14 de junho de 2017 em Segurança Cidadã

Inspetoria de Proteção Ambiental da Guarda Municipal apreende animais silvestres nas feiras livres de Fortaleza

O trabalho consiste no combate à comercialização ilegal de animais em Fortaleza


Gaiolas com aves
A atuação da Ipam é realizada, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), de forma sistemática

A Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza, neste primeiro quadrimestre, fez a apreensão de cerca 200 animais silvestres nas feiras da Parangaba, Antônio Bezerra e Messejana. O trabalho consiste no combate à comercialização ilegal de animais em Fortaleza.

A atuação da Ipam é realizada, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), de forma sistemática em diferentes pontos da cidade, principalmente aqueles onde há comercialização de várias espécies. Os animais apreendidos são encaminhados para o Ibama para e Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).

Controle ambiental
A Ipam tem o objetivo de promover e garantir o controle ambiental, de forma preventiva, coibindo e identificando crimes ambientais, além de apoiar fiscalizações integradas em Fortaleza. A inspetoria atua com um efetivo de 127 guardas, responsáveis por rondas e permanências nas áreas verdes da cidade, como os parques Rio Branco, Adahil Barreto, Parreão, Cocó, além do Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio e Zoológico Sargento Prata e os 26 Ecopontos.

Também têm o apoio da Inspetoria de Proteção Ambiental as operações integradas de combate à poluição sonora, realizadas pelas Secretarias Regionais em diferentes bairros de Fortaleza. Atualmente, são realizadas, por mês, cerca de 50 apreensões de equipamentos de som.

Inspetoria de Proteção Ambiental da Guarda Municipal apreende animais silvestres nas feiras livres de Fortaleza

O trabalho consiste no combate à comercialização ilegal de animais em Fortaleza

Gaiolas com aves
A atuação da Ipam é realizada, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), de forma sistemática

A Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza, neste primeiro quadrimestre, fez a apreensão de cerca 200 animais silvestres nas feiras da Parangaba, Antônio Bezerra e Messejana. O trabalho consiste no combate à comercialização ilegal de animais em Fortaleza.

A atuação da Ipam é realizada, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), de forma sistemática em diferentes pontos da cidade, principalmente aqueles onde há comercialização de várias espécies. Os animais apreendidos são encaminhados para o Ibama para e Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).

Controle ambiental
A Ipam tem o objetivo de promover e garantir o controle ambiental, de forma preventiva, coibindo e identificando crimes ambientais, além de apoiar fiscalizações integradas em Fortaleza. A inspetoria atua com um efetivo de 127 guardas, responsáveis por rondas e permanências nas áreas verdes da cidade, como os parques Rio Branco, Adahil Barreto, Parreão, Cocó, além do Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio e Zoológico Sargento Prata e os 26 Ecopontos.

Também têm o apoio da Inspetoria de Proteção Ambiental as operações integradas de combate à poluição sonora, realizadas pelas Secretarias Regionais em diferentes bairros de Fortaleza. Atualmente, são realizadas, por mês, cerca de 50 apreensões de equipamentos de som.