29 de outubro de 2021 em Cultura

Vila das Artes divulga programação cineclubista do mês de novembro

Canal de vídeos do equipamento cultural receberá as mostras temáticas "Videodançares" e "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar"


A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove, neste mês de novembro, mais duas ações referentes à programação do Cineclube Vila das Artes. As mostras "Videodançares" e "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar" apresentarão, ao todo, oito sessões, com exibições semanais de filmes e debates ao vivo, transmitidos por meio do canal da Vila das Artes na plataforma de vídeos YouTube.

Clique aqui para acessar o canal da Vila das Artes no YouTube

Os debates transmitidos ao vivo terão mediação dos curadores das mostras e contarão com a participação dos realizadores dos filmes de cada sessão e convidados. Confira mais abaixo o detalhamento da programação.

A mostra "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar" reúne obras dos Cinemas Negros do Brasil dotadas de perspectivas decoloniais. Conforme explica Luan Jave, integrante do Viu&Review, coletivo que assina a curadoria da mostra, os filmes incorporam em suas narrativas o "tempo espiralar" e as "encruzilhadas", segundo os conceitos cunhados pela pesquisadora Leda Maria Martins. "Abordamos experiências temporais espiralares, as fissuras, os fragmentos, as memórias, as viagens nos tempos e as descontinuidades que se articulam em encruzilhadas sígnicas de corpos negros que atravessam os tempos", comenta o curador.

"As obras entrecruzadas elaboram distintos tipos de formas de contar: a performance, o experimental, o realismo fantástico, o afrofuturismo se constituem como cosmologias que recusam o ocidental", detalha Lina Cirino, também integrante do coletivo.

A mostra "Videodançares", por sua vez, busca um panorama artístico entre o vídeo e a dança, com trabalhos audiovisuais que dialogam com a produção artística e documental de videodança numa perspectiva de imagens expandidas do corpo para a câmera e para a tela. A curadoria dos filmes e a mediação dos debates é de Joubert Arrais, Liliane Luz e Sabina Colares.

"A palavra 'videodançares', que dá nome à mostra, é pensada como potência de tessituras, ambiências, pluralidades e hibridismos", explica Joubert Arrais, um dos curadores. "As sessões trazem subtítulos que cumprem o papel de provocação crítica para cada sessão temática e também se relacionam entre si, mobilizando observação, problematização e discussão com as questões da atualidade, sendo o corpo tratado como questão imagético-política", complementa Liliane Luz, também curadora.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Programação
Todos os filmes e debates são exibidos no canal da Vila da Artes no YouTube a partir das 17h do dia da sessão. Confira as datas e os filmes das duas mostras abaixo.

Mostra "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar"

Sessão 1 - "Tempo Cura"
- Filmes: "Tempos Verbais" (2019 / 4min), de Ema Ribeiro; "Praia dos Tempos" (202 / 11min), de Luan Santos; e "Arco do tempo" (2019 / 17min), de Juan Rodrigues
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (03/11)

Sessão 2 - "Tempo Ruína"
- Filmes: "Ilha" (2018 / 96min / 16 anos), de Glenda Nicácio e Ary Rosa; e "A mulher no fim do mundo" (2019 / 20min), de Ana do Carmo
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (10/11)

Sessão 3 - Tempo Afro-Surreal
- Filmes: "Vida Nova Por Acaso" (1970 / 48min / 14 anos), de Odilon Lopez; e "Jorge" (2019 / 20min / 14 anos), de Jéferson
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (17/11)

Sessão 4 - Tempo Infinito
- "Preces precipitadas de um lugar sagrado que não existe mais" (2020 / 24min / 10 anos), de Rafael Luan e Mike Dutra; "Cartuchos de Super Nintendo em Anéis de Saturno" (2018 / 20min / 10 anos), de Leon Reis; e "Marvin.gif Parte II" (2020 / 4min), de Marvin Pereira
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (24/11)

Mostra "Videodançares"

Sessão 1 - "Corporresiliência"
- Filmes: "Sem ter o que dançar, foi se curar" (2021 / 23min), de Dudude e Thais Mol (MG); "Queda" (2020 / 6min), de Filipe Marsena e Marcelo Sena/Cia Etc (PE); "Erranças" (2015 / 20min), de Gabriela Santana e Tonlin Cheng (PE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e mediação dos curadores Liliane Luz e Joubert Arrais
Data: Quinta-feira (11/11)

Sessão 2 - "Corpodistopia"
- Abertura da mostra, com os curadores Joubert Arrais, Liliane Luz e Sabina Colares
- Filmes: "Inferus" (2018 / 7min), de Débora Bittencourt (PE);
"Espiral – O futuro pode estar na sua frente ou às suas costas..." (2020 / 21min), de Rui Moreira (SP/MG/RS); "Orixá Cafuzo e outras divindades" (2019 / 22min), de Gerson Moreno e Cacheado Braga (CE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e mediação de Joubert Arrais
Data: Sexta-feira (12/11)

Sessão 3 - "Corpopassagem"
- Filmes: "EntrePontosRiscados" (2020 / 6min), de Cacheado Braga, Gerson Moreno e Cia Balé Baião (CE); "Maxixe" (2010 / 10min), de Breno César e Cia Etc (PE); "O que tenho de você?" (2013 / 17min), de Sabina Colares (CE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e convidados, mediação dos curadores Sabina Colares e Joubert Arrais
Data: Quinta-feira (18/11)

Sessão 4 - "Corpomovência"
- Filmes: "Exibição dos filmes Homem Torto" (2020 / 15min), de Eduardo Fukushima & Pedro Nishi (SP); "Engarrafada" (2019 / 47min), de Silvia Moura e Henrique Kardozo (CE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e mediação dos curadores Joubert Arrais, Liliane Luz e Sabina Colares
Data: Quinta-feira (25/11)

Sobre os curadores
Viu&Review, coletivo responsável pela curadoria da mostra "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar", é um espaço virtual que produz críticas e reviews quinzenais de obras audiovisuais, disponibilizadas no endereço virtual https://medium.com/@viureview. O coletivo é composto por estudantes de cinema e audiovisual residentes do Recôncavo Baiano: Lina Cirino, Stephanie Sobral, Otávio Conceição, Hanna Lagoa, Ema Ribeiro, Marina Reis, André Malta, Luan Jave, Dante Gabriel, Luan Santos, João Guimarães, Anna Verena.

Já a mostra "Videodançares" tem a curadoria do professor, pesquisador e artista da dança Joubert Arrais; da bailarina, professora e pesquisadora Liliane Luz; e da pesquisadora e produtora cinematográfica Sabina Colares.

Telas Abertas
As mostras "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar" e "Videodançares" são, respectivamente, a quarta e a quinta mostras oriundas da convocatória Telas Abertas 2021, que selecionou propostas de curadoria de mostra de filmes com temática livre para compor a programação do Cineclube da Vila das Artes durante o período de junho a dezembro de 2021. Das sete vagas preenchidas, quatro se destinaram a proponentes residentes em Fortaleza e três a residentes em outras localidades do País.

Serviço
Cineclube Vila das artes – Mostras "Videodançares" e "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar"
Data: 03, 10, 11,12, 17, 18, 24 e 25/11
Hora: 17h
Local: Canal da Vila das Artes no YouTube

Vila das Artes divulga programação cineclubista do mês de novembro

Canal de vídeos do equipamento cultural receberá as mostras temáticas "Videodançares" e "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar"

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes promove, neste mês de novembro, mais duas ações referentes à programação do Cineclube Vila das Artes. As mostras "Videodançares" e "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar" apresentarão, ao todo, oito sessões, com exibições semanais de filmes e debates ao vivo, transmitidos por meio do canal da Vila das Artes na plataforma de vídeos YouTube.

Clique aqui para acessar o canal da Vila das Artes no YouTube

Os debates transmitidos ao vivo terão mediação dos curadores das mostras e contarão com a participação dos realizadores dos filmes de cada sessão e convidados. Confira mais abaixo o detalhamento da programação.

A mostra "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar" reúne obras dos Cinemas Negros do Brasil dotadas de perspectivas decoloniais. Conforme explica Luan Jave, integrante do Viu&Review, coletivo que assina a curadoria da mostra, os filmes incorporam em suas narrativas o "tempo espiralar" e as "encruzilhadas", segundo os conceitos cunhados pela pesquisadora Leda Maria Martins. "Abordamos experiências temporais espiralares, as fissuras, os fragmentos, as memórias, as viagens nos tempos e as descontinuidades que se articulam em encruzilhadas sígnicas de corpos negros que atravessam os tempos", comenta o curador.

"As obras entrecruzadas elaboram distintos tipos de formas de contar: a performance, o experimental, o realismo fantástico, o afrofuturismo se constituem como cosmologias que recusam o ocidental", detalha Lina Cirino, também integrante do coletivo.

A mostra "Videodançares", por sua vez, busca um panorama artístico entre o vídeo e a dança, com trabalhos audiovisuais que dialogam com a produção artística e documental de videodança numa perspectiva de imagens expandidas do corpo para a câmera e para a tela. A curadoria dos filmes e a mediação dos debates é de Joubert Arrais, Liliane Luz e Sabina Colares.

"A palavra 'videodançares', que dá nome à mostra, é pensada como potência de tessituras, ambiências, pluralidades e hibridismos", explica Joubert Arrais, um dos curadores. "As sessões trazem subtítulos que cumprem o papel de provocação crítica para cada sessão temática e também se relacionam entre si, mobilizando observação, problematização e discussão com as questões da atualidade, sendo o corpo tratado como questão imagético-política", complementa Liliane Luz, também curadora.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Programação
Todos os filmes e debates são exibidos no canal da Vila da Artes no YouTube a partir das 17h do dia da sessão. Confira as datas e os filmes das duas mostras abaixo.

Mostra "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar"

Sessão 1 - "Tempo Cura"
- Filmes: "Tempos Verbais" (2019 / 4min), de Ema Ribeiro; "Praia dos Tempos" (202 / 11min), de Luan Santos; e "Arco do tempo" (2019 / 17min), de Juan Rodrigues
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (03/11)

Sessão 2 - "Tempo Ruína"
- Filmes: "Ilha" (2018 / 96min / 16 anos), de Glenda Nicácio e Ary Rosa; e "A mulher no fim do mundo" (2019 / 20min), de Ana do Carmo
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (10/11)

Sessão 3 - Tempo Afro-Surreal
- Filmes: "Vida Nova Por Acaso" (1970 / 48min / 14 anos), de Odilon Lopez; e "Jorge" (2019 / 20min / 14 anos), de Jéferson
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (17/11)

Sessão 4 - Tempo Infinito
- "Preces precipitadas de um lugar sagrado que não existe mais" (2020 / 24min / 10 anos), de Rafael Luan e Mike Dutra; "Cartuchos de Super Nintendo em Anéis de Saturno" (2018 / 20min / 10 anos), de Leon Reis; e "Marvin.gif Parte II" (2020 / 4min), de Marvin Pereira
- Exibições seguidas de debate com a curadoria e convidados
Data: Quarta-feira (24/11)

Mostra "Videodançares"

Sessão 1 - "Corporresiliência"
- Filmes: "Sem ter o que dançar, foi se curar" (2021 / 23min), de Dudude e Thais Mol (MG); "Queda" (2020 / 6min), de Filipe Marsena e Marcelo Sena/Cia Etc (PE); "Erranças" (2015 / 20min), de Gabriela Santana e Tonlin Cheng (PE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e mediação dos curadores Liliane Luz e Joubert Arrais
Data: Quinta-feira (11/11)

Sessão 2 - "Corpodistopia"
- Abertura da mostra, com os curadores Joubert Arrais, Liliane Luz e Sabina Colares
- Filmes: "Inferus" (2018 / 7min), de Débora Bittencourt (PE);
"Espiral – O futuro pode estar na sua frente ou às suas costas..." (2020 / 21min), de Rui Moreira (SP/MG/RS); "Orixá Cafuzo e outras divindades" (2019 / 22min), de Gerson Moreno e Cacheado Braga (CE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e mediação de Joubert Arrais
Data: Sexta-feira (12/11)

Sessão 3 - "Corpopassagem"
- Filmes: "EntrePontosRiscados" (2020 / 6min), de Cacheado Braga, Gerson Moreno e Cia Balé Baião (CE); "Maxixe" (2010 / 10min), de Breno César e Cia Etc (PE); "O que tenho de você?" (2013 / 17min), de Sabina Colares (CE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e convidados, mediação dos curadores Sabina Colares e Joubert Arrais
Data: Quinta-feira (18/11)

Sessão 4 - "Corpomovência"
- Filmes: "Exibição dos filmes Homem Torto" (2020 / 15min), de Eduardo Fukushima & Pedro Nishi (SP); "Engarrafada" (2019 / 47min), de Silvia Moura e Henrique Kardozo (CE)
- Filmes seguidos por debate ao vivo com os realizadores dos filmes e mediação dos curadores Joubert Arrais, Liliane Luz e Sabina Colares
Data: Quinta-feira (25/11)

Sobre os curadores
Viu&Review, coletivo responsável pela curadoria da mostra "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar", é um espaço virtual que produz críticas e reviews quinzenais de obras audiovisuais, disponibilizadas no endereço virtual https://medium.com/@viureview. O coletivo é composto por estudantes de cinema e audiovisual residentes do Recôncavo Baiano: Lina Cirino, Stephanie Sobral, Otávio Conceição, Hanna Lagoa, Ema Ribeiro, Marina Reis, André Malta, Luan Jave, Dante Gabriel, Luan Santos, João Guimarães, Anna Verena.

Já a mostra "Videodançares" tem a curadoria do professor, pesquisador e artista da dança Joubert Arrais; da bailarina, professora e pesquisadora Liliane Luz; e da pesquisadora e produtora cinematográfica Sabina Colares.

Telas Abertas
As mostras "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar" e "Videodançares" são, respectivamente, a quarta e a quinta mostras oriundas da convocatória Telas Abertas 2021, que selecionou propostas de curadoria de mostra de filmes com temática livre para compor a programação do Cineclube da Vila das Artes durante o período de junho a dezembro de 2021. Das sete vagas preenchidas, quatro se destinaram a proponentes residentes em Fortaleza e três a residentes em outras localidades do País.

Serviço
Cineclube Vila das artes – Mostras "Videodançares" e "Narrativas-Encruzilhadas no Tempo Espiralar"
Data: 03, 10, 11,12, 17, 18, 24 e 25/11
Hora: 17h
Local: Canal da Vila das Artes no YouTube