A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) disponibiliza, a partir desta segunda-feira (18/02), uma nova linha de ônibus que vai contemplar as populações dos residenciais Cidade Jardim I e II, assim como do Conjunto Montenegro. A linha 699 - Cidade Jardim/Messejana resultou de uma demanda da comunidade, confirmada em pesquisa de campo realizada no final do ano passado, que identificou grande demanda dessas localidades para o terminal de Messejana.

Com frota de quatro veículos, o ponto inicial da linha fica na Avenida Arterial na Cidade Jardim II, passando pela Av. I no Conjunto José Walter, Av. N no conjunto Montenegro, Av. Perimetral e Av. Jornalista Tomás Coelho no terminal de Messejana. “A avaliação foi feita buscando detectar a linha de desejo das novas comunidades, ou seja, o deslocamento que era mais necessário para os moradores”, explica Miguel Guimarães

Publicado em Mobilidade

Para facilitar o acesso dos usuários aos serviços de transporte e favorecer a integração tarifária nas linhas de tarifa reduzida, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) realiza, entre os dias 14 e 21 de fevereiro, atendimentos com a unidade móvel em diversos bairros em parceria com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano e Metropolitano de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

A partir desta quinta e sexta-feira, 14 e 15 de fevereiro, de 15 às 19h, os atendimentos acontecem na Cidade Ecológica no bairro Edson Queiroz (próximo à capela São José). Entre os dias 18 e 21 de fevereiro, os atendimentos serão realizados na praça da 3ª etapa no José Walter, em frente à Escola Municipal Rogaciano Leite.

Com o início da operação comercial das linhas de tarifa reduzida (linha 679 - José Walter/Cidade Jardim II e linha 836 - Conjunto Dona Yolanda Queiroz) a partir do dia 23 de fevereiro, a proposta de visita às comunidades é incentivar a solicitação do Bilhete Único (BU), bem como as carteiras estudantis com a função de BU. Com o uso do BU com recarga, será garantida a integração temporal gratuita por duas horas em qualquer localidade da cidade e favorecer a integração por meio de complementação tarifária. Ou seja, os usuários que utilizarem o Bilhete Único para realizarem viagens nas linhas de tarifa reduzida e quiserem usar a integração temporal para complementar com uma linha de tarifa comum só pagam a diferença para o valor da tarifa regular, o que não resulta em nenhum custo adicional. Outros serviços disponíveis na unidade móvel são o Bilhetinho, cartão do idoso e cartão de gratuidade para pessoas com deficiência.

Como funcionam as linhas de tarifa reduzida
O programa de linhas de tarifa reduzida é um projeto piloto que visa conectar as pessoas às centralidades de seus bairros de uma maneira rápida e barata, facilitando o acesso aos comércios, serviços, empregos e lazer que se localizam nas proximidades. Assim, as linhas atuam como uma alternativa de deslocamento sustentável e barata. As primeiras linhas implementadas em fase de testes são a 679 - José Walter/Cidade Jardim II e a 836 - Conjunto Dona Yolanda Queiroz.

Estas alternativas são possibilitadas pelas pesquisas de Origem/Destino que estão ocorrendo na Cidade de Fortaleza, nas quais os desejos de deslocamento da população são levantados de maneira a permitir a construção de uma rede de transporte público mais rápida e eficiente para todos, o que reforça a importância de atender os pesquisadores e responder com fidelidade as pesquisas. Quaisquer dúvidas em relação à pesquisa podem ser atendidas por meio de ligação gratuita para o 156.

Publicado em Mobilidade

prefeito roberto cláudio discursa em um palco
Até junho, mais 4 mil casas populares serão entregues (Foto: Kiko Silva)

O prefeito Roberto Cláudio participou, nesta segunda-feira (04/02), no Ginásio Paulo Sarasate, da cerimônia do sorteio eletrônico do loteamento de 656 apartamentos do Residencial Cidade Jardim 2 (módulo 1), na Regional V. Este vem sendo o maior programa habitacional da história de Fortaleza, e deverá completar, ao final dos oito anos de administração do gestor, mais de 30 mil casas próprias entregues do programa do Minha Casa, Minha Vida, realizando, ainda, parcerias com o Governo do Estado do Ceará de modo a garantir outras contrapartidas orçamentárias.

Após o sorteio, a Habitafor convocará os beneficiários para a vistoria dos apartamentos, em seguida a assinatura dos contratos com o Banco do Brasil e, posteriormente, a entrega das chaves dos apartamentos. O processo também respeita critérios de ocupação dos pavimentos térreos para titulares ou cônjuges idosos e famílias com pessoas com deficiência. “Esse é um passo importante. As famílias já foram sorteadas no ano passado e hoje vão conhecer os endereços, ou seja, saem daqui sabendo qual é o apartamento e a unidade que vão receber”, reforçou a titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, Olinda Marques

Conforme Roberto Cláudio, até junho, mais 4 mil casas populares serão entregues. Para ele, as políticas de gestão possuem um papel duplo, tanto o de urbanizar as novas áreas onde estão sendo construídas essas moradias, como o de garantir e acelerar a construção de casas próprias quem mais precisa e não tem meios para adquiri-las.

“Fortaleza é a capital brasileira que teve maior crescimento demográfico nos últimos 20 anos, além do déficit habitacional, acumulado por cerca de 25 anos por conta de migrações do interior do Ceará e de outras cidades do Nordeste, muitas vezes às custas de assentamentos precários, sem estrutura e em áreas de risco”, disse.

Adelieide de Bento Lima, de 31 anos, é dona de casa e se cadastrou no programa há cerca de 7 anos. Ela vai se mudar para o novo apartamento do Cidade Jardim II com o filho. "Onde eu ainda moro é área de risco, não tem saneamento básico e nenhuma estrutura. Estou muito feliz de estar sendo finalmente contemplada", contou.

Segurança

Outro ponto levantado pelo Prefeito Roberto Cláudio foi a questão da segurança para os futuros moradores. Ele explicou que a Prefeitura realiza um trabalho social prévio, mas principalmente, durante e logo após a entrega, fases que ele considera mais críticas em relação a possíveis interferências de agentes violentos. “As polícias Civil e Militar já estão agindo em todas as novas entregas desde o ano passado, realizando trabalho de inteligência para garantir que não haja ocupação e evitar que as pessoas sejam tiradas dos apartamentos quando recebem”, afirmou.

Saiba mais

O Residencial Cidade Jardim 2, no bairro José Walter, faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida e é uma parceria entre Prefeitura e Governo do Estado. Os investimentos de R$ 429.696.000,00 são oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), mais recursos do Município. O Cidade Jardim 2 é dividido por módulos, totalizando 5.968 unidades habitacionais e, até o momento, 3.984 famílias já foram contempladas com moradias.

Publicado em Habitação
Os beneficiários terão a chance de vistoriar a suas futuras moradias
O Residencial Cidade Jardim 2, no bairro José Walter, faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida e uma parceria entre Prefeitura e Governo do Estado

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), realizará, entre os dias 5 e 11 de setembro, a vistoria dos apartamentos do Residencial Cidade Jardim 2.

A equipe da Coordenação de Programas Sociais (Cops) da Habitafor já iniciou o trabalho de contato com os beneficiários, que são comunicados sobre dia e horário de comparecimento ao Residencial. A vistoria é um procedimento que permite ao futuro morador verificar a estrutura e condições do apartamento antes da assinatura do contrato junto à instituição financeira.

No dia da vistoria, o beneficiário deve apresentar RG e CPF, bem como o cônjuge pode acompanhar o procedimento e para casos em que o dossiê tenha sido assinado através de procuração, é necessário que o procurador tenha o documento em mãos. A responsável pela Cops, Andréa Cialdini, orienta que os beneficiários evitem levar as crianças para esse momento. “Apesar de a obra está em fase final, a vistoria é um processo demorado e minucioso, por isso sugerimos que levem seus familiares apenas para momento da entrega das chaves”, orienta Cialdini.

Mais

O Residencial Cidade Jardim 2, no bairro José Walter, faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida e uma parceria entre Prefeitura e Governo do Estado. Os investimentos de R$ 429.696.000,00 são oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), mais recursos do Município. O Cidade Jardim 2 é dividido por módulos, totalizando 5.968 unidades habitacionais e, até o momento, foram entregues quase 35% das moradias, contemplando 1.984 famílias.

Calendário de vistoria
Obs: O beneficiário deve aguardar a ligação para saber exatamente o horário de sua visita.

Dia 5/9 (quarta-feira)
Quadra 7
lote 1 (Blocos do 1 ao 5 e do 13 ao 17) – manhã
lote 2 (Blocos do 1 ao 8 e do 13 ao 17) – manhã e tarde
Dia 6/9 (quinta-feira)
Quadra 7, lote 4 (Blocos do 1 ao 13) – manhã
Quadra 11, lote 2 (Blocos do 1 ao 12) – tarde
Dia 10/9 (segunda-feira)
Quadra 10, lote 3 (Blocos do 1 ao 9) – tarde
Quadra 11, lotes 3 (Blocos do 1 ao 16) – manhã e tarde
Dia 11/9 (terça-feira)
Quadra 10
lote 2 (Blocos do 1 ao 17) – manhã e tarde
lote 3 (Blocos do 10 ao 18) – manhã
Quadra 13, lote 1(Bloco 4) – tarde

Publicado em Habitação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Habitacional (Habitafor), realiza nesta quinta-feira (16/08), o loteamento para entrega de 1.600 unidades habitacionais do Residencial Cidade Jardim 2 (módulo 1), na Regional V. Ação ocorrerá no Ginásio Paulo Sarasate, a partir das 14 horas.

A Coordenadoria de Programas Sociais (Cops) da Habitafor montou um esquema especial de trabalho, pelo qual todos os beneficiários aptos, contemplados no último sorteio geral, serão informados sobre dia, hora e local do evento, bem como alertados sobre a documentação que deverá ser apresentada no dia do loteamento.

Os futuros moradores tiveram os dossiês aprovados pelo Banco do Brasil e agora passam pela etapa de conhecimento do lote em que vão morar. “A escolha dos apartamentos, a exemplo do sorteio geral, será feita via sistema eletrônico, tendo como critério para ocupação dos pavimentos térreos, titulares ou cônjuges idosos ou famílias com pessoas com deficiência”, explica coordenadora dos Programas Sociais da Habitafor, Andrea Cialdini. Após o esse processo, a Habitafor convocará os beneficiários para a vistoria dos apartamentos, em seguida a assinatura dos contratos com o Banco e, posteriormente, a entrega das chaves dos apartamentos.

Mais

O Residencial Cidade Jardim 2, no bairro José Walter, faz parte do Programa Minha Casa, Minha Vida e uma parceria entre Prefeitura e Governo do Estado. Os investimentos de R$ 429.696.000,00 são oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), mais recursos do Município. O Cidade Jardim 2 é dividido por módulos, totalizando 5.968 unidades habitacionais e, até o momento, foram entregues quase 35% das moradias, contemplando 1.984 famílias.

Serviço
Loteamento de 1.600 unidades habitacionais do Cidade Jardim 2 (módulo 1)
Data: 16/8 (quinta-feira)
Hora: 14h
Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050- Dionísio Torres)

 

Publicado em Habitação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), oferta, a partir de sábado (14/07), uma nova linha de ônibus em operação assistida (gratuita) voltada para os usuários do Conjunto Habitacional Cidade Jardim I.

Com a finalidade de interligar os passageiros do ponto inicial e final localizado no bairro José Walter, a linha 679 – José Walter/Cidade Jardim I funcionará por um mês em operação assistida com um veículo no intervalo de 16 minutos. No ponto inicial e final, os usuários têm acesso a sete linhas para o Centro e diversos destinos. São elas: 407 – José Walter/Expedicionários, 605 – José Walter/ BR-116 / Av. I, 606 - José Walter / BR-116 / Av. N, 728 - José Walter / Centro, 347 - José Walter / Parangaba / Av. L, 377 - José Walter / Parangaba / Av. J, 680 - José Walter/Papicu/Cidade Jardim.

Neste período, será realizada uma pesquisa sobre os principais destinos, a fim de avaliar a necessidade de uma nova linha para o conjunto que já é contemplado pela 399 – Cidade Jardim/Parangaba e 680 - José Walter/Papicu/Cidade Jardim.

Outra medida que será adotada para melhor atender aos usuários do Cidade Jardim I é a ampliação da linha 399 - Cidade Jardim/Parangaba, a partir da Av. Pres. Castelo Branco que passa a trafegar pelas ruas do conjunto. O itinerário da linha 679 – José Walter/Cidade Jardim I contempla as principais ruas do conjunto como Av. Dezesseis, Av. G, I, F, L, Av. Sessenta e Dois e Av. J.

Entrega das unidades habitacionais 

O Residencial Cidade Jardim I, Módulo III, foi entregue no último dia 5 de julho, no Conjunto José Walter com um total de 1.120 unidades habitacionais e investimento total de R$ 76.491.663,19, divididos em parceria entre Governos Municipal, Estadual e Federal (via Caixa Econômica Federal). Neste mesmo residencial, já foram finalizadas 2.240 unidades dos Módulos I e II. Ainda serão construídas 2.492 casas dos Módulos III, IV e V.

Publicado em Mobilidade
Foram entregues 512 apartamentos de 43 metros quadrados com dois quartos nesta primeira etapa

O prefeito de Fortaleza esteve, na manhã desta quarta-feira (26/02), na cerimônia de entrega da primeira etapa do Residencial Cidade Jardim, uma iniciativa do Governo do Estado do Ceará e que Roberto Cláudio definiu como o “maior pacote do Minha Casa, Minha Vida que o Estado já viu”.

Nessa primeira etapa, 512 apartamentos de 43 metros quadrados foram entregues sob os olhares de autoridades e de moradores. Entre eles, estava dona de casa Maria Ivaniza Machado, que participou do ato simbólico de entrega de chaves e antes morava na Comunidade 17 de abril. Ela morará com o marido e a filha e diz que “para quem morava no acampamento, é tudo uma riqueza. Já vi meu apartamento e é bom, todo arrumadinho”. Maria Ivaniza se muda definitivamente até domingo e reconhece que “quem passou pelo que passamos, não se desfaz nunca do que tem agora”, referindo-se à nova moradia.

O governador Cid Gomes definiu a realização do Residencial Cidade Jardim como um “esforço conjunto” entre a Construtora Fujita, órgãos públicos e a prefeitura, para agilizar a entrega. “Não há benefício maior para uma família do que uma moradia digna”, declarou o governador. Roberto Cláudio concordou quando definiu o dia de hoje como um “dia bom, quando as famílias recebem apartamentos de alvenaria, com água encanada, dois quartos, com tudo o que tem direito. Uma casa para começar uma vida nova”.

O Residencial Cidade Jardim beneficiará inicialmente as famílias que já viviam no local, que construíram suas residências na faixa de domínio da REFFSA e também famílias cadastradas em programas habitacionais do Estado.

Fortaleza receberá investimentos de mais de R$ 1,6 bilhão em habitação de interesse social, o que representa o maior pacote de obras de moradia populares da capital. Os empreendimentos beneficiarão, no total, cerca de 120 mil pessoas, cadastradas em projetos da Fundação de Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor) e da Secretaria de Cidades do Ceará.

A Prefeitura é parceira do empreendimento, tendo em vista que 1.022 apartamentos receberão aporte de recursos municipais, tanto no Cidade Jardim I, como Cidade Jardim II. Ainda em benefício dos moradores que serão assentados no projeto, serão construídos o Polo de Lazer do José Walter, Complexo de Cidadania Adauto Bezerra, seis Centros de Educação Infantil, quatro Escolas de Ensino Fundamental, um posto de saúde, um Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e serão adequadas rotas e ônibus, com a prospecção de novas linhas de transporte urbano para a comunidade que nascerá.

As demandas de equipamentos fazem parte de um Termo de Compromisso assinado pelo Prefeito Roberto Cláudio e pela presidenta da Habitafor, Eliana Gomes, e foram aprovadas no Grupo de Análise de Empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida, sendo o citado grupo criado pela Portaria Municipal número: 0293/2013.



 

Publicado em Habitação