28 de março de 2019 em Economia

Preços nos supermercados da capital subiram 7,18%, em março, aponta pesquisa do Procon Fortaleza

É a maior alta de preços já encontrada pelo órgão, este ano. A pesquisa está disponível no aplicativo "Proconomizar"


Alimentos e produtos de primeira necessidade subiram 7,18%, em março, na capital cearense. É o que indica a nova pesquisa do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgada, nesta quinta-feira (28/03). Em fevereiro, a soma da média dos 60 produtos pesquisados nos supermercados de Fortaleza chegou a R$ 424,01 enquanto que, neste último levantamento, realizado entre os dias 20 e 22/3, a soma da média foi de R$ 454,44. A diferença de preço entre os estabelecimentos pode chegar a 293,25% como, por exemplo, o preço do quilo do alho que pode ser encontrado de R$ 8,90 à R$ 35,00.

A Regional do Centro continua apresentando os maiores preços na média dos produtos pesquisados, somando R$ 519,09 todos os itens, enquanto que a Regional IV, onde ficam bairros como Damas, Couto Fernandes e Itaperi totaliza R$ 393,61. O Procon ressalta que a soma da média dos itens, por regionais, também leva em consideração a quantidade de produtos nos supermercados, ou seja, a falta de itens pode impactar na soma total.

Além do preço do alho (indo de R$ 8,90 à R$ 35,00), outros cinco produtos também apresentam alta variação, acima de cem por cento.

Maiores variações

PRODUTO MENOR PREÇO MAIOR PREÇO VARIAÇÃO
Alho (Kg) R$ 8,90 R$ 35,00 293,25%
Mamão (kg) R$ 1,19 R$ 3,99 235,29%
Queijo coalho (Kg) R$ 18,79 R$ 47,98 155,34%
Queijo mussarela (Kg) R$ 20,49 R$ 49,90 143,53%
Abacaxi (Un) R$ 2,89 R$ 6,99 141,86%
Cenoura (Kg) R$ 2,49 R$ 5,99 140,56%

Consulte aqui os preços de alimentos e produtos em todas Regionais. A pesquisa também está disponível no aplicativo "Proconomizar", nas plataformas android e iOS.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, lembra que a pesquisa ainda é a maior aliada do consumidor que busca economia. "Os estabelecimentos percebem a migração de clientes para locais com preços mais baratos. E isto força os supermercados que praticam preços elevados a baixarem o valor de produtos e alimentos. O consumidor é quem sai ganhando".

Preços por regionais

REGIONAIS PREÇO MÉDIO TOTAL
Regional Centro R$ 519,09
Regional II R$ 471,72
Regional III R$ 464,83
Regional VI R$ 462,03
Regional V R$ 455,15
Regional I R$ 395,90
Regional IV R$ 393,61

Preços nos supermercados da capital subiram 7,18%, em março, aponta pesquisa do Procon Fortaleza

É a maior alta de preços já encontrada pelo órgão, este ano. A pesquisa está disponível no aplicativo "Proconomizar"

Alimentos e produtos de primeira necessidade subiram 7,18%, em março, na capital cearense. É o que indica a nova pesquisa do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgada, nesta quinta-feira (28/03). Em fevereiro, a soma da média dos 60 produtos pesquisados nos supermercados de Fortaleza chegou a R$ 424,01 enquanto que, neste último levantamento, realizado entre os dias 20 e 22/3, a soma da média foi de R$ 454,44. A diferença de preço entre os estabelecimentos pode chegar a 293,25% como, por exemplo, o preço do quilo do alho que pode ser encontrado de R$ 8,90 à R$ 35,00.

A Regional do Centro continua apresentando os maiores preços na média dos produtos pesquisados, somando R$ 519,09 todos os itens, enquanto que a Regional IV, onde ficam bairros como Damas, Couto Fernandes e Itaperi totaliza R$ 393,61. O Procon ressalta que a soma da média dos itens, por regionais, também leva em consideração a quantidade de produtos nos supermercados, ou seja, a falta de itens pode impactar na soma total.

Além do preço do alho (indo de R$ 8,90 à R$ 35,00), outros cinco produtos também apresentam alta variação, acima de cem por cento.

Maiores variações

PRODUTO MENOR PREÇO MAIOR PREÇO VARIAÇÃO
Alho (Kg) R$ 8,90 R$ 35,00 293,25%
Mamão (kg) R$ 1,19 R$ 3,99 235,29%
Queijo coalho (Kg) R$ 18,79 R$ 47,98 155,34%
Queijo mussarela (Kg) R$ 20,49 R$ 49,90 143,53%
Abacaxi (Un) R$ 2,89 R$ 6,99 141,86%
Cenoura (Kg) R$ 2,49 R$ 5,99 140,56%

Consulte aqui os preços de alimentos e produtos em todas Regionais. A pesquisa também está disponível no aplicativo "Proconomizar", nas plataformas android e iOS.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, lembra que a pesquisa ainda é a maior aliada do consumidor que busca economia. "Os estabelecimentos percebem a migração de clientes para locais com preços mais baratos. E isto força os supermercados que praticam preços elevados a baixarem o valor de produtos e alimentos. O consumidor é quem sai ganhando".

Preços por regionais

REGIONAIS PREÇO MÉDIO TOTAL
Regional Centro R$ 519,09
Regional II R$ 471,72
Regional III R$ 464,83
Regional VI R$ 462,03
Regional V R$ 455,15
Regional I R$ 395,90
Regional IV R$ 393,61