Cada participante recebeu no fim do curso um livro didático com cem receitas saudáveis e certificado de participação

A Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio do Centro de Atenção Psicossocial Infantil Maria Ileuda Verçosa  (CAPSi) da Secretaria Regional IV recebeu no período de 09 a 11 de julho o Programa SESI Cozinha Brasil.


O curso, ministrado por nutricionistas, foi destinado às mães dos pacientes e funcionários de todos os CAPS da Regional e teve como objetivo levar conhecimentos sobre educação alimentar e nutricional, por meio de orientação didático-pedagógica, estimulando a melhoria de hábitos alimentares, apreciando a culinária regional, utilizando o aproveitamento integral dos alimentos e atuando no combate ao desperdício. A ação, que teve uma carga horária de 10 horas, ocorreu com aulas práticas e teóricas e com apresentação de receitas.


O coordenador do CAPSi, Edson Rodrigues, destacou a importância do curso para a instituição, “A prática saudável da alimentação não significa comer muito, mas sim, comer bem e aproveitar realmente tudo aquilo que os alimentos proporcionam para nossa saúde física e mental. Por isso, acho de extrema relevância que funcionários e usuários recebam esse treinamento”, afirmou.


O programa que é feito de forma itinerante, existe no Ceará desde 2005 e já beneficiou mais de 35 mil pessoas. Cada participante recebeu ao final do curso, gratuitamente, um livro didático do “Alimente-se Bem”, com 100 receitas saudáveis e um certificado de participação.


 

Publicado em Gestão
Foram retiradas 65.114,470 toneladas de resíduos

Nos quatro primeiros meses deste ano, foram retiradas 65.114,470 toneladas de resíduos durante os trabalhos de limpeza nos 19 bairros pertencentes à Regional IV. Entre as ações, foram realizadas a poda de árvores, a limpeza do espelho d'água das lagoas - com a retirada da vegetação aquática e de sedimentos, capinação, varrição das ruas e pintura do meio fio de ruas e avenidas e a limpeza em praças, creches, colégios e no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) da Regional.

A ação é feita pelo Distrito de Meio Ambiente e Controle Urbano da Secretaria Regional IV. Segundo Eráquito Passos, chefe do Núcleo de Limpeza Urbana, “a ação visa manter a cidade limpa e promover o bem estar da população”.
 
Os serviços são realizados periodicamente ou sempre que houver necessidade do cumprimento dos trabalhos de limpeza. A população pode solicitar esses serviços da Regional IV através do telefone 0800.285.0880 do Fala Fortaleza.

Publicado em Gestão
Moradores do bairro serão abordados de segunda (20/5) a sexta (24/5) com panfletos explicativos

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional IV - Distrito de Meio Ambiente e Limpeza Urbana, realiza a partir de segunda-feira (20/5) um trabalho educativo sobre limpeza no bairro do Jardim América. A ação terá início às 8h com saída da Praça Presidente Roosevelt e termina na sexta-feira (24/5).


Além da distribuição de panfletos para a população, a equipe fará abordagens para conversar com os moradores e saber deles o motivo de estar sendo feito de forma errada o descarte de lixo.


“O nosso objetivo é identificar quem são esses infratores e realizar um trabalho educativo para inibir a ação de jogar lixo na rua, já que a coleta é feita três vezes na semana.”, afirma Eráquito Passos, chefe do setor de Limpeza Urbana da Regional.


“A gente resolveu realizar essa ação para conscientizar e orientar os moradores a não colocar mais lixo na ponte e melhorar o bem estar do bairro.”, afirma Márcio Martins, presidente da Associação do bairro.


O procedimento é em parceria com a Ecofor, Associação dos Moradores e Amigos do Jardim América (AAJA) e Emlurb.

 

Serviço

Evento: Ação educativa no Jardim América

Data: 20 de maio

Horário: a partir das 8h

Local: Praça Presidente Roosevelt (Rua Ana Nery com Waldery Uchôa)

 

Publicado em Infraestrutura
Placas de imobiliárias localizadas na rua Mundica Paula e retiradas pela ação da Prefeitura

A Operação de Combate à Poluição Visual, realizada pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), em parceria com as Secretarias Regionais, já contabiliza a retirada de 1.133 placas de imobiliárias e anúncios particulares de aluguel e venda de imóveis. Esta é a quarta semana da ação.

Nesta terça e quarta-feira, a concentração aconteceu nas ruas e avenidas da Regional IV. Ao todo, foram removidas 376 placas. As equipes já executaram o serviço nas Regionais I, II e III, sendo 60 da Regional I, 418 da Regional II e 279 da Regional III. Devido à prática ilegal, até o momento, 13 notificações foram emitidas aos responsáveis.

Segundo Maria Luíza Távora, coordenadora da Comissão de Combate à Poluição Visual da Seuma, os resultados com a operação estão sendo bastante satisfatórios. “A retirada das placas e anúncios irregulares tem gerado um comportamento positivo dos responsáveis. Muitas imobiliárias estão nos procurando a fim de esclarecermos aos proprietários dos imóveis sobre os locais adequados para a colocação dos materiais”.

A tarefa desta ação consiste na remoção das estruturas e expedição dos autos de constatação às empresas e condomínios que realizam a prática. A operação está respaldada pela Lei de Combate à Poluição Visual (Lei 8221/98), a qual proíbe qualquer tipo de anúncio em postes, árvores e logradouros públicos. Assim, conforme previsão legal, as imobiliárias reincidentes poderão ter o alvará de funcionamento cassado.

A cada semana, nas terças e quartas-feiras, uma Secretaria Regional está envolvida na operação. A próxima será a Regional V, seguida pela Regional VI e Sercefor. O objetivo é que as Regionais possam dar continuidade aos trabalhos após receberem treinamento específico.

Publicado em Infraestrutura
Estádio Presidente Vargas finalmente reabre dia 5 de maio para receber o Clássico-Rei

O Estádio Presidente Vargas (PV) está prestes a ser reaberto para jogos. Nesta quinta (2/5), técnicos do Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia Ceará (Crea) e da Vigilância Sanitária entregaram os laudos em que atestam as boas condições do equipamento que será utilizado para as partidas da semifinal do Campeonato Cearense 2013.

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer de Fortaleza (Secel) e da Secretaria Regional IV, recebeu os laudos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, também favoráveis a reabertura do PV. No fim dessa tarde, os documentos foram entregues à Federação Cearense de Futebol.

O Estádio Presidente Vargas vai reabrir suas portas no dia 5 de maio de 2013, para receber as torcidas do Ceará e do Fortaleza, em partida válida pela semifinal do Campeonato Cearense 2013. O equipamento teve o gramado recuperado e passou por adequações para atender as demandas dos laudos liberatórios como, por exemplo, a sinalização das saídas de emergência, que já foi resolvida.

Reunião

Na terça-feira passada, a entrega dos laudos para reabertura do Estádio Presidente Vargas foi tema debatido na sede do Ministério Publico em reunião entre Aírton Mourão, secretário da Regional IV, Márcio Lopes, titular da Secretaria de Esporte e Lazer (Secel), além de representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Vigilância Sanitária e Engenharia (CREA). Todos os órgãos envolvidos firmaram compromisso de entregar os laudos e garantiram que as demandas mais urgentes como a recarga dos extintores e a troca de cadeiras serão resolvidas.

Algumas intervenções serão realizadas após o jogo de domingo, por isso os órgãos se comprometeram a assinar um termo de ajustamento de conduta com o Ministério Público. Durante o encontro, o Promotor responsável, José Wilton Sales, afirmou estar tranquilo quanto a entrega dos laudos do PV. "Acredito que as pendências não devem interferir na realização do Clássico-Rei", afirmou.

Publicado em Esporte e Lazer
Reunião com feirantes da Parangaba discutiu reestruturação da feira

Na tarde desta quinta-feira (11/4), a Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio da Secretaria Regional IV, reuniou-se com representantes da Feira da Parangaba.  A necessidade de ações para melhorar a estrutura física do espaço foi o foco da conversa.

Durante o encontro, realizado na sede da Regional IV, foi dada ênfase à importância de uma reorganização na estrutura da feira e à melhoria da ocupação do espaço público de Fortaleza. As ações serão realizadas em parceria entre a Regional e os ambulantes, que estavam representados pela Associação dos Feirantes da Parangaba e pela Associação da Feira dos Carros. Na oportunidade, representantes da Secretaria se comprometeram em executar um novo cadastro dos ambulantes.

“O objetivo da Prefeitura é trabalhar em conjunto com os feirantes a fim de efetuar uma reorganização naquele espaço e isso vai ocasionar melhorias para todos”, afirmou Rafael Mourão, chefe do Distrito de Meio Ambiente e Serviços Urbanos da Secretaria Regional IV.

O presidente da Associação dos Feirantes, José Rubens, também acredita na relevância de um trabalho feito em parceria, com a finalidade de beneficiar todos os envolvidos.

No último domingo (7/4) foi realizada uma ação educativa na feira. A operação consistiu em um trabalho de conscientização dos feirantes sobre o prejuízo da ocupação irregular em espaço público. No próximo domingo (14/4), a atividade terá continuidade. A partir do dia 21 de abril, as barracas não poderão ficar nos canteiros centrais nem em frente ao Terminal da Lagoa.

 



 

Publicado em Social
O Conjunto Habitacional Maravilha já beneficiou 606 famílias com novas unidades habitacionais e um Complexo Esportivo

Na manhã deste sábado (6/4), os moradores do Conjunto Habitacional Maravilha, no Bairro de Fátima, receberão o Projeto Ação e Cidadania, que consiste no oferecimento de uma série de ações sócio-comunitárias, reforçando o acesso às políticas públicas básicas, como emissão de documentos (Registro Geral - 1ª e 2ª via - e Cadastro de Pessoa Física - CPF), atendimento de apoio ao consumidor, assistência social e atendimento básico de saúde.

A atividade é uma iniciativa da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza - Habitafor, realizada em parceria com a Secretaria de Justiça do Ceará, o PROCON, a Coordenadoria de Políticas para as Mulheres de Fortaleza, as Secretarias Regionais II e IV, o Conselho Tutelar e a Associação dos Diabéticos e Hipertensos de Fortaleza.

A proposta da Habitafor é atingir todos os beneficiados pelos programas de habitação em Fortaleza e fortalecer a identidade dos conjuntos habitacionais, além de desenvolver o sentimento de valorização do território comunitário, através da participação popular. "O projeto é resultado de várias reuniões com as comunidades, órgãos governamentais e entidades da sociedade civil, que apontaram a necessidade de oferecer políticas públicas integradas aos empreendimentos populares que construímos, com o entendimento de que a política habitacional compreende a promoção direta da cidadania e não somente a entrega da casa”, destaca Eliana Gomes, presidente da Habitafor.

Conjunto Maravilha
O Conjunto Habitacional Maravilha compreende duas áreas, divididas entre as regionais II e IV. O projeto, iniciado em 2008, já beneficiou 606 famílias com novas unidades habitacionais e um Complexo Esportivo.

Está em andamento a construção de uma creche-escola, que deve ser inaugurada ainda no primeiro semestre de 2013, e a urbanização do canal.

A obra conta com R$ 19,9 milhões do Plano de Aceleração do Crescimento  (PAC) e R$ 6 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)

Serviço:
Projeto Ação e Cidadania
Data: 06/04/2013 (sábado)
Horário: 8h30 às 12h
Local: Complexo Esportivo do Conjunto Habitacional (BR 116, próximo ao Colégio Jenny Gomes - Bairro de Fátima)

Publicado em Habitação
Com a coleta seletiva, os problemas da área ambiental e da saúde pública são minimizados. (Foto: Igor de Melo/Arquivo)

Para melhorar a qualidade de vida da população, a Prefeitura Municipal de Fortaleza, por intermédio da Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFOR), em parceria com a Ecofor Ambiental, promove o Projeto Piloto da Coleta Seletiva que está beneficiando bairros das Regionais II e IV com o serviço de reciclagem porta a porta.

Os bairros Aldeota, Dionísio Torres, Meireles e Fátima foram escolhidos para o início do programa por serem áreas de grandes geradores de materiais recicláveis e já possuírem certa organização e experiência com coleta seletiva. Atualmente, o projeto beneficia associações de catadores de material reciclado, como a Associação dos Catadores do Jangurussu (ASCAJAN), Associação Maravilha e Associação dos Recicladores Amigos da Natureza (ARAN).

Neste ano, o programa já atendeu um total de 73.230 domicílios no Bairro de Fátima (Regional IV) e nos demais bairros do projeto, situados na Regional II.  Foram coletadas 191 toneladas de materiais recicláveis. O objetivo é minimizar os problemas da área ambiental e da saúde pública.

As pessoas que desejam participar podem ligar para o Sistema de Atendimento ao Consumidor (SAC) no número 0800-275-4400. O Setor Ambiental entrará em contato com o usuário para agendar uma visita de apresentação do projeto.

Publicado em Meio ambiente
Página 5 de 5