Jangada no Mar durante Festa de Iemanjá
A Festa de Iemanjá é registrada como Patrimônio Imaterial de Fortaleza por meio do decreto nº 14.262 de 30 de julho de 2018

Patrimônio Imaterial de Fortaleza, a Festa de Iemanjá será comemorada nesta quarta e quinta-feira (14 e 15/08), nas Praias do Futuro e de Iracema. Principal festividade do calendário de umbanda da capital cearense, a celebração reúne grupos culturais de diversas cidades e conta com o apoio da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

A Secultfor oferece apoio estrutural à Festa de Iemanjá nos dois locais onde ocorre o evento. Em 2019, o apoio consiste em estruturas de palco, som, luz, limpeza, tendas, rádios, banheiros químicos, guarda-corpos e atrações artísticas.

A Festa de Iemanjá é registrada como Patrimônio Imaterial de Fortaleza, conforme decreto nº 14.262 de 30 de julho de 2018, publicado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza.

Programação
Na Praia do Futuro, a Festa de Iemanjá tem como tema, este ano, “Pela Vida das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA”, com abertura oficial nesta quarta-feira (14/08), às 18h. Realizada pela União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM), a programação do primeiro dia de festa conta com as apresentações artísticas de Anderson Monteiro e Paulo Renato cantando a Loa de 2019 do Maracatu Filhos de Iemanjá; do Instituto Cigano do Brasil ICB, por meio do Grupo de Dança Jim Calon; e do Afoxé Filhos de Oya. Em seguida, ocorrerá o início dos trabalhos Mediúnicos com o Centro Rei Dragão do Mar de Mãe Taquinha de Oya e a entrega das oferendas para a Rainha do Mar.

Na quinta-feira (15/08), a saída do Cortejo com a imagem de Iemanjá será às 9h, na sede provisória da UECUM, com previsão de chegada às 10h ao palco principal, na Praia do Futuro. A abertura oficial do segundo dia de evento está prevista para as 10h20, com a apresentação cultural do Afoxé Acabaca e participação de Ivaldo Paixão. Pela tarde, a partir de 12h, iniciam os trabalhos mediúnicos em frente ao palco principal com o Centro Abassa de Yemanjá do Pai Rodrigo, palestra sobre o tema “Pelas vidas das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA”, e às 17h, haverá a entrega das oferendas para Iemanjá. O encerramento com apresentação cultural do Afoxé Filhos de Oya está previsto para as 18h.

Na Praia de Iracema, na quarta-feira (14/08), a saída do cortejo ocorre às 16h, do Centro Cultural de Umbanda Rainha da Justiça até o Aterrinho da Praia de Iracema. Realizada pela Associação Cultural Afro Brasileira Pai Luiz de Aruanda, a abertura da celebração será às 18h e o encerramento do primeiro dia está previsto para meia-noite. A programação conta com apresentação do cantor Pingo de Fortaleza, fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos e louvação a Iemanjá.

Na quinta-feira (15/08), a celebração iniciará às 8h, com apresentação cultural do Grupo de Coco, Tambor das Marias, Dança com Povo Cigano, Digal Macumbaxe e Maracatu Nação Bom Jardim. Haverá também homenagem a Mãe Julia, fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos, chegada da Jangada, louvação a Iemanjá e entrega das oferendas.

Programação da Festa de Iemanjá:

Praia do Futuro
Concentração: Barraca Zé da Praia (Palco Principal)
Tema de 2019: Pela Vida das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA
Local: Av. Zezé Diogo, 2551 - Praia do Futuro (próximo ao Clube dos Engenheiros)

Quarta-feira (14/08)
18h: Abertura oficial da Festa de Iemanjá com presença da diretoria da União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM)
18h30: Apresentação artística de Anderson Monteiro e Paulo Renato cantando a Loa de 2019 do Maracatu Filhos de Iemanjá
19h: Apresentação solo do Instituto Cigano do Brasil ICB por meio do Grupo de Dança Jim Calon
19h30: Apresentação cultural do Afoxé Filhos de Oya
20h: Início dos trabalhos mediúnicos com o Centro Rei Dragão do Mar de Mãe Taquinha de Oya
00h: Encerramento com a entrega das oferendas para a Rainha do Mar
Durante toda a noite, a equipe da UECUM irá cadastrar as caravanas vindas de Fortaleza, do interior e de outros estados para louvar a Rainha do Mar até o encerramento do evento, no dia 15 de agosto.

Quinta-feira (15/08)
08h: Início com o Hino Nacional, Hino da Umbanda e cânticos para Iemanjá
09h: Saída do cortejo com a imagem da Rainha do Mar da sede provisória da UECUM (Rua Castro de Silva, 920 – Centro)
10h: Chegada da imagem de Iemanjá ao palco principal
10h: Mãe Kelma de Iemanjá inicia os trabalhos na Tenda do Acolhimento Iemanjá/Omulu, encerrando às 13h
10h20: Abertura do evento com a presença da diretoria da UECUM
10h30: Apresentação cultural do Afoxé Acabaca com a participação de Ivaldo Paixão
12h: Início dos trabalhos mediúnicos em frente ao palco principal com o Centro Abassa de Iemanjá do Pai Rodrigo
14h às 15h: Presença de autoridades do Município e do Estado
15h: Palestra sobre o tema “Pelas vidas das Mulheres e Contra a LGBTFOBIA”
17h: Entrega das oferendas para Iemanjá
18h: Encerramento com apresentação Cultural do Afoxé Filhos de Oya

Praia de Iracema
Concentração: Aterro da Praia de Iracema

Quarta-feira (14/8)
16h: Cortejo a Iemanjá (saída do Centro Cultural de Umbanda Rainha da Justiça, situado na R. Amadeu Sá, 421 – Jardim Guanabara, até o Aterrinho da Praia de Iracema)
18h: Abertura da festa
18h30: Fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos
18h40: Atração cultural com Pingo de Fortaleza
19h30: Louvação a Iemanjá
00h00: 1ª oferenda a Iemanjá

Quinta-feira (15/08)
08h: Abertura da festa
09h: Apresentação cultural com Grupo de Coco
09h30: Tambor das Marias
10h: Dança com Povo Cigano
10h30: Digal Macumbaxe
11h: Maracatu Nação Bom Jardim
11h30: Fala sobre intolerância religiosa e direitos humanos
12h: Homenagem a Mãe Julia
12h30: Chegada da jangada
14h: Louvação a Iemanjá
17h30: Entrega das oferendas
18h30: Encerramento

Publicado em Cultura
No local, foi construído novo pavimento para acolher temporariamente os feirantes
No local, foi construído novo pavimento para acolher os feirantes temporariamente

A partir deste mês de agosto, a tradicional Feirinha de Artesanato da Volta da Jurema funcionará, temporariamente, no Aterro da Praia de Iracema, na altura do cruzamento das avenida Rui Barbosa e Historiador Raimundo Girão (em frente ao Ideal Clube). A realocação ocorre em função das obras de requalificação do Projeto Beira Mar de Todos.

"Conforme previsto, a transferência da Feirinha está acontecendo no começo do mês de agosto. A Prefeitura segue dando todo suporte, acolhendo as sugestões e orientando os permissionários quanto à mudança temporária para o Aterro da Praia de Iracema, local que foi escolhido pelos próprios feirantes", informou o secretário da Regional II, Ferruccio Feitosa.

Operação do traslado da Feirinha
A operação de realocação dos equipamentos dos feirantes será realizada no período da madrugada para não prejudicar as atividades dos feirantes. Durante o processo de transferência, serão utilizadas quatro carretas e quatro empilhadeiras, dois suportes no traslado e dois suportes no recebimento. O roteiro do trajeto seguirá pela Avenida Abolição, passando pela Av. Historiador Raimundo Girão e estacionando no Aterro. Todo o transporte será acompanhado pelos agentes da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), que farão a escolta do percurso para garantir a segurança no trânsito. A equipe de Ordenamento do Território da Regional II também estará dando suporte à operação.

"Estamos constantemente dialogando com os feirantes e intermediando o processo de transferência com a Regional II. Em comum acordo, estamos indo para o Aterro. Toda a logística já está planejada. Estamos fazendo a pontuação dos boxes para definir as demarcações no novo espaço. Em breve, voltaremos para o nosso lugar de origem, com um espaço mais bonito e organizado", explicou Djalma Rios, presidente da Associação dos Feirantes de Artesanato da Beira Mar (Asfabem).

Feirinha no Aterro da Praia de Iracema
Com o intuito de padronizar e dar melhor estabilidade aos feirantes e visitantes, a Prefeitura de Fortaleza construiu um novo pavimento para alocar os equipamentos dos permissionários na área do Aterro. O novo piso foi uma reivindicação dos feirantes para não comercializarem suas mercadorias na areia. A área que será ocupada possui 6 mil m². O local onde foi instalado o pavimento se tornará uma área urbanizada, conforme já estava previsto no projeto original da Beira Mar de Todos.

Nova Feira de Artesanato e Beira Mar de Todos
A área onde acontece a feirinha de artesanato passará por melhorias urbanísticas. O espaço receberá novo piso, nova iluminação e zoneamento com padronização dos boxes comerciais, garantindo uma maior organização e disposição dos produtos vendidos, naquele que é considerado hoje o maior mercado de artesanato a céu aberto da Capital. Os boxes que serão entregues aos permissionários possuem o tamanho 2 x 2.

O ambiente original da Avenida Beira Mar ficará completamente requalificado para receber feirantes e visitantes de forma ordenada e com mais segurança. No local, estão sendo construídas novas calçadas e pavimentação da via de veículos com sinalização, internalização de cabos, novos mobiliários, novos quiosques de alimentação e lanches, todos padronizados.

Articulação com os permissionários
No dia 19 de junho, foi realizada uma reunião no Clube Náutico, onde ficou acordado com os comerciantes que, temporariamente, para não suspender as atividades da Feirinha, eles seriam realocados para o Aterro da Praia de Iracema. Ao todo, 663 comerciantes serão transferidos. Assim que as obras acabarem, eles serão conduzidos imediatamente para os novos boxes na localização original.

Publicado em Fortaleza

 

Maquete eletrônica da Av. Vicente de Castro
Maquete eletrônica da Avenida Vicente de Castro

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta sexta-feira (24/05), às 9h, a Ordem de Serviço para o início das obras de requalificação de Corredores Turísticos de Fortaleza. O projeto prevê a urbanização da Avenida Vicente de Castro, no Mucuripe, além das Ruas Adolfo Caminha, na Praia de Iracema, e João Moreira, no Centro. As intervenções têm como objetivo a ligação entre os principais corredores comerciais e turísticos da Capital, priorizando o pedestre.

As obras terão duração de oito meses e consistem na construção de calçadas padronizadas, totalmente acessíveis e com piso intertravado, paisagismo, ciclofaixas e nova iluminação nas Ruas João Moreira e Adolfo Caminha.

Na Avenida Vicente de Castro, o pavimento asfáltico será substituído por piso intertravado, seguindo o mesmo padrão da requalificação da Avenida Beira-Mar. A escolha do novo pavimento visa facilitar o escoamento da água, melhorar a sensação térmica da via, além de garantir mais acessibilidade com a instalação de piso tátil, rampas e passagens elevadas para pedestre. A avenida também passará a contar com sistema de drenagem, novas calçadas, paisagismo e ciclovia. As obras estão orçadas em R$ 9,8 milhões.

Corredores Turísticos já implantados

As obras dos Corredores Turísticos tiveram início em 2013, com a requalificação das avenidas Monsenhor Tabosa e Alberto Nepomuceno, além da Rua José Avelino, que receberam melhorias urbanísticas nas calçadas, canteiros e vias. As intervenções melhoraram a mobilidade na região e possibilitaram mais acessibilidade a importantes pontos turísticos, como o Mercado Central, a Catedral Metropolitana de Fortaleza e o Forte Nossa Senhora da Assunção, conhecidos pontos turísticos da cidade.

Serviço:
Assinatura da Ordem de Serviço de Corredores Turísticos
Data: 24/05 (sexta-feira)
Hora: 9 horas
Local: Avenida Vicente de Castro com Av. Beira-Mar (Em frente ao Mercado dos Peixes)

Publicado em Infraestrutura
Fachada do Centro Cultural Belchior com nova identidade visual
Na ocasião do aniversário, será apresentada oficialmente a nova identidade visual do centro cultural

O Centro Cultural Belchior (CCBel) completa dois anos de atividades neste sábado (18/05). Para celebrar essa intensa trajetória, serão realizadas ações em alusão ao aniversário do CCBel durante toda a semana. A programação é gratuita e aberta a todos os públicos.

Na quinta-feira (16/05), às 19h, será realizado um debate sobre o tema “Música e Legislação: um panorama sobre as leis e os aspectos jurídicos da cena musical”, com a presença do advogado e membro da comissão de direitos culturais da OAB-CE, Karel Guerra.

Na sexta-feira (17/05), a casa de praia da música recebe a exposição fotográfica “O Rock não morreu, se mudou pra FortalCity”. O trabalho dos fotógrafos Rafael Felix, Gil Sousa e Pedro de Farias é composto por registros fotográficos da cena musical de Fortaleza realizados durante shows, festivais e diversos eventos de música da Cidade. As obras ficarão expostas no Hall do Mira Cozinha (espaço gastronômico) até o dia 08 de junho.

Ainda na sexta-feira, no Auditório do CCBel, haverá um debate com seis coletivos ligados à música autoral de Fortaleza. Na ocasião, serão abordados os seguintes assuntos: a organização, os processos de produção, a cena musical da cidade e as estratégias de cada grupo para se manter na ativa. Participarão do momento os coletivos musicais Lado B, Girls to the Front, Good Garden Produções, ACR, Pé de Jambo Rec e Rock Vive.

No sábado (18/05), data em que completa dois anos, o CCBel traz, a partir das 14h, uma série de apresentações musicais realizadas por artistas e bandas independentes da cidade, tais como: Depth, Ouse, Remate, Filosofia Inverso, Old Books Room, Backdrop Falls, West Wolves e Caike Falcão.

Um Belchior Contemporâneo

Também no sábado (18/05), será lançada oficialmente a nova identidade visual do Centro Cultural, que ganha ares mais contemporâneos e se conecta com a nova proposta de ser a casa de praia da música. “A partir dos diálogos construídos com a cena local, pensamos ações e atividades que pudessem dar essa nova cara e, ao mesmo tempo, contribuir para o fortalecimento dos cenários possíveis para a música de Fortaleza. Da programação até a nova identidade visual, tudo vem sendo planejado de forma a deixar a casa de praia da música com ares de contemporaneidade e diversidade, a partir do legado do próprio artista Belchior e da importância de sua produção artística em nossos tempos”, explica o diretor do CCBel, Lenildo Gomes.

O Centro Cultural Belchior nasceu em 2017, em homenagem ao artista Belchior, grande nome da música cearense que faleceu no mesmo ano. Em setembro de 2018, já administrado pelo Instituto Cultural Iracema (ICI), organização social responsável pela direção e gestão do espaço, o CCBel buscou criar uma identidade e um conceito para suas ações, pensando no espaço enquanto lugar para a circulação da música independente da Cidade.

“Na programação que vem sendo desenvolvida, temos priorizado apoiar a cena musical a partir dessa diversidade, construindo um diálogo permanente com coletivos de música e artistas. Nesse sentido, o Centro Cultural vem, progressivamente, ocupando um importante lugar no apoio ao crescimento da produção musical da Capital”, complementa Lenildo Gomes.

Programação

Quinta-feira (16/05)
Debate “Música e Legislação: um panorama sobre as leis e os aspectos jurídicos da cena musical”
Participação: Karel Guerra, advogado e membro da comissão de direitos culturais da OAB-CE
Horário: 16h
Local: Auditório do Centro Cultural Belchior

Sexta-feira (17/05)
Exposição Fotográfica “O Rock não morreu, se mudou pra FortalCity”
Abertura: 18h
Visitação: 16/05 a 08/06, das 10h às 22h
Local: Hall do Mira Cozinha (espaço gastronômico)

Debate "Produção Cultural e a Música Independente: os coletivos e a cena de Fortaleza"
Participação: Lado B, Girls to the Front, Good Garden Produções, ACR, Pé de Jambo Rec e Rock Vive
Horário: 18h30 às 21h30
Local: Auditório do Centro Cultural Belchior

Sábado (18/05)
Festival Lado B - Atrações: Depth, Ouse, Remate, Filosofia Inverso, Old Books Room, Backdrop Falls, West Wolves e Caike Falcão.
Horário: a partir das 14h
Local: Calçada do Centro Cultural Belchior

Serviço
Aniversário de dois anos do Centro Cultural Belchior - Lançamento da nova identidade visual do centro
Data: 18/05 (sábado)
Horário: a partir das 14h
Local: Centro Cultural Belchior – Rua dos Pacajus, 123, Praia de Iracema
Classificação: Livre
Gratuito

Publicado em Cultura

Para dar mais fluidez e segurança no deslocamento dos cidadãos durante as comemorações dos 293 anos de Fortaleza, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) realizará uma operação especial de tráfego, neste sábado (13/04), a partir das 16h, no Aterrinho da Praia de Iracema.

Às 16h deste sábado, no Aterrinho, a operação será iniciada com a coibição de estacionamento na Av. Beira-Mar, a partir da Rua João Cordeiro até a Rua Arariús, e na própria João Cordeiro, no trecho compreendido entre as avenidas Historiador Raimundo Girão e Beira-Mar.

Além disso, serão realizados bloqueios no cruzamento da R. Idelfonso Albano com Av. Historiador Raimundo Girão e na Av. Historiador Raimundo Girão com R. João Cordeiro, para isolar o aterrinho, que receberá o palco das atrações. Cerca de 20 Operadores do Via Livre e Agentes da AMC orientarão o trânsito no local até a dispersão total do público.

AMC orienta que seja priorizado o transporte público para o trajeto nas imediações do Aterrinho. Para evitar o cometimento de infrações, a Autarquia informa que as sinalizações, bem como as leis de trânsito, deverão ser respeitadas durante o evento.

Publicado em Mobilidade

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), reserva dez ônibus extras para o Aniversário de Fortaleza que será comemorado neste sábado (13/04) no Aterrinho da Praia de Iracema. Os usuários contam com linhas especiais direto dos terminais de integração para o local da festa. A região da Praia de Iracema é atendida por 23 linhas, num total de 174 veículos. Neste dia, os usuários podem usufruir do benefício da tarifa social durante todo o dia, garantindo economia ao fortalezense, com a tarifa de R$ 3,00 a inteira; e tarifa estudantil R$ 1,30 para todos os destinos.

TERMINAIS LINHAS ESPECIAIS FROTA
Antônio Bezerra 930 | Antônio Bezerra / Aterro / P Filgueiras 03
Parangaba 931 | Parangaba / Aterro / P Filgueiras 03
Siqueira 938 | Siqueira / Aterro / P Filgueiras 01
Papicu 937 | Papicu / Aterro / P Filgueiras 02
Messejana 935 | Messejana / Aterro / P Filgueiras 01
TOTAL   10
Publicado em Mobilidade
Expositora no Mercado Criativo
A feira conta com mais de 50 expositores, além de show com a banda Dubaile (Foto: Thiago Matine)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), realiza uma edição especial do Mercado Criativo, nesta quarta-feira (06/02), no Largo Luís Assunção. A inciativa é uma parceria com o Instituto Iracema, por meio do projeto “Quarta Iracema”. A feira conta com mais de 50 expositores, além de show com a banda Dubaile.

Com o objetivo de fomentar a economia criativa da cidade, contribuindo para o aumento do número de pequenos negócios no campo da cultura e da arte, o Mercado Criativo busca unir expositores do circuito de feiras do Mercado dos Pinhões, como a Feira Afins de Vitrola, o Mercado Coletivo e o Mercado dos Quadrinhos. A partir das 19h, o evento recebe o show da banda cearense Dubaile, com um repertório especial de sucessos da música brasileira.

A Quarta Iracema faz parte do Plano de Ação do Bairro da Praia de Iracema, construída com o Conselho da Praia de Iracema. O projeto é realizado há 1 ano e ativa espaços públicos como Largo do Estoril, Largo do Micharia, Largo dos Tremembés e Casa da Cultural Digital. Em 2019, o Largo Luís Assunção é incluído, recebendo programão cultural diversa.

Confira a lista dos expositores confirmados:
Amofrosinha, Anderson Ayalla Tayday, Apê Duzentos e Um, Apenas Um Chico, Ateliê D’filó, Ateliê Laços em Cores, Ateliê Chico Filho, Ateliê Xuxu Beleza, Beth Arraes Acessórios, Boa Ideia Brindes, Bonite.Ce, Bordados Beija-flor, Casa Absurda, Celtic Store, Coisas de Maricotinha, CP Design Store, Cheirinho e Amor, Coletivo Fubá, Com Arte Marajoara, Do Carmo Pedraria, Du Rolê Loja, Emoldurados, Eulina Artes, Fanchonas, Filho Lima, Klere, Kizy Bastos, Lagartos, Lucia Castro, Matias Ateliê, Meia Hora Relógios, Mimos Arco Iris, Miss Sardine, MP Prata, Nely Rosa Fotografia, @oficinad.a.d.a, Petit Poupè, Planta Morfo, Quadros Criativos, Rebi Joias, Sou Allika, Suria Feito Arte, Take Clothings, Use Hooker, Wiane Moreira, Elmo Camisetas, Pablo Duranm, Pretérita, Sonoros Discos, Tony Opus, Projeto Pluralike, Acarajé da Tia Nice, Soraia Makila, Vertigem Discos e Tempero das Comadres.

Serviço
Mercado Criativo
Data: Sábado (06/02)
Horário: das 17h às 21h30
Local: Largo Luís Assunção – Rua dos Pacajus, 123, Praia de Iracema

Publicado em Cultura
Cadastramento dos vendedores informais que desejam comercializar no Pré-Carnaval 2019, no bairro Praia de Iracema, começa nesta segunda-feira
Cadastramento dos vendedores informais que desejam comercializar no Pré-Carnaval 2019, no bairro Praia de Iracema, começa nesta segunda-feira

Como parte da programação do Ciclo Carnavalesco 2019, a Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional II, inicia nesta segunda-feira (14/01), o cadastro dos vendedores ambulantes que desejam trabalhar no pré-carnaval, no bairro Praia de Iracema. O cadastro prossegue até sexta-feira (18/01), das 9h às 16h, na sede da Secretaria Regional II. Este ano, o pré-carnaval começa no dia 01 e vai até o dia 24 de fevereiro.

Para quem vai se cadastrar pela primeira vez como ambulante, os documentos que deverão ser apresentados neste momento são: cópias da Carteira de Identidade, do CPF e do comprovante de endereço, além da folha corrida e uma foto 3x4. Quem já realizou cadastro anteriormente, precisa apenas apresentar cópias do RG e CPF. Os permissionários que já atuam no entorno do aterro, poderão comercializar no evento sem a obrigatoriedade de se inscrever, porém, deverão portar seus respectivos termos de permissão.

No total, serão disponibilizadas 960 vagas, sendo 300 para itinerantes e 159 barracas para amplo sorteio e seis destinadas para deficientes, voltadas ao comércio de comidas e bebidas, totalizando 165 barracas ofertadas para cada final de semana do pré-carnaval.

As barracas ficarão instaladas nas ruas Camocim, Carlos Vasconcelos, Francisco Virgílio de Vasconcelos e Barão de Aracati, que são as vias transversais à Avenida Historiador Raimundo Girão (Polo do Aterro da Praia de Iracema). Além das ruas Tremembés (Polo do Largo dos Tremembés), como também, na rua João Cordeiro (Polo da Mocinha).

Como forma de democratizar o acesso às vagas, caso exceda o número de inscrições pré-estabelecidas, haverá sorteios abertos ao público na Secretaria Regional II. Os sorteios acontecerão nos dias 21 e 22 de janeiro, às 09h30min, sendo o dia 21 para os itinerantes e dia 22 para as barracas, no caso das barracas o sorteado somente será contemplado para um final de semana específico do pré-carnaval. Os ambulantes têm até o dia 28 de janeiro para efetuar o pagamento do Documento de Arrecadação Municipal (DAM) e apresentar na Regional, para receber o termo de autorização para comercializar.

Com o objetivo de manter a segurança dos foliões, os vendedores não poderão comercializar produtos que utilizem óleo ou qualquer substância inflamável, nem vender bebidas em garrafas de vidro durante o ciclo pré-carnavalesco.

Serviço
Cadastramento de Ambulantes para o Pré-Carnaval 2019 na Praia de Iracema
Data: 14 a 18/01 (segunda a sexta-feira)
Horário: 9h às 16h
Local: sede da Secretaria Regional II (Rua Professor Juraci de Oliveira, 1, Edson Queiroz)

Publicado em Fortaleza
Museu
A iniciativa busca reconhecer espaços, agentes e promotores culturais em Fortaleza (Foto: Rodrigo Carvalho)

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, na noite desta quarta-feira (31/10), a terceira galeria do Museu Orgânico na linguagem “Música”, no Bar do Mincharia. A iniciativa busca reconhecer espaços, agentes e promotores culturais em Fortaleza, sistematizando o roteiro desses locais, valorizando palcos de produções intelectuais e fortalecendo a democratização da arte e a dinamização da memória local.

No espaço, além de um painel com 50 fotos de músicos e intérpretes locais, marca do projeto, também foi colocado um quadro homenageando o cantor Evaldo Gouveia, que recebeu tributo do trio Bossampop e do cantor e compositor Daniel Medina durante a ocasião.

“O Museu Orgânico tem uma característica muito bacana, que é o estímulo à memória. O Ceará tem muitos talentos nacionais, e é muito importante que este projeto se consolide, se amplie pela cidade, pelos espaços públicos que contam a história desses grandes artistas, fortalecendo cada vez mais a cultura local”, disse o titular da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), Gilvan Paiva.

Para o coordenador de Comunicação Social da Prefeitura de Fortaleza e membro da curadoria do Projeto, Moacir Maia, a gestão municipal cumpre bem o papel de reconhecer esses espaços que têm dado à Cidade referências que são indispensáveis para a vida da comunidade. “Estamos identificando os locais que fazem a vida cultural da Cidade, e na área da música o Bar do Mincharia faz isso, trazendo também um conjunto de referências para você identificar o que é o conceito do museu orgânico. Com esta homenagem, gente não faz mais do que justiça ao Evaldo, grande referência da nossa música", disse.

Homenagem
A mulher de Evaldo Gouveia, Liduína Lessa, esteve presente ao Mincharia e agradeceu a homenagem. “O Evaldo Gouveia é um grande compositor, grande cantor, uma pessoa maravilhosa, e é justa demais essa homenagem para ele. É um homem que fez todos os gêneros de música, fez valsa, tango, bolero, fado, samba-enredo. Ele está muito feliz com a homenagem", afirmou, lembrando que o cantor não pôde comparecer ao evento em razão de estar se recuperando de uma pneumonia.

O Projeto Museu Orgânico ainda terá mais nove painéis de música a serem fixados até o fim deste ano, concluindo 12 galerias em 2018. A primeira do Projeto foi inaugurada no Cantinho do Frango, com show de Rodger Rogério, nome escolhido pelo dono do estabelecimento, Caio Napoleão, para ser homenageado. A segunda, no Flórida Bar, na Praia de Iracema, e prestou tributo ao cantor, compositor e humorista cearense Falcão. Dentro das próximas estão locais como o Café Couture e o Serpentina Bar, conforme Moacir Maia.

Carlos Aragão é permissionário do Bar do Mincharia há 16 anos, e afirma que, hoje, o local se tornou um símbolo de resistência na Praia de Iracema e está estritamente ligada à história do cantor e compositor Evaldo Gouveia. “Ele nasceu a partir da cena musical na Praia de Iracema e frequentava a própria Casa do Mincharia. Eu achei interessante a Prefeitura valorizar este espaço, pois temos poucos bares que resistem há tanto tempo, já são mais de 35 anos fazendo história na cidade”, afirmou.

O cantor e compositor Daniel Medina, representando uma nova geração de artistas locais, prestou homenagem a Evaldo Gouveia. Para ele, além do Bar do Mincharia ser um local simbólico para fruir a arte, a Praia de Iracema como local histórico se confunde com a história do artista prestigiado. "Evaldo Gouveia é uma referência para todo jovem compositor e muitos outros que vêm fazendo a música brasileira e recriando a canção popular dia após dia. Sem dúvidas, a canção que eu faço hoje é extremamente influenciada por essa poética, por esse lirismo tão cearense", ressaltou.

A terceira edição do Museu Orgânico dá continuidade à ideia iniciada em julho deste ano; cujos eventos foram realizados no Cantinho do Frango e no Flórida Bar. Os lugares são estrategicamente selecionados e passam a compor o roteiro turístico de Fortaleza, como se a cidade fosse um grande museu.

Outras linguagens
A Prefeitura de Fortaleza abrirá inscrições para espaços vivos de cultura interessados em se tornar galerias do Museu Orgânico. Além dos bares, poderão pleitear o material restaurantes, equipamentos públicos, espaços culturais, barracas de praia, terminais de transportes, centros educacionais, praças de esportes, tendo obediência ao princípio de que só entrarão no roteiro espaços que ofereçam acesso público. Inicialmente, os bares-galerias do Projeto Museu Orgânico serão convidados pela Prefeitura de Fortaleza, atendendo o critério de distribuição espacial no território da Capital, contemplando as sete Regionais da Cidade, com a identificação desses espaços vivos de cultura.

Paralelamente à implantação das galerias com os painéis da linguagem MÚSICA, a Prefeitura de Fortaleza desenvolverá painéis, nos mesmos moldes e seguindo os mesmos critérios, para outras manifestações culturais, como teatro, literatura, fotografia, artes visuais, humor, esportes, etc. Conforme Moacir Maia, também está sendo desenvolvida uma plataforma digital que proporcionará, por meio de um QR Code, mais informações sobre os pontos já integrados ao roteiro.

Curadoria
As bases para a constituição e o funcionamento do Museu Orgânico, a escolha dos 50 nomes que integram o painel a ser multiplicado nos bares-galeria, bem como a seleção dos primeiros espaços foram desenvolvidas por um grupo de curadores indicados pelo gabinete do prefeito Roberto Cláudio, composto pelo jornalista Moacir Maia, coordenador de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Fortaleza; pelo arquiteto Totonho Laprovitera, representante da Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza; pelo escritor e produtor cultural, Jorge Pieiro, representante da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza; e pelo jornalista, compositor e escritor Flávio Paiva, autor do livro-cd "Bulbrax – Sociomorfologia Cultural de Fortaleza".

Publicado em Cultura

A Prefeitura de Fortaleza inaugura, nesta quarta-feira (31/10), às 19h30, a terceira galeria do Museu Orgânico, no Bar do Mincharia. A iniciativa, que busca reconhecer espaços, agentes e promotores de programação que fortalecem as manifestações culturais da cidade, estará homenageando o cantor Evaldo Gouveia. Em tributo ao artista, o trio Bossampop se apresenta cantando suas músicas autorais.

Nesta inauguração, a atividade faz parte da programação do Quarta Iracema.

No espaço do Bar do Mincharia será colocado um painel com 50 fotos de músicos e intérpretes locais, marca do projeto Museu Orgânico, lançado em julho deste ano, e que já inaugurou outras duas galerias no restaurante Cantinho do Frango e no Flórida Bar.

Além do painel com 50 nomes da cultura musical de Fortaleza, também será colocado um quadro em que o responsável pelo espaço homenageia um nome da nossa Música.

Animando o Estoril, a programação continua com o grupo de mulheres sambistas, Samba Delas e participação especial de Rodrigo Mulher Barbada. O grupo, que toca músicas de artistas conhecidos como Martinho da Vila, Dona Ivone Lara, Zeca Pagodinho, entre outros, se apresenta uma vez por mês nas Quartas de Iracema.

No Aterrinho da Praia de Iracema, a partir das 16 horas, acontece o projeto Atleta Cidadão em racha meia linha com veteranos e convidados. Já no espaço Viva Capoeira Viva, aulas de capoeira gratuitas, das 18 às 21 horas.

A Quarta Iracema busca incentivar a ocupação do espaço oferecendo atividades de cultura e lazer, e contemplam o plano colaborativo estratégico que propõe a revitalização da Praia de Iracema. O projeto foi desenvolvido pela Prefeitura de Fortaleza, por meio do Instituto Iracema e vem sendo executado desde janeiro deste ano.

Serviço
Lançamento da terceira galeria Museu Orgânico no Bar do Mincharia
Data: 31/10 (quarta-feira)
Horário: A partir das 19h30
Local: Bar do Mincharia (Rua dos Pacajús – Praia de Iracema)

Publicado em Cultura
Página 1 de 5