – Centro)
Gratuito

Publicado em Cultura
Finos traços compõem o desenho de um aparelho projetor de cinema, onde se ê

A Vila das Artes abre convocatória, por meio da Escola Pública de Audiovisual, para o projeto Telas Abertas 2019-2020. Serão selecionadas oito propostas de curadoria de mostra de filmes com temática livre para compor a programação do cineclube da Vila das Artes durante o período de novembro de 2019 a junho de 2020. As inscrições devem ser realizadas de forma online até 2 de outubro.

Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.
Clique aqui para acessar regulamento.

Além do preenchimento da ficha de inscrição online, os proponentes devem enviar currículo e descrição da proposta de curadoria, conforme descrito no regulamento, para o e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Para cada proposta de curadoria selecionada, será disponibilizado um cachê de R$ 800,00. Os interessados devem ter idade maior que 16 anos e residir em Fortaleza.

Além da exibição gratuita de filmes, o projeto prevê também a realização de debates e discussões sobre os filmes exibidos. A Vila das Artes fica responsável por ceder a sala de projeção com projetor, equipamento de som e aparelho reprodutor de vídeo, além do apoio à criação da programação visual, registro fotográfico e divulgação da mostra em suas redes sociais, endereços eletrônicos e mídia local.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Serviço
Convocatória Projeto Telas Abertas 2019
Inscrições: de 4 de setembro até 2 de outubro
Período de realização das mostras: novembro de 2019 a junho de 2020
Análise e seleção das propostas: 7 a 10 de outubro
Divulgação das propostas selecionadas: 11 de outubro
Reuniões com curadores das propostas selecionadas: 22 e 23 de outubro
Mais informações: (85) 3105-1404

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes realiza, por meio da Escola Pública de Audiovisual, nesta quarta-feira (07/08), a 30ª edição do programa Cinema em Trânsito, com a exibição do filme "Amores de Chumbo". Após a sessão, que tem inicio às 18h30, haverá debate com a diretora e roteirista Tuca Siqueira.

O Cinema em Trânsito convida realizadores e pesquisadores de passagem por Fortaleza para exibir seus trabalhos e participar de debates mediados pelos alunos da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes com o público em geral.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o filme
"Amores de Chumbo" trata de um triângulo amoroso, questionando o limite de cada um diante de segredos e paixões interrompidas. Quarenta anos separam Maria Eugênia, escritora pernambucana radicada na França, do casal Miguel e Lúcia, que acaba de comemorar união de quatro décadas. O retorno de Maria Eugênia suscita dúvidas e desconfianças há muito tempo guardadas. Miguel, professor de Sociologia e ex-preso político, deseja encarar a verdade e Lúcia, parceira de vida que se dedicou a tirá-lo da prisão, quer fugir dela. É pelo ponto de vista desses três personagens centrais que revivemos a história política e social da época do chumbo, uma história que mudou o rumo de muitas vidas.

"Como seguir adiante com nossos desejos, nossas bandeiras, nossas fragilidades e perdas que transitam na memória? Não há tempo que acomode o peso de cair em si. Os personagens do filme trazem fragmentos da história do Brasil em suas vidas. Personagens que habitam um lugar onde amar é um verbo político", comenta a diretora Tuca Siqueira.

Sobre a diretora
Tuca Siqueira é roteirista e diretora, vive e trabalha no Recife. Formou-se em Comunicação (UFPE) e tem especialização em Estudos Cinematográficos (UNICAP). Publicou dois livros e participou de exposições fotográficas individuais e coletivas. Começou sua carreira em 2003, dirigiu séries documentais e acumulou prêmios na realização de oito curtas e um longa documentário. Com “Amores de Chumbo”, seu primeiro longa de ficção, participou do laboratório de projetos latinoamericanos BR-Lab (2014) e do Cinema en Developement – Cine Latino/ Toulouse- França (2015).

Serviço:
Cinema em Trânsito
Data: 07/08 (quarta-feira)
Hora: 18h30
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3252-1404
Gratuito

Publicado em Cultura
Foto de um homem barbado e de óculos, o ministrante do curso. No texto, informações gerais de data e hora.

A Vila das Artes, abre inscrições por meio da Escola Pública de Audiovisual, para o curso "Novos cinemas latino-americanos", com Victor Guimarães. A atividade ocorre de 12 a 16 de agosto, das 9h às 13h, na Vila das Artes. Inscrições deverão ser realizadas online até 07/08. Interessados devem ter a idade mínima de 16 anos.

Clique aqui para se inscrever.

Por meio de discussões históricas, teóricas e estéticas, o curso pretende traçar um panorama dos novos cinemas que surgiram em vários países da América Latina a partir de meados dos anos 1950. A metodologia consistirá numa articulação entre elementos históricos, discussão teórica a partir de textos latino-americanos ainda pouquíssimo estudados no Brasil e revisita a filmes.

"A filmografia do curso incluirá desde fragmentos de obras canônicas dos novos cinemas latino-americanos até curtas-metragens raros, conseguidos junto a arquivos, cinematecas e os próprios cineastas e seus herdeiros", explica Victor Guimarães.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Victor Guimarães é crítico, curador e professor. Escreve para a revista Cinética desde 2012 e para o site Horizonte da Cena desde 2015. Colaborou com revistas como Senses of Cinema (Austrália), Desistfilm (Peru), El Agente Cine (Chile), Lumière (Espanha) e La Furia Umana (Itália), além de diversos livros, catálogos de festivais e mostras retrospectivas. Foi professor no Centro Universitário UNA (Belo Horizonte), na Universidade Positivo (Curitiba) e na Vila das Artes (Fortaleza). Atualmente é um dos programadores de longas-metragens da Mostra de Cinema de Tiradentes. Há vários anos tem direcionado suas pesquisas para a história e a estética do cinema latino-americano. É doutor em Comunicação Social pela UFMG, com passagem pela Université Sorbonne-Nouvelle (Paris 3), com a tese “Itinerários da margem, figuras do povo: Aloysio Raulino e o cinema latino-americano”.

Serviço
Curso "Novos cinemas latino-americanos"
Inscrições: até 07/08
Ficha de Inscrição
Realização do curso: 12 a 16 de agosto, das 9h às 13h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3252-1404
Gratuito

Publicado em Cultura

A Vila das Artes abre inscrições, por meio da Escola Pública de Audiovisual, para o curso "Estéticas Macumbeiras na Clínica da Efemeridade", com Castiel Vitorino Brasileiro. A atividade ocorre de 19 a 23 de agosto, das 9h às 13h, na Vila das Artes. Inscrições devem ser realizadas online até 10 de agosto. Interessados devem ter a idade mínima de 18 anos.

Clique aqui para se inscrever.

Os candidatos selecionados serão notificados por e-mail com o envio do material de texto do curso. As aulas trarão atividade híbridas de leituras, análises de obras artísticas e experimentações corporais. O curso pretende cartografar a complexidade de práticas artistas que se forjam numa encruzilhada epistêmica, formada com arte, macumbaria e psicologia, compreendendo tais relações como processos decoloniais e ferramentas clínicas de cura e sobrevivência.
A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Serviço
Curso "Estéticas Macumbeiras na Clínica da Efemeridade"
Inscrições: até 10/08
Ficha de Inscrição
Realização do curso: 19 a 23 de agosto, das 9h às 13h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3252-1404
Gratuito

Publicado em Cultura
Fundo branco com tarjas de cores azul e rosa. No texto, as letras

A Vila das Artes, por meio da Escola Pública de Audiovisual, em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), realiza a mostra especial com o tema “Corpos Elétricos”. Ao longo do mês de junho, quatro filmes irão compor a programação do Cineclube Vila das Artes, em sessões gratuitas e abertas ao público.

Produzidos em três países americanos – Brasil, Chile e Estados Unidos –, os filmes abordam questões de gênero de forma afirmativa, visando combater o preconceito e fomentar o respeito à diversidade. Serão exibidos os filmes “Tangerine” (2015), “Divinas Divas” (2016), “Corpo Elétrico” (2017) e “Uma Mulher Fantástica” (2017).

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Programação
03/06: Tangerine (Direção: Sean Baker / EUA / 2015 / 88min / 16 anos)
10/06: Divinas Divas (Direção: Leandra Leal / 2016 / BRA / 110 min / 14 anos)
17/06: Corpo Elétrico (Direção: Marcelo Caetano / 2017 / BRA / 94 min / 16 anos)
24/06: Uma Mulher Fantástica (Direção: Sebastián Lelio / CHILE / 2017 / 104 min / 14 anos)

Serviço
Cineclube Vila das Artes – Mostra “Corpos Elétricos”
Quando: Segundas-feiras (03, 10, 17 e 24/06), às 18h30
Onde: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Publicado em Cultura
Fundo com imagem dos dois ministrantes do curso. Texto com informações referentes ao curso.

A Vila das Artes realiza, de terça a sexta-feira (26 a 29/03), a oficina “Ações Criativas em Perspectiva”, com Darwin Marinho e Nataly Rocha. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada no primeiro dia de atividade. As aulas, uma realização da Escola Pública de Audiovisual, ocorrem das 8h às 13h, na Vila das Artes.

Nataly e Darwin partem de suas trajetórias como artistas interdisciplinares e propõem uma série de exercícios práticos, leituras e análises de obras audiovisuais. Deslocando o eixo referencial do pensamento branco europeu, o curso propõe discutir questões relacionadas à arte, empatia, afetos e políticas, a partir de obras produzidas por corpos dissidentes de gênero, raça e sexualidade. O curso é voltado para pessoas interessadas em artes visuais, artes cênicas, performance e cinema e é indicado para maiores de 16 anos.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre os ministrantes

Darwin Marinho, natural de Tauá, é realizador audiovisual, designer e DJ. Sua pesquisa é voltada para a criação de estratégias de sobrevivência a partir de performances e obras audiovisuais. Nataly Rocha, atriz, produtora e preparadora de elenco, investiga dramaturgia, musicalidade, a confluência entre as diversas linguagens e a produção artística em fronteira dentro da criação em artes cênicas.

Serviço
Oficina “Ações Criativas em Perspectiva”, com Darwin Marinho e Nataly Rocha
Data: Terça a Sexta-feira (26 a 29/03)
Horário: das 8h às 13h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, nº 1221 – Centro)

Publicado em Cultura
Fundo rosado com retrato da ministrante da oficina, Amanda Pontes, em alto relevo. No texto,

A Vila das Artes realiza, de quarta a sexta-feira (20 a 22/03), a oficina "DCP – Digital Cinema Package", com Amanda Pontes. São oferecidas 15 vagas a serem preenchidas por ordem de chegada a partir das 8h do primeiro dia de atividade. As aulas, uma realização do Núcleo de Produção Digital da Escola Pública de Audiovisual, ocorrem das 9h às 13h, na Vila das Artes.

Na oficina, serão trabalhados temas desde a conceituação de pacotes de arquivos DCP, passando pela operação de softwares de confecção, até a prática direta com os arquivos. “DCP é o formato de exibição utilizado atualmente nas salas de cinema. Hoje, também nos principais festivais, é o formato exigido dos filmes nas inscrições”, explica Anderson Damasceno, Assistente do Núcleo de Produção Digital da Vila das Artes.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Serviço
Oficina "DCP – Digital Cinema Package", com Amanda Pontes
Data: Quarta a Sexta-feira (20 a 22/03)
Horário: das 9h às 13h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, nº 1221 – Centro)

Publicado em Cultura
Fundo preto com linhas de ondulação sonoras verdes dos lados esquerdo e direito. Ao centro, foto do autor do livro, Márcio Câmara, e o texto
Master Class e noite de autógrafos com o autor iniciam às 19h

A Vila das Artes recebe, nesta quinta-feira (14/03), o lançamento do livro "Som Direto no Cinema Brasileiro: Fragmentos de uma História". O evento, com início previsto para as 19h, é aberto ao público e contará com Master Class e noite de autógrafos com Márcio Câmara, autor da obra.

O trabalho, fruto de pesquisa acadêmica sobre a evolução do som no cinema brasileiro, registra com depoimentos o papel criativo do profissional que grava os sons em locação no cinema, o técnico de som direto. "Na obra defendo a importância técnica e criativa do som direto para a densidade narrativa de um filme", explica Márcio.

O lançamento ocorre durante a semana de recepção dos novos alunos do Curso de Realização em Audiovisual da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes, equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Edital das Artes
O projeto de publicação do livro "Som Direto no Cinema Brasileiro: Fragmentos de uma História" obteve apoio da Prefeitura de Fortaleza por meio do Edital das Artes de Fortaleza 2016, na categoria Audiovisual. Lançado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), o edital destinou um total de R$ 3.800.000,00 a projetos de 13 linguagens.

Sobre o autor
Márcio Câmara é graduado em Cinema pela San Francisco State University e Mestre em Comunicação, na área de Estudos de Cinema, pela Universidade Federal Fluminense. Produziu e dirigiu diversos filmes, em diferentes bitolas, com destaque para Rua da Escadinha 162, Identidades em Trânsito, Joaquim Bralhador e Do Outro Lado do Atlântico. Indicado 5 vezes ao prêmio de Melhor Som Direto do Brasil na Academia Brasileira de Cinema e Associação Brasileira de Cinematografia por filmes como: A Ostra e o Vento, Lavoura Arcaica, Deus é Brasileiro, Peões, Amélia, Cinema, Aspirinas e Urubus, Mutum, entre outros. Coordena oficinas e cursos sobre Cinema, com ênfase no Som em diferentes lugares do Brasil.

Serviço
Lançamento do livro "Som Direto no Cinema Brasileiro: Fragmentos de uma História", de Márcio Câmara
Data: Quinta-feira (14/03)
Horário: 19h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de maio, nº 1221 – Centro)

Publicado em Cultura
Página 1 de 5