Ações de desenvolvimento socioeconômico serão foco de capacitações no residencial Alto da Paz

18 de janeiro de 2021 em Habitação

Ações de desenvolvimento socioeconômico serão foco de capacitações no residencial Alto da Paz

As atividades seguem até a próxima sexta-feira (22/01) e fazem parte do trabalho social desenvolvido pela Prefeitura


Mais de 1000 famílias integram o residencial
Entregue em outubro, o residencial Alto da Paz é formado por 1.111 unidades habitacionais

Uma programação focada no eixo de desenvolvimento socioeconômico deve marcar a semana do trabalho social desenvolvido no residencial Alto da Paz, no Vicente Pinzón, de 18 a 22 de janeiro. Com cursos de gastronomia, hotelaria e designer de sobrancelhas, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) pretende preparar moradores para o mercado de trabalho, bem como para geração de trabalho e renda no próprio residencial.

A maioria das atividades ocorrerá nas dependências do empreendimento, nos turnos manhã e tarde para que mais pessoas possam participar, é o que explica a assistente social da Habitafor, Cynthia Caldas. “Sempre pensamos numa programação que possa agregar mais participantes. Lembrando que as capacitações vão ocorrer na sala condominial, no salão de festas, a aula prevista para o período tarde do curso de designer de sobrancelhas, para também atender famílias assistidas”.

O trabalho social é uma ação transversal realizada pela Habitafor junto aos moradores dos residenciais. Faz parte da assistência prestada às famílias no antes, durante e pós-entrega dos empreendimentos. Além de gerar conhecimentos acerca de direitos elementares, essas iniciativas também promovem formações voltadas para o convívio social, empreendedorismo, mercado de trabalho e renda. Nos últimos anos, mais 26 mil famílias já foram beneficiadas com essas ações em Fortaleza.

Ações de desenvolvimento socioeconômico serão foco de capacitações no residencial Alto da Paz

As atividades seguem até a próxima sexta-feira (22/01) e fazem parte do trabalho social desenvolvido pela Prefeitura

Mais de 1000 famílias integram o residencial
Entregue em outubro, o residencial Alto da Paz é formado por 1.111 unidades habitacionais

Uma programação focada no eixo de desenvolvimento socioeconômico deve marcar a semana do trabalho social desenvolvido no residencial Alto da Paz, no Vicente Pinzón, de 18 a 22 de janeiro. Com cursos de gastronomia, hotelaria e designer de sobrancelhas, a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) pretende preparar moradores para o mercado de trabalho, bem como para geração de trabalho e renda no próprio residencial.

A maioria das atividades ocorrerá nas dependências do empreendimento, nos turnos manhã e tarde para que mais pessoas possam participar, é o que explica a assistente social da Habitafor, Cynthia Caldas. “Sempre pensamos numa programação que possa agregar mais participantes. Lembrando que as capacitações vão ocorrer na sala condominial, no salão de festas, a aula prevista para o período tarde do curso de designer de sobrancelhas, para também atender famílias assistidas”.

O trabalho social é uma ação transversal realizada pela Habitafor junto aos moradores dos residenciais. Faz parte da assistência prestada às famílias no antes, durante e pós-entrega dos empreendimentos. Além de gerar conhecimentos acerca de direitos elementares, essas iniciativas também promovem formações voltadas para o convívio social, empreendedorismo, mercado de trabalho e renda. Nos últimos anos, mais 26 mil famílias já foram beneficiadas com essas ações em Fortaleza.