A Prefeitura de Fortaleza inaugura, nesta quinta-feira (24/10), às 17 horas, o projeto Leitura na Praça Marupiara, no bairro Demócrito Rocha (Regional IV). O espaço público, que passou por reforma e foi entregue à população totalmente requalificado em julho do ano passado, será o sétimo da Cidade a receber quiosque com livros infantojuvenis. A inauguração contará com programação cultural, contação de histórias e música. O projeto, que vai instalar 60 quiosques por toda a Capital, tem como objetivo despertar o interesse pela leitura, especialmente nas crianças.

Os quiosques são formados por estruturas metálicas fixas em espaços públicos e distribuídos nas sete Regionais. O projeto, idealizado pela primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, é direcionado ao público infantojuvenil. Cada quiosque recebe cerca de 400 títulos variados. Os livros de contação de histórias abordam temas como solidariedade, cidadania, autoestima, vínculos familiares, sonhos e criatividade.

A Prefeitura de Fortaleza já entregou seis quiosques do projeto Leitura na Praça. Ao todo, serão instalados 60 quiosques em toda a Cidade, em uma importante ação que busca impactar toda a comunidade.

Saiba mais

Os adotantes do projeto Leitura na Praça passam por uma capacitação da Prefeitura de Fortaleza sobre autogestão do equipamento social que será implantado na comunidade.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, a leitura é um dos principais estímulos para o desenvolvimento da criança na primeira infância. Além de auxiliar o processo de aquisição da linguagem, amplia o vínculo afetivo entre pais e filhos e fortalece a estrutura psíquica e emocional da criança, possibilitando a constituição de um vínculo seguro para a autonomia e relacionamento social.

Outros benefícios da leitura: desenvolvimento da atenção, memória e raciocínio; melhoria da concentração; ampliação do vocabulário; estímulo à curiosidade, à imaginação e à criatividade; melhoria na percepção de sentimentos e emoções; enriquecimento cultural, intelectual e social.

Serviço:
Inauguração do Projeto Leitura na Praça no Demócrito Rocha
Data: 24/10 (quinta-feira)
Horário: 17h
Local: Praça Marupiara (Rua Alagoas, entre as ruas Goiás e Minas Gerais)

Publicado em Esporte e Lazer
Ação educativa
Ações de conscientização da população fazem parte do calendário de atividades da Rede Aquarela

A Prefeitura de Fortaleza promove, por meio da Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci) e do programa Rede Aquarela, reunião para construção do Plano de Ação da Rede de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes da Regional IV, no SESI Parangaba, nesta terça-feira (20/08), às 08h30.

A iniciativa faz parte do calendário de ações do eixo disseminação do programa que é responsável por articular redes locais para o enfrentamento à violência sexual em todas as regionais de Fortaleza. Além de promover atividades de prevenção com oficinas e palestras, atendimento especializado com equipe multidisciplinar e mobilização comunitária, em parceria com a rede de promoção, defesa e controle social do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente (SGDCA).

“A violência sexual infantojuvenil é um problema social complexo e multifatorial, por isso seu enfrentamento requer a união de todas as políticas públicas e o engajamento da sociedade civil para a proteção de crianças e adolescentes, ” acrescenta Kelly Meneses, coordenadora do Rede Aquarela.

A elaboração seguirá as diretrizes do Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, com destaque para ações integradas e referenciais norteando o trabalho nos próximos anos, cuja execução será acompanhada por uma Comissão a ser escolhida pela própria Rede da Regional.

Em 2018, o programa realizou 3.679 atendimentos especializados às vítimas de violência sexual com equipe multidisciplinar. Os dados são de abuso e exploração sexual com crianças de 0 a 18 anos. Até junho de 2019 já foram realizados 2.149 atendimentos.

Serviço
Construção do Plano de Ação contra a Violência Sexual Infantojuvenil na Regional IV
Data: 20/08 (terça-feira)
Horário: 08h30
Local: Auditório do ViraVida - SESI Parangaba (Av. João Pessoa, 6754 - Parangaba)

Publicado em Social

O pesquisador ítalo-brasileiro Mário Pereira estará em Fortaleza, entre os dias 10 e 15 de março, para um série de reflexões e encontros de resgate histórico acerca da Segunda Guerra Mundial e os vínculos que envolvem o Brasil e a Itália neste episódio. Na ocasião, estudantes, professores de escolas municipais e líderes comunitários dos bairros Montese e Monte Castelo participarão de visitas guiadas e palestras. A oportunidade marcará resgate dos laços de irmandade entre as cidades de Fortaleza e Montese (IT).

A temática, que será apresentada por Mário Pereira nas palestras e visitações, abordará, sobretudo, o lado humano da participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) durante a Campanha da Itália, com o intuito de despertar a curiosidade, o conhecimento e o interesse histórico dos participantes.

Antecedendo a chegada do pesquisador, nos dias 7 e 8 de março, 180 estudantes das escolas municipais Vicente Fialho (Montese) e Paulo Petrola (Monte Castelo), acompanhados por professores, coordenadores e diretores, visitarão monumentos, materiais e equipamentos que relatam a história da participação brasileira na II Guerra Mundial, localizados no 23º Batalhão de Caçadores.

A partir desta visita, os alunos realizarão produções textuais e artísticas sobre a vivência e o aprendizado. As criações dos educandos serão apresentadas durante as palestras ministradas por Mário, nas próprias escolas, nos dias 12 e 13 de março. Lideranças comunitárias dos bairros Montese e Monte Castelo também participarão das reflexões nas escolas. Em 15 março, os alunos do Colégio Militar de Fortaleza também receberão palestra.

História
Em homenagem à participação dos mais de 25 mil soldados brasileiros, muitos deles cearenses, nesta Guerra que aconteceu entre 1939 e 1945, os bairros Montese e Monte Castelo receberam tais nomeações, antes conhecidos como Pirocaia e Açude João Lopes, respectivamente. As denominações ocorreram porque foi na cidade italiana de Montese, em localidade conhecida como Monte Castelo, que combatentes da FEB venceram um dos mais importantes confrontos contra o nazi-fascismo da Alemanha.

Nascido na Itália, Mário Pereira é filho do falecido veterano brasileiro Miguel Pereira. Considerado embaixador da FEB na Itália, é referência para o intercâmbio entre entusiastas e historiadores. Desde 1997, trabalha junto à Embaixada do Brasil em Roma, onde administra e preserva o Monumento Votivo Militar Brasileiro, em Pistoia (IT). Mário produziu documentário sobre a FEB e a Força Aérea Brasileira (FAB) na Itália, que leva como ferramenta em palestras nas escolas, eventos e universidades italianas e brasileiras. Sua produção auxilia, também, inúmeros escritores de livros sobre o tema.

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas (Cerif), Secretarias Regionais I e IV, e da Secretaria Municipal de Educação (SME), e o Comando da 10ª Região Militar (RM) de Fortaleza apoiam as atividades de integração, resgate histórico, amizade e intercâmbio cultural entre Brasil/Itália, Fortaleza/Montese.

Confira programação

Visitas de alunos e professores de escolas municipais e representantes das comunidades dos bairros Montese e Monte Castelo ao 23º Batalhão de Caçadores (BC)
Data: 07/03 (quinta-feira)
Horário: 14h às 15h

Data: 08/03 (sexta-feira)
Horário: 8h30 às 9h30
Local: 23º Batalhão de Caçadores (Avenida 13 de Maio, 1589 - Fátima)

Palestras ministradas pelo pesquisador Mário Pereira
Data: 12/03 (terça-feira)
Horário: 9h às 10h / 19h30 às 20h30
Local: Escola Municipal Vicente Fialho (Rua Irmã Bazet, 182 - Montese)

Data: 13/03 (quarta-feira)
Horário: 14h às 15h
Local: Escola Municipal Paulo Petrola (Avenida Sargento Hermínio, 415 - Monte Castelo)

Data: 15/03 (sexta-feira)
Horário: 7h às 8h
Local: Colégio Militar de Fortaleza (Avenida Santos Dumont, 485 - Aldeota)

Data: 15/03 (sexta-feira)
Horário: 9h às 10h
Local: Comando da 10ª Região Militar (Avenida Alberto Nepomuceno, s/n - Centro)

Entrega de Comenda a Mário Pereira
Data: 15/03 (sexta-feira)
Horário: 10h
Local: Comando da 10ª Região Militar (Avenida Alberto Nepomuceno, s/n - Centro)

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza entrega nesta terça-feira (29/01), por meio da Secretaria Regional IV, a praça Almino Loyola, conhecida popularmente por Estudante Jucá, no bairro Serrinha, totalmente requalificada. A solenidade terá início às 18h e contará com a presença do prefeito Roberto Cláudio e do secretário da Regional IV, Francisco Sales.

A praça recebeu várias intervenções, como reforma da quadra poliesportiva, colocação de novos bancos, piso intertravado, além de instalação de uma academia ao ar livre e Parque Infantil do Projeto Praça Amiga da Criança.

O espaço também ganhou mesas de jogos, rampas de acessibilidade, para melhorar o descolamento de pessoas com mobilidade reduzida, arruamento no entorno e nova iluminação branca, resultando em mais segurança e visibilidade para os moradores.

As reformas destes espaços públicos integram o maior programa de requalificação de praças do município. Nos últimos cinco anos, a Prefeitura de Fortaleza reformou mais de 250 praças em toda a cidade. Com o equipamento que terá sua reforma inaugurada nesta terça-feira, famílias da Regional IV contarão com 36 praças reformadas pelo prefeito Roberto Cláudio.

Serviço
Inauguração Praça Almino Loiola
Data: 29/01 (terça-feira)
Horário: 18h00
Endereço: Rua Estudante Jucá, com travessa Jucá - Serrinha.

Publicado em Esporte e Lazer

prefeito roberto cláudio joga um copo plástico dentro de uma caçamba
Conforme o prefeito Roberto Cláudio, o Ecoponto acaba com todos os pontos de lixo que estejam em um raio de 300 metros, além de estimular a reciclagem e gerar renda
O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, nesta quinta-feira (24/01), o Ecoponto Francisco Baltazar de Sousa, implantado no bairro Parreão (Regional IV). O novo equipamento é o 53º Ecoponto na cidade e fica localizado na Rua André Chaves, esquina com Avenida Luciano Carneiro, oferecendo o benefício do programa Recicla Fortaleza, que dá desconto na conta de energia pela troca de resíduos recicláveis.

O novo equipamento foi concebido a partir de uma parceria entre a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (AcFor) e a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP). O local conta com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento.

Conforme o prefeito Roberto Cláudio, o Ecoponto acaba com todos os pontos de lixo que estejam em um raio de 300 metros, além de estimular a reciclagem e gerar renda, impactando a comunidade onde é implantado. A meta é implantar um total de 119 equipamentos, ou seja, um em cada bairro. "A população acaba entendendo que lixo na rua custa caro, polui e traz danos para a saúde. No ecoponto acaba virando oportunidade de renda, limpando a cidade e gerando uma consciência de cidadania diferente. A gente só vai conseguir vencer o desafio do lixo com a parceria com o cidadão", ressaltou.

O secretário de Meio Ambiente do Estado do Ceará, Artur Bruno, destacou que Fortaleza já é a terceira capital brasileira em volume de lixo reciclado. “Significa dizer que, a Prefeitura, com os Ecopontos e Ecopolos, além da educação ambiental, está fazendo um trabalho de cidadania. Eu tenho certeza que nós vamos melhorar cada vez mais nessa política”, afirmou.

Assim como os demais, o novo equipamento oferece local adequado para o descarte correto de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. O funcionamento é de segunda-feira a sábado, sempre de 8h às 12h e de 14h às 17h.

João Pupo, titular da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, ressaltou o crescimento da iniciativa através de programas como o Recicla Fortaleza e o E-Carroceiro, que remunera os carroceiros para receber o material coletado. "A gente tem tido um baita sucesso com esse programa. Hoje são 150 carroceiros cadastrados na Regional I, já ampliamos para mais 150 na Regional VI e agora fechamos a regional V. Em Fevereiro, seguiremos para as demais. E eles ganham das duas pontas, de quem pede o serviço como aqui na entrega" explica.

Roberto Oliveira, técnico em telecomunicações, é morador do bairro Parreão há 53 anos. Ele conta que o terreno onde está o novo Ecoponto estava abandonado, e vivia acumulando lixo e entulho. "Hoje, o Roberto Cláudio abriu os olhos e lembrou do pessoal do Montese e Vila União, para fazer essa melhoria para a gente. É muito bom para os moradores da cidade, se a gente tiver uma boa consciência, isso é uma melhoria, até porque vai tirar muito entulho do meio da rua e, além de limpar a cidade, ainda gera empregos", disse.

Com o novo equipamento, já são 53 Ecopontos na cidade, beneficiando todas as Regionais. Até o final da gestão do prefeito Roberto Cláudio, a expectativa é que Fortaleza conte com um Ecoponto em cada bairro, incentivando cada vez mais o comportamento sustentável na cidade.

Francisco Baltazar de Sousa

O nome do 6º Ecoponto implantado na Regional IV é uma homenagem a Francisco Baltazar de Sousa, importante líder local que se tornou referência para os moradores da Vila dos Marítimos, comunidade situada no entorno do bairro Parreão.

Nascido em 02 de novembro de 1898, no município de Ipu, Francisco Baltazar de Sousa chegou a Fortaleza na década de 1950 e morou na Vila dos Marítimos, onde se destacou por busca de melhorias para a comunidade. Casou-se com Teresa Maria de Sousa, com quem teve 11 filhos. Desde o seu falecimento em 1998, a família dá continuidade à atuação comunitária no local.

Recicla Fortaleza

O programa Recicla Fortaleza oferece desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis, resultado de parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, a Enel Distribuição Ceará (Enel) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

Para se ter acesso aos benefícios, o fortalezense precisa procurar um dos Ecopontos mais próximos, levando a conta da Enel ou o Bilhete Único, para fazer o cadastro e receber o cartão Recicla Fortaleza. Daí, é separar os resíduos recicláveis e levá-los até o Ecoponto para pesagem, lembrando-se de armazená-los sem sobra de alimentos ou produtos para não atrair insetos e gerar mau cheiro.

No Ecoponto, o cidadão confere a tabela de valores dos resíduos recicláveis, pois o crédito será calculado de acordo o peso e os tipos de materiais, levando em consideração o mercado. A iniciativa já conta com a adesão de cerca de 21 mil famílias fortalezenses. De acordo com o titular da SCSP, João Pupo, a expectativa da Prefeitura de Fortaleza é de, ainda neste ano, passar a trocar lixo reciclável por dinheiro, que poderá ser utilizado em supermercados, feiras ou trocado em caixas eletrônicos, como forma de estimular a adesão.

Materiais que geram crédito na conta de energia:

Vidro: embalagens de vidro, café solúvel, maionese; e garrafas de cerveja, refrigerantes e aguardente.

Metal (Exceto Cobre): ferros em geral, parafusos, latas de cerveja e refrigerantes, aço inox, antimônio, baterias de carro e moto, chumbo e bronze.

Papel: papelão, jornais, livros, cadernos, papel branco e papel misto.

Plástico: garrafas de refrigerantes (PET), filme, PVC, mangueira, sacolas, embalagens de água sanitária, margarina e detergente.

Outros: óleo de cozinha e embalagens Tetrapak (leite, sucos e achocolatados).

Publicado em Meio ambiente

várias pessoas num palco
A cerimônia contou com a presença de familiares do homenageado Sérgio Pinheiro e com secretários municipais e estaduais, deputados, vereadores, lideranças políticas e comunitárias
O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na noite desta terça-feira (22/01), a Areninha Sérgio Pinheiro, 23º equipamento do Projeto. Instalada na Vila Betânia, a Areninha fortalece as oportunidades relacionadas ao esporte, ao lazer e à inclusão social na Regional IV. A iniciativa reúne esforços da Prefeitura de Fortaleza e do Governo do Estado do Ceará por meio do Programa Juntos por Fortaleza.

Construído nos mesmos moldes das demais areninhas instaladas, o espaço, que homenageia o radialista Sérgio Pinheiro, recebeu investimento aproximado de R$ 1,8 milhão. Dentre as estruturas oferecidas, destacam-se campo com grama sintética, redes de proteção, alambrado, refletores, arquibancadas, depósito, vestiários, além de atenção voltada à acessibilidade e projeto paisagístico.

Ampliando a socialização entre pessoas de todas as idades, o entorno do equipamento foi contemplado, ainda, com a instalação de luz branca, parque infantil, academia ao ar livre, quadra poliesportiva e mobiliários urbanos. De acordo com o Prefeito, além de urbanizar e requalificar campos de futebol em áreas estratégicas da Cidade, o objetivo é entregar à população um espaço seguro de convivência e formação cidadã.

“Nós esperamos que esse espaço revele muitos talentos do futebol e promova a paz e a integração da comunidade. Além do papel social, as Areninhas trazem transformações e cumprem um importante papel econômico por meio da abertura de negócios formais e informais em seu entorno. É importante ver a comunidade celebrar o melhor significado de se viver em cidade, que é se integrar ao espaço público”, declarou.

A cerimônia de inauguração contou com a presença de secretários municipais e estaduais, deputados, vereadores, lideranças políticas e comunitárias. Na ocasião, a população comemorou a implantação do equipamento. “Este lugar estava precisando de uma nova vida. Estamos felizes demais, porque um espaço assim beneficia as crianças, os jovens, os adultos, os idosos. Vamos poder nos reunir, conversar, nos exercitar, fazer uma caminhada e entrar em forma. Está melhor impossível”, afirmou Joana Almeida, moradora do entorno.

Homenagem

Raimundo Sérgio de Queiroz Pinheiro, personalidade que dá nome à Areninha, nasceu em 6 de outubro de 1943 na cidade de Jaguaribe, a 300 quilômetros de Fortaleza, para onde se mudou e se tornou um dos mais relevantes radialistas esportivos do Estado.

Sérgio Pinheiro, como ficou conhecido, faleceu aos 75 anos, vítima de uma infecção. O carismático e contundente profissional deixou a esposa Maria Luíza Pinheiro, uma filha e dois netos, que compareceram à solenidade de entrega do equipamento.

Emocionada, Sâmya Pinheiro, filha do homenageado, agradeceu o reconhecimento atribuído a seu pai, cuja história com o bairro Parangaba, situado nas imediações da Areninha, foi bastante estreita. “Estamos felizes e orgulhosos pelo reconhecimento de todos a esse grande profissional. O apelido do meu pai, quando jovem, era Parangabinha. Para mim, ele está aqui, junto de nós, feliz nesta noite”, disse.

Projeto Atleta Cidadão

Nas Areninhas, também são implantados núcleos de projetos esportivos da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Secel), como o Atleta Cidadão, que terá dois núcleos de futebol na praça esportiva. Conforme a coordenadora de projetos da Secel, Karine Nascimento, os horários das atividades serão definidos de acordo com a demanda da comunidade.

De acordo com Carlos Dutra, titular da Secel, o Atleta Cidadão oferece todo o material necessário à prática do futebol e contempla pessoas inclusas na faixa etária compreendida entre 8 e 29 anos. As inscrições são realizadas mediante preenchimento de formulário e repasse de informações indispensáveis.

Alcance do Projeto Areninhas em Fortaleza

Além do novo equipamento da Vila Betânia, outras 22 Areninhas já foram inauguradas e entregues à população. São elas: Campo do América (Meireles), Thauzer Parente (Quintino Cunha), Genibaú (Campo do Sevilha), Campo do Pici (CSU César Cals), Pirambu, Vila União, Aracapé, Conjunto Ceará (Polo de Lazer), Sítio São João, Barra do Ceará (Campo do Grêmio), Rodolfo Teófilo (Campo do Novo Ideal), Campo do Barroso, Sargento Hermínio, Beira-Rio, José Walter, Parque Dois Irmãos, Conjunto Esperança, Praia do Futuro I (Serviluz), Praia do Futuro II (Caça e Pesca), São Bernardo (Messejana), Planalto Ayrton Senna e Grande Bom Jardim.

Publicado em Esporte e Lazer

várias pessoas caminham por uma rua asfaltada
Atendendo a pedidos dos moradores durante a entrega, Roberto Cláudio se comprometeu ainda a implementar novo trecho de pavimentação em uma rua adjacente
O prefeito Roberto Cláudio entregou as obras de drenagem e pavimentação da rua Tabuleiro do Norte, na manhã desta quarta-feira (19/12), no bairro Couto Fernandes. Antiga demanda da população, a requalificação da via traz mais qualidade de vida aos moradores daquela área da Regional IV.

“Esta foi uma obra de infraestrutura, mas de forte impacto social realizada no Couto Fernandes. Estamos em uma região adensada da Cidade e com muitas famílias morando em uma mesmo lugar, e, por isso, contava com muitas pessoas que sofriam pela falta de drenagem. Além da nova drenagem, criamos desvio de acesso para a José Bastos, importante ação de mobilidade para Fortaleza”, afirmou o Gestor da Capital.

Para solucionar os problemas, foi implantada galeria de 170 metros de drenagem e bocas de lobo para melhorar o escoamento das águas chuvas. Também foi construído meio-fio e foi feita a pavimentação asfáltica da via, que antes era de terra batida.

As obras duraram 90 dias e trouxeram diversos ganhos aos moradores que, agora, não passam mais por alagamentos, ou sofrem com os buracos na rua, podendo usufruir de melhor mobilidade e limpeza urbana. Ao todo, foram investidos R$ 700 mil.

Ana Lúcia Dias, moradora há 40 anos da rua beneficiada com a ação, contou que todos sofriam muito com o descaso. “Antes a água e esgoto corriam a céu aberto. Havia muitos buracos, não tinha drenagem e calçamento. Era triste. Quando chovia, tinha muita lama. As crianças sofriam muito para ir à escola. Hoje em dia, está perfeito, até acesso fizeram”, disse.

Já Rita Alves, contou que, pela primeira vez, uma luta histórica da comunidade foi atendida. “Há mais de 40 anos pedíamos, mas nunca éramos ouvidos. Graças a Deus, o Prefeito nos atendeu. Ele viu nosso sofrimento e nos atendeu. Esta é a primeira vez na história da nossa comunidade que um Prefeito nos visita e faz algo dentro dela. Ainda não caiu a ficha, estamos em êxtase. Até já choveu e vimos a água caindo direitinho. Foi um sonho realizado”, completou.

Atendendo a pedidos dos moradores durante a entrega, Roberto Cláudio se comprometeu ainda a implementar novo trecho de pavimentação em uma rua adjacente, além do nivelamento de algumas passagens entre calçadas e via, evitando que casas abaixo do nível da rua sejam alagadas.

Publicado em Infraestrutura

O prefeito Roberto Cláudio entrega, nesta quarta-feira (19/12), às 8h, as obras de drenagem e pavimentação da rua Tabuleiro do Norte, no bairro Couto Fernandes (Regional IV).

Os serviços foram realizados pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), que implantou uma galeria de 170 metros de drenagem, bocas de lobo para melhorar o escoamento das águas da chuvas e ainda a construção de meio fio e pavimentação asfáltica da via, antes de terra batida.

Orçadas em R$ 700 mil, as intervenções tiveram duração de 90 dias e possibilitaram uma melhor caminhabilidade na rua, que agora, com o início da estação chuvosa, não sofrerá mais com o acúmulo de água.

A obra, foi recebida com entusiasmo pelos moradores, que realizaram um belíssimo grafite retratando a comunidade do Couto Fernandes e sua relação com a via férrea.

Serviço
Entrega das obras de drenagem e requalificação da Rua Tabuleiro do Norte
Data: 19/12 (quarta-feira)
Horário: 8h
Local: Rua Tabuleiro do Norte com Rua Gandola – Couto Fernandes

 

Publicado em Infraestrutura
pessoas posam para foto
Núcleo funcionará no Posto de Saúde Dom Aluísio Lorscheider, no Itapery

A primeira-dama de Fortaleza, Carol Bezerra, inaugurou, nesta quinta-feira (29/11), o Núcleo de Desenvolvimento Infantil (NDI) Maria Liduína Aguiar Freire, que funcionará no Posto de Saúde Dom Aluísio Lorscheider, no Itapery (Regional IV). Esse é o sexto equipamento do tipo na Capital e disponibiliza um novo espaço de avaliação do desenvolvimento neuropsicomotor para crianças, prevenindo possíveis atrasos e potencializando atividades cognitivas, funcionais e posturais. A ação faz parte do Programa Cidade Amiga da Criança, compondo as estratégias de fortalecimento das políticas públicas direcionadas para a Primeira Infância na cidade.

O NDI também tem como foco desenvolver habilidades e competências, além de proporcionar a integração das crianças em grupos familiar, social e escolar, possibilitando às crianças e seus familiares ter acompanhamento e assistência de forma integral por meio da Estratégia de Saúde da Família (ESF) e das equipes multidisciplinares formadas por profissionais do Núcleo Ampliado de Saúde da Família (NASF).

Segundo Carol Bezerra, um espaço voltado para crianças com necessidades especiais era uma demanda frequente da comunidade e os NDIs estão se concretizando justamente para atender a esses pedidos. “Agora estamos conseguindo responder a essas perguntas e queremos mais 18 núcleos até o final do próximos semestre. É uma necessidade real das crianças de Fortaleza”, disse.

Na ocasião, a titular da Secretaria Municipal de Saúde, Joana Maciel, agradeceu aos profissionais da área da envolvidos para a realização do NDI Maria Liduina, e ressaltou a importância dos investimentos na primeira infância. O Núcleo de Desenvolvimento Infantil Maria Liduína Aguiar Freire funcionará de segunda a sexta-feira, de 7 às 19 horas na Rua Betel, 1895.

Atualmente, já estão em funcionamento os núcleos do posto de saúde Maria de Lourdes Ribeiro Jereissati (Rua Reino Unido, 115 – Conjunto Tancredo Neves – Regional VI), do posto de saúde Regina Maria da Silva Severino (Rua Itatiaia, 889 – Canindezinho – Regional V) e do posto de saúde Luís Franklin, na R. Alexandre Vieira, s/n – Messejana (Regional VI) e do Posto Carlos Ribeiro, na R. Jacinto Matos, 944 – Jacarecanga (Regional I), Posto Roberto Bruno, na Av. Borges de Melo, 910 - Bairro de Fátima (Regional IV).

Saiba mais

Vítima de feminicídio, Maria Liduína Aguiar Freire, que dá nome ao NDI, atuou como enfermeira e professora de Pediatria do curso de Enfermagem da Universidade Estadual do Ceará (Uece). A inauguração contará com a presença da secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, demais gestores locais da SMS e representantes da Uece.

Publicado em Saúde
Ciclista na ciclofaixa
As novas ciclofaixas serão unidirecionais em cada via, ligando a ciclovia em implantação na Avenida Aguanambi às ciclofaixas existentes nas ruas Barão do Rio Branco e Senador Pompeu

A Prefeitura de Fortaleza iniciou a implantação de novas ciclofaixas e um trecho de ciclorrota no bairro José Bonifácio (Regional IV), beneficiando os ciclistas que percorrem as ruas Padre Matos Serra, Padre Miguelino, Coronel Sólon e Saldanha Marinho, além da região no entorno. Serão implantados um total de 2 quilômetros de novo percurso seguro para ciclistas na região, como parte do projeto em execução do Corredor Expresso Messejana/Centro, que passará na Avenida Aguanambi.

Coordenados pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Gestão Cicloviária do Plano de Ações Imediatas de Transporte e Trânsito de Fortaleza (PAITT), os trabalhos são executados em parceria com a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf) e a Secretaria Regional IV.

O projeto prevê que as ruas Padre Matos Serra e Padre Miguelino recebam um total de 1,1 km de infraestrutura cicloviária, no trecho entre as ruas Sousa Girão e Senador Pompeu. Já as ruas Coronel Sólon e Saldanha Marinho receberão cerca de 0,9 km de ciclofaixa, entre as ruas Sousa Girão e Barão do Rio Branco. As novas ciclofaixas serão unidirecionais em cada via, ligando a ciclovia em implantação na Avenida Aguanambi às ciclofaixas existentes nas ruas Barão do Rio Branco e Senador Pompeu, garantindo assim o ir e vir com segurança dos ciclistas.

Trecho de ciclorrota
Dentro deste novo projeto, será implantado um trecho de 0,1 km de ciclorrota no quarteirão da Rua Padre Miguelino, entre as ruas Senador Pompeu e Barão do Rio Branco, por conta da alta demanda de estacionamento ocasionada pela existência de um colégio no local. Como a velocidade dos carros é baixa e o fluxo é calmo, a ciclorrota é suficiente para dar segurança aos ciclistas naquela área. Em Fortaleza, também contam com ciclorrotas as ruas Dr. João Amora, Albano Amaral, Manuel Sátiro, Eduardo Araújo, Duarte da Costa e Nunes Valente, beneficiando os bairros Vila Manuel Sátiro, Parque Santa Rosa, Messejana e Varjota.

As ciclorrotas seguem as diretrizes recomendadas na resolução 550/2015 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e são compostas por pictogramas vermelhos pintados no asfalto, identificando área para ciclistas, e placas de advertências para motoristas. A sinalização especial de ciclorrota chama a atenção dos condutores para reduzirem a velocidade e respeitarem o deslocamento de ciclistas na região. As ciclorrotas são infraestruturas cicloviárias implantadas em ruas locais, onde existe baixo fluxo de veículos motorizados e baixa velocidade desenvolvida por esses veículos, não sendo necessário, portanto, separar uma faixa exclusiva para bicicletas, como é feito no caso das ciclofaixas. Surgem com o propósito de conscientizar os motoristas de veículos motorizados quanto à necessidade de respeitar os ciclistas, assim como os pedestres, promovendo assim a sua segurança e o bom convívio entre todos.

Malha Cicloviária em Fortaleza
Ao final da implantação destas novas infraestruturas cicloviárias, Fortaleza contará com 244,8 km de malha cicloviária, sendo 103,7 km de ciclovias, 137 km de ciclofaixas, 4 km de ciclorrotas e 0,1 km de passeio compartilhado. Este número representa um aumento de 258% de ampliação na malha cicloviária somente na gestão do prefeito Roberto Cláudio, tendo em vista que Fortaleza tinha apenas 68,2km de infraestrutura cicloviária ao final de 2012.

Somente neste ano, de janeiro até agora, já foram implantados cerca de 22km de malha cicloviária em diversos bairros da cidade, tendo sido distribuída nas ruas Granja Castelo, Herbene, Nereu Ramos, Carlos Juaçaba e nas avenidas Presidente Castelo Branco (Leste-Oeste), Léa Pompeu, Rogaciano Leite, Osório de Paiva, Perimetral e Virgílio Távora. Em breve, também serão contempladas com novas infraestruturas cicloviárias as ruas Castro e Silva, Joaquim Nabuco, Osvaldo Cruz e a Avenida Oliveira Paiva.

Ciclovia da Avenida Aguanambi
Com as obras de requalificação viária em andamento na Avenida Aguanambi, desenvolvidas pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), a via também passará a contar com 4 km de ciclovias, em ambos os sentidos, sendo integrada às novas ciclofaixas. A ciclovia, que está em fase de finalização, está sendo implantada junto às calçadas que recebem ainda paisagismo e novo piso.

As obras da nova Av. Aguanambi fazem parte do Corredor Expresso que irá interligar o Terminal de Messejana ao Centro. O novo corredor irá garantir a redução do tempo de viagem dos coletivos, principalmente na Av. Aguanambi, por onde trafegam hoje 71 mil veículos por dia, além de 37 linhas de ônibus que beneficiam, diariamente, cerca de 198 mil passageiros.

Publicado em Mobilidade
Página 1 de 5