A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), atua no estímulo ao desenvolvimento inclusivo e oferece oportunidade de trabalho e renda para pessoas com deficiência visual, através do Projeto Visão nas Mãos. A iniciativa, que promove a inserção de 47 cegos no mercado de trabalho, disponibiliza espaços públicos para a execução de atividades de massoterapia.

Neste mês de fevereiro, os profissionais oferecem serviços de massoterapia em diversos pontos da cidade: Praça dos Estressados; Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado; Tribunal de Justiça do Estado do Ceará; Fórum Clóvis Beviláqua; Espaço do Artesanato; Mercado Central de Fortaleza; Mercado dos Peixes; Fórum das Turmas Recursais; Seuma; Agefis; Seinf e na Secretaria Regional II.

Inclusão econômica

As pessoas com deficiência visual, que participam do Projeto Visão nas Mãos, recebem consultoria, capacitação gerencial, disponibilização de material de trabalho (cadeiras quick massage, macas e biombos), bem como distribuição de materiais de consumo (camisas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha e álcool em gel). Cada sessão custa entre R$ 15 e R$ 20. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos massoterapeutas.

Mais informações pelo telefone 0800 081 4141.

Confira a programação de fevereiro:

Praça dos Estressados
Data e hora: Todos os dias, 6h30 às 11h / 17h às 21h
Local: Avenida Beira Mar, S/N - Meireles.

Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado
Data e hora: 28/02, 8 h às 16 h
Local: Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba (SEPLAG - 2º Andar).

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará
Data e hora: Todas as quintas, exceto feriados, 11h às 16h
Local: Avenida General Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba.

Fórum Clóvis Beviláqua
Data e hora: Todas as terças, exceto feriados, 8h às 17h
Local: Rua Desembargador Floriano Benevides Magalhães, 220 - Edson Queiroz

Mercado Central de Fortaleza
Data e hora: Todos os sábados, 9h às 15h
Local: Avenida Alberto Nepomuceno, 199 - Centro.

Espaço do Artesanto da SDE Fortaleza
Data e hora: 08/02, 8h às 16h
Local: Avenida Santos Dumont, 2500 - Loja 17 - Aldeota.

Seuma / Seinf
Data e hora: Todas as quintas, exceto feriados, 8h às 16h
Local: Avenida Deputado Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras.

Fórum das Turmas Recursais
Data e hora: Todas as sextas, 8h às 17h
Local: Av. Santos Dumont, 1400 - Aldeota.

Secretaria Regional II
Data e hora: 08/02, 8h às 17h
Local: Rua Professor Juraci Oliveira, 1 - Edson Queiroz.

Mercado dos Peixes
Data e hora: Todas as quintas, sexta e sábado, 17h às 22h
Local: Avenida Beira Mar, 3479 - Meireles.

Agência de Fiscalização de Fortaleza - AGEFIS
Data e hora: 06/02, 8h às 17h
Local: Rua Francisco José Albuquerque Pereira, 1020 - Cajazeiras.

Publicado em Economia

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), atua no estímulo ao desenvolvimento inclusivo e oferece oportunidade de trabalho e renda para pessoas com deficiência visual, através do Projeto Visão nas Mãos. A iniciativa, que promove a inserção de 47 cegos no mercado de trabalho, disponibiliza espaços públicos para a execução de atividades de massoterapia.

Neste mês de novembro, os profissionais oferecem serviços de massoterapia em diversos pontos da Cidade: Praça dos Estressados, Mercado Central de Fortaleza, Ouvidoria e Controladoria do Estado, Fórum Clóvis Bevilácqua, Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas (Cerif) e nas Secretarias Regionais I, II e V.

Inclusão econômica
As pessoas com deficiência visual, que participam do Projeto Visão nas Mãos, recebem consultoria, capacitação gerencial, disponibilização de material de trabalho (cadeiras quick massage, macas e biombos), bem como distribuição de materiais de consumo (camisas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha e álcool em gel). Cada sessão custa entre R$ 15 e R$ 20. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos massoterapeutas.

Mais informações pelo telefone 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

ONDE QUANDO

Praça dos Estressados

(Av. Beira Mar, S/N - Meireles).

Todos os dias

(6h30 às 11h/ 17h às 21h)

Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado

(Av. Gal Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba).

Dia 29/11

(8h às 16h)

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará

(Av. Gal Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba).

Todas as quintas, exceto feriados.

(11h às 16h)

Fórum Clóvis Beviláqua

(Rua Des. Floriano Benevides, 220 - Edson Queiroz).

Todas as terças, exceto feriados.

(8h às 17h)

Mercado Central de Fortaleza

(Av. Alberto Nepomuceno, 199 - Centro).

Todos os sábados

(9h às 15h)

Seuma / Seinf

(Av. Deputado Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras).

Todas as quintas, exceto feriados.

(8h às 16h)

Fórum das Turmas Recursais

(Av. Santos Dumont, 1400 - Aldeota).

Todas as sextas, exceto feriados.

(8h às 17h)

Secretaria Regional V

(Rua Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito).

Dias 11, 18 e 25/11

(8h às 17h)

CERIF - Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas

(Rua Tibúrcio Cavalcante, 900 - Aldeota).

Dia 06/11

(8h às 17h)

Secretaria Regional II

(Rua Professor Juraci Oliveira, 1 - Edson Queiroz).

Dia 09/11

(8h às 17h)

Secretaria Regional I

(Rua Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito).

Dias 06, 07 e 08/11

(8h às 17h)

Publicado em Economia
Teatro
O espetáculo contou a história do Estado do Ceará por meio de dança, música, canto e circo

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS) promoveu mais uma ação do projeto + Inclusão. Na última sexta-feira (17/08), cerca de 300 pessoas em situação de rua assistiram a uma apresentação teatral no Teatro Ceará Show.

O espetáculo contou a história do Estado do Ceará por meio de dança, música, canto e circo. A ação só foi fruto de uma parceria entre a Coordenadoria Integrada da Assistência Social (COIAS) da SDHDS e do Ceará Show.

A apresentação  foi feita exclusivamente para pessoas em situação de rua cadastradas nos equipamentos da Prefeitura de Fortaleza. Foram disponibilizados quatro ônibus para o transporte do público.

“É importante para nós recebermos esse público e promover, que é o nosso grande objetivo, a cultura. Ficamos muito felizes com a presença deles aqui no teatro”, afirmou Fernando Catony, diretor do Ceará Show.

Durante o espetáculo, era possível observar a atenção e a interação da plateia. Homens, mulheres e crianças puderam aprender mais sobre a história do Ceará contada por personagens importantes, como Dragão do Mar, Jovita Feitosa, a figura do sertanejo vaqueiro, Padre Cícero, entre outros.

“Essa história me inspirou. Os personagens tinham objetivos na vida e eu vou alcançar os meus também”, declarou o aposentado Antônio dos Santos.

“Sou baiana, mas moro no Ceará há muito tempo. Já sou mais cearense do que baiana. Foi uma tarde muito boa, pude aprender ainda mais e me divertir”, afirmou uma assistida pela Prefeitura que preferiu não se identificar.

A SDHDS planeja ainda mais ações do + Inclusão até o fim do ano. “É uma forma de fazermos essas pessoas se sentirem incluídas socialmente. A realidade deles é muito difícil. Então a Prefeitura, além de toda a assistência promovida por meio de nossos equipamentos, procura realizar atividades desse tipo”, afirmou o secretário da SDHDS, Elpídio Nogueira.

O + Inclusão teve início no começo do ano e já realizou diversas atividades, como ida ao cinema e ao estádio para que pessoas em situação de rua pudesse assistir ao jogos de Ceará e Fortaleza, no Campeonato Brasileiro, no setor Premium da Arena Castelão. Em fevereiro, foi a vez do inédito bloco de carnaval Turma do Papelão.

Publicado em Social