duas casas lado a lado vistas de perfil com lagoa do urubu ao fundo
A obra está em fase de finalização da parte hidrossanitária, elétrica e de pintura

Os trabalhos para a finalização dos 20 apartamentos no entorno da Lagoa do Urubu seguem em cronograma acelerado. Com mais de 95% concluída, a obra, localizada no bairro Floresta (Regional I), está em fase de finalização da parte hidrossanitária, elétrica e de pintura.

De acordo com a secretária do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, Olinda Marques, que esteve no local para acompanhar o andamento as atividades, as moradias devem ser entregues até o final deste mês. “Essa obra é de grande importância para a comunidade, pois ela integra um complexo de ações que já possui uma Areninha e dois Ecopontos e, em breve, começa uma importante urbanização do entorno da Lagoa”, explicou a titular da pasta, referindo-se à intervenção urbanística que ocorrerá na área, com a implantação de calçadão com ciclovia, drenagem, pavimentação, parquinho, quadra e campo de areia, além de mobiliários urbanos e a limpeza total da lagoa.

Ainda sobre os 20 apartamentos, eles estão na fase de acabamento, o que traz esperança para o casal Cícero Washington e Sabrina Nascimento. “Estamos felizes porque a obra foi garantida pela Habitafor. Queremos destacar que estamos sendo assistidos por meio do aluguel social, mas ainda neste mês iremos receber a nossa casa”, enfatizou Cícero Washington.

Publicado em Habitação
Tratores e caminhões fazem a retiradas dos resíduos
Ação teve início nesta quarta-feira (04/12)

A Prefeitura de Fortaleza começou, na manhã desta quarta-feira (04/12), o trabalho de limpeza para dar sequência na urbanização prevista para Lagoa do Urubu, no bairro Floresta. Para a ação, equipes sociais da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor) realizaram, em outubro deste ano, um trabalho de diálogo e cadastramento das famílias, principalmente no Programa de Locação Social.

A ação, que consiste na retirada dos barracos que ocupam a margem da manancial, servirá para que as demais intervenções sejam iniciadas na área. Além da areninha já está em construção, estão previstas ações de urbanização como implantação de calçadão com ciclovia, drenagem e pavimentação. O local receberá ainda parquinho, quadra e campo de areia, bem como outros mobiliários urbanos. Também está prevista a limpeza da lagoa.

20 unidades habitacionais serão finalizadas e entregues a famílias que deverão permanecer na área. “Essas unidades serão totalmente recuperadas e devolvidas aos moradores, lembrando que os demais moradores serão encaminhados para outros projetos habitacionais. Enquanto ocorre a intervenção, as famílias seguem sendo assistidas pelo Programa de Locação Social da Prefeitura de Fortaleza”, explicou uma das engenheiras responsáveis pela obra, Rafaela Mota.

O investimento para requalificação da área da Lagoa do Urubu ultrapassa a ordem de R$ 8 milhões.

Publicado em Habitação
O primeiro atendimento na Escola Dom Helder Câmara
Ao todo, são 88 famílias que deverão contempladas com o papel da casa

A Prefeitura de Fortaleza iniciou, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), o trabalho de regularização fundiária da Comunidade do Urubu, no Padre Andrade. Das 88 famílias cadastradas inicialmente, 52 já compareceram no pouso montado, na segunda-feira (25/02), na Escola Municipal Dom Hélder Câmara. A revalidação cadastral deve seguir durante esta semana na sede da Habitafor.

A ação, que integra parte do trabalho de regularização fundiária daquela área, está sendo coordenada por equipes das coordenadorias de Regularização Fundiária (Coref) e de Política Comunitária (Copoc) da Habitafor, consiste no preenchimento de cadastro e no recolhimento de documentos necessários para o processo de elaboração do papel da casa. O comparecimento das famílias é necessário para a celeridade do processo de regularização. “Com essa primeira mobilização, conseguimos atender cerca de 60% do nosso objetivo, mas é importante que as famílias venham à Habitafor para concluirmos essa etapa de juntada de documentos o mais rápido possível”, ressalta uma das responsáveis pela ação, Keyve Castro.

Sobre a documentação
Os beneficiários devem apresentar originais e cópias do RG, CPF e comprovante de residência atualizado e, para os casados, igual documentação, além da certidão de casamento. As pessoas divorciadas devem levar certidão de casamento com averbação e os viúvos, a certidão de óbito do cônjuge.

Serviço
Revalidação cadastral de famílias da Comunidade do Urubu, no Padre Andrade
Data: Até sexta-feira (01/03)
Horário: 8h às 17h
Local: Rua Paula Rodrigues, 304 – Bairro de Fátima
Mais informações: 3105-1330.

Publicado em Habitação
As famílias precisam levar documentos pessoais e dos cônjuges
Oitenta e oito famílias devem ser beneficiadas nessa etapa

A Prefeitura de Fortaleza iniciará, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), na próxima segunda-feira (25/02), a revalidação cadastral junto a famílias da Comunidade do Urubu, no bairro Padre Andrade. A ação integra parte do trabalho de regularização fundiária daquela área.

A atividade, que será coordenada por equipes das coordenadorias de Regularização Fundiária (Coref) e de Política Comunitária (Copoc) da Habitafor, consiste no preenchimento de cadastro e no recolhimento de documentos necessários para o processo de elaboração do papel da casa.

Para mobilizar as famílias, a Secretaria enviou equipes para a área, informando a data e a documentação necessária para o dia. “Com essa mobilização antecipada, esperamos que nenhuma família fique de fora dessa ação, que faz parte do projeto de urbanização da Lagoa do Urubu”, explica a coordenadora de Regularização Fundiária da Habitafor, Eliana Gomes.

Os beneficiários devem apresentar originais e cópias do RG, CPF e comprovante de residência atualizado e, para os casados, igual documentação, além da certidão de casamento. As pessoas divorciadas devem levar certidão de casamento com averbação e os viúvos, a certidão de óbito do cônjuge.

Mais
Incorporar núcleos urbanos informais ao ordenamento territorial e garantir a titulação de seus ocupantes são os principais objetivos da política de Regularização Fundiária desenvolvida pela Prefeitura de Fortaleza. Em cinco anos, a Prefeitura entregou 3.732 papéis da casa em diversas áreas da Cidade, com destaque para a região do Vila do Mar, onde mais de 1.500 famílias já foram contempladas, além do Conjunto Palmeiras, na Regional VI, e Planalto Universo, na Regional IV.

Serviço
Revalidação cadastral de famílias da Comunidade do Urubu, no Padre Andrade
Data: Segunda-feira (25/02)
hora: a partir de 15h
Local: Escola Dom Hélder Câmara (Rua Frei Odilon, 623, Floresta)

Publicado em Habitação
Os moradores foram levados para um conjunto habitacional no Álvaro Weyne, em casas de 2 quartos, sala, cozinha e banheiro

"Foi o meu maior sonho realizado", comemorou Dona Francisca de Fátima, que morava na área de risco da Lagoa do Urubu há mais de nove anos, com um irmão, uma filha e três netos. A dona de casa lidera uma das 24 famílias reassentadas na manhã desta terça-feira (24/9), através do Projeto de Urbanização Lagoa do Urubu, em unidades habitacionais construídas pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor).


A ação contou com a participação da Defesa Civil, Guarda Municipal e o apoio das Regionais I, II, III, IV e V. De acordo com a Diretoria de Projetos Sociais da Habitafor, as famílias estavam inscritas desde 2006 e, pela situação de risco, 23 recebiam o auxílio do aluguel social e uma família continuava na área vulnerável, que foi incluída atendendo a demanda de urgência colocada pelo fato de ter entre os familiares uma pessoa com deficiência.


Para a presidenta da Habitafor, Eliana Gomes, a gestão continuará se esforçando para concluir as obras e, imediatamente, alocar as pessoas nas residências definitivas. “Nós sabemos que esse é um momento de felicidade para quem estava precisando de um teto de qualidade. Hoje, eu sei que aquelas famílias vão dormir com o coração mais tranquilo e nós vamos continuar trabalhando para que outras venham realizar o mesmo sonho”, comemorou.


Saiba mais

O projeto Lagoa do Urubu é uma obra do PAC 1, que prevê a urbanização do entorno da lagoa,  melhorias habitacionais, 188 reassentamentos, sendo que 68 moradias foram entregues até hoje. No início deste ano, a nova gestão da Habitafor realizou visita e constatou a obra paralisada. Com negociação junto ao Ministério das Cidades, a Prefeitura conseguiu recursos para garantir a conclusão das unidades habitacionais. Com isso, as 100 últimas unidades constantes no projeto deverão ser finalizadas através do Programa Minha Casa, Minha Vida, sem taxas e na modalidade de imóveis conjugados. Hoje, a Fundação trabalha também para o avanço da frente de serviços das ações de urbanização e de indenizações.


 

Publicado em Habitação