Usuários e profissionais do sistema de transporte nos terminais de ônibus estão sendo sensibilizados sobre a prevenção e detecção precoce ao câncer de mama. A ação da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), iniciou nesta sexta-feira (22/10) e segue nos próximos dias 25, 26 e 27 de outubro.

Em alusão ao Outubro Rosa, os terminais Lagoa, Papicu, Siqueira, Messejana e Parangaba recebem a equipe das Coordenadorias Regionais de Saúde (Cores) com a finalidade de mobilizar a população na identificação precoce dos sinais e sintomas do câncer de mama. A ideia é abordar os passageiros dos terminais a respeito da importância dos fatores de detecção precoce para que, caso haja algum sintoma, sejam tomadas as providências em tempo hábil para o tratamento adequado.

A abordagem contempla orientações para o autoexame e adoção de estilo de vida saudável, distribuição de panfletos educativos e tira-dúvidas. As equipes também estarão disponíveis para informar sobre o acesso aos serviços públicos de saúde, desde as primeiras consultas até o agendamento para a mamografia, por exemplo.

A ação nos terminais Outubro Rosa conta também com a parceria do Movimento Outubro Rosa do Ceará, a Unichristus, a UniNassau e a Universidade Estadual do Ceará (Uece).

Cronograma

22 de outubro, 8h30 às 11h, terminal Lagoa

25 de Outubro, 13h30 às 16h30, terminal Messejana

26 de Outubro, 8h30 às 11h, terminal Parangaba

27 de Outubro, 8h30 às 11h, terminal Siqueira

27 de Outubro, 13h30 às 16h30, terminal Papicu

Publicado em Mobilidade

Para conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico e tratamento precoce do câncer de mama, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) segue ofertando, até o fim do mês de outubro, mutirões de exames de mamografia, em unidades de saúde da Capital.

Além das vagas de rotina, as policlínicas Dr. Luiz Carlos Fontenele (Passaré) e Dr. José Eloy da Costa Filho (Bonsucesso) estão ofertando 2.600 vagas para mamografia distribuídas durante todo o mês. Para ter acesso ao exame nestas unidades, é necessário buscar um dos 116 postos de saúde para realizar o agendamento.

O Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns também está ofertando novas vagas de mamografia durante este mês. De segunda a sexta-feira, 24 pacientes são acolhidos diretamente na unidade para a realização do exame, sendo 12 por turno (manhã e tarde), sem necessidade do agendamento prévio realizado pelos postos.

A assessora técnica da saúde da mulher da SMS, Adriana Melo, ressalta a importância do autocuidado na detecção precoce do câncer de mama. “A mulher precisa praticar o autoexame, pelo menos uma vez no mês, para perceber algum caroço, alguma textura diferente nas mamas. Caso note alguma alteração, deve procurar um dos 116 postos de saúde e solicitar uma consulta médica. Lá, ela será encaminhada pelo médico à rede de diagnóstico da Capital. Lembrando que o autocuidado não substitui a mamografia, que também deve ser realizada regularmente, entre mulheres de 50 a 69 anos”, ressaltou.

Mamografia

A idade média para o exame em mulheres assintomáticas, recomendada pelo Ministério da Saúde, é de 50 a 69 anos. É importante que o exame seja feito anualmente, pois além do diagnóstico precoce do câncer de mama, a mamografia auxilia no diagnóstico de outras alterações que podem ocorrer, como cistos, nódulos e calcificações.

Serviço

Mamografias nas policlínicas Dr. Luiz Carlos Fontenele (Passaré) e Dr. José Eloy da Costa Filho (Bonsucesso)
Período: mês de outubro
Acesso: por meio dos 116 postos de saúde

Mamografias no Hospital e Maternidade Dra. Zilda Arns (Hospital da Mulher)
Período: mês de outubro
Acesso: diretamente no Hospital da Mulher.

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza abre, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), nesta terça-feira (01/10), às 16h, no Cuca da Barra do Ceará, a programação do Outubro Rosa. O evento é realizado pelo “Movimento Outubro Rosa Ceará – A Nossa Luta é Todo Dia”, que apresentará a programação das atividades unificadas neste mês de prevenção e combate ao câncer de mama. Durante o evento, o prefeito em exercício, Moroni Torgan, receberá a Chave Rosa da Cidade. Já o. Cuca e a ponte da Barra do Ceará receberão iluminação especial na cor rosa.

O câncer de mama é o de maior incidência entre as mulheres e, no Brasil, representa um percentual de 29% dos novos casos diagnosticados da doença, causando a morte de mais de 16.900 pessoas, baseando-se em estatísticas do Instituto Nacional do Câncer. O rastreamento mamográfico brasileiro é inferior a 70%, o que faz com que mais da metade das mulheres sejam diagnosticadas em fase avançada, diminuindo assim as chances de cura da doença.

Dados da vigilância epidemiológica da SMS referentes às internações e mortes por neoplasia de mama, ocorridas entre 2008 e 2018, apontam que há uma significativa proporção de mulheres internadas na faixa etária entre 30 - 49 anos, e uma preocupante estabilidade da taxa de mortalidade, que tem afetado pacientes maiores de 80 anos (50% dos casos).

Com vistas a modificar os números da detecção precoce do câncer de mama, facilitada pelo acesso a mamografia e biópsias, aliada ao tratamento adequado da doença, a SMS lançou processo de chamamento público para aumento do número de contratualizações de exames de mamografias e ultrassonografias e outro para licitação de três novos mamógrafos.

Além disso, trabalha pela ampliação do Serviço Diagnóstico Ambulatorial em Mastologista, por meio das novas policlínicas e com a implantação da Linha de Cuidado da Mama nas Unidades Básicas de Saúde, composta por uma rede de 113 postos.

Serviço
Abertura da Programação do Outubro Rosa em Fortaleza
Data: 01/10 (terça-feira)
Horário: 16h
Local: Cuca da Barra do Ceará (Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará)

Publicado em Saúde
várias pessoas posam para a foto
Visita do prefeito Roberto Cláudio ao Hospital e Maternidade Zilda Arns nesta quarta-feira (17/10) faz parte da programação do Outubro Rosa

O prefeito Roberto Cláudio visitou, nesta quinta-feira (17/10), o Hospital e Maternidade Zilda Arns para alertar as mulheres fortalezenses sobre a importância da prevenção do câncer de mama. Visita faz parte da programação  em alusão ao Outubro Rosa, que tem por objetivo de combater a doença. “Estamos aqui para enviar uma mensagem de consciência a todas as mulheres da cidade de Fortaleza. Como vocês sabem, o câncer de mama é o tipo mais frequente entre as mulheres, uma das principais causa de morte entre elas. É muito importante que a gente possa prevenir. A melhor forma é o diagnóstico precoce, por isso, é necessário fazer o autoexame e buscar realizar uma mamografia a cada dois anos, entre 50 e 69 anos de idade”, afirmou o Prefeito, que esteve acompanhado da primeira-dama do Município, Carol Bezerra, e de secretárias municipais.

Para atender a demanda de exames, a Rede Municipal de Saúde conta com três aparelhos de mamografia públicos. Além disso, o exame pode ser feito em instituições conveniadas. Ao todo, são seis mil exames por mês. Só no Gonzaguinha da Barra, são 15 atendimentos de mamografia por turno, de segunda a sexta-feira, totalizando 600 por mês. Já no Gonzaguinha da Messejana, são 560 exames por mês, além dos 30 atendimentos por turno de segunda a segunda do Hospital da Mulher, totalizando 840 mensais.

Durante o período do Outubro Rosa, os exames no Hospital da Mulher serão ampliados, quando a população terá à disposição 120 exames nos fins de semana, sendo 60 aos sábados e os outros 60 nos domingos.

Joana Maciel, secretária da Saúde, ressaltou a importância das mulheres não faltarem aos exames marcados, pois acabam prejudicando a todas. “Temos um índice de faltas muito elevado, em torno de 40% em toda a rede. Devemos lembrar que quando você não vai para o seu exame, não avisa com antecedência, uma outra mulher deixa de ser beneficiada. Contamos com o apoio da população para, se marcar, não faltar”, declarou.

Flávia Maria Nunes, uma das mulheres beneficiadas com a ação do mês de prevenção, parabenizou a gestão pela atividade. “É muito importante esta campanha do Outubro Rosa no Hospital da Mulher. Quando venho, sempre sou bem atendida, sendo uma boa oportunidade para quem ganha pouco, pois não teríamos como pagar os exames, principalmente aquelas que são mais carentes. É muito importante podermos prevenir precocemente o câncer de mama, pois tratando, a pessoa fica curada e bem”, disse.

Caso a mulher observe alguma alteração na mama durante o autoexame, o procedimento adequado é procurar um posto de saúde mais próximo de casa. Lá, ela será encaminhada pelo médico à rede de diagnóstico da Capital.

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), promove, durante o mês de outubro, atividades em alusão ao movimento Outubro Rosa.

A Coordenadoria Especial de Políticas para Mulheres da SDHDS articula, dentro da programação, um seminário, aberto ao público, de orientação e prevenção ao câncer de mama. O Seminário “Ame-se, cuide-se, previna-se: suas mãos podem te salvar” será realizado na próxima terça-feira (16/10), às 13h30, no auditório do Instituto de Previdência do Município (IPM).

A atividade terá a presença do Dr. Luiz Porto, diretor do Grupo de Educação e Estudos Oncológicos, além do especialista em psicologia organizacional, Roger Riveras.

A programação do Outubro Rosa da Prefeitura conta ainda com oito rodas de conversa com grupos de idosas, realizadas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras). O objetivo é orientar e debater a prevenção do câncer de mama. As rodas de conversa têm início nesta quinta-feira (11/10) e vão até o fim deste mês (29/10).

“A preocupação da Prefeitura é de articular, mobilizar e sensibilizar as mulheres da cidade a procurarem o SUS para realizar os devidos procedimentos para atendimento preventivo. No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos”, afirma Natália Rios, titular da Coordenadora Especial de Políticas para Mulheres.

Movimento Outubro Rosa

O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre o câncer de mama e promover a conscientização sobre a importância da detecção precoce da doença. No Brasil, a recomendação do Ministério da Saúde é a realização da mamografia de rastreamento (quando não há sinais nem sintomas) em mulheres de 50 a 69 anos, uma vez a cada dois anos.

Publicado em Social
Realização do exame de mamografia
Serão realizados os exames papanicolau e clínico das mamas, solicitações de mamografia, além de atividades educativas

Como parte da programação do Outubro Rosa, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), continua reforçando as ações de conscientização e alerta a todas as mulheres para a importância da detecção precoce do câncer de mama. Neste sábado (28/10), de 8h às 12h, postos de saúde da Regional VI estarão abertos com a oferta de serviços às mulheres.

Ao todo, dez postos de saúde realizarão atendimentos direcionados à saúde da mulher, como a coleta de citologia (Papanicolau), exame clínico das mamas e solicitações de mamografia. Durante todo o dia, profissionais das unidades farão, ainda, um trabalho informativo e educativo sobre o assunto.

Para a gerente da Célula de Atenção a Saúde da Mulher, Léa Dias, o Outubro Rosa é um momento de sensibilização que pretende conscientizar o público feminino em relação à prevenção e ao diagnóstico precoce da doença. “A SMS organizou uma programação especial com o objetivo de alertar as mulheres para os cuidados contra o câncer de mama. Quando diagnosticado precocemente, a chance de cura aumenta em até 95%”, explica.

Durante todo o mês de outubro, a Prefeitura de Fortaleza preparou uma programação especial para alertar à população sobre a detecção do câncer de mama. Em parceria com entidades da sociedade civil, foram realizados passeios ciclísticos, a II Regata Rosa, Caminhada Rosa e audiências públicas abordando a temática. Os hospitais e postos de saúde da rede municipal integram o movimento com a realização de trabalho informativo e educativo sobre o assunto, além de serviços de prevenção e diagnóstico da doença.

Além destas atividades, a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP) iluminou de rosa equipamentos símbolos da Capital: Catedral, Praça do Ferreira, Paço Municipal, Hospital da Mulher, Mercado dos Peixes, estátuas de Iracema na Lagoa de Messejana e na Beira Mar, Monumento ao Jangadeiro na Beira Mar, espigões da Av. Rui Barbosa e da Rua João Cordeiro, passarela da Av. Antônio Sales e Praça Portugal.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), no Brasil, há uma estimativa de 57.960 novos casos de câncer de mama por ano. No Ceará, chega a 2.160 e, em Fortaleza, 860 casos, acarretando na morte de 35 mulheres por dia. Em sua fase inicial, a doença não apresenta sintomas, mas, quando surgem os sinais, a doença já está avançada. Por isso, a descoberta do câncer de mama no início aumenta as chances de tratamento e cura.

Confira a lista dos postos de saúde que abrem neste sábado (28/10):

- Posto de Saúde Anísio de Teixeira (Paupina)
- Posto de Saúde Edmar Fujita (Castelão)
- Posto de Saúde Hélio Goes Ferreira (Conjunto Alvorada)
- Posto de Saúde Janival de Almeida (Castelão)
- Posto de Saúde Maria de Loudes (Conjunto Tancredo Neves)
- Posto de Saúde Otoni Cardoso do Vale (Paupina)
- Posto de Saúde Pompeu de Vasconcelos (Conj. J. Paulo II)
- Posto de Saúde Evandro Ayres (Conjunto Palmeiras)
- Posto de Saúde César Cals de Oliveira (Aerolândia)
- Posto de Saúde Grasiela Barbosa (Ancuri)

 

Publicado em Saúde
espigão da rui barbosa com iluminação rosa
Os espigões da Av. Rui Barbosa e da Rua João Cordeiro são alguns dos equipamentos públicos iluminados na cor rosa durante todo este mês de outubro

A Prefeitura de Fortaleza ilumina diversos pontos da Cidade de rosa ao longo deste mês, como parte da campanha mundial do Outubro Rosa, que tem como principal objetivo alertar às mulheres e suas famílias para a necessidade da prevenção ao câncer de mama, por meio da realização de exames permanentes.

Desenvolvida pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Coordenadoria de Iluminação Pública, a ação vai iluminar os seguintes equipamentos: Catedral, Praça do Ferreira, Paço Municipal, Hospital da Mulher, Mercado dos Peixes, estátuas de Iracema na Lagoa de Messejana e na Beira Mar, Monumento ao Jangadeiro na Beira Mar, espigões da Av. Rui Barbosa e da Rua João Cordeiro, passarela da Av. Antônio Sales e Praça Portugal.

A programação deste mês de outubro, desenvolvida pelo poder público e entidades da sociedade civil, envolve ainda passeio ciclístico (18/10), II Regata Rosa (22/10), Caminhada Rosa (22/10), I Corrida Rosa (29/10) e audiências públicas abordando a temática. Hospitais e postos de saúde da rede municipal se integram ao movimento e realizam um trabalho informativo e educativo sobre o assunto, além de serviços de prevenção e diagnóstico da doença.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), no Brasil, há uma estimativa de 57.960 novos casos de câncer de mama por ano. No Ceará, chega a 2.160 e, em Fortaleza, 860 casos, acarretando na morte de 35 mulheres por dia. Em sua fase inicial, a doença não apresenta sintomas, mas, quando surgem os sinais, a doença já está avançada. Por isso, a descoberta do câncer de mama no início aumenta as chances de tratamento e cura.

A história do Outubro Rosa remonta à década de 1990, quando o laço cor de rosa foi distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada desde então em Nova York. A ação de iluminar de rosa equipamentos e espaços públicos surgiu como forma prática de alcançar a população, podendo ser aplicada em qualquer lugar.

Locais com iluminação rosa
- Catedral;
- Nova Praça Portugal;
- Paço Municipal;
- Hospital da Mulher;
- Mercado dos Peixes;
- Estátua de Iracema na Lagoa de Messejana;
- Estátua de Iracema na Beira Mar;
- Monumento ao Jangadeiro na Beira Mar;
- Espigão da Av. Rui Barbosa;
- Espigão da Rua João Cordeiro;
- Passarela da Av. Antônio Sales.

Publicado em Saúde
A palestra acontece na zona de convivência da Regional III na quinta-feria (24/10)

No mês dedicado ao enfrentamento do câncer de mama, Outubro Rosa, a Secretaria Regional III em parceria com a Coordenadoria de Políticas Públicas para Mulheres, realizará nesta quinta-feira (24/10) a partir das 14 horas na Palhoça, espaço de convivência da regional, uma Roda de Conversa sobre a prevenção do câncer de mama para as servidoras e funcionárias.

O objetivo da atividade é alertar as mulheres sobre os riscos do câncer de mama, sensibilizá-las sobre prevenção e a necessidade de um diagnóstico precoce. A palestra contará com a participação da secretária da Regional III, Fátima Canuto, da Coordenadora de Mulheres, Larissa Gaspar, e um especialista da área de saúde.

 

Campanha Outubro Rosa

A campanha de enfrentamento ao câncer de mama é realizada anualmente, o lema deste ano é “Políticas Públicas e Leis - Conquistar e Fazer Valer”. O movimento ganhou adesão da Prefeitura de Fortaleza, que está realizando diversas ações de combate a doença. Este tipo de câncer é o segundo tipo mais frequente no mundo, o mais comum entre as mulheres, porém sendo diagnosticado logo e tratado oportunamente, possui grandes chances de cura.

Serviço

Prefeitura de Fortaleza realiza atividade sobre o Outubro Rosa na Regional III

Data/ Hora: 24/10 (quinta-feira), às 14 horas.

Local: Secretaria Regional III (Avenida Jovita Feitosa, 1264, Parquelândia).

 

 

Publicado em Saúde
Serão realizados testes rápidos de HIV, sífilis, verificação de pressão arterial e glicemia entre outros procedimentos

Um mutirão voltado para a prevenção ao câncer de mama será realizado neste sábado (12/10) pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Regional de Saúde da Secretaria Regional II. O evento ocorrerá na Escola Municipal do Ensino Fundamental Maria Odnilra Cruz Moreira, na Cidade 2000, das 8h às 12h, e faz parte das atividades do Outubro Rosa, que alerta para a importância do autoexame. A manhã contará com diversas atividades, incluindo realização de exames, atividades lúdicas e palestras educativas. Os postos de saúde que estarão envolvidos nesse mutirão são: Unidade de Saúde Rigoberto Romero, Unidade de Saúde Frei Tito e Unidade de Saúde Benedito Artur de Carvalho.


Durante toda manhã serão realizadas para as mulheres da comunidade avaliação clínica ginecológica, teste rápido de HIV e sífilis, eletrocardiograma, verificação de pressão arterial e glicemia, e palestras educativas sobre planejamento familiar, autocuidado, tabagismo e exames das mamas.


Mais de 30 pessoas, entre profissionais da saúde, alunos e professores universitário, estarão contribuindo com o mutirão, que tem o objetivo de sensibilizar as mulheres quanto à importância da detecção precoce do câncer de mama, realizar exames preventivos, identificar mulheres diagnosticadas a fim de encaminhá-las para o tratamento nos hospitais especializados, e oferecer apoio a mulheres que se encontram em tratamento por meio das equipes do Programa de Saúde da Família e do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF).


Outros dois mutirões serão promovidos pela Regional II, nos dias 19 e 26 de outubro, respectivamente na Unidade de Saúde Aída Santos e Escola Municipal do Ensino Fundamental Aída Santos; e Escola Municipal de Ensino Fundamental Almerinda de Albuquerque.


Serviço

Mutirão de Prevenção ao Câncer de Mama

Data: Neste sábado (12/10)

Horário: 8h às 12h

Local: Escola Municipal do Ensino Fundamental Maria Odnilra Cruz Moreira – Rua Adenantera, n° 800, Cidade 2000.

 

Publicado em Saúde