09 de janeiro de 2018 em Meio ambiente

Prefeitura promove curso de qualificação profissional em jardinagem para egressos do sistema penitenciário

Os alunos aprendem noções gerais sobre o meio ambiente, manuseio correto de sementes, cultivo de plantas e outras orientações relacionadas à área


Apresentação do curso de qualificação em paisagismo e jardinagem pela equipe técnica da UrbFor junto com a Sejus
Aulas são ministradas diariamente por engenheiros agrônomos

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), promove, a partir desta terça-feira (09/01), curso de qualificação profissional em paisagismo e jardinagem para egressos do sistema penitenciário de Fortaleza. A capacitação é fruto da parceria da UrbFor com a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), por meio da Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso (Cispe).

As aulas serão ministradas diariamente por engenheiros agrônomos da equipe técnica da Diretoria de Conservação e Monitoramento da UrbFor (Dicom), no turno da manhã, no Horto Municipal Falconete Fialho. Com duração de 25 dias, num total de 100 horas aulas, os alunos aprendem noções gerais sobre o meio ambiente, manuseio correto de sementes, capinação, limpeza e cultivo de plantas medicinais, produção de mudas e têm diversas outras orientações relacionadas ao ramo.

O superintendente da UrbFor, Régis Tavares , frisa a importância desta parceria. “Além de oferecer oportunidade de reinserção social para as pessoas que já foram julgadas pela Justiça, a qualificação profissional recebida os habilitará a voltar ao mercado de trabalho, possibilitando que eles deem um sustento digno às suas famílias”, destaca. 

Para Cristiane Gadelha, coordenadora da Cispe, o curso proporciona, além de qualificação, a possibilidade de empreendedorismo. “Estimulamos a contratação desses alunos nos órgãos públicos, mas, com o treinamento, eles são capacitados também a montar o seu próprio negócio e gerar renda para suas famílias”, afirma Cristiane. 

O curso já formou 45 jardineiros desde o início da parceria, em 2015. 

Prefeitura promove curso de qualificação profissional em jardinagem para egressos do sistema penitenciário

Os alunos aprendem noções gerais sobre o meio ambiente, manuseio correto de sementes, cultivo de plantas e outras orientações relacionadas à área

Apresentação do curso de qualificação em paisagismo e jardinagem pela equipe técnica da UrbFor junto com a Sejus
Aulas são ministradas diariamente por engenheiros agrônomos

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), promove, a partir desta terça-feira (09/01), curso de qualificação profissional em paisagismo e jardinagem para egressos do sistema penitenciário de Fortaleza. A capacitação é fruto da parceria da UrbFor com a Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus), por meio da Coordenadoria de Inclusão Social do Preso e do Egresso (Cispe).

As aulas serão ministradas diariamente por engenheiros agrônomos da equipe técnica da Diretoria de Conservação e Monitoramento da UrbFor (Dicom), no turno da manhã, no Horto Municipal Falconete Fialho. Com duração de 25 dias, num total de 100 horas aulas, os alunos aprendem noções gerais sobre o meio ambiente, manuseio correto de sementes, capinação, limpeza e cultivo de plantas medicinais, produção de mudas e têm diversas outras orientações relacionadas ao ramo.

O superintendente da UrbFor, Régis Tavares , frisa a importância desta parceria. “Além de oferecer oportunidade de reinserção social para as pessoas que já foram julgadas pela Justiça, a qualificação profissional recebida os habilitará a voltar ao mercado de trabalho, possibilitando que eles deem um sustento digno às suas famílias”, destaca. 

Para Cristiane Gadelha, coordenadora da Cispe, o curso proporciona, além de qualificação, a possibilidade de empreendedorismo. “Estimulamos a contratação desses alunos nos órgãos públicos, mas, com o treinamento, eles são capacitados também a montar o seu próprio negócio e gerar renda para suas famílias”, afirma Cristiane. 

O curso já formou 45 jardineiros desde o início da parceria, em 2015.