17 de janeiro de 2022 em Habitação

Secretaria do Desenvolvimento Habitacional encaminha os primeiros processos de regularização fundiária do Conjunto Irmã Dulce II

Nessa primeira etapa, 52 famílias tiveram seus processos aprovados


A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) avança no processo de regularização fundiária do Conjunto Irmã Dulce II, localizado no bairro Mondubim (Regional 10). Ao todo, 52 famílias tiveram seus processos aprovados e serão encaminhados ainda nesta semana ao cartório de registro de imóveis para emissão das matrículas individuais.

O processo de titulização do Conjunto Irmã Dulce II não foi diferente dos demais, uma vez que teve que passar por todas as fases, desde identificação da demanda e poligonal, passando pelo cadastro das famílias, aprovação do projeto urbanístico e, por fim, o processo de revalidação cadastral realizado pela equipe da Coordenadoria de Regularização Fundiária da Habitafor. “Por se tratar de um cadastro antigo, a equipe teve que fazer uma revalidação e conseguiu encontrar esse total moradores cadastrados, no entanto o processo seguirá e esse número deverá aumentar”, explica a técnica social, Keyve Castro.

Mais

A regularização fundiária (papel da casa) integra a política habitacional desenvolvida pela Prefeitura de Fortaleza que tem como objetivo principal garantir a formalização de núcleos urbanos e a consequente segurança patrimonial de famílias vulneráveis na capital.

Em 2021, mais de 1.000 famílias receberam o papel da casa que oficializa a parte documental do imóvel, proporcionando segurança jurídica, além de outras facilidades como financiamentos, bem como a dignidade de endereços oficiais reconhecidos pelos governos e instituições e outros direitos como saneamento, esporte, lazer e outros.

Secretaria do Desenvolvimento Habitacional encaminha os primeiros processos de regularização fundiária do Conjunto Irmã Dulce II

Nessa primeira etapa, 52 famílias tiveram seus processos aprovados

A Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) avança no processo de regularização fundiária do Conjunto Irmã Dulce II, localizado no bairro Mondubim (Regional 10). Ao todo, 52 famílias tiveram seus processos aprovados e serão encaminhados ainda nesta semana ao cartório de registro de imóveis para emissão das matrículas individuais.

O processo de titulização do Conjunto Irmã Dulce II não foi diferente dos demais, uma vez que teve que passar por todas as fases, desde identificação da demanda e poligonal, passando pelo cadastro das famílias, aprovação do projeto urbanístico e, por fim, o processo de revalidação cadastral realizado pela equipe da Coordenadoria de Regularização Fundiária da Habitafor. “Por se tratar de um cadastro antigo, a equipe teve que fazer uma revalidação e conseguiu encontrar esse total moradores cadastrados, no entanto o processo seguirá e esse número deverá aumentar”, explica a técnica social, Keyve Castro.

Mais

A regularização fundiária (papel da casa) integra a política habitacional desenvolvida pela Prefeitura de Fortaleza que tem como objetivo principal garantir a formalização de núcleos urbanos e a consequente segurança patrimonial de famílias vulneráveis na capital.

Em 2021, mais de 1.000 famílias receberam o papel da casa que oficializa a parte documental do imóvel, proporcionando segurança jurídica, além de outras facilidades como financiamentos, bem como a dignidade de endereços oficiais reconhecidos pelos governos e instituições e outros direitos como saneamento, esporte, lazer e outros.