A Prefeitura de Fortaleza realiza, nesta quinta-feira (24/08), às 9h, no Paço Municipal, o workshop “Cidades Inteligentes e Humanas: Caminhos para Fortaleza”. O consultor Renato de Castro, especialista em Cidades Inteligentes (Smart Cities) e transformações digitais, vai tratar sobre os conceitos e oportunidades de negócios para as cidades inteligentes que podem ser aplicados em Fortaleza. O encontro, organizado pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), contará com a presença de gestores municipais.

Renato de Castro é idealizador e membro do conselho consultivo do projeto City SmartUp, que tem como objetivo promover promoção, negócios e investimentos entre Cidades Inteligentes. O palestrante vai tratar de temas como inclusão social, inclusão digital, hipercidades, inteligência artificial e Smart Cases pelo mundo.

A programação tem como um dos objetivos principais compartilhar avanços tecnológicos, aplicações, estratégias de governança e soluções para as cidades, contemplando áreas como educação, saúde, segurança pública, transporte, energia, monitoramento ambiental, desenvolvimento sustentável, dentre outras.

Serviço:
Workshop Cidades Inteligentes e Humanas: Caminhos para Fortaleza
Data: 24/08 (quinta-feira)
Horário: 9h às 12h
Local: Auditório Paço Municipal (Rua São José, 01 - Centro)

 

Publicado em Tecnologia
Inauguração
Solenidade ocorreu na noite de quinta-feira (17/08)

O prefeito Roberto Cláudio participou da inauguração do Centro de Tecnologia e Inovação Multilaser (CTIM), na noite desta quinta-feira (17/08). O CTIM desenvolverá projetos em parceria com instituições de pesquisa científica e tecnológica e universidades da região, criando novos talentos no âmbito da pesquisa e desenvolvimento na área de Tecnologia da informação e Comunicação (TIC) e incentivando o empreendedorismo por meio do fomento de startups. “Cada vez que abre um espaço como esse, para produzir conhecimento e novos negócios na área de TI, são criadas novas oportunidades, buscando soluções para os problemas da cidade. Essa é a grande motivação do envolvimento da Citinova junto a este Centro”, afirmou Roberto Cláudio.

Durante a solenidade, foi assinado o termo de cooperação entre a Citinova e o Instituto de Tecnologia e Treinamento do Nordeste (ITTN), visando à implementação de ações conjuntas no âmbito da pesquisa, desenvolvimento e inovação no município de Fortaleza e de capacitações na área de TIC. Inicialmente, um curso de capacitação para o desenvolvimento de jogos para dispositivos móveis será promovido nas instalações da Casa da Cultura Digital e beneficiará estudantes da rede pública de ensino.

De acordo com o presidente da Citinova, Cláudio Ricardo, o CTIM é importante para o crescimento da economia da cidade. “O Centro congrega as universidades, pesquisadores e o poder público, buscando soluções tecnológicas para a população”, explicou.

Publicado em Tecnologia
citinova
As inscrições estão abertas até o dia 20 de agosto

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), abre, a partir do dia 14 de agosto, as inscrições para o preenchimento de 19 bolsas para o desenvolvimento na área tecnológica. Estas são mais oportunidades para quem quer atuar nos projetos da Rede Municipal de Qualificação, Plataforma de Gerenciamento de Ocorrências e alertas ao cidadão, estruturação da Internet das Coisas, entre outros. As inscrições serão realizadas até o dia 20 de agosto.

A seleção dos candidatos será por meio de processo seletivo simplificado, através de análise curricular e entrevista. Os interessados deverão encaminhar os currículos para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., junto ao formulário da ficha de inscrição que se encontra em anexo ao Edital e a seguinte documentação: cópia do RG e CPF; cópia do comprovante de endereço (conta de energia ou IPTU); currículo e suas comprovações; certificado de cursos extracurriculares realizados a partir de 40h, se houver; declaração ou comprovante de experiência profissional na área de tecnologia a que pretende concorrer, com especificação de tempo, se houver.

As vagas para contratos temporários, que vão de 4 a 12 meses, variam de R$800 a 3,5 mil e são para programador web, programador mobile, web designer, analista de sistemas, gerente de projetos, administrador de banco de dados, designer, graduando na área de tecnologia, analista e programador mobile, designer de interação, modelagem.

Clique aqui para acessar o Edital nº 001/2017 – Seleção de Bolsistas para Projetos Inovadores e ter mais informações sobre requisitos, atribuições, cronograma e processo seletivo. Eventuais dúvidas poderão ser esclarecidas ligando para 3433.9344.

Publicado em Tecnologia
Angola
Solenidade contou com a participação do vice-prefeito Moroni Torgan e do governador Camilo Santana (Foto: Kiko Silva)

O vice-prefeito Moroni Torgan e o governador Camilo Santana participaram da solenidade que marca o início das obras do Data Center da empresa Angola Cables, inserida no Parque Tecnológico da Praia do Futuro, nesta segunda-feira (10/07).

A parceria da Prefeitura com a empresa Angola Cables resultou na instalação de duas estações de cabos submarinos de fibra óptica e um Data Center de porte internacional (tipo Tier 3), o primeiro deste porte nas regiões Norte/Nordeste do País. Com essa estrutura, Fortaleza passa a ter condições de exportar conteúdos digitais brasileiros para a América do Norte e, futuramente, para a África (Luanda). A expectativa é de que, em poucos anos, a Cidade esteja interligada aos continentes da Europa e Ásia, tornando-se um importante Hub do setor de Telecomunicações.

“Este é um momento ímpar para a Cidade. Com o Data Center, vamos colocar em Fortaleza uma vitrine para expor nossos produtos tecnológicos para todo o mundo, garantindo, inclusive, mais emprego e renda”, destacou Moroni Torgan.

O governador Camilo Santana afirmou que o empreendimento prevê investir US$ 50 milhões até o fim deste ano nos três projetos que possui em Fortaleza: construção de uma estação do South Atlantic Cable System (Sacs), o Data Center e o sistema Monet, cabo submarino com tecnologia de fibra óptica que liga Santos (SP) a Miami (EUA), passando por Fortaleza. “Em um momento tão difícil que o Brasil está vivendo, um investimento deste porte representa muito para a Cidade e para o Estado. Vamos deixar Fortaleza conectada com o mundo inteiro e abrir as portas de Fortaleza para as oportunidades e conectividade”, disse.

Em razão da sua posição geográfica privilegiada e estratégica, próxima dos continentes europeu e africano, assim como dos Estados Unidos, a capital cearense já conta com oito cabos submarinos de fibra óptica instalados, contabilizando 15 pontos de entrada e saída desses cabos. A perspectiva é transformar Fortaleza um dos principais centros de tecnologia do Brasil. “O objetivo é usar esse polo de comunicação para promover o surgimento de uma série de negócios com impactos diretos na economia local. O início da construção já trouxe visibilidade para outras empresas do Brasil descobrirem as vantagens para investirem também aqui”, explicou o secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Mosiah Torgan.

O Município possui um total de 52.710 empresas ativas, bem como o maior número de empresas ligadas à área de tecnologia na Região Nordeste, com 599 no total (RAIS/MTE, 2015). Esses dados reforçam a capacidade de atrair empresas do segmento, o que permitirá gerar mais empregos diretos de alta qualidade, além de incrementar a geração de tributos na Cidade, favorecendo seu desenvolvimento.

A atração de investidores do setor tecnológico em Fortaleza conta com a concessão de incentivos fiscais às empresas participantes do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Parques Tecnológicos e Criativos de Fortaleza (ParquFor), conforme prevê a Lei nº 205/2015.

O ParqFor tem como objetivo incentivar o desenvolvimento sustentável econômico e tecnológico do Município, por meio de apoio a empreendimentos produtivos que desenvolvam atividades econômicas de base tecnológica e criativa, instaladas nas áreas de incentivo do Programa, tais como as Áreas Parques, Zonas Especiais de Dinamismo Urbano Social (Zedus) e as Instituições de Ensino Superior conveniadas. Com isso, permite que a Cidade possa gerar novos ambientes para abrigar empresas inovadoras e gerar empregos mais qualificados para a população de Fortaleza. Atualmente, o ParqFor possui oito Instituições de Ensino Superior e quatro áreas cadastradas como áreas Parques Tecnológicos e Criativos (Praia do Futuro, campus e entorno da Uece, Centroe Francisco Sá), além de nove empresas inscritas no Programa que geraram 1.002 empregos diretos e com arrecadação de ISSQN na ordem de 1,7 milhão, dados de 2016.

Saiba Mais
As empresas que se interessarem em aderir ao do ParqFor devem se dirigir à sede da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (Rua Tibúrcio Cavalcante, 1233 – Aldeota) e apresentar os formulários de inscrição na Coordenadoria de Projetos e Desenvolvimento Econômico. Para mais informações, enviar e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou 3452.6236.

Sobre a Angola Cables
Angola Cables é uma empresa de telecomunicações, fundada em 2009, tendo como acionistas as principais operadoras de telecomunicações angolanas. A companhia dedica-se à comercialização de capacidade em circuitos internacionais de voz e dados por cabos submarinos de fibra óptica. O mais recente projeto da empresa é a construção de um cabo, o Monet, que vai ligar Angola e Brasil aos Estados Unidos até 2017. Com a instalação de uma Estação de Cabos Submarinos em Fortaleza a empresa inicia também o processo de implementação do Projeto SACS – South Atlantic Cables System, cabo submarino de fibra óptica, que ligará o Brasil ao continente Africano, por meio das cidades de Fortaleza e Luanda. A empresa é associada ao projeto Kitabanga, que busca a conservação de tartarugas marinhas, além de apoiar o esporte náutico, por meio do patrocínio a embarcações de vela, como o barco Mussulo III, que está ancorado no Brasil, participando dos principais campeonatos de regatas do País. Para mais informações, acesse: www.angolacables.co.ao.

Publicado em Economia

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), participará nesta segunda-feira (10/07), às 15h30, na Praia do Futuro, da solenidade que marca o início das obras do Data Center da empresa Angola Cables, inserida no Parque Tecnológico da Praia do Futuro. 

A parceria da Prefeitura com a empresa Angola Cables resultou na instalação de duas estações de cabos submarinos de fibra óptica e um DataCenter de porte internacional (Data Center tipo Tier 3), o primeiro deste porte nas regiões Norte/Nordeste do País. Com essa estrutura, Fortaleza passa a ter condições de exportar conteúdos digitais brasileiros para a América do Norte e, futuramente, para a África (Luanda). A expectativa é de que, em poucos anos, a Cidade estará interligada aos continentes da Europa e Ásia, tornando-se um importante Hub do setor de Telecomunicações.

Em razão da sua posição geográfica privilegiada e estratégica, próxima dos continentes europeu e africano, assim como dos Estados Unidos, a capital cearense já conta com oito cabos submarinos de fibra óptica instalados, contabilizando 15 pontos de entrada e saída desses cabos. A perspectiva é transformar Fortaleza um dos principais centros de tecnologia do Brasil. “O objetivo é usar esse polo de comunicação para promover o surgimento de uma série de negócios com impactos diretos na economia local”, explica o secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Mosiah Torgan.

O Município possui um total de 52.710 empresas ativas, bem como o maior número de empresas ligadas à área de tecnologia na Região Nordeste, com 599 no total (RAIS/MTE, 2015). Esses dados reforçam a capacidade de atrair empresas do segmento, o que permitirá gerar mais empregos diretos de alta qualidade, além de incrementar a geração de tributos na Cidade, favorecendo seu desenvolvimento.

A atração de investidores do setor tecnológico em Fortaleza conta com a concessão de incentivos fiscais às empresas participantes do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Parques Tecnológicos e Criativos de Fortaleza (ParquFor), conforme prevê a Lei nº 205/2015.

O ParqFor tem como objetivo incentivar o desenvolvimento sustentável econômico e tecnológico do Município, por meio de apoio a empreendimentos produtivos que desenvolvam atividades econômicas de base tecnológica e criativa, instaladas nas áreas de incentivo do Programa, tais como as Áreas Parques, Zonas Especiais de Dinamismo Urbano Social (Zedus) e as Instituições de Ensino Superior conveniadas. Com isso, permite que a Cidade possa gerar novos ambientes para abrigar empresas inovadoras e gerar empregos mais qualificados para a população de Fortaleza. Atualmente, o PARQFOR possui oito Instituições de Ensino Superior e quatro áreas cadastradas como áreas Parques Tecnológicos e Criativos (Praia do Futuro, campus e entorno da Uece, Centroe Francisco Sá), além de nove empresas inscritas no Programa que geraram 1.002 empregos diretos e com arrecadação de ISSQN na ordem de 1,7 milhão, dados de 2016.

Saiba Mais
As empresas que se interessarem em aderir ao do ParqFor devem se dirigir à sede da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (Rua Tibúrcio Cavalcante, 1233 – Aldeota) e apresentar os formulários de inscrição na Coordenadoria de Projetos e Desenvolvimento Econômico. Para mais informações enviar email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou 3452.6236.

Sobre a Angola Cables
Angola Cables é uma empresa de telecomunicações, fundada em 2009, tendo como acionistas as principais operadoras de telecomunicações angolanas. A companhia dedica-se à comercialização de capacidade em circuitos internacionais de voz e dados por cabos submarinos de fibra óptica. O mais recente projeto da empresa é a construção de um cabo, o MONET, que vai ligar Angola e Brasil aos Estados Unidos até 2017. Com a instalação de uma Estação de Cabos Submarinos em Fortaleza a empresa inicia também o processo de implementação do Projeto SACS – South Atlantic Cables System, cabo submarino de fibra óptica, que ligará o Brasil ao continente Africano, por meio das cidades de Fortaleza e Luanda. A empresa é associada ao projeto Kitabanga, que busca a conservação de tartarugas marinhas, além de apoiar o esporte náutico, por meio do patrocínio a embarcações de vela, como o barco Mussulo III, que está ancorado no Brasil, participando dos principais campeonatos de regatas do País. Para mais informações, acesse: www.angolacables.co.ao

Serviço
Solenidade de assinatura de contrato de parceria com a empresa Angola Cables
Dia: Segunda-feira (10/07)
Horário: 15h30
Local: Rua Trajano de Medeiros, 1851 – Praia do Futuro

Publicado em Economia

A Casa da Cultura Digital divulga a programação de junho. Entre as atividades ofertadas, destaca-se o programa Educar Digital, que recebe alunos da Rede Municipal de Ensino, às segundas e quartas–feiras. Os jovens terão acesso ao conhecimento de ferramentas tecnológicas, programas educativos, introdução a softwares, conhecimento e noções básicas de hardwares, princípios de metarreciclagem em tecnologias, cultura maker e novas mídias. Além disso, eventos, palestras e oficinas em tecnologia acontecem durante o mês, enriquecendo o conhecimento do público em geral. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas presencialmente na Casa da Cultura Digital, que fica localizada na Praia de Iracema.

O programa "Letramento Digital", que ocorre dias 22 e 28 de junho, é voltado para crianças a partir de 5 anos e visa estimular a criatividade, leitura, linguagem, raciocínio lógico, pensamento crítico e a socialização.

No dia 27 de junho, alunos e professores da Universidade Estácio do Ceará (FIC) conhecerão o desenvolvimento de jogos e cultura digital. Para encerrar o mês, o São João Digital marcará as festividades juninas, com apresentações tecnológicas em animação 3D e pescaria digital.

Serviço:
Casa da Cultura Digital
Endereço: Rua dos Pacajus, 33 – Praia de Iracema
Informações: (85) 3219.5938

Programação completa

Dia 07 de junho das 8h às 12h – Semana Nacional do Meio Ambiente - Visita guiada com o tema "Meio Ambiente e Tecnologia", voltada para os alunos do curso de Tecnologia da Escola Estadual de Educação Profissional Presidente Roosevelt

Dia 12 de junho das 8h às 16h – Programa Educar Digital - cursos de tecnologia

Dia 13 de junho das 14 às 17h – Palestra Marketing Digital - "Como construir uma estratégia para aquisição de novos clientes", voltada para empreendedores, universitários, entusiastas e empresários

Dia 19 de junho dás 8h às 16h – Programa Educar Digital - cursos de tecnologia

Dia 20 de junho das 8h às 12h – Semana Nacional do Meio Ambiente - Visita guiada com o tema "Meio Ambiente e Tecnologia", voltada para os alunos do curso de Tecnologia da Escola Estadual de Educação Profissional Julia Giffoni

Dia 21 de junho das 8h às 16h – Programa Educar Digital - cursos de tecnologia

Dia 22 de junho das 14 às 17h – Programa Letramento Digital - aividade com a utilização da tecnologia, de forma lúdica, a estimular a criatividade, a leitura, a linguagem, o desenvolvimento do raciocínio lógico

Dia 24 de junho das 8h às 16h – Casa Mágica- Evento de cultura digital, jogos, RPG, animes e quadrinhos

Dia 26 de junho das 8h às 16h – Programa Educar Digital - cursos de tecnologia

Dia 27 de junho das 14 às 17h – Hub de Jogos - Encontro da comunidade de desenvolvimento de jogos, alunos e professores

Dia 28 de junho das 8h às 16h – Programa Educar Digital - cursos de tecnologia

Dia 28 de junho das 14 às 17h – Programa Letramento Digital - atividade com a utilização da tecnologia, de forma lúdica, a estimular a criatividade, a leitura, a linguagem, o desenvolvimento do raciocínio lógico

Dia 30 de junho das 19h às 22h - 1º São João da Casa da Cultura Digital - Uma noite com atividades juninas e apresentações tecnológicas em animação 3D e pescaria digital, na área externa da Casa da Cultura Digital, em parceria com a Comunidade Local e Centro Cultural Belchior.

 

Publicado em Tecnologia

O Dia Mundial da Internet é comemorado dia 17 de maio e para lembrar a data a Casa da Cultura Digital realizará uma extensa programação local. Nesta quarta-feira, o equipamento da Prefeitura de Fortaleza, vinculado à Fundação de Ciência Tecnologia e Inovação, promoverá diversas atividades para festejar a data. O Dia da Internet foi estabelecido pela Organização das Nações Unidas, em 2006, na data em que anteriormente se comemorava o Dia Internacional das Telecomunicações e o Dia Mundial da Sociedade de Informação. Seu objetivo é proporcionar uma reflexão sobre as potencialidades e desafios das novas tecnologias na vida dos cidadãos.

Com o apoio do Instituto de Tecnologia, Inovação e Cultura Digital (ITIC), serão realizadas palestras com os seguintes temas: "história da internet" e "a internet das coisas". Também serão exibidos vídeos sobre a evolução da rede mundial de computadores. As palestras acontecerão de 8h às 12h. No período da tarde, das 14h às 19h, a Casa da Cultura Digital acolhe o "Scrath Day", nova linguagem de programação que permite ao usuário criar suas próprias histórias interativas, animações, jogos, música e arte. O evento reúne jovens da comunidade Scratch para que compartilhem projetos e troquem experiências digitais.

Na quinta-feira (18/05), a programação ocorre de 8h às 16h com palestras e exibição de vídeos. Já na sexta-feira (19/05), a Casa da Cultura Digital será palco do Google I/O Extended, evento mundial que apresenta os novos produtos e tecnologias desenvolvidos pelo Google. Segundo Neto Muniz, gerente de Cidadania Digital, da Citinova e responsável pela Casa, o objetivo do evento é “promover o ativismo digital, o engajamento e a colaboração, visando a disseminação dos valores digitais”. O Google I/0 também recebe o apoio do ITIC.

Serviço:
Dia Mundial da Internet
Quarta-feira (17/05)
8h às 12h – Palestras: História da internet, a internet das coisas e exibição de vídeos sobre a evolução da rede mundial de computadores
14h às 19h - Scrath Day
Quinta-feira (18/05)
8h às 16h – Palestras: História da internet, a internet das coisas e exibição de vídeos sobre a evolução da rede mundial de computadores
Sexta-feira (19/05)
8h às 16h - Google I/O Extended

 

Publicado em Tecnologia

Seminário
O secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Mosiah Torgan,ministrou palestra para mais de 400 profissionais (Foto: Thiago Gaspar)
Fortaleza como hub internacional de telecomunicação e serviços de nuvem: incentivos e vocação da cidade. Esse foi o panorama apresentado na última quarta-feira (05/04), durante o 6° Congresso RTI de Provedores de Internet e o 8° Congresso RTI de Data Centers, no Hotel Praia Centro & Convenções. O evento é apoiado pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE).

Na abertura do evento, o secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Mosiah Torgan, ministrou palestra para mais de 400 profissionais, a maioria provedores de Internet do Ceará e estados vizinhos, além de gerentes de tecnologia da informação  (TI) e data centers de grandes empresas da região, como bancos, órgãos públicos e indústrias.

Além de dados econômicos da Cidade, que apresenta o segundo maior PIB da região Nordeste, com um total de R$ 49,7 bilhões, Fortaleza também possui a maior concentração de cabos submarinos de fibra óptica da América. Em razão da sua posição geográfica privilegiada e estratégica, próxima dos continentes europeu e africano, assim como dos Estados Unidos, a capital cearense já conta com 13 pontos de entrada e saída desses cabos submarinos. A perspectiva é transformar Fortaleza em um Hub de comunicação digital na América Latina e um dos principais centros de tecnologia do Brasil. O objetivo é usar esse polo de comunicação para promover o surgimento de uma série de negócios com impactos diretos na economia local.

O Município possui um total de 52.710 empresas ativas, bem como o maior número de empresas ligadas à área de tecnologia na Região Nordeste, com 599 no total (RAIS/MTE, 2015). Esses dados reforçam a capacidade de atrair empresas do segmento, o que permitirá gerar mais empregos diretos de alta qualidade, além de incrementar a geração de tributos na cidade, favorecendo seu desenvolvimento.

A atração de investidores do setor tecnológico em Fortaleza conta com a concessão de incentivos fiscais às empresas participantes do Programa de Apoio ao Desenvolvimento de Parques Tecnológicos e Criativos de Fortaleza (PARQFOR), conforme prevê a Lei nº 205/2015.

Durante o Congresso, Mosiah Torgan apresentou as parcerias na atração de investimentos para instalações de novos cabos submarinos, além dos cabos Monet e Sacs da empresa Angola Cables. Conforme o secretário, mais quatro cabos submarinos interligará a cidade de Fortaleza com a América Central, Nova York, São Paulo, Luanda, Lisboa e Kribi. Outra parceria foi desenvolvida com a empresa Microsoft para fortalecer o mercado de startups e empreendedorismo do Município.

“O Parque Tecnológico de Fortaleza já possui oito Instituições de Ensino Superior e três áreas cadastras como áreas Parques Tecnológicos e Criativos, além de nove empresas inscritas no programa que geraram 1.002 empregos diretos e uma arrecadação na ordem de 1,7 milhões de Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza ISSQN, em 2016. ”, ressaltou o titular da pasta.

No primeiro dia de evento, o secretário de Telecomunicações do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, André Müller Borges, apresentou as iniciativas do Governo Federal para promover a inclusão digital no Brasil. “A rede de transporte de Fortaleza é bastante robusta, com vários serviços avançados, ainda assim, haverá projetos desenvolvidos no Estado. É uma tendência muito grande dos recursos serem direcionados para o Norte e Nordeste do país”, apontou.

Nesta quinta-feira (06/04), novas palestras serão apresentadas com temas mais específicos dos mercados de provedores e data centers, com a participação de empresas locais como Etice – Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará, e operadoras Brisanet e Wirelink. Também haverá palestras de especialistas de São Paulo, caso da palestra da Netflix.

O evento conta ainda com uma feira paralela com 40 empresas, fabricantes de cabos ópticos, sistemas de energia, software e outros equipamentos para a infraestrutura de redes e data centers. Serão realizados dois minicursos sobre projeto e instalação de fibra óptica, voltados para os técnicos das empresas.

A grade completa pode ser acessada no site www.arandanet.com.br.

Publicado em Economia
Banner do evento

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico, apoiará o 6° Congresso RTI de Provedores de Internet e o 8° Congresso RTI de Data Centers, que acontecerão no Hotel Praia Centro & Convenções, nos dias 5 e 6 de abril, simultaneamente.

Importante ponto de tráfego de dados entre a América Latina e o resto do mundo, a capital cearense está se tornando um hub de telecomunicações, com a chegada de cabos submarinos vindos dos Estados Unidos, Europa e África e a construção de modernos data centers na região, abrindo um enorme potencial de investimentos no mercado de tecnologia.

Além de mostrar a vocação da cidade para um ambiente de inovação, o evento tem o objetivo de promover o intercâmbio de informações técnicas e comerciais fundamentais para as empresas de base tecnológica ou que dependem da Internet para o sucesso dos seus negócios. Os congressos devem reunir mais de 400 profissionais, a maioria provedores de internet do Ceará e estados vizinhos, além de gerentes de tecnologia da informação e data centers de grandes empresas da região, como bancos, órgãos públicos e indústrias.

Na abertura do evento, o secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Mosiah Torgan, apresentará a Cidade como um potencial hub internacional de telecomunicações e serviços de nuvem, bem como os incentivos governamentais criados para atrair empresas do segmento. Além disso, o secretário de Telecomunicações do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, André Müller Borges, apresentará as iniciativas do Governo Federal para promover a inclusão digital no Brasil.

A Prefeitura de Fortaleza tem articulado parcerias na atração de investimentos para instalações de novos cabos submarinos. Além dos cabos Monet e Sacs da empresa Angola Cables, há também parcerias firmadas para o aporte de mais quatro cabos submarinos que interligarão a cidade de Fortaleza com a América Central, Nova York, São Paulo, Luanda, Lisboa e Kribi. Outra parceria foi desenvolvida com a empresa Microsoft para fortalecer o mercado de startups e empreendedorismo do Município.

Também foi desenvolvida parceria com a empresa Softtek, juntamente com a Unifor, para que a empresa possa formar profissionais especializados em diversos processos de negócios e tecnologias no ramo de TI. A parceria também resultará na instalação de um Global Delivery Center. Destaca-se que a Softtek é uma multinacional atuante em mais de quinze países, oferecendo serviços e soluções tecnológicas.

Nesse sentido, o evento também apresentará um painel de debates sobre os cabos submarinos que aportam em Fortaleza, com a participação das operadoras internacionais: Angola Cables, Globenet e Telxius, do Grupo Telefônica. As operadoras apresentarão seus planos de investimentos e como a chegada dos cabos submarinos pode melhorar a conectividade para as empresas brasileiras de Internet e data centers e fomentar o mercado de tecnologia no Nordeste.

No encerramento do primeiro dia haverá uma palestra especial apresentada por Marcos Pontes, o primeiro e único astronauta brasileiro a ir ao espaço. Ele contará sua história de vida, desde a infância pobre na periferia de Bauru, no interior de São Paulo, passando pelo treinamento de astronauta e as emoções ao ver a Terra do espaço.

No dia 6 de abril, serão apresentadas as palestras com temas mais específicos dos mercados de provedores e data centers, com a participação de empresas locais como Empresa de Tecnologia da Informação do Ceará (Etice) e operadoras Brisanet e Wirelink. Mas também haverá palestras de especialistas de São Paulo.

O evento contará ainda com uma feira paralela com 40 empresas, fabricantes de cabos ópticos, sistemas de energia, software e outros equipamentos para a infraestrutura de redes e data centers. Serão realizados dois minicursos sobre projeto e instalação de fibra óptica, voltados para os técnicos das empresas.

A grade completa pode ser acessada aqui

Publicado em Economia
alunos 2016
A parceria levará a versão customizada e mais atual da plataforma digital a cerca de 200 mil alunos, 15 mil professores e 525 unidades escolares



A Prefeitura de Fortaleza fechou parceria com a Escola Digital, plataforma de busca com milhares de conteúdos pedagógicos digitais para o lançamento do portal “Escola Digital Fortaleza” (http://escoladigital.sme.fortaleza.ce.gov.br/). A parceria levará a versão customizada e mais atual da plataforma digital de busca de conteúdos educacionais a cerca de 200 mil alunos, 15 mil professores e 525 unidades escolares. A solenidade de assinatura da parceria acontecerá nesta terça-feira (29/11), às 13h30min, no auditório da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Desenvolvido para agilizar e tornar mais confiável a busca de gestores, professores, alunos e seus familiares por conteúdos pedagógicos, o novo ambiente virtual reúne em um só espaço animações, jogos, simuladores, aplicativos, entre outros tipos de recursos digitais, que podem ser utilizados por qualquer usuário gratuitamente. Fortaleza é a primeira cidade que terá a plataforma customizada em sua terceira versão, a mais atual e moderna, que permitirá ao usuário uma experiência de navegação e funcionalidade ainda mais completa. Nela, professores e alunos poderão, por exemplo, formar grupos de trabalho com conteúdos em comum e os educadores terão maior facilidade para utilizarem os objetos digitais em sala de aula, entre outros benefícios.

Publicado em Educação