12 de novembro de 2018 em Economia

Alho, banana e cenoura apresentam maiores variações, aponta nova pesquisa do Procon nos supermercados

A Regional VI, onde estão bairros como Cidade dos Funcionários, Edson Queiroz e Messejana, possui os preços mais altos


Alho, banana e cenoura podem ser encontrados por até 281% de diferença
Alho, banana e cenoura podem ser encontrados por até 281% de diferença

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta segunda-feira (12/11), a pesquisa do mês de novembro com preços de alimentos e produtos nos supermercados da Capital. Em relação ao mês passado, quando a média de todos os 60 itens ficou em R$ 425,56, o Procon identificou uma discreta elevação de 0,12%, tendo em vista que, neste último levantamento, realizado entre os dias 6/11 e 8/11, os produtos pesquisados somaram R$ 426,07.

Alho, banana e cenoura podem ser encontrados por até 281% de diferença. Em outros alimentos (mamão, batata, farinha de mandioca e abacaxi), a pesquisa também identificou variações acima de cem por cento.

Maiores variações (acima de 100%)

PRODUTO

MENOR

MAIOR

VARIAÇÃO

Banana

R$ 1,57

R$ 5,99

281,52%

Alho

R$ 7,90

R$ 26,99

241,64%

Cenoura

R$ 1,89

R$ 5,98

216,40%

Mamão

R$ 1,48

R$ 3,59

142,56%

Batata

R$ 1,68

R$ 3,99

137,50%

Farinha

R$ 2,19

R$ 4,59

109,58%

Abacaxi

R$ 1,98

R$ 3,99

101,51%

Confira todos os preços aqui

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, orienta que o consumidor já comece a estocar os produtos da ceia de Natal e Réveillon. "Já é possível economizar, optando pelos produtos mais em conta para as festas de fim de ano", afirma. Ela também adiantou que no próximo mês de dezembro, o Procon vai trazer uma pesquisa com itens da ceia de Natal e Réveillon.

No comparativo entre as regionais, a Regional VI continua apresentando os preços mais altos. Já na Regional IV, estão os preços mais baixos.

REGIONAL

MÉDIA TOTAL

Regional VI

R$ 506,60

Regional do Centro

R$ 478,47

Regional III

R$ 465,36

Regional V

R$ 436,19

Regional I

R$ 400,64

Regional II

R$ 379,94

Regional IV

R$ 341,17

Errata
Na pesquisa de outubro, divulgada no dia 24/10, divulgamos a soma total dos itens em R$ 427,56, indicando elevação de 0,49% nos preços de produtos e alimentos dos supermercados, em relação ao mês de setembro, quando a soma total dos preços ficou em R$ 425,48.

Após a divulgação, os técnicos responsáveis pela pesquisa, identificaram um erro na digitação do preço do frango, alterando assim todo o resultado final da pesquisa.

Deste modo, a média da soma de todos os itens na pesquisa de outubro ficou em R$ 425,56, indicando uma elevação de 0,02% dos preços, em relação ao mês imediatamente anterior (setembro), quando a soma total dos preços ficou em R$ 425,48.

 

Alho, banana e cenoura apresentam maiores variações, aponta nova pesquisa do Procon nos supermercados

A Regional VI, onde estão bairros como Cidade dos Funcionários, Edson Queiroz e Messejana, possui os preços mais altos

Alho, banana e cenoura podem ser encontrados por até 281% de diferença
Alho, banana e cenoura podem ser encontrados por até 281% de diferença

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta segunda-feira (12/11), a pesquisa do mês de novembro com preços de alimentos e produtos nos supermercados da Capital. Em relação ao mês passado, quando a média de todos os 60 itens ficou em R$ 425,56, o Procon identificou uma discreta elevação de 0,12%, tendo em vista que, neste último levantamento, realizado entre os dias 6/11 e 8/11, os produtos pesquisados somaram R$ 426,07.

Alho, banana e cenoura podem ser encontrados por até 281% de diferença. Em outros alimentos (mamão, batata, farinha de mandioca e abacaxi), a pesquisa também identificou variações acima de cem por cento.

Maiores variações (acima de 100%)

PRODUTO

MENOR

MAIOR

VARIAÇÃO

Banana

R$ 1,57

R$ 5,99

281,52%

Alho

R$ 7,90

R$ 26,99

241,64%

Cenoura

R$ 1,89

R$ 5,98

216,40%

Mamão

R$ 1,48

R$ 3,59

142,56%

Batata

R$ 1,68

R$ 3,99

137,50%

Farinha

R$ 2,19

R$ 4,59

109,58%

Abacaxi

R$ 1,98

R$ 3,99

101,51%

Confira todos os preços aqui

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, orienta que o consumidor já comece a estocar os produtos da ceia de Natal e Réveillon. "Já é possível economizar, optando pelos produtos mais em conta para as festas de fim de ano", afirma. Ela também adiantou que no próximo mês de dezembro, o Procon vai trazer uma pesquisa com itens da ceia de Natal e Réveillon.

No comparativo entre as regionais, a Regional VI continua apresentando os preços mais altos. Já na Regional IV, estão os preços mais baixos.

REGIONAL

MÉDIA TOTAL

Regional VI

R$ 506,60

Regional do Centro

R$ 478,47

Regional III

R$ 465,36

Regional V

R$ 436,19

Regional I

R$ 400,64

Regional II

R$ 379,94

Regional IV

R$ 341,17

Errata
Na pesquisa de outubro, divulgada no dia 24/10, divulgamos a soma total dos itens em R$ 427,56, indicando elevação de 0,49% nos preços de produtos e alimentos dos supermercados, em relação ao mês de setembro, quando a soma total dos preços ficou em R$ 425,48.

Após a divulgação, os técnicos responsáveis pela pesquisa, identificaram um erro na digitação do preço do frango, alterando assim todo o resultado final da pesquisa.

Deste modo, a média da soma de todos os itens na pesquisa de outubro ficou em R$ 425,56, indicando uma elevação de 0,02% dos preços, em relação ao mês imediatamente anterior (setembro), quando a soma total dos preços ficou em R$ 425,48.