A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel dá início a segunda fase do projeto gratuito “Musicalização Infantil”, voltado para crianças e adolescentes de 8 a 14 anos. As inscrições podem ser realizadas até o dia 03 de julho, presencialmente, na sede do equipamento cultural. A Biblioteca Herbênia Gurgel é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Serão ministradas aulas de canto, violão e flauta com o músico Wesley Costa Lima, todas as quintas-feiras, a partir do dia 04 de julho, das 17h às 18h. Para a inscrição, o responsável pelo aluno deverá apresentar, na sede da Biblioteca, xerox do comprovante de endereço, RG, CPF e uma foto 3x4 da criança ou adolescente.

O objetivo do projeto “Musicalização Infantil” é desenvolver a sensibilidade musical, a concentração, a coordenação motora, a sociabilização, a acuidade auditiva, o respeito a si próprio e ao grupo, a disciplina pessoal e o equilíbrio emocional, dentre outras qualidades que colaboram na formação do indivíduo.

Serviço
Projeto Musicalização Infantil
Inscrições: Até quarta-feira (03/07), na sede da Biblioteca Herbênia Gurgel ou pelo telefone (85) 3259.4370.
Data: Quintas-feiras, a partir do dia 04/07
Horário: das 17h às 18h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Publicado em Cultura
Fachada do Centro Cultural Belchior com nova identidade visual
Na ocasião do aniversário, será apresentada oficialmente a nova identidade visual do centro cultural

O Centro Cultural Belchior (CCBel) completa dois anos de atividades neste sábado (18/05). Para celebrar essa intensa trajetória, serão realizadas ações em alusão ao aniversário do CCBel durante toda a semana. A programação é gratuita e aberta a todos os públicos.

Na quinta-feira (16/05), às 19h, será realizado um debate sobre o tema “Música e Legislação: um panorama sobre as leis e os aspectos jurídicos da cena musical”, com a presença do advogado e membro da comissão de direitos culturais da OAB-CE, Karel Guerra.

Na sexta-feira (17/05), a casa de praia da música recebe a exposição fotográfica “O Rock não morreu, se mudou pra FortalCity”. O trabalho dos fotógrafos Rafael Felix, Gil Sousa e Pedro de Farias é composto por registros fotográficos da cena musical de Fortaleza realizados durante shows, festivais e diversos eventos de música da Cidade. As obras ficarão expostas no Hall do Mira Cozinha (espaço gastronômico) até o dia 08 de junho.

Ainda na sexta-feira, no Auditório do CCBel, haverá um debate com seis coletivos ligados à música autoral de Fortaleza. Na ocasião, serão abordados os seguintes assuntos: a organização, os processos de produção, a cena musical da cidade e as estratégias de cada grupo para se manter na ativa. Participarão do momento os coletivos musicais Lado B, Girls to the Front, Good Garden Produções, ACR, Pé de Jambo Rec e Rock Vive.

No sábado (18/05), data em que completa dois anos, o CCBel traz, a partir das 14h, uma série de apresentações musicais realizadas por artistas e bandas independentes da cidade, tais como: Depth, Ouse, Remate, Filosofia Inverso, Old Books Room, Backdrop Falls, West Wolves e Caike Falcão.

Um Belchior Contemporâneo

Também no sábado (18/05), será lançada oficialmente a nova identidade visual do Centro Cultural, que ganha ares mais contemporâneos e se conecta com a nova proposta de ser a casa de praia da música. “A partir dos diálogos construídos com a cena local, pensamos ações e atividades que pudessem dar essa nova cara e, ao mesmo tempo, contribuir para o fortalecimento dos cenários possíveis para a música de Fortaleza. Da programação até a nova identidade visual, tudo vem sendo planejado de forma a deixar a casa de praia da música com ares de contemporaneidade e diversidade, a partir do legado do próprio artista Belchior e da importância de sua produção artística em nossos tempos”, explica o diretor do CCBel, Lenildo Gomes.

O Centro Cultural Belchior nasceu em 2017, em homenagem ao artista Belchior, grande nome da música cearense que faleceu no mesmo ano. Em setembro de 2018, já administrado pelo Instituto Cultural Iracema (ICI), organização social responsável pela direção e gestão do espaço, o CCBel buscou criar uma identidade e um conceito para suas ações, pensando no espaço enquanto lugar para a circulação da música independente da Cidade.

“Na programação que vem sendo desenvolvida, temos priorizado apoiar a cena musical a partir dessa diversidade, construindo um diálogo permanente com coletivos de música e artistas. Nesse sentido, o Centro Cultural vem, progressivamente, ocupando um importante lugar no apoio ao crescimento da produção musical da Capital”, complementa Lenildo Gomes.

Programação

Quinta-feira (16/05)
Debate “Música e Legislação: um panorama sobre as leis e os aspectos jurídicos da cena musical”
Participação: Karel Guerra, advogado e membro da comissão de direitos culturais da OAB-CE
Horário: 16h
Local: Auditório do Centro Cultural Belchior

Sexta-feira (17/05)
Exposição Fotográfica “O Rock não morreu, se mudou pra FortalCity”
Abertura: 18h
Visitação: 16/05 a 08/06, das 10h às 22h
Local: Hall do Mira Cozinha (espaço gastronômico)

Debate "Produção Cultural e a Música Independente: os coletivos e a cena de Fortaleza"
Participação: Lado B, Girls to the Front, Good Garden Produções, ACR, Pé de Jambo Rec e Rock Vive
Horário: 18h30 às 21h30
Local: Auditório do Centro Cultural Belchior

Sábado (18/05)
Festival Lado B - Atrações: Depth, Ouse, Remate, Filosofia Inverso, Old Books Room, Backdrop Falls, West Wolves e Caike Falcão.
Horário: a partir das 14h
Local: Calçada do Centro Cultural Belchior

Serviço
Aniversário de dois anos do Centro Cultural Belchior - Lançamento da nova identidade visual do centro
Data: 18/05 (sábado)
Horário: a partir das 14h
Local: Centro Cultural Belchior – Rua dos Pacajus, 123, Praia de Iracema
Classificação: Livre
Gratuito

Publicado em Cultura

 

Peça gráfica

A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel dá início ao projeto gratuito “Musicalização Infantil”, para crianças e adolescentes de 8 a 14 anos. As inscrições podem ser feitas até quinta-feira (07/02), às 17h, presencialmente na sede ou pelo telefone do equipamento cultural. A Biblioteca Herbênia Gurgel é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

As aulas ocorrerão sempre às quintas-feiras, das 17h às 18h. Na primeira fase do projeto, a biblioteca disponibiliza aulas de canto, com o professor Wesley Costa Lima e posteriormente, aulas de violão e flauta. Para a inscrição, o responsável deve passar o nome completo da criança ou adolescente, idade, endereço e número de telefone.

O objetivo do projeto “Musicalização Infantil” é desenvolver a sensibilidade musical, a concentração, a coordenação motora, a sociabilização, a acuidade auditiva, o respeito a si próprio e ao grupo, disciplina pessoal e o equilíbrio emocional, dentre outras qualidades que colaboram na formação do indivíduo.

Projeto Musicalização Infantil
Inscrições: Até quinta-feira (07/02), na sede da Biblioteca Herbênia Gurgel ou pelo telefone (85) 3259.4370.
Quando: Quintas-feiras, a partir do dia 07/02, das 17h às 18h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Publicado em Cultura
Fundo: imagem do oficineiro com instrumento musicais e fogo no palco. Informações sobre a oficina em destaque.

A Escola Pública de Circo da Vila das Artes mantém abertas, até sexta-feira (01/02), as inscrições para o oficina "Palhaçaria Musical", com Maurício Rodrigues, o palhaço Batuta. As atividades ocorrerão entre os dias 5 e 28 de fevereiro, às terças e quintas, das 18h às 20h30. Inscrições devem ser realizadas online por meio da ficha de inscrição em: https://bit.ly/2sSOQSI. A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Destinada a pessoas que tenham vivência em palhaçaria e/ou música, a oficina tem o objetivo de investigar potências cômicas na virtuose musical, ou na falta dela. Através de jogos de circo, teatro e exercícios musicais, busca chegar a resultados cênico-musicais direcionados ao riso.

Durante a oficina também são abordados cuidados em geral com a sonoplastia da cena, seja ela executada ao vivo, ou gravada; princípios básicos de edição de trilhas, samples e gambiarras eletrônicas. Ao fim da oficina, será realizada uma mostra de conclusão com os números desenvolvidos ou aperfeiçoados durante a vivência.

Serviço
Oficina Palhaçaria Musical
Período: 5 a 28 de fevereiro (Terças e Quintas)
Horário: 18h a 20h30
Instrutor: Palhaço Batuta (Maurício Rodrigues)
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, nº 1221 – Centro)
Ficha de Inscrição: https://bit.ly/2sSOQSI
Inscrições até 1º de fevereiro
Resultado: 04/02

Publicado em Cultura

O cantor Falcão olha o painel do Museu Orgânico que fica na parede do Flórida Bar
O cantor, compositor e humorista cearense Falcão é o destaque do Museu Orgânico no Flórida Bar
A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, na noite desta segunda-feira (30/07), a segunda galeria do Projeto Museu Orgânico. Implantada, desta vez, no Flórida Bar, na Praia de Ircema, a iniciativa contempla o campo da música e busca sistematizar o roteiro de espaços culturais da Capital. A ideia valoriza os palcos de produções intelectuais e fortalece, além da democratização da arte, a dinamização da memória local.

Presente no evento, o coordenador de Comunicação Social da Prefeitura de Fortaleza e membro da curadoria do Projeto, Moacir Maia, reforçou o intuito da proposta. “A cidade de Fortaleza tem muitos espaços que possuem vida orgânica e dialogam com várias manifestações das linguagens culturais. Essa é uma tentativa do poder público de identificar esses lugares, sistematizar essa amostragem, roteirizar esses pontos e reconhecer, num diálogo com a Cidade, o que ela produz pela sua própria vitalidade cultural”, esclareceu.

Ilustrando a diversidade musical de Fortaleza, o Flórida Bar recebeu da Prefeitura um painel de 3m x 1,5m, composto por 50 fotos de compositores, músicos e intérpretes de reconhecido valor artístico-cultural para a música do Ceará. Na ocasião, o cantor, compositor e humorista cearense Falcão foi destaque.

O proprietário do Flórida Bar, Hermínio Sá, justificou as razões que atribuem ao artista a homenagem. “O Falcão, além de cantor renomado, conhecido nacionalmente, amigo nosso, da Casa, é um orgulho, um ícone daqui, como Belchior, Fagner e muitos outros; e este talento precisa ser reconhecido”, disse.

“Fiquei surpreso e emocionado com a homenagem. Este espaço reúne o bar e a livraria que eu frequento desde os anos 2000, quando lancei meu livro. Este é meu segundo endereço em Fortaleza. Muitas coisas foram criadas na mesa do Flórida Bar, inclusive uma das minhas canções. Espero que os prefeitos de outras cidades se contaminem com essa ideia de valorização da Cultura”, declarou Falcão.

A segunda edição do projeto dá continuidade à ideia iniciada no Cantinho do Frango, em julho deste ano. Diversos serão os lugares estrategicamente selecionados, que passarão a compor o roteiro turístico de Fortaleza. “Imagine a Cidade como um grande museu. Estão sendo selecionados lugares, identificados pela produção artística, cultural e intelectual, e cada um deles será uma sala deste museu. Vamos contar a história da cultura através desses lugares”, explicou o arquiteto e um dos curadores do Projeto, Totonho Laprovitera.

Roteiro da cultura musical de Fortaleza

Os bares-galerias integrantes do projeto Museu Orgânico entrarão no roteiro turístico-cultural de Fortaleza, considerando que essa aproximação por campos de sentido é tão relevante para quem visita a Capital como para quem nela vive.

O Projeto Museu Orgânico terá, pelo menos, cinco painéis de música, a serem fixados em bares até o fim deste ano. A primeira galeria do Projeto foi inaugurada no Cantinho do Frango, com show de Rodger Rogério, nome escolhido pelo dono do estabelecimento, Caio Napoleão, para ser homenageado.

A Prefeitura de Fortaleza abrirá inscrições para espaços vivos de cultura interessados em se tornar galerias do Museu Orgânico. Além dos bares, poderão pleitear o material restaurantes, equipamentos públicos, espaços culturais, barracas de praia, terminais de transportes, centros educacionais, praças de esportes, tendo obediência ao princípio de que só entrarão no roteiro espaços que ofereçam acesso público.

Paralelamente à implantação das galerias com os painéis da linguagem MÚSICA, a Prefeitura de Fortaleza desenvolverá painéis, nos mesmos moldes e seguindo os mesmos critérios, para outras manifestações culturais, como teatro, literatura, fotografia, artes visuais, humor, esportes, etc.

Como são escolhidos os espaços

Os bares-galerias do Projeto Museu Orgânico serão convidados pela Prefeitura de Fortaleza, atendendo o critério de distribuição espacial no território da Capital, contemplando as sete Regionais da Cidade, com a identificação desses espaços vivos de cultura. A partir do lançamento do projeto, outros bares poderão se candidatar a receber o selo de Bar-Galeria do Projeto Museu Orgânico.

Curadoria do Museu Orgânico

As bases para a constituição e o funcionamento do Museu Orgânico, a escolha dos 50 nomes que integram o painel a ser multiplicado nos bares-galeria, bem como a seleção dos primeiros espaços foram desenvolvidas por um grupo de curadores indicados pelo gabinete do prefeito Roberto Cláudio, composto pelo jornalista Moacir Maia, coordenador de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Fortaleza; pelo arquiteto Totonho Laprovitera, representante da Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza; pelo escritor e produtor cultural, Jorge Pieiro, representante da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza; e pelo jornalista, compositor e escritor Flávio Paiva, autor do livro-cd "Bulbrax – Sociomorfologia Cultural de Fortaleza".

Publicado em Cultura

O Estoril será palco para o Samba Delas nesta quarta-feira (07/03), das 18h às 20h30. Formada apenas por mulheres, a roda de samba vai celebrar o Dia Internacional da Mulher na Praia de Iracema, complementando as atividades da Quarta Iracema que, nesta edição, incorpora o mesmo tema.

No repertório das sambistas, músicas dos renomados, Martinho da Vila, Dona Ivone Lara, Zeca Pagodinho, Alcione, Ana Carolina, Beth Carvalho, entre outros.

A roda conta com as cantoras: Adriana Martins, Cris Malagueta, Lindia Nara, Lorena Lyse, Marilene Sales, Micaela Gomes, Nazaré Menezes, Patrícia Trajano e Wládia Aguiar, acompanhadas no cavaco - Sâmia, Violão - Joyce Farias, Pandeiro - Micaela Gomes, Surdo - Marilene Sales, Cuíca - Adriana, Tamborim - Izabel Leite e Tantan - Rayssa.

O projeto Samba Delas procura discutir o papel social da mulher dentro do samba, valorizando suas experiências para que possam compartilhá-las através da música.

A programação é aberta ao público e realizada pelo Instituto Iracema e Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza (Setfor).

Serviço:
Roda Samba Delas
Data: Quarta-feira (07/03)
Horário: Das 18h às 20h30
Local: Estoril (Rua dos Tabajaras, 397 - Praia de Iracema)

Publicado em Turismo
peça de divulgação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, promoverá  mais uma edição do Encontro das Artes, na Rede Cuca Mondubim. O evento acontecerá nesta quinta-feira (23), das 15h às 19h. O objetivo é apresentar todo o trabalho que foi desenvolvido pelos jovens da Rede Cuca, com o apoio e mediação dos professores, no segundo semestre de 2017.

O evento contará com apresentações de teatro, música, audiovisual, exposição fotográfica, além de uma apresentação representativa da cultura surda, entre outros. A entrada é gratuita e aberta ao público em geral.

Clique aqui para programação completa

Atualmente, a Rede Cuca conta com oito áreas de formação: fotografia, audiovisual, teatro, dança, música, informática, libras e inglês. O Encontro das Artes é o resultado das ações desenvolvidas nos cursos durante o semestre. Neste evento é oferecido uma oportunidade para que os alunos mostrem todo o conhecimento adquirido ao longo da participação nos cursos. Além de proporcionar visibilidade e fortalecimento da autoestima para jovens que residem em espaços de grande vulnerabilidade social.

Serviço
Encontro das Artes na Rede Cuca 
Data e hora: 23 de novembro, das 15h às 19h
Local: Rede Cuca Mondubim

Publicado em Juventude
Festival de Música

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, realiza neste sábado (05/08), no Shopping RioMar, a segunda seletiva do Festival de Música da Juventude de Fortaleza. Seis bandas irão realizar suas apresentações, a partir das 18h, no estacionamento do shopping.

Os shows ficarão por conta das bandas Camurça, Os senhores da Casa Azul, Camila Marieta, Colossais, Legado das Nuvens e Netuno Doom. É o segundo fim de semana consecutivo de apresentações de bandas independentes de Fortaleza com trabalho autoral.

A Prefeitura de Fortaleza lançou o edital para a participação do festival no mês de julho, destinados aos jovens de 15 a 29 anos. Os participantes fazem parte de grupos musicais, intérpretes ou instrumentistas que moram na Capital. A comissão organizadora selecionou, ao todo, 36 projetos musicais para as etapas do evento, que acontecerão em espaços públicos da Cidade.

O projeto, que também conta com um apoio pedagógico, tem como objetivo contribuir para a formação dos artistas selecionados no sentido de desenvolverem melhor suas habilidades artísticas e capacidades técnico-produtivas para inserção no mercado musical.

A iniciativa contribuirá também com a formação dos jovens por meio da promoção de cursos e oficinas voltados para temas específicos do segmento da música. Além da formação modular, serão realizados palestras e workshops que abordarão diferentes temas a respeito do mercado da música, cadeia produtiva, direitos autorais, produção musical e gestão de carreira.

Serviço
Seletiva do Festival de Música da Juventude no Shopping RioMar Fortaleza
Data: Sábado (05/08)
Horário: 18 horas
Local: Estacionamento do Shopping Rio Mar (Rua Des. Lauro Nogueira, 1500 – Papicu)
Acesso Gratuito

Publicado em Juventude

Edital

Com o objetivo de aprimorar, desenvolver e incentivar ainda mais os talentos jovens da cidade, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, lança nesta quarta-feira (28/06), o edital para o II Festival de Música da Juventude. As inscrições poderão ser efetuadas no período de 28 de junho a 05 de julho de 2017.

A inscrição deverá ser efetuada pelo artista ou, em caso de bandas, por um representante, conforme regulamento, sendo necessário que 50% dos integrantes sejam da faixa etária entre 15 e 29 anos. Os interessados devem fazer parte de grupos musicais e serem intérpretes ou instrumentistas que residam no município de Fortaleza. Cada proponente poderá inscrever apenas um projeto musical.
As inscrições devem ser feitas por meio de formulário eletrônico, disponível no link abaixo, até o dia 5 de julho. No formulário, além das informações sobre a banda e o seu representante, o candidato deve preencher o espaço indicado com uma música ou vídeo, quer sejam autorais ou interpretações, publicado no SoundCloud e\ou Youtube ou similar compatível com qualquer reprodutor de mídia. O proponente deve ainda enviar as imagens digitalizadas de RG, CPF e comprovante de residência para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., com o nome da banda e assunto.

Os materiais enviados serão analisados por uma curadoria eleita pela Comissão Organizadora, composta por três pessoas, que selecionará 36 projetos musicais para as seletivas da mostra. Em seguida, um júri apontará as seis propostas que se apresentarão na final, no dia 7 de outubro.

As datas e horários das apresentações serão definidos por meio de sorteio a ser realizado em dia e horário a ser definido pela Coordenadoria de Juventude, com a presença dos participantes ou representantes devidamente constituídos pelos projetos selecionados.

A proposta também tem por objetivo contribuir com a formação dos jovens por meio da promoção de cursos e oficinas voltadas para temas específicos do segmento da música, contribuindo assim para formação dos artistas selecionados no sentido de desenvolverem melhor suas habilidades artísticas e capacidades técnico-produtivas para inserção no mercado música.

Confira aqui o Edital.

Confira aqui o Formulário de Inscrição.

Publicado em Juventude
Reggaendo Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Juventude, promove, nesta sexta-feira (03/02), na Rede Cuca Jangurussu e Mondubim, uma programação especial para celebrar a data de nascimento do astro do reggae Bob Marley, que estaria completando 72 anos no dia 6 de fevereiro.

Para marcar a data, terá início a temporada 2017 do Reggaendo Fortaleza, com tema “Bob Marley Celebration”, a partir das 19h, na Rede Cuca Jangurussu. O evento será comandado pelo jamaicano Cedric Congo Myton, ícone à frente dos vocais da lendária The Congos. No repertório da noite, os fãs podem esperar os maiores sucessos da banda que marcou a carreira dessa referência do reggae internacional, além da participação dos DJs Freedom Sounds e Indira Marley.

Já no Cuca Mondubim, a partir das 19h, acontece a Radiola Soundsystem, no Anfiteatro, com a exibição de mini documentários e participação dos DJs Monja Roots, Flaubeck e Tiago Roots.

Sobre o Reggaendo Fortaleza 
O projeto Reggaendo Fortaleza, que teve início em 2016, visa realizar ações nas praças de Fortaleza, associando a cultura do reggae ao meio ambiente, além de incentivar a interação da comunidade. No ano passado, foram realizadas 35 edições nas seis Regionais da Cidade, com a realizações de ações ambientais e urbanística, como produção de mudas, plantio, mobiliário, manutenção, dentre outras e festas de reggae, com toda a estrutura de palco, som, iluminação e DJs.

Serviço
Shows de Reggae
Data: Sexta-feira (03/02)
Local: anfiteatro do Cuca Mondubim
Hora: 19h  -  DJs
19h40 - Cine Radiola com exibição de mini documentários
​20h30  - DJs

Local: anfiteatro do Cuca Jangurussu
Hora: 19h às 21h30 - Bob Marley Celebration

Publicado em Juventude
Página 1 de 3