.

O Complexo Cultural Vila das Artes segue, ao longo de todo o mês de julho, com programação especial de férias. De forma on-line e gratuita, as escolas públicas de Audiovisual, Circo, Dança e Teatro do equipamento cultural ofertam atividades abertas ao público e para todas as idades. A programação é divulgada, com detalhes, semanalmente nas redes sociais.

Clique para se inscrever
Clique para acessar o perfil da Vila das Artes no Instagram

Com gincanas, oficinas, dinâmicas e desafios teatrais e outras atividades voltadas para jovens com idade entre 8 e 10 anos e 11 e 14 anos, a Escola Pública de Teatro da Vila das Artes segue com inscrições abertas para as ações "Hora de Teatrar" e "Maratona Teatral". Os interessados podem participar e se inscrever mesmo se a atividade já estiver em andamento. Confira mais informações sobre dias e horários na página de inscrições.

Já disponíveis no YouTube da Vila, os vídeos dos espetáculos "Travessia", "Medrais", "Lança", "Terral" e "Fortaleza em Monoblocos", com alunos do curso básico da Escola Pública de Dança, serão publicados também no IGTV do perfil da Vila no Instagram. As publicações ocorrerão todos os dias, de segunda a sexta-feira (20 a 24/07), sempre às 20h. Com as apresentações, são publicados também debates entre a coordenadora da Escola Pública de Dança, Marina Carleial, e diferentes professores e coreógrafos participantes dos trabalhos apresentados.

Os curtas-metragens “Espuma e Osso”, de Guto Parente, “É Hora do Almoço”, de Marina Mapurunga, e “Riozinho”, de Roger Pires, serão a contribuição da semana da Escola Pública de Audiovisual para a programação de férias da Vila. Os filmes estreiam no canal da Vila das Artes no YouTube, às 10h de segunda, quarta e sexta-feira (20, 22 e 24/07), respectivamente.

As ações já realizadas ao longo das semanas anteriores podem ser revisitadas a qualquer momento acessando os perfis da Vila das Artes nas redes sociais Instagram e no YouTube.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes abre inscrições para ouvintes no curso gratuito “Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas”. As vagas disponibilizadas referem-se ao 9º módulo da formação, que terá a condução de Onisajé e o tema “Dramaturgia Afrodiaspórica: Um Foco na Construção de Narrativas Negras”. As aulas ocorrem de 27 a 31 de julho de 2020, a partir das 19h, por meio da plataformas Google Sala de Aula e Google Meet. As inscrições devem ser realizadas online até o dia 23 de julho.

Clique para se inscrever

Ao longo do curso, serão estudadas obras teatrais que enfatizam as construções dramatúrgicas do Teatro Negro e suas constituições simbólicas e imagéticas a partir do conceito “afrografias da memória”. Confira mais abaixo o programa das aulas.

Podem participar do processo seletivo candidatos com idade maior que 18 anos e experiência comprovada em artes cênicas. Os candidatos selecionados serão notificados por e-mail sobre os meios de participação das aulas.

Promovido pela Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, a “Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas” é um espaço de pesquisa, criação e experimentação, com o objetivo de fortalecer e consolidar as ações dos artistas e coletivos de teatro na Cidade.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Programa
Confira o tema de cada uma das cinco aulas:

- Aula 1: Afrografias da memória: A oralitura e suas construções para a dramaturgia

- Aula 2: Ancestralidade africana e afro brasileira: Estudando Siré Obá – A festa do Rei e Ogun – Deus e Homem, o poder do mito

- Aula 3: Criando dramaturgias afirmativas: Estudo interseccional entre raça e gênero, um mergulho em Oduduwá – O poder feminino da criação

- Aula 4: Reinventando a vida: Olhando para a teledramaturgia de Shonda Rymes

- Aula 5: Discutindo poder. Uma leitura ativa de Macumba – Uma Gira sobre Poder

Sobre a ministrante
Fernanda Júlia Barbosa, nome social Onisajé, é Yakekerê (mãe pequena, segunda sacerdotisa do terreiro) no Ilê Axé Oyá L´adê Inan, graduada no Bacharelado em Direção Teatral da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia (UFBA), mestre em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-graduação em Artes Cênicas da mesma instituição, com a dissertação "Ancestralidade em cena: Candomblé e Teatro na formação de uma encenadora", e atualmente é doutoranda no mesmo programa. Foi professora substituta da Escola de Teatro da UFBA nos semestres 2017.2 e 2018.1, nas disciplinas de "Direção", "Interpretação" e "Licenciatura". É diretora fundadora do Núcleo Afrobrasileiro de Teatro de Alagoinhas (Nata), fundado em 17 de outubro de 1998 na cidade de Alagoinhas (BA). É dramaturga, preparadora de atores, educadora e pesquisadora da cultura africana no Brasil com ênfase nas religiões de matriz africana o Candomblé.

Serviço
Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas – Módulo 9: “Dramaturgia Afrodiaspórica: Um Foco na Construção de Narrativas Negras”, com Onisajé
Ficha de Inscrição
Prazo para inscrições: Até 23/07
Período das aulas: 27 a 31 de julho de 2020
Horário: 19h
Local: Selecionados serão notificados sobre acesso à plataforma de realização das aulas

 

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes abre inscrições, por meio da Escola Pública de Teatro, para a oficina prática de escrita tetral "Em cena!". Destinada a professores de teatro que trabalham com crianças e adolescentes, a atividade terá a condução do ator, diretor, roteirista e educador social Plínio Camillo. A aulas ocorrerão por meio das plataformas virtuais Moodle e Zoom, nos dias 03, 05, 10, 12, 17 e 19 de junho, às 19h. Inscrições poem ser realizadas on-line até este domingo (31/05).

Clique aqui para se inscrever

O oficina tem por objetivo reforçar as competências dos participantes nas várias etapas do processo de escrita de peças de teatro de curta duração, desde o desenvolvimento da ideia e a caracterização das personagens, à adequação da estrutura do texto dramático ao enredo. Os alunos selecionados serão notificados por e-mail quanto à participação no curso e os meios de acesso às aulas.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante

Plínio Camillo nasceu em Ribeirão Preto (SP) em 1960 e reside em São Paulo desde 1984. É ator, roteirista, diretor teatral e educador social. Tem formação em Linguística e em Teatro pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e pela Universidade Estadual de São Paulo (USP), e formação em captação em vídeo, edição, roteiro, produção e direção pela Academia Brasileira de Vídeo. Escreveu os livros "Notas de Escurecimento – Contos de Sobrevivência", "Luiza", "Bombons Sortidos", "De Rua", "Coração Peludo", entre outros.

Vila na Rede

Toda a programação online da Vila das Artes faz parte do projeto "Vila na Rede", iniciativa que visa a manutenção das atividades do equipamento cultural e oferece alternativas culturais que podem ser apreciadas no conforto de casa, durante o período de distanciamento social recomendado devido à pandemia da Covid-19.

Serviço:
"Em cena! – Oficina Prática de Escrita Teatral", com Plínio Camillo – Inscrições abertas
Ficha de Inscrição
Prazo para inscrições: Até 31/05 (domingo)
Período das aulas: 03, 05, 10, 12, 17 e 19/06
Horário: 19h
Local: Plataformas online Moodle e Zoom (Selecionados serão notificados sobre acesso por e-mail)

Publicado em Cultura

A Vila das Artes abre inscrições para ouvintes do curso gratuito “Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas”. As vagas disponibilizadas referem-se ao 7º módulo da formação, que terá a condução de Altemar Di Monteiro e o tema “Corpocidade – O Teatro entre a Arte e a Vida”. As aulas ocorrem de 25 a 29 de maio de 2020, a partir das 19h, por meio de plataformas online.

Clique para se inscrever

As aulas visam, com os participantes, a construção de referenciais poéticos acerca das possibilidades dramatúrgicas da criação artística na relação entre corpo e cidade, tendo em vista desdobramentos no contexto pandêmico.

"O módulo busca tratar dos processos de criação a partir de um ator que atua numa rede e de uma rede que atua num ator. Ao conectar ator e rede, corpo e cidade, buscamos ampliar as possibilidades de composição dramatúrgica a partir do próprio corpo do artista criador, construindo relações com as discussões conceituais e estéticas advindas do novo contexto de produção em arte no mundo", explica Altemar Di Monteiro.

Podem participar do processo seletivo candidatos com idade maior que 18 anos e experiência comprovada em artes cênicas. Os candidatos selecionados serão notificados por e-mail sobre os meios de participação das aulas.

Promovido pela Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, a “Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas” é um espaço de pesquisa, criação e experimentação, com o objetivo de fortalecer e consolidar as ações dos artistas e coletivos de teatro na Cidade.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Sobre o ministrante

Altemar Di Monteiro é encenador, dramaturgo, ator, arteducador e coordenador do Nóis de Teatro, em Fortaleza (CE). É doutorando em Artes da Cena pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mestre em Artes, licenciado em Teatro pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e tecnólogo em Artes Cênicas pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Pesquisa as relações entre corpo, cidade e processo de criação dramatúrgica no teatro contemporâneo.

Serviço:
Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas – Módulo 7: “Corpocidade – O Teatro entre a Arte e a Vida”, com Altemar Di Monteiro
Ficha de Inscrição
Prazo para inscrições: Até 22/05 (sexta-feira)
Período das aulas: 25 a 29 de maio de 2020
Horário: 19h
Local: Selecionados serão notificados sobre acesso à plataforma de realização das aulas

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes disponibiliza, a partir desta quarta-feira (22/04), vídeos de espetáculos com alunos da formação Percursos de Teatro para Crianças e Adolescentes, curso ofertado pela Escola Pública de Teatro do equipamento cultural. As encenações "As Três Vaqueiras e o Boi da Cara Preta" e "O Reisado do Boi Mimoso" poderão ser acessadas livremente no novo canal de vídeos da Vila das Artes.

Clique para acessar

Dirigida pelo professor Renato Rodrigues, a peça “As Três Vaqueiras e o Boi da Cara Preta” apresenta no elenco alunos com idade de 8  10 anos. O trabalho tem por inspiração Dina Martins, vaqueira e mestra da cultura popular. Já o espetáculo “O Reisado do Boi Mimoso”, com direção do professor Denilson Almeida, apresenta alunos com idade entre 11 e 14 anos em encenação que tem por tema as cores e a tradição do reisado.

Coordenadora da Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, Graça Freitas destaca a importância da divulgação dos vídeos. "A formação prossegue com cada um em suas casas, por meio de videoaulas. Os alunos terem acesso a esse material é formidável, seja para estudo ou entretenimento. Além disso, o material é aberto a todos e qualquer pessoa pode acessar a plataforma virtual", comenta Graça.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Vila na Rede
A próxima ação do projeto Vila na Rede prevê, para sexta-feira (24/04), a publicação de novos curtas-metragens realizados por alunos da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes. A iniciativa visa a manutenção das atividades do equipamento e oferece alternativas culturais que podem ser apreciadas no conforto de casa, durante o período de distanciamento social recomendado devido à pandemia da Covid-19.

Nove espetáculos de dança, 11 curtas-metragens e três videoaulas de circo já se encontram disponibilizados na plataforma virtual de vídeos da Vila das Artes.

Serviço
Vila na Rede - Programação Online da Vila das Artes
Clique para acessar

banner do canal coronavírus fortaleza



Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes dá continuidade, por meio de sua recém-criada plataforma virtual de vídeos, às atividades de dança e teatro desenvolvidas regularmente no equipamento. Alunos e alunas dos cursos "Formação Básica em Dança" e "Percursos de Teatro para Crianças e Adolescentes" terão acesso à rotina de exercícios e atividades das aulas a partir de vídeos gravados pelos próprios professores. O material se junta aos nove espetáculos de dança acessíveis ao público em geral e já disponibilizados na plataforma. A ação é parte da iniciativa "Vila na Rede", que visa a manutenção das atividades da Vila das Artes e oferece alternativas culturais que podem ser apreciadas no conforto de casa durante o período de isolamento social recomendado devido à pandemia da Covid-19.

Clique aqui para acessar o canal vídeos da Vila das Artes

Além dos 349 alunos matriculados regularmente nos dois cursos, a ação beneficia os 15 professores de Dança e de Teatro que poderão continuar exercendo suas atividades, de forma remunerada, também de suas casas. O canal também receberá, em breve, para apreciação de todo o público, curtas-metragens desenvolvidos por alunos da Escola Pública de Audiovisual e registros de atividades e números circenses de circos contemporâneos e tradicionais parceiros da Escola Pública de Circo da Vila das Artes.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Espetáculos de dança
Ao todo, nove espetáculos com alunos da Escola Pública de Dança já podem ser vistos online na plataforma de vídeos da Vila das Artes. Os vídeos possuem, na íntegra, apresentações de conclusão das atividades anuais da Formação Básica em Dança referentes aos anos de 2012 a 2018: "Um de Todos" (2012), "Alegria Alegria" (2013), "Ciranda" (2014), "Sal" (2015), "Terral" (2016), "Valsa das Flores" (2016), "Medrais" (2017), "Lança" (2017) e "Travessia" (2018). Os espetáculos "8 Pontos" e "Fortaleza em Monoblocos", de 2019, serão também disponibilizados posteriormente.

Serviço
Vila na Rede - Programação Online da Vila das Artes
Clique aqui para acessar

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes recebe, até segunda-feira (17/02), inscrições para as vagas remanescentes do curso gratuito de iniciação teatral “Percursos Livres de Teatro”. Promovido pela Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, o processo formativo é destinado a crianças e adolescentes com idades entre 8 e 14 anos. As inscrições devem ser realizadas online.

Clique para acessar o Chamamento Público
Clique para acessar a Ficha de Inscrição

Das 15 vagas ofertadas, 10 destinam-se a crianças com idade entre 8 e 10 anos. As outras 5, serão preenchidas por jovens com idade entre 11 e 14 anos. Todas as vagas são referentes ao período da tarde do curso iniciado em 2019. Os candidatos selecionados terão, assim, um ano de atividades.

O curso tem por objetivo permitir acesso ao âmbito técnico do teatro e aos elementos da composição cênica (cenografia, iluminação, sonoplastia, figurinos e dramaturgia) a partir de jogos e exercícios com sons, luzes, tintas, materiais recicláveis, tecidos, palavras e diversos outros elementos.

Para a turma de 8 a 10 anos, as aulas ocorrem às terças e quintas-feiras, das 14h às 16h30. Para a outra turma, para adolescentes de 11 a 14 anos, as aulas são às segundas e quartas-feiras, no mesmo horário.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Serviço:
Curso “Percursos Livres de Teatro” - Inscrições para Vagas Remanescentes
Inscrições: Até 27/02, em cultura.fortaleza.ce.gov.br
Seleção: 28/02
Resultado Preliminar: 29/02
Recurso: 02 a 05/03
Resultado Final: 06/03
Início das aulas: 09/03
Mais informações: 3252-1444

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes abre inscrições, por meio da Escola Pública de Teatro, para a oficina “Projétil – Elaboração de artefatos de produção cultural por artistas-gestores”. Com a condução de Gyl Giffony, a atividade ocorrerá de 10 a 18 de fevereiro, das 18h às 21h, na Vila das Artes. Ao todo, são ofertadas 20 vagas destinadas a artistas da cena, produtores e comunidade em geral interessados no campo da gestão e produção cultural. As inscrições devem ser realizadas online até o dia 5 de fevereiro.

Clique para se inscrever

A partir de jogos e dinâmicas, exposições dialógicas, exibições de slides e projeções de vídeos, a oficina tratará de temas como trajetória artística e plano de ação, planejamento estratégico e desenho de projetos culturais. “A oficina é realizada a partir de conteúdos e reflexões sobre trajetória artística, planos e planejamento, apresentando parâmetros de gestão de interesses e projetos de quem vive, ou pretende viver, o campo cultural. Ela convoca cada participante a refletir sobre seu percurso e construção identitária como artista-gestor, dimensionando ações e projetos de interesses no presente, apontando, por fim, aos passos por vir, projetando o que se pode e deve realizar”, explica Gyl Giffony.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante

Gyl Giffony é artista, produtor e pesquisador nas áreas do teatro, gestão, produção e direitos culturais. Membro da Inquieta Cia. e do Instituto Brasileiro de Direitos Culturais (IBDCult), é doutorando em Artes da Cena pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Tem experiências em produção, gestão, interlocução e curadoria para instituições como Secretaria Nacional da Juventude (Governo Federal), Centros Culturais Banco do Nordeste, Instituto de Arte e Cultura do Ceará (IACC), Mapa Produções (Teatro Riachuelo/Natal RN) e SESC. Trabalhou com o Grupo de Teatro Clowns de Shakespeare (RN) e Barracão Teatro (SP), na área de gestão cultural. É autor do livro “De quem é a cena? A regulamentação do exercício amador e profissional de atores e atrizes”.

Serviço
Oficina “Projétil – Elaboração de artefatos de produção cultural por artistas-gestores”, com Gyl Giffony
Inscrições: até 05/02
Data de realização: de 10/02 a 18/02
Hora: das 18h às 21h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Gratuito

Publicado em Cultura

A Vila das Artes abriu, nesta sexta-feira (17/01), as inscrições para a II Jornada de Teatro & Educação. Com o tema “Teatro, Educação e Política: um pensar-fazer cotidiano”, o evento, organizado pela Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, ocorre de 3 a 16 de fevereiro e apresenta programação inteiramente gratuita, com especial direcionamento para arte-educadores, professores formadores, estudantes, artistas e pesquisadores da arte teatral. As inscrições seguem até 30 de janeiro.

Clique para se inscrever

Conduzidas por Vanéssia Gomes, Fernando Leão e Licko Turle, profissionais que atuam na interface entre Teatro, Educação e Política, as atividades da jornada visam promover a reflexão e o diálogo acerca dos três temas na prática diária de artistas e arte-educadores. Três oficinas teórico-práticas e uma roda de conversa compõem a programação. Todas apontam para uma postura ética que se alicerça na construção de sujeitos emancipados, aptos a pronunciar um mundo mais justo socialmente”, comenta Graça Freitas, coordenadora da Escola Pública de Teatro da Vila das Artes.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Programação

A programação da II Jornada de Teatro & Educação é inteiramente gratuita. Os interessados devem realizar inscrições por meio de formulário online disponibilizado acima e no Canal da Cultura. O preenchimento garante inscrição em todas as atividades do evento. Confira:

- Roda de conversa “Teatro, Educação e Política: um pensar-fazer cotidiano”: A roda de conversa sobre o tema do evento terá a participação dos três professores convidados, Vanéssia Gomes, Fernando Leão e Licko Turle. Ocorre na quinta-feira (13/02), das 18h às 21h.

- Oficina “Pedagogia do Teatro: jogos para uma ação política teatral”: com a condução de Vanéssia Gomes, a oficina busca contribuir com o trabalho de artistas e educadores em sala de aula, tendo como parâmetro a potencialização – de forma prática – do pensamento político que alicerça o método do Teatro do Oprimido. Ocorre às segundas e quartas-feiras entre 3 e 16 de fevereiro, das 18h às 21h, e sábado (08/02), das 9h às 12h, na Vila das Artes. Vanéssia Gomes é socióloga, mestra em Artes, atriz e pesquisadora em teatro.

- Oficina “A linguagem do teatro no espaço cênico e na sala de aula”: com a condução de Fernando Leão, a atividade permite aos participantes experimentar os elementos estéticos da imagem, do som e da palavra – presentes na linguagem teatral – com a intenção de representar, transgredir e recriar formas de percepção da realidade. Ocorre às terças-feiras (04 e 11/02), quinta (06/02) e sexta-feira (07/02), das 18h às 21h, na Vila das Artes. Fernando Leão é arte-educador, com graduação em Artes Cênicas e Licenciatura em Teatro, mestre em Humanidades e doutorando em Educação.

- Oficina “Introdução ao Teatro do Oprimido – Jogos, Exercícios e Teatro-Imagem”: com a condução de Licko Turle, a atividade pretende introduzir o pensamento ético e estético de Augusto Boal e ampliar a visão crítica das influências que a metodologia absorve desde o Teatro de Arena até as novas concepções que levam à teoria da Estética do Oprimido. Ocorre de sexta-feira a domingo (14 a 16/02), das 18h às 21h no primeiro dia, das 9h às 13h e das 14h às 18h no segundo, e das 9h às 13h no último, na Vila das Artes. Licko Turle é licenciado em Letras, mestre e doutor em Artes Cênicas, pesquisador, ator e diretor teatral; iniciou suas atividades profissionais com Augusto Boal, em 1986, com quem fundou o Centro de Teatro do Oprimido no Brasil (CTO-Rio).

Curso de Iniciação Teatral

Em paralelo às atividades da II Jornada de Teatro & Educação, a Escola Pública de Teatro da Vila das Artes mantém inscrições abertas também para o curso de formação básica “Percursos de Teatro para Crianças e Adolescentes”. Com duração de dois anos, o processo formativo é pioneiro como curso de longa duração destinado ao público infantojuvenil no Ceará. Serão selecionados, no total, 40 crianças e adolescentes com idades entre 8 e 14 anos. As inscrições devem ser feitas online em cultura.fortaleza.ce.gov.br.

Serviço:
II Jornada de Teatro & Educação
Data: 03 a 16/02
Hora: das 18h às 21h (de segunda a sexta-feira), das 9h às 12h (08/02), das 9h às 13h e das 14h às 18h (15/02), e das 9h às 13h (16/02)
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, nº 1221 – Centro)

Publicado em Cultura
,

A Vila das Artes dá início, nesta sexta-feira (10/01), ao período de inscrições do curso gratuito de iniciação teatral “Percursos Livres de Teatro”. Promovido pela Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, o processo formativo é destinado a crianças e adolescentes com idades entre 8 e 14 anos. As inscrições devem ser realizadas online até 11 de fevereiro. Informações sobre procedimento de seleção de alunos constam no edital disponibilizado abaixo.

Clique aqui para acessar o Edital
Clique aqui para acessar a Ficha de Inscrição

O curso tem por objetivo permitir acesso à técnica em teatro e aos elementos da composição cênica (cenografia, iluminação, sonoplastia, figurinos e dramaturgia) a partir de jogos e exercícios com sons, luzes, tintas, materiais recicláveis, tecidos, palavras e diversos outros elementos.

Serão selecionados, no total, 40 alunos para compor turmas com aulas semanais ao longo de dois anos. Uma turma com 20 alunos é destinada a crianças de 8 a 10 anos, com aulas às terças e quintas-feiras, das 8h30 às 11h; a outra turma é para adolescentes de 11 a 14 anos, com aulas às segundas e quartas-feiras, também com 20 alunos e no mesmo horário.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Cronograma
Início das inscrições: 10/01
Fim das inscrições: 11/02
Seleção: 12 e 13/02
Resultado preliminar: 14/02
Período recurso: 17 a 21/02
Resultado final: 28/02
Início das aulas: 05/03

Mais informações: 3252-1444

Publicado em Cultura