Jangada no Mar durante Festa de Iemanjá
A Festa de Iemanjá é registrada como Patrimônio Imaterial de Fortaleza por meio do decreto nº 14.262 de 30 de julho de 2018

Patrimônio Imaterial de Fortaleza, a Festa de Iemanjá será comemorada nesta quarta e quinta-feira (14 e 15/08), nas Praias do Futuro e de Iracema. Principal festividade do calendário de umbanda da capital cearense, a celebração reúne grupos culturais de diversas cidades e conta com o apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

A Secultfor oferece apoio estrutural à Festa de Iemanjá nos dois locais onde ocorre o evento. Em 2019, o apoio consiste em estruturas de palco, som, luz, limpeza, tendas, rádios, banheiros químicos, guarda-corpos e atrações artísticas.

A Festa de Iemanjá é registrada como Patrimônio Imaterial de Fortaleza, conforme decreto nº 14.262 de 30 de julho de 2018, publicado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza.

Programação
Na Praia do Futuro, a Festa de Iemanjá tem como tema, este ano, “Pela Vida das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA”, com abertura oficial nesta quarta-feira (14/08), às 18h. Realizada pela União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM), a programação do primeiro dia de festa conta com as apresentações artísticas de Anderson Monteiro e Paulo Renato cantando a Loa de 2019 do Maracatu Filhos de Iemanjá; do Instituto Cigano do Brasil ICB, por meio do Grupo de Dança Jim Calon; e do Afoxé Filhos de Oya. Em seguida, ocorrerá o início dos trabalhos Mediúnicos com o Centro Rei Dragão do Mar de Mãe Taquinha de Oya e a entrega das oferendas para a Rainha do Mar.

Na quinta-feira (15/08), a saída do Cortejo com a imagem de Iemanjá será às 9h, na sede provisória da UECUM, com previsão de chegada às 10h ao palco principal, na Praia do Futuro. A abertura oficial do segundo dia de evento está prevista para as 10h20, com a apresentação cultural do Afoxé Acabaca e participação de Ivaldo Paixão. Pela tarde, a partir de 12h, iniciam os trabalhos mediúnicos em frente ao palco principal com o Centro Abassa de Yemanjá do Pai Rodrigo, palestra sobre o tema “Pelas vidas das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA”, e às 17h, haverá a entrega das oferendas para Iemanjá. O encerramento com apresentação cultural do Afoxé Filhos de Oya está previsto para as 18h.

Na Praia de Iracema, na quarta-feira (14/08), a saída do cortejo ocorre às 16h, do Centro Cultural de Umbanda Rainha da Justiça até o Aterrinho da Praia de Iracema. Realizada pela Associação Cultural Afro Brasileira Pai Luiz de Aruanda, a abertura da celebração será às 18h e o encerramento do primeiro dia está previsto para meia-noite. A programação conta com apresentação do cantor Pingo de Fortaleza, fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos e louvação a Iemanjá.

Na quinta-feira (15/08), a celebração iniciará às 8h, com apresentação cultural do Grupo de Coco, Tambor das Marias, Dança com Povo Cigano, Digal Macumbaxe e Maracatu Nação Bom Jardim. Haverá também homenagem a Mãe Julia, fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos, chegada da Jangada, louvação a Iemanjá e entrega das oferendas.

Programação da Festa de Iemanjá:

Praia do Futuro
Concentração: Barraca Zé da Praia (Palco Principal)
Tema de 2019: Pela Vida das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA
Local: Av. Zezé Diogo, 2551 - Praia do Futuro (próximo ao Clube dos Engenheiros)

Quarta-feira (14/08)
18h: Abertura oficial da Festa de Iemanjá com presença da diretoria da União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM)
18h30: Apresentação artística de Anderson Monteiro e Paulo Renato cantando a Loa de 2019 do Maracatu Filhos de Iemanjá
19h: Apresentação solo do Instituto Cigano do Brasil ICB por meio do Grupo de Dança Jim Calon
19h30: Apresentação cultural do Afoxé Filhos de Oya
20h: Início dos trabalhos mediúnicos com o Centro Rei Dragão do Mar de Mãe Taquinha de Oya
00h: Encerramento com a entrega das oferendas para a Rainha do Mar
Durante toda a noite, a equipe da UECUM irá cadastrar as caravanas vindas de Fortaleza, do interior e de outros estados para louvar a Rainha do Mar até o encerramento do evento, no dia 15 de agosto.

Quinta-feira (15/08)
08h: Início com o Hino Nacional, Hino da Umbanda e cânticos para Iemanjá
09h: Saída do cortejo com a imagem da Rainha do Mar da sede provisória da UECUM (Rua Castro de Silva, 920 – Centro)
10h: Chegada da imagem de Iemanjá ao palco principal
10h: Mãe Kelma de Iemanjá inicia os trabalhos na Tenda do Acolhimento Iemanjá/Omulu, encerrando às 13h
10h20: Abertura do evento com a presença da diretoria da UECUM
10h30: Apresentação cultural do Afoxé Acabaca com a participação de Ivaldo Paixão
12h: Início dos trabalhos mediúnicos em frente ao palco principal com o Centro Abassa de Iemanjá do Pai Rodrigo
14h às 15h: Presença de autoridades do Município e do Estado
15h: Palestra sobre o tema “Pelas vidas das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA”
17h: Entrega das oferendas para Iemanjá
18h: Encerramento com apresentação Cultural do Afoxé Filhos de Oya

Praia de Iracema
Concentração: Aterro da Praia de Iracema

Quarta-feira (14/8)
16h: Cortejo a Iemanjá (saída do Centro Cultural de Umbanda Rainha da Justiça, situado na R. Amadeu Sá, 421 – Jardim Guanabara, até o Aterrinho da Praia de Iracema)
18h: Abertura da festa
18h30: Fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos
18h40: Atração cultural com Pingo de Fortaleza
19h30: Louvação a Iemanjá
00h00: 1ª oferenda a Iemanjá

Quinta-feira (15/08)
08h: Abertura da festa
09h: Apresentação cultural com Grupo de Coco
09h30: Tambor das Marias
10h: Dança com Povo Cigano
10h30: Digal Macumbaxe
11h: Maracatu Nação Bom Jardim
11h30: Fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos
12h: Homenagem a Mãe Julia
12h30: Chegada da jangada
14h: Louvação a Iemanjá
17h30: Entrega das oferendas
18h30: Encerramento

Publicado em Cultura
celebração da Festa de Iemanjá
Patrimônio Imaterial de Fortaleza, a Festa de Iemanjá será comemorada nesta quarta e quinta-feira (14 e 15/08), nas Praias do Futuro e de Iracema (Foto: Thiago Matine)

A Prefeitura de Fortaleza realiza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), mais uma semana de atividades culturais gratuitas espalhadas em equipamentos públicos da cidade. Entre as ações, são destaques a programação musical nos mercados dos Pinhões e Aerolândia, a realização da Festa de Iemanjá e a abertura das inscrições para o VIII Edital das Artes, que conta com um investimento de R$ 4,1 milhões em fomento às artes da capital cearense.

Confira aqui a programação completa

Para quem está a procura de uma programação musical gratuita no fim de semana pode contar com o projeto Sons no Mercado, com shows das bandas Raiz do Samba e Samba Minha Gente, no Mercado dos Pinhões, nesta sexta-feira (16/08), às 18h. Já no domingo (18/08), às 18h, a melhor opção é curtir o Forró do Mercado da Aerolândia, com os shows Maria Escandalosa canta Mastruz com Leite e Forrozão Zabumba de Ouro canta Banda Líbanos.

Patrimônio Imaterial de Fortaleza, registrada pela Secultfor, a Festa de Iemanjá será comemorada nesta quarta e quinta-feira (14 e 15/08), nas Praias do Futuro e de Iracema. Principal festividade do calendário de umbanda da capital cearense, a festa, apoiada pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza, reúne grupos culturais e afrodescendentes de diversas cidades.

Estão abertas as inscrições para o VIII Edital das Artes de Fortaleza (link). Os interessados em participar do edital deverão fazer o cadastro das propostas no Mapa Cultural de Fortaleza. Após concluída e enviada, a proposta deverá ser impressa e assinada pelo proponente e, em seguida, ser entregue junto aos documentos exigidos no Edital, em envelope lacrado, na Central de Licitações da Prefeitura de Fortaleza (CLFOR).

As bibliotecas municipais também realizam programação atrativa ao público infantojuvenil. Nesta segunda-feira (12/08), a Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel celebra o Dia do Estudante com projeto “Ilustr(A)ção nas Escolas”, com Paula Iemanjá e Rafael Limaverde. Enquanto isso, a Biblioteca Dolor Barreira promove mais uma edição do projeto “Quadrinhos em Foco”, na quarta-feira (14/08), a partir das 18h, com o tema “90 anos da editora Marvel”.

Muitas outras atividades compõem a programação desta semana como o Passeio Instrumental no Passeio Público, Cine Poesia com Pipoca na Biblioteca Cristina Poeta, Festival Gastronômico no Mercado Cultural dos Pinhões e muito mais.

Publicado em Cultura
Festa de Iemanjá
O pedido de registro foi proposto à Secultfor, pela União Espírita Cearense de Umbanda (Uecum) e pelo Instituto de Difusão da Cultura Afro-Brasileira (Indica) (Foto: Thiago Maia)

Principal festividade do calendário da Umbanda da capital cearense, a Festa de Iemanjá terá o pedido de registro como Patrimônio Imaterial de Fortaleza votado nesta sexta-feira (29/09), no Centro Cultural Belchior, durante reunião extraordinária do Conselho Municipal de Proteção do Patrimônio Histórico e Cultural (Comphic).

O pedido de registro para Patrimônio Imaterial de Fortaleza foi proposto pela União Espírita Cearense de Umbanda (Uecum), em 2011, e pelo Instituto de Difusão da Cultura Afro-Brasileira (Indica), em 2015. Em 2016 e 2017, coube à Célula de Gestão em Patrimônio Imaterial da Coordenação do Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) acompanhar a pesquisa e elaborar Parecer Técnico conclusivo, favorável às solicitações.

O trabalho, conduzido pela gerente da célula, Graças Martins, e coordenado pelo antropólogo Jean Souza dos Anjos, consistiu na observação e no amplo registro audiovisual e fotográfico da festividade, realizada anualmente no dia 15 de agosto, na Praia do Futuro e Praia de Iracema.

“Será um sonho realizado, a certeza de que a festa nunca acabará e se perpetuará para os nossos descendentes”, diz a vice-presidente da Uecum, Mãe Tecla, entidade a frente da Festa há mais de 50 anos na Praia do Futuro. Pai Ricardo, presidente da Associação Cultural Afro-Brasileira Pai Luiz de Aruanda, uma das precursoras da Festa de Iemanjá no aterro da Praia de Iracema, também comemora: "Já há algum tempo aguardávamos esse momento tão importante para todos que fazemos a Umbanda no Estado do Ceará", afirma.

Para o secretário da Cultura de Fortaleza, Evaldo Lima, o registro é uma forma de celebrar a longevidade da Festa de Iemanjá em Fortaleza. “É uma festa que nasceu num contexto difícil, de muita opressão e resistência, mas que hoje mantém fundamental importância, pois fortalece a compreensão do Brasil como um país multicultural ao oferecer visibilidade e proporcionar a difusão de saberes da nossa matriz afro-brasileira”, afirma Evaldo.

A pesquisa

Além do levantamento da quantidade de terreiros participantes da Festa (49 na Praia do Futuro e 23 na Praia de Iracema), foram identificados e catalogados os elementos constitutivos atuais, os agentes atuantes, os sentidos e significados absorvidos e atribuídos a eles, na preparação e na participação da celebração.

A documentação, que será apresentada pelo antropólogo Jean dos Anjos ao Comphic no dia da votação, contém elementos que facilitam a compreensão da origem da Festa de Iemanjá e seu processo de transformações na capital cearense.

Serviço
Votação do registro da Festa de Iemanjá como Patrimônio Histórico Imaterial de Fortaleza
Data: Sexta-feira (29/09)
Hora: 9h
Lugar: Centro Cultural Belchior (Rua dos Pacajús, 123 – Praia de Iracema)

Publicado em Cultura