Um total de 58 crianças estiveram presentes nesta edição do projeto | Foto: Thiago Gaspar

Alunos de turmas do 3º e 4º ano do ensino fundamental da Escola Municipal Monteiro Lobato estiveram no Teatro Antonieta Noronha, localizado na sede da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza na tarde desta segunda-feira (18/8) para conferir o projeto Cenas Curtas. De caráter formativo, o projeto traz apresentações curtas de, no máximo, três companhias, que são seguidas de um bate-papo com um mediador especialista em artes cênicas. A ação busca o diálogo de quem produz e pensa teatro com sua plateia.

Um total de 58 crianças estiveram presentes nesta edição do projeto, que contou com pequenas experimentações acrobáticas da Companhia Circo Lúdico Experimental (Cia. CLE): “A Rosa” e “Encontros”. A mediação do bate-papo ficou por conta do ator, pesquisador de circo e de teatro, Cláudio Ivo. Os alunos vieram acompanhados das professoras Sandra Lúcia, Aurélia Medeiros, Leonilda Oliveira e da Coordenadora Monalisa Matias da Silva.

“Proporcionar este momento para essas crianças é de uma qualidade enorme”, ressaltou Monalisa. Segundo ela, conferir o projeto foi um momento de grande aprendizagem para os alunos. “Trazer eles, ter o contato com o teatro, com a dança, coisas que eles não vivenciam diariamente, isso proporciona uma aprendizagem, uma mudança, uma transformação no comportamento deles.”

“Fizeram um espetáculo muito bonito”, conta Sara Bia, de 10 anos, da turma do 4º ano, que além de ter gostado das performances do grupo, também gostou do bate-papo ao final das apresentações. “Eu achei legal para a gente falar um pouco do que a gente sentiu, do que a gente viu e do que prestamos atenção lá. É interessante, é legal”. Rafaele Eduarda, da mesma forma que sua colega de turma, também gostou da apresentação e da conversa ao final do espetáculo e destacou: “Eles têm muito talento.”

Sobre o Teatro Antonieta Noronha

O Teatro Antonieta Noronha é um equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza, administrado pela Secretaria de Cultura. Em maio de 2014, o TAN comemorou os seus 10 anos. Saiba mais: www.fortaleza.ce.gov.br/cultura

 

Publicado em Cultura
Em agosto, no Teatro Antonieta Noronha, os dias 13, 20 e 27, são voltadas para o projeto Sala de Ensaio | Foto: Nely Rosa

Em agosto, no Teatro Antonieta Noronha, as quartas-feiras 13, 20 e 27, são voltadas para o projeto Sala de Ensaio, atividade na qual grupos e companhias teatrais apresentam seus processos de trabalho em ensaios abertos ao público e a estudantes de artes cênicas. “Banheiro Irreverente”, da Companhia Boca d’Cena, estará em cartaz este mês, a partir das 16h30.

Com uma concepção cenográfica surrealista e absurda, “Banheiro Irreverente” apresenta três atores, que dão vida a 14 personagens e mostram, de forma inusitada, as diversas situações do cotidiano vivido pelas pessoas em seus respectivos banheiros, sejam eles de shopping, empresa, público e/ou particular.

A comédia é embasada nas leituras dos escritos do padre e médico francês, François Rabelais. De forma intelectual e cômica, o texto traz informações, citações de grandes escritores com Franz Kafka e James Joyce, além de ícones do cinema, como Marilyn Monroe e James Dean.

Sobre o Teatro Antonieta Noronha

O Teatro Antonieta Noronha (TAN) é um equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza, administrado pela Secretaria de Cultura. Em maio de 2014, o TAN comemorou os seus 10 anos. Mais informações em www.fortaleza.ce.gov.br/cultura

Serviço:
Sala de Ensaio

Atração: “Banheiro Irreverente” – Companhia Boca d’Cena
Onde: Teatro Antonieta Noronha (Rua Pereira Filgueiras, 4 - Centro)
Quando: Dias 13, 20 e 27, a partir das 16h30.
Mais informações: 3105.1358
Aberto ao público

 

Publicado em Cultura
O Edital permanecerá em consulta pública dos dias 5 a 11 de agosto de 2014 (Foto: Nely Rosa)

A Secretaria de Cultura de Fortaleza disponibiliza, para Consulta Pública, o Edital do X Festival de Teatro de Fortaleza, que selecionará 15 trabalhos para integrar a Mostra de Espetáculos do Festival, além de cinco projetos de Ações de Fortalecimento das Sedes dos Grupos de Teatro. Podem participar da consulta quaisquer interessados, seja Pessoa Física ou Jurídica, no período de 5 a 11 de agosto de 2014. As sugestões deverão ser apresentadas por meio físico (carta, ofício ou similar), no setor de Protocolo da Secultfor (Rua Pereira Filgueiras, 4 – Centro) ou por via eletrônica, através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

O formato do X Festival de Teatro de Fortaleza resulta de uma ampla discussão com a comissão designada pelo Fórum de Teatro e acontecerá entre os dias 10 e 29 de novembro de 2014, em locais ainda a serem divulgados. A seleção será realizada em duas etapas: 1ª Etapa - Seleção Conceitual e Técnica - de caráter classificatório e eliminatório; 2ª Etapa - Habilitação Jurídico/Fiscal - de caráter eliminatório, a qual serão submetidos somente os candidatos selecionados na etapa anterior.

Poderão se inscrever propostas para os diversos segmentos teatrais, inclusos nas seguintes categorias: Teatro Adulto, Teatro Infantil, Teatro de Rua, Teatro de Bonecos, Performances e Intervenções, entre artistas e grupos profissionais e amadores.

Das premiações do X FTF

Os 10 grupos teatrais selecionados para a Mostra de Espetáculos nas categorias Teatro Adulto e Infantil receberão cachê bruto de R$ 7.000,00, cada um para a realização de duas apresentações. Poderão se inscrever artistas/coletivos de Fortaleza, com no mínimo dois anos de atuação no cenário teatral da cidade.

Serão selecionados até cinco espetáculos de grupos /artistas/coletivos de Fortaleza, para compor a Mostra Formação, oriundos dos mais diversos campos de formação que estejam em processo de aperfeiçoamento profissional e que tenham até três anos de trabalhos continuados: cursos básicos, universidades, comunidades, grupos novos, igrejas, terreiros, paróquias, quadrilhas, Ong’s, escolas.

Os cinco projetos de Ações de Fortalecimento das Sedes dos Grupos de Teatro selecionados receberão cada um o valor bruto de R$ 10.000,00, por proposta. Poderão se inscrever grupos de teatro com sede no município de Fortaleza, em funcionamento de, no minimo, dois anos. Serão selecionados projetos que fomentem a circulação, pesquisa, oficinas, formação de plateia, palestras e/ou outras atividades que possam dialogar com a comunidade no entorno da sede do grupo/coletivo.

Dos valores destinados a serem pagos pelo presente Edital, serão descontados os impostos e taxas devidos legalmente.

Para mais detalhes acesse Edital de Consulta Pública do X FTF na íntegra aqui.

 

Serviço:

Edital de Consulta Pública do X Festival de Teatro de Fortaleza

Prazo para envio de sugestões: 5 a 11 de agosto de 2014, às 16h.

Onde: Setor de Protocolo da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Rua Pereira Filgueiras, 4 – Centro) ou através do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Mais informações: 1305.1358

Confira o Edital de Consulta Pública do X Festival de Teatro de Fortaleza aqui

Publicado em Cultura
A oficina acontece aos sábados, das 8h às 10, no Teatro Antonieta Noronha (Foto: Nely Rosa)

A Secretaria de Cultura de Fortaleza divulga a lista dos selecionados para a oficina de iniciação teatral “Garimpo de Talentos”. Em virtude da grande procura, foram aprovados 34 candidatos. Ministrada pelos professores Walden Luiz e Wagner Pereira, a oficina terá quatro meses de duração e acontecerá aos sábados, no Teatro Antonieta Noronha, das 8h às 10h. As aulas terão início neste dia 9/8.

Voltada para pessoas que tenham interesse em saber mais ou se iniciarem nas artes cênicas, o curso nasce como mais um espaço para fomentar o desenvolvimento da capacidade de comunicação verbal e não-verbal por meio de diversas técnicas teatrais.

A oficina é uma realização da Prefeitura Municipal de Fortaleza, por meio da Secretaria de Cultura, em parceria com o Instituto de Difusão da Cultura Afrobrasileira (Indica).

Serviço:

Início das aulas da Oficina de Iniciação Teatral “Garimpo de Talentos”
Quando: Sábado, dia 9 de agosto, das 8h às 10h
Onde: Teatro Antonieta Noronha (Rua Pereira Filgueiras, 4 – Centro)

Selecionados para Oficina de Iniciação Teatral “Garimpo de Talentos”:

1. ANA CAROLINA SOUSA FERREIRA

2. ANA PAULA MENDES MONTEIRO

3. ANDREZA DE OLIVEIRA LINO RODRIGUES

4. ALÉCIO FERNANDES RAFAEL

5. ALINE MARA ALVES DE SOUSA

6. ANTONIA CAVALCANTE DE OLIVEIRA

7. ANTONIO DE AGUIAR JUNIOR

8. CARLA MASSON HONÓRIO GASPAR

9. CRISTIANE COSTA DA ROCHA RODRIGUES

10. DANIELLE BARROS DE SOUSA

11. ESTER BARBOSA FREITAS

12. ERIKA PARENTE LIMA

13. FRANCISCO BRUNO SOUSA ALENCAR

14. FAUSTO CAFÉ DA SILVA

15. FRANCISCA ROSIMEIRY SILVA DE MELO

16. JOANA PAULA RODRIGUES LIMA

17. JOSAFÁ DA SOUSA CLEMENTO FILHO

18. JOSE ANDERI LIMA FERREIRO

19. LEONARDO ALVES BEZERRA

20. LEVI BARROS CAVALCANTE

21. LÍVIA DE SOUSA NOGUEIRA

22. LUCIA DE FÁTIMA MEDEIROS

23. MANOEL RODRIGUES E SILVA COSTA

24. MARIA CARLINDA GOMES TAVARES

25. MARIA CONCEIÇÃO DE MEDEIROS

26. RENATA FERNANDES CALDAS

27. RODRIGO CAJAZEIRA CARLOS RODRIGUES

28. RUBIA RODRIGUES DOS SANTOS

29. SÂNIA LEITE GOES

30. TATIANE SOUZA DA SILVA

31. VITORIA FERNANDES

32. WANESSA BENTO ALVES

33. WIGNA FARIAS SANTANA

34. WILLIS DA SILVA S FILHO

 

Publicado em Cultura
A esquete "Love Dance" é uma das três do Grupo La Dança Urbana a se apresentar nesta segunda-feira (9), às 15h. (Foto: Divulgação)

De caráter formativo, o projeto Cenas Curtas teve início em abril de 2013 e estreia nova temporada no Teatro Antonieta Noronha a partir da próxima segunda-feira, dia 9 junho, às 15h. A cada edição, três companhias sobem ao palco e apresentam três esquetes, que são seguidos de um bate-papo com um mediador especialista em artes cênicas. O debate é aberto ao público e a coletivos de artistas. Tudo isso no intuito de despertar potenciais talentos, bem como estimular a plateia para um mergulho na cena cultural da cidade.

Em destaque na edição de reestreia do dia 9, as esquetes “Rêve” (30 min), “Calle” (15 min) e “Love Dance” (10 min), do Grupo LA Dança Urbana. Como mediador, o projeto convidou o bailarino, professor de dança e diretor da Cia. dos Pés Grandes, Heber Stalin.

O Teatro Antonieta Noronha é um equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza, administrado pela Secretaria de Cultura. Em maio de 2014, o TAN comemorou os seus 10 anos. Saiba mais: www.fortaleza.ce.gov.br/cultura

Serviço:
Cenas Curtas
Atrações: “Rêve” (30 min), “Calle” (15 min) e “Love Dance” (10 min) - Grupo LA Dança Urbana
Mediador: Heber Stalin
Onde: Teatro Antonieta Noronha (Pereira Filgueiras, 4 - Centro)
Quando: Segunda-feira (9), às 15h
Mais informações: 3105.1339
Aberto ao público

Publicado em Cultura
Rubens Velloso é diretor e performer, atuante desde os anos 1970 na exploração do teatro de vanguarda

A Vila das Artes, equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal de Cultura (Secultfor), abre inscrições, de 10 a 24 de abril, para o curso Teatralidade e Performatividade, que é o quarto de seis Cursos Livres de Teatro que acontecerão durante esse semestre na Vila das Artes. As aulas, que serão ministradas por Rubens Velloso, acontecem de 5 a 9 de maio, das 17h30 às 21h30.

Para Velloso, "assim como o mundo tem uma geografia, também o homem interior tem sua geografia e esta é uma coisa material. Uma geografia cênica. Um espaço onde há conexões de fluxos e delírios comunicativos, rejuntando arte, vida, poesia e realidade. Nossa existência é uma espécie de geografia." Nessa perspectiva, o curso visa estudar e analisar as linhas que compõem esta nossa geografia e cartografia cênica.


Os interessados devem preencher ficha de inscrição eletrônica, que será utilizada no processo seletivo. As vagas são destinadas a atores, performers, diretores, coreógrafos, bailarinos, artistas visuais, e artistas interessados em performatividade.


Sobre Rubens Velloso

Diretor e performer, nos anos 70 explorou as diferentes formas de expressão do teatro de vanguarda juntamente com o diretor Joe Chaikin, do grupo americano Bread & Puppet. A seguir, por três anos trabalhou em pesquisas e montagens de textos clássicos para o Palace Theatre, de Nova York, sob a direção de David George, trabalho esse baseado em linguagens experimental propostas por Artaud e Grotowsky. É sócio fundador do Coletivo Phila7 e dirigiu os seguintes espetáculos do Coletivo: Galileu Galilei, Play on Earth, What´s Wrong with the World? WeTudo DesEsperando Godot, Alice através do espelho , A Verdade da Coisa em Si, Occupy all streets e Profanações. Teve vários textos publicados em revistas especializadas como Moringa, Antropositivo e no livro Efêmero Revisitado.


Confira a lista dos cursos livres da Vila das Artes

“O Ator e o Cinema”, por Cléo Magalhães.

“Teatro e Espaço Urbano”, por André Carreira.

“O Corpo do Diretor”, por Guillermo Cacace.

“Performatividade e Teatralidade”, por Rubens Velloso.

“Dramaturgia da Cena Contemporânea, por Thereza Rocha.

“Processos Criativos em Teatro”, por Renato Ferracini.

 

Serviço

Quarto Curso Livre de Teatro

“Teatralidade e Performatividade”, ministrado por Rubens Velloso.

Datas de inscrição: de 10 a 24 de abril de 2014.

Período do curso: de 5 a 9 de maio de 2014, das 17h30 às 21h30

Público-alvo: atores, performers, diretores, coreógrafos, bailarinos, artistas visuais, e artistas interessados em performatividade, maiores de 18 anos.

Critério de avaliação: análise da ficha de inscrição.

Ficha de inscrição: http://inscricaoviladasartes.blogspot.com.br/2014/04/teatralidade-e-performatividade.html

Mais informações: 3252.1444

 

Publicado em Cultura
Este será o terceiro curso de teatro que acontece em 2014 e será ministrado pelo diretor Guillermo Cacace

A Vila das Artes, equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal de Cultura (Secultfor), abre inscrições, de 21 a 30 de março, para o curso O Corpo do Diretor, que será ministrado por Guillermo Cacace.  O curso é o terceiro com inscrições abertas de uma série de seis Cursos Livres de Teatro que acontecerão durante esse semestre na Vila das Artes.

Com eixo no corpo do diretor, o curso visa estudar os vínculos deste corpo com outras funções da equipe: os atores, figurinistas, cenógrafos, músicos, produtores etc. Em especial, as atividades se concentrarão em analisar a tarefa e relação que o diretor estabelece com o ator, questionando para que, quando e como o diretor deve intervir. As aulas, que acontecem de 14 a 17 de abril no período da noite, serão momentos práticos e teóricos, nos quais serão discutidos alguns textos dramáticos e suas possibilidades de abordagem.

Os interessados devem preencher ficha de inscrição eletrônica, que será utilizada no processo seletivo. As vagas são destinadas a atores e diretores de teatro e áreas afins (artes cênicas), maiores de 18 anos.

Sobre Guillermo Cacace
É diretor, ator e formador de atores. Já dirigiu inúmeras peças clássicas e contemporâneas: versões de obras de Discépolo, Eurípedes, Ésquilo, Molière, Shakespeare, Liddell e também trabalhos de sua autoria. Suas obras ganharam inúmeros prêmios, incluindo o de Trinidad Guevara, Maria Guerrero Florencio Sanchez , Teatro Mundial, ACE , entre outros. Apresentou suas produções tanto em importantes teatros públicos como em locais independentes.

É professor de IUNA (Instituto Universitário de Artes), da EMAD (Escola Metropolitana de Arte Dramática) e Laboratórios de Atuação e Direção de Atores de Apacheta. Apacheta é um espaço de teatro independente que ele dirige desde 2003 até hoje.

Sua trajetória profissional se consolidou com produções em países como a Espanha (Madrid) , Turquia (Ancara), EUA (New York) , Montreal (Canadá), Rússia (Moscou), República Dominicana (Santo Domingo), Paraguai (Assunção), Brasil (Blumenau, Canela, Pelotas, Florianópolis, Fortaleza), Bolívia (Sucre , Potosi), Venezuela (Pretoria), Inglaterra (Leicester) e Bielorrússia (Minsk).

CONFIRA A LISTA DOS CURSOS LIVRES DA VILA DAS ARTES
“O Ator e o Cinema”, por Cléo Magalhães.
“Teatro e Espaço Urbano”, por André Carreira.
O Corpo do Diretor”, por Guillermo Cacace.
“Performatividade e Teatralidade”, por Rubens Velloso.
“Dramaturgia da Cena Contemporânea”, por Thereza Rocha.
“Processos Criativos em Teatro”, por Renato Ferracini.


SERVIÇO:
Terceiro Curso

“O Corpo do Diretor”, ministrado por Guillermo Cacace.
Datas de inscrição: de 21 a 30 de março de 2014.
Período do curso: de 14 a 17 de abril de 2014 no período da noite.
Professor: Guillermo Cacace.
Público-alvo: atores e diretores de teatro e áreas afins (artes cênicas), maiores de 18 anos.
Critério de avaliação: Análise da ficha de inscrição.
Ficha de inscrição: http://inscricaoviladasartes.blogspot.com.br/2014/03/o-corpo-do-diretor.html
Mais informações: 85 3252.1444

Publicado em Cultura
Os interessados devem ter mais de 18 anos e trabalhar em alguma das várias funções teatrais

A Vila das Artes, equipamento da Prefeitura Municipal de Fortaleza, vinculado à Secretaria Municipal de Cultura (Secultfor), realiza, durante o primeiro semestre de 2014, seis cursos livres de teatro. O segundo curso a ser realizado será “Teatro e Espaço Urbano”, com André Carreira, que acontece de 10 a 14 de abril, sendo de quinta a sábado no período da noite e na segunda no período da manhã.


O curso propõe uma reflexão sobre o teatro contemporâneo e o uso do espaço urbano, já que uma das discussões centrais na cena atual se refere às linguagens teatrais e performativas que invadem o espaço da cidade. Assim, abordando a cidade como dramaturgia, o curso busca explorar as fronteiras do teatro. As vagas, que requerem idade mínima de 18 anos, são destinadas a atores, diretores, dramaturgos, performers, bailarinos, artistas interessados em pesquisar as fronteiras e os espaços alternativos de composição dramatúrgica.


Os interessados devem preencher ficha de inscrição eletrônica, que será utilizada no processo seletivo.


Sobre André Carreira

André Carreira (pesquisador PQ CNPq desde 1997) é graduado em Artes Visuais pela Universidade de Brasília (1984) e doutorado pela Universidad de Buenos Aires (1994). É coordenador do Núcleo de Pesquisa Sobre Processos de Criação Artística (ÁQIS), professor do Programa de Pós-Graduação em Teatro da UDESC e coordenador do Programa de Mestrado Profissional em Ensino de Artes (PROF-ARTES/UDESC). Carreira foi, também, presidente da Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Artes Cênicas (ABRACE) no período de 2003-2004. André Carreira dirige os grupos teatrais Experiência Subterrânea (Florianópolis) e Teatro que Roda (Goiânia), além de haver trabalhado com os grupos Matula Teatro (Campinas), Engasga Gato (Ribeirão Preto), e As Graças (SP), entre outros. Carreira é também autor de vários artigos sobre teatro e autor dos livros Teatro Callejero, editora Nueva Generación de Buenos Aires, Práticas de Produção Teatral (Editora UDESC); Teatro de Rua: Uma Paixão no Asfalto, Editora HUCITEC, Meyerhold: Experimentalismo e Vanguarda, Editora E-Papers; Estados: relatos de um processo de pesquisa sobre interpretação teatral, Editora da UDESC. Em 2011, André Carreira realizou pós-doutorado com Richard Schechner na New York University (2011).

 

 

CONFIRA A LISTA DOS CURSOS LIVRES DA VILA DAS ARTES


“O Ator e o Cinema”, por Cléo Magalhães.

“Teatro e Espaço Urbano”, por André Carreira.

“O Corpo do Diretor”, por Guillermo Cacace.

“Performatividade e Teatralidade”, por Rubens Velloso.

“Dramaturgia da Cena Contemporânea, por Thereza Rocha.

“Processos Criativos em Teatro”, por Renato Ferracini.


SERVIÇO

Segundo Curso

“Teatro e Espaço Urbano”, ministrado por André Carreira.

Datas de inscrição: de 18 a 30 de março de 2014.

Período do curso: 10 a 14 de abril de 2014 (de quinta a sábado, à noite, e na segunda pela manhã)

Professor: André Carreira

Público-alvo: atores, diretores, dramaturgos, performers, bailarinos, artistas interessados em pesquisar as fronteiras e os espaços alternativos de composição dramatúrgica, que tenham idade mínima de 18 anos.

Critério de avaliação: Análise da ficha de inscrição.

Ficha de inscrição: http://inscricaoviladasartes.blogspot.com.br/2014/03/teatro-e-espaco-urbano.html

Mais informações: 85 3252.1444



 

Publicado em Cultura
Neste primeiro encontro serão discutidas novas propostas para o Teatro (Foto: Kaio Machado)

Quais as demandas e quais as perspectivas para as diversas linguagens artísticas? Pensando em promover um diálogo entre quem produz, consome e gere a cultura na cidade, a Prefeitura de Fortaleza por intermédio da Coordenação de Criação e Fomento da Secretaria de Cultura de Fortaleza realiza, nos meses de julho e agosto, o projeto “Ciclo de Conversas: Culturas Possíveis”. O bate-papo tem início nesta terça-feira (16/7), das 14h às 16h, no Teatro Antonieta Noronha, com entrada gratuita. No primeiro encontro, o Teatro entra em discussão.

No centro do debate estão ações para as linguagens de artes visuais, audiovisual, circo, cultura digital, dança, design, fotografia, gastronomia, humor, literatura, moda, música e teatro. A cada encontro, uma linguagem será destaque. O objetivo é conhecer as necessidade e alinhar projetos e ações, bem como potencializar a apropriação dos equipamentos culturais por artistas, grupos culturais e público.

“O Ciclo é uma importante iniciativa no sentido de aproximar a Secretaria de Cultura de Fortaleza dos segmentos artísticos da cidade, estabelecendo assim um canal constante de diálogo entre o poder público e as demandas da sociedade civil”, acredita o coordenador de Criação e Fomento da Secultfor, Lenildo Gomes.

Em sua primeira rodada, o Ciclo de Conversas, que é aberto ao público, será mediado por Lenildo e pela equipe da Coordenação de Criação e Fomento.

Serviço:
Ciclo de Conversas: Culturas Possíveis
Onde:
Teatro Antonieta Noronha (Rua Pereira Filgueiras, 4 - Centro)
Quando: Terças e sextas-feiras de julho e agosto, das 14h às 16h

Terça-feira - 16/07
Teatro


Terça-feira - 23/07
Audiovisual


Sexta-feira - 26/07
Literatura


Terça-feira - 30/07
Música


Sexta-feira - 02/08
Artes Visuais


Terça-feira - 06/08
Dança


Sexta-feira - 09/08
Fotografia


Terça-feira - 13/08
Circo


Sexta-feira - 16/08
Cultura Digital


Terça-feira - 20/08
Moda


Sexta-feira - 23/08
Design


Terça-feira - 27/08
Humor


Sexta-feira - 30/08
Gastronomia

Publicado em Participação social
O Ellery está entre os cinco bairros da Regional I com maior índice de infestação predial da dengue

Parceria entre a Secretaria Regional I e a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) levou, na última semana, a peça “Esquadrão Contra o Desperdício” ao Centro de Educação Infantil (CEI) Martinz de Aguiar, no bairro Ellery. O teatro de fantoches repassou para a criançada informações educativas de prevenção à dengue e ao desperdício de água.

Com a dupla “Pingo e Gota D’água” e com as educadoras do CEI, cinqüenta crianças, entre um e quatro anos de idade, aprenderam a evitar banhos demorados, a fechar a torneira enquanto escovam os dentes, e que a torneira mal fechada traz vários prejuízos. A ação também mostrou a eles que a água acumulada em latas, tampinhas, pneus velhos, vasos e garrafas facilita a visita indesejada do mosquito Aedes aegypti.

O bairro Ellery está entre os cinco bairros da Regional I com maior índice de infestação predial da dengue. A ação que levou o Teatrinho de Fantoches às crianças é parte do Projeto “Saúde da Família”, desenvolvido por Martinz de Aguiar, com o objetivo de favorecer experiências que promovam aprendizagens relacionadas ao bem estar e à saúde. O Projeto oferece, mensalmente, atividades lúdicas voltadas à realidade das famílias das crianças atendidas pelo CEI.

Publicado em Educação