Do lado direito da imagem um mulher negra com flores na cabeça segura uma fotografia  enquanto uma grande borboleta de asas vermelhas está a frente em primeiro plano e as informações do evento estão à esquerda

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes divulga programação do cineclube Telas Abertas de dezembro. A mostra “Serei Porque Fomos”, com curadoria de Bruno Galindo, ocorrerá entre os dias 10 e 13 de dezembro, às 18h30, na Vila das Artes.

Esta é a sexta e última mostra do cineclube Telas Abertas de 2018. A convocatória selecionou seis propostas de curadoria para exibição, na Vila das Artes, que ocorreram ao longo deste ano, finalizando o projeto neste mês. Confira as mostras selecionadas no link.

“Serei Porque Fomos” fala do cinema negro como meio de relação com o mundo em diferentes gerações. A mostra propõe construir um recorte do cinema negro brasileiro, não somente enquanto cinema produzido e mobilizado por pessoas negras, mas também, na análise sobre como cada cineasta, dentro de sua própria geração, absorve e reorganiza estéticas e códigos na representação cronológica das vivências negras.

A mostra é dividida em quatro eixos temáticos, onde serão exibidos curtas que dialogam com cada tema. No dia 10/12, a sessão “Heranças do Corpo” apresentará os filmes “Rapsodia para o Homem Negro”, “Pele Suja Minha Carne”, “Assim” e “Alma no Olho”. Na segunda sessão, intitulada “Heranças da Memória”, realizada no dia 11/12, serão exibidos os curtas “O Dia do Silêncio”, “O Mundo de Dentro”, “Travessia” e “Sample”. A sessão “Heranças da Formação”, no dia 12/12, contará com os filmes “O Moleque”, “O Som do Silêncio”, “Impermeável Pavio Curto” e “Ana”. E na última sessão, chamada “Heranças da Reexistência”, no dia 13/12, as exibições serão de “Aniceto do Império em Dia de Alforria”, “Afronte”, “Nascida para Matar” e “Motriz”.

Bruno Galindo é crítico de cinema, curador e roteirista em formação, escreve para blogs e revistas virtuais sobre cinema e audiovisual, além de ser um dos desenvolvedores do projeto Cine Viela.

Confira a programação:

Sessão “Heranças do Corpo”
Filmes: Rapsodia para o Homem Negro (Dir: Gabriel Martins); Pele Suja Minha Carne (Dir: Bruno Ribeiro); Assim (Dir: Keila Serruya) e Alma no Olho (Dir: Zozimo Bulbul)
Quando: 10/12, às 18h30

Sessão “Heranças da Memória”
Filmes: O Dia do Silêncio (Dir: Clebson Oscar); O Mundo de Dentro (Dir: Adélia Sampaio); Travessia (Dir: Safira Moreira) e Sample (Dir: Ana Julia Travia)
Quando: 11/12, às 18h30

Sessão “Heranças da Formação”
Filmes: O Moleque (Dir: Ary Candido); O Som do Silêncio (Dir: David Aynan); Impermeável Pavio Curto (Dir: Higor Homes) e Ana (Dir: Vitória Felipe)
Quando: 12/12, às 18h30

Sessão “Heranças da Reexistência”
Filmes: Aniceto do Império em Dia de Alforria (Dir: Zozimo Bulbul); Afronte (Dir: Bruno Victor e Marcus Azevedo); Nascida para Matar (Dir: Rogério Henrique Gonçalves) e Motriz (Dir: Tais Amordivino)
Quando: 13/12, às 18h30

Serviço
Cineclube Telas Abertas – Mostra “Serei Porque Somos”
Quando: 10 a 13 de dezembro, às 18h30
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro
Mais informações: (85) 3105.1404

Publicado em Cultura
Peça gráfica

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes divulga programação do cineclube Telas Abertas de novembro. A mostra “Olhares sobre Espaços Urbanos no Cinema Alemão”, com curadoria de Magdalena Kuehne, ocorrerá nos dias 05, 12, 19 e 26 de novembro, às 18h30, no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim.

Esta é a quinta mostra do cineclube Telas Abertas 2018. A convocatória selecionou seis propostas de curadoria para exibição, na Vila das Artes, que estão ocorrendo ao longo deste ano. Confira as mostras selecionadas no link.

A mostra “Olhares sobre Espaços Urbanos no Cinema Alemão”, propõe um olhar para o espaço urbano e suas expressões artísticas dentro da perspectiva cinematográfica das obras alemãs (com exceção de um curta-metragem cearense). A mostra pretende discutir sobre as representações do espaço urbano e abrir uma reflexão pensando em como esse ambiente afeta a percepção do tempo e as relações humanas.

De origem italiana e alemã, Magdalena Lia Veza Kuehne é antropóloga e mediadora cultural. Trabalha atualmente na Casa de Cultura Alemã, onde propõe e organiza regularmente atividades de aproximação cultural como o Cineclube e o Clube de Teatro, juntamente a palestras e debates.

Sessão 1
Filmes: “Urban Explorers (8/8)” e “Boca de Loba”
Quando: 05/11, às 18h30

Sessão 2
Filme: “Oh Boy”
Quando: 12/11, às 18h30

Sessão 3
Filme: “Lagos – Notas sobre uma Cidade”
Quando: 19/11, às 18h30

Sessão 4
Filme: “Kadish para um Amigo – Prece a um Amigo”
Quando: 26/11, às 18h30

Serviço
Mostra “Olhares sobre Espaços Urbanos no Cinema Alemão”
Quando: 05, 12, 19 e 26/11
Horário: 18h30
Local: Centro Cultural Casa do Barão de Camocim (Rua General Sampaio 1632, Centro)

Publicado em Cultura
Crianças lendo livros na Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel
A Biblioteca Herbênia Gurgel retoma o projeto Cine Herbênia Gurgel, com uma programação especial de filmes infantis em todo o mês de outubro (Foto: Thiago Matine)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), realiza vasta programação cultural, nesta semana, com destaque para mais uma edição da Feira Afins de Vitrola, no Mercado dos Pinhões, e com a volta do Cine Herbênia Gurgel.

Promovida mensalmente a Feira Afins de Vitrola é gratuita e aberta ao público, promovendo a venda e troca de LPs e equipamentos, como vitrolas, agulhas, borrachas e caixas. Nesta edição, animará o evento o DJ Gomes, a partir das 17h.

A Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel retorna com o projeto Cine Herbênia Gurgel, com uma programação especial de filmes infantis em todo o mês de outubro. Nesta quinta-feira (04/10), o público poderá assistir ao filme Homem-Aranha (Sam Raimi, 2002), em duas sessões, às 9h e às 15h.

Crianças de 8 a 14 anos também podem participar da Oficina de Xadrez nas Bibliotecas Herbênia Gurgel e Cristina Poeta, nos bairros Conjunto Ceará e Autran Nunes, respectivamente.

A programação ainda conta com a Exposição “Nossas Janelas”, de Descartes Gadelha, no Centro Cultural Casa do Barão de Camocim; aula de violão na Biblioteca Cristina Poeta; além de vários cursos e oficinas na Vila das Artes.

Confira a programação completa

Centro Cultural Casa do Barão de Camocim
Exposição “Nossas Janelas”, de Descartes Gadelha
O equipamento cultural dedicado às artes visuais recebe, até o dia 30 de outubro, a exposição Nossas Janelas, reunindo 45 obras do artista Descartes Gadelha.
Horário de visitação: Terça a sexta-feira, das 9h às 19h; sábado e domingo, das 10h às 17h.
Endereço: Rua General Sampaio, 1632 – Centro
Gratuito

Mercado dos Pinhões
Feira Orgânica
Feira de produtos orgânicos realizada às terças-feiras pela Associação para o Desenvolvimento da Agropecuária Orgânica (Adao).
Quando: Terça-feira (02/10)
Horário: 5h às 13h
Onde: Mercado dos Pinhões (Praça Visconde de Pelotas, S/N, Centro)
Acesso Gratuito

Afins de Vitrola
A programação reúne desde colecionadores a lojistas, sebos e apreciadores dessa sonoridade única proporcionada pelo vinil. Além da venda de LP'S, há troca e venda de equipamentos, como vitrolas, agulhas, borrachas, caixas etc.
Atração: DJ Gomes
Quando: Sábado (06/10), das 17 às 21h.
Onde: Praça Visconde de Pelotas, s/n – Centro.
Gratuito

Mercado Cultural dos Pinhões
Festival de Comida Nordestina
Renomados chefs da Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará (ACC) apresentam pratos característicos da culinária nordestina, por um preço acessível de R$10.
Quando: Quinta, sexta e sábado (04,05 e 06/10), das 18h às 22h.
Local: Mercado Cultural dos Pinhões (Praça Visconde de Pelotas, S/N, Centro)
Gratuito

Passeio Público
Passeio Instrumental
O almoço ao som da música instrumental nas alamedas do Passeio Público é uma das melhores pedidas para o fim de semana.
Quando: Sábado (06/10), às 12h30
Atração: Trio Realce – Carlinhos Perdigão, Abraham Paiva e Rafael Souza Lima
Onde: Passeio Público de Fortaleza (Rua Dr. João Moreira, 198-250 – Centro)
Gratuito

Biblioteca Municipal Dolor Barreira
Quadrinhos em Debate
Com o tema “Alan Moore: Salva Os quadrinhos de Super-Heróis”, o projeto Quadrinhos em Debate realiza em outubro uma palestra com uma reflexão histórico/social sobre como o roteirista de quadrinhos inglês Alan Moore redefiniu novos parâmetros para a narrativa do gênero super-herói no mercado das grandes editoras de quadrinhos americanas deste gênero. A conversa será com o diretor da biblioteca Dolor Barreira, Eduardo Silva.
Quando: Quarta-feira (03/10), das 14h às 17h
Local: Gibiteca de Fortaleza
Onde: Biblioteca Dolor Barreira (Av. da Universidade, 2572 – Benfica)
Gratuito

Contação de histórias
O projeto incentiva os leitores a ouvir, ler e contar histórias. Proporciona a reflexão e a discussão sobre as obras narradas pelo contador de histórias Chicão Oliveira. Realizado mediante agendamento.
Quando: Terça e quinta-feira (02 e 04/10), às 9h e às 14h
Onde: Biblioteca Municipal Dolor Barreira (Av. da Universidade, 2572 – Benfica)
Gratuito

Curso de Geofilosofia e Meditação
Realizado pela Associação de Geofilosofia (AGEAC), o projeto apresenta a filosofia nas diversas culturas antigas, além de oferecer gratuitamente aulas práticas de meditação. Recomendável trazer toalha ou colchonete.
Quando: Quinta-feira (04/10), 17h (1ª aula) e 18h30 (2ª aula)
Tema: “Yoganidra: a Técnica para dormir melhor” e “O Equilíbrio dos Centros: benefícios para a saúde”
Onde: Biblioteca Municipal Dolor Barreira (Av. da Universidade, 2572 – Benfica)
Inscrições e informações: (85) 3476.9507 / 99626-1541 / 98879-1422
Gratuito

Visita guiada
A visita guiada apresenta e situa o usuário dentro do espaço físico da Biblioteca. O serviço oferecido é a porta de entrada para mostrar os recursos disponíveis no equipamento cultural para o público em geral.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 20h (Mediante agendamento)
Para agendamento: Av. da Universidade, 2572 – Benfica, Fone: (85) 3105.1299, e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Gratuito

Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel
Aulas de Capoeira
Como uma maneira de estimular a prática da capoeira entre as crianças, a Biblioteca Herbênia Gurgel oferece aulas da modalidade, toda semana, com o professor Graduado Romim, do Grupo de Capoeira Luta Brasileira. A atividade acontece nas segundas e quartas-feiras, das 17 às 18h.
Quando: Segunda e quarta (01 e 03/10), das 17 às 18h
Onde: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Oficina de Xadrez
A Biblioteca Herbênia Gurgel oferece uma tarde de oficina de xadrez, para crianças de 8 a 14 anos, ministrada pelo diretor da Biblioteca Dolor Barreira, Eduardo Pereira. As inscrições podem ser feitas na Biblioteca Herbênia Gurgel, no Conjunto Ceará.
Quando: Quarta-feira (03/10), às 15h.
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, rua 531, 25, Conjunto Ceará – 2ª etapa.
Fortaleza – CE.
Gratuito

Cine Herbênia Gurgel
A Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel retorna com o projeto Cine Herbênia Gurgel, com uma programação especial de filmes infantis em todo o mês de outubro.
Quando: Quinta-feira (04/10)
Horário: Duas sessões, 9h e 15h
Filme: Homem-Aranha (Sam Raimi, 2002)
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, rua 531, 25, Conjunto Ceará – 2 etapa, Fortaleza – CE.
Gratuito.

Brinquedoteca
A Biblioteca Herbênia Gurgel oferece ao público infantil, durante toda a semana, espaço para brincadeiras e jogos pedagógicos, com fantoches, quebra-cabeça, livros em 3D, jogo de damas, xadrez, entre outros.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Parquinho Infantil
De segunda a sexta-feira, crianças e adolescentes têm acesso ao parquinho da Biblioteca Herbênia Gurgel, com escorregadores, balanços e gangorras infantis.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Onde: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Desenho e Pintura Livre
A Biblioteca Herbênia Gurgel oferece ao público infantil, de segunda a sexta-feira, espaço para desenho e pintura.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Onde: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Visita Guiada
A visita guiada apresenta e situa o usuário dentro do espaço físico da Biblioteca. O serviço oferecido é a porta de entrada para mostrar os recursos disponíveis do equipamento cultural para o público visitante.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 18h
Onde: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará).
Gratuito

Outubro Rosa na Biblioteca Herbênia Gurgel
Em virtude da campanha de conscientização, Outubro Rosa, que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, a Biblioteca Herbênia Gurgel realiza uma atividade de apoio essa causa. Durante o mês de outubro, a biblioteca receberá mensagens de solidariedade na prevenção do câncer de mama, qualquer pessoa pode escrever. As frases serão encaminhadas aos grupos de apoio.
Quando: todo o mês de outubro, das 8h às 12h e das 13h às 18h.
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, rua 531, 25, Conjunto Ceará – 2 etapa.
Fortaleza – CE.
Gratuito.

Museu Nacional: Exposição em imagens
O Museu Nacional é a mais antiga instituição científica do Brasil e, até setembro de 2018, figurou como um dos maiores museus de história natural e de antropologia das Américas. Por conta de sua importância para a cultura e sociedade em geral, a Biblioteca Herbênia Gurgel realiza uma exposição em imagens, com a exibição de documentários, ao qual evidenciem sua cronologia e história.
Quando: 16/10 a 16/11
Horário: das 8 às 12h e das 13 às 18h.
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, rua 531, 25, Conjunto Ceará – 2 etapa.
Fortaleza – CE.
Gratuito.

Biblioteca Cristina Poeta
Aula de Violão
A Biblioteca Cristina Poeta oferece aulas gratuitas de violão, para crianças a partir de 12 anos, com o professor Sales.
Quando: Segunda e quinta-feira (01 e 04/10), das 14h às 15h
Onde: Biblioteca Pública Cristina Poeta (Rua Raimundo Ribeiro,580-Autran Nunes)
Gratuito.

Curso de Xadrez
Projeto incentiva as operações e o raciocínio lógico por meio de aulas teóricas e práticas que ensinam as várias estratégias para o aprendizado do jogo.
Quando: Terça e sexta-feira (02 e 05/10), das 13h30 às 15h30
Onde: Biblioteca Pública Cristina Poeta (Rua Raimundo Ribeiro,580-Autran Nunes)
Gratuito

Laboratório de redação
Projeto destinado a todas as faixas etárias. Incentiva a escrita e a criatividade por meio da prática e correção das redações, tendo em vista a aprovação para o Enem.
Quando: Quarta-feira (03/10), às 14h
Onde: Biblioteca Pública Cristina Poeta (Rua Raimundo Ribeiro,580 - Autran Nunes)
Gratuito

Brinquedoteca
A Biblioteca Pública Cristina Poeta oferece ao público infantil, durante toda a semana, espaço para brincadeiras e jogos pedagógicos, como fantoches, quebra-cabeça, pega-varetas, jogo de damas, xadrez, entre outros.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Onde: Biblioteca Biblioteca Pública Cristina Poeta (Rua Raimundo Ribeiro,580-Autran Nunes)
Gratuito

Pesquisa online
A biblioteca disponibiliza ao público, durante toda a semana, sala com computadores com acesso a internet.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Local: Biblioteca Pública Cristina Poeta (Rua Raimundo Ribeiro,580-Autran Nunes)
Gratuito

Visita guiada na Biblioteca Cristina Poeta
A visita guiada conduz o visitante aos espaços da Biblioteca Cristina Poeta, como o telecentro, a sala multiuso, o pomar e os jardins. Mediante agendamento.
Quando: Segunda a sexta-feira, das 08h às 17h
Para agendamento: Biblioteca Cristina Poeta (Rua Raimundo Ribeiro,580 – Autran Nunes), Fone (85) 3452 3891, e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Gratuito

Vila das Artes
Fala de Dança, com Janne Ruth
A Escola Pública de Dança da Vila das Artes convida um profissional renomado na cena da dança de Fortaleza para um bate-papo sobre carreira e experiências. A convidada deste mês é a bailarina Janne Ruth: delegada do Conselho Brasileiro da Dança no Ceará (CBDD), diretora e fundadora da Escola de Ballet Janne Ruth, e do Festival Internacional de Dança de Fortaleza e Itinerante do Ceará – Fendafor.
Data: Terça-feira (02/10)
Horário: 8h30
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro

Cineclube 24 Quadros – Mostra “No Mundo da Pornografia”
Cineclube realizado mediante cessão de espaço na Vila das Artes, apresenta no mês de outubro filmes não pornográficos, mas que retratam e discutem a atmosfera desse gênero fílmico, cuja era de ouro ocorreu na segunda metade do século XX.
Quando: Sexta-feira (05/10), às 18h30
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro

Curso “Animação Frame a Frame”, com Isadora Stevani
O curso procura aumentar a compreensão do espaçamento e do tempo (os conceitos básicos em que toda a animação é construída) através da Introdução ao Design e Animação, Princípios da Animação e Introdução ao After Effects para Motion.
Período de inscrição: até 03/10
Realização: 08 a 11/10, de 14h as 19h
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro
viladasartesfortaleza.com.br

Curso “Dramaturgia Feminina e Liberdade de Escrita”, com Sara Síntique
O curso pretende apresentar um recorte da Literatura Dramática escrita por mulheres (brasileiras e
estrangeiras), abordar a diversidade de discussões políticas que seus textos trazem à sociedade, levando
em conta seus contextos de vida e a relevância de suas obras, e estimular a criação de textos dramáticos
pelas mulheres participantes do curso.
Período de inscrição: 24/09 a 10/10
Realização: 15/10 a 14/11, segundas, quartas e sextas-feiras, das 18h às 20h30 e aos sábados, de 13h às
16h
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro
viladasartesfortaleza.com.br

Programa Aulas Abertas - “Danças Populares Urbanas”
A oficina, ministrada pelos renomados profissionais Ângelo Madureira e Ana Catarina Vieira, propõe
vivência e aprendizado nas danças populares que permeiam a cultura brasileira.
Período de inscrição: 26/09 a 15/10
Realização: 24 a 25/10, de 9h30 às 11h
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro
viladasartesfortaleza.com.br

Programa Aulas Abertas - “Danças Urbanas (House Dance)”
A oficina, ministrada pelo bailarino André Rockmaster, irá trabalhar os movimentos de uma dança urbana
nascida nos clubes de Nova York e Chicago, chamada House Dance.
Período de inscrição: 26/09 a 15/10
Realização: 24/10, 15h30 as 17h e 26/10, 10h às 12h
Local: Vila das Artes – Rua 24 de Maio, 1221, Centro
viladasartesfortaleza.com.br

Publicado em Cultura
Peça gráfica

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes divulga programação do cineclube Telas Abertas de setembro. A mostra “Imagem em carne viva” tem curadoria do comunicador e curador de audiovisual independente, Fábio Rodrigues, e ocorrerá nos dias 10, 11 e 12 de setembro, às 18h30, na Casa do Barão de Camocim.

Esta é a terceira mostra do cineclube Telas Abertas 2018. A convocatória selecionou seis propostas de curadoria para exibição na Vila das Artes, que ocorrerão ao longo deste ano. Confira as mostras selecionadas no link.

“Imagem em carne viva” conta com a exibição de 13 curtas que abordam questões de raça, gênero e sexualidade. Segundo, Fábio Rodrigues, a seleção de curtas fala sobre corpos que afirmam existências. “São corpos, não sem dor e violência, que celebram a vida para construir outros modos de viver coletivamente. Na maioria dos filmes, o realizador é também personagem, fazendo do quadro mais do que espelho”, reflete o curador.

Natural do recôncavo baiano, região referência do audiovisual brasileiro na atualidade, Fábio Rodrigues é curador independente. Graduando em Comunicação Social pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, integra a comunicação do Cineclube Tela Preta, projeto do Coletivo de Cinema Negro Tela Preta, além de coordenar o Laboratório de Crítica do cineclube na Escola Estadual da Cachoeira.
Confira programação:

 

Sessão 1 (10/09)
Varal, dir. Carla Caroline (4’, BA, Exp, P&B, 2017) / 16 anos

Ana, dir. Camila Andrade (21’, BA, DOC, Sépia, 2015) / 16 anos

A liberdade não veste camisa de força, dir. Áquila Jamile (2’35’’, BA, DOC, P&B, 2017) / 16 anos

Eu, Travesti?, dir. Leandro Rodrigues (3’, BA, DOC, Cor, 2014) / 16 anos

Arco do Medo, dir. Juan Rodrigues (10’, BA, DOC, Cor, 2017) / 14 anos
Experimentando o Vermelho em Dilúvio, dir. Michelle Mattiuzzi (10’, RJ, DOC, Cor, 2017) / 16 anos

 

Sessão 2 (11/09)
Ingrid, dir. Maick Hannder (6’45’’, BH, DOC, P&B, 2016) / 16 anos

A Gis, dir. Tiago Carvalhaes (20’, SP, DOC, Cor, 2017) / 16 anos

De Vez em Quando, Quando Eu Morro, Eu Choro, dir. R.B. Lima (15’21’’, PB, Fic, Cor, 2017) l 18 anos

Corpos Políticos, dir. Dea Ferraz, Maíra Iabrudi, Lu Teixeira, Rapha Spencer, Sá Luapo e Camila de Carvalho (Mulheres Audiovisual de Pernambuco) (4’, PE, DOC, Cor, 2016) / Livre

Sair do Armário, dir. Marina Pontes (3,15’, SP, DOC, P&B, 2016) / Livre

Sessão 3 (12/09)
Alma no Olho, dir. Zózimo Bulbul (10’, BR, DOC, P&B, 1974)

Reluctantly Queer, dir. Akosua Adoma (8’, Gana/EUA, DOC, P&B, 2016)

Tongues Untied, dir. Marlon Riggs (55’, EUA, DOC, Cor, 1989)

Serviço
Telas Abertas – Mostra “Imagem em carne viva”
Data: 10, 11 e 12/09
Horário: 18h30
Local: Casa do Barão de Camocim – Rua General Sampaio, 1632, Centro

Publicado em Cultura
Peça gráfica

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes divulga programação do cineclube Telas Abertas de agosto. A mostra “Cama de Espinho: o incômodo como norma em Yorgos Lanthimos”, tem curadoria do mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Leonardo Ferreira, e será às segundas-feiras de agosto, às 18h30, na Casa do Barão de Camocim.

A mostra traz quatro filmes do diretor grego Yorgos Lanthimos, produzidos entre 2009 e 2017, e propõe uma análise sobre a narrativa cinematográfica de Lanthimos, que tem como característica a atmosfera banal e cotidiana, mas que parece sempre esconder uma perturbação ou incômodo por trás da normalidade. Confira programação:

Sessão 1 (06/08)
“Dente Canino” (Kynodontas), Yorgos Lanthimos, 2009, 16 anos

Sessão 2 (13/08)
“Alpes” (Alpeis), Yorgos Lanthimos, 2011, 16 anos

Sessão 3 (20/08)
“O Lagosta” (The Lobster), Yorgos Lanthimos, 2015, 16 anos

Sessão 4 (27/08)
“O Sacrifício do Cervo Sagrado” (The Killing of a Sacred Deer, Yorgos Lanthimos, 2017, 16 anos)

Serviço
Telas Abertas – Mostra “Cama de Espinho: o incômodo como norma em Yorgos Lanthimos”
Data: segundas-feiras de agosto de 2018
Horário: 18h30
Local: Casa do Barão de Camocim – Rua General Sampaio, 1632, Centro

Publicado em Cultura
A mostra, com curadoria do fotógrafo e jornalista, Eduardo Oliveira, e da realizadora em audiovisual, Beatriz Tanabe, tem como proposta abordar a multiplicidade estética que permeia os diversos cinemas produzidos no continente asiático

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes dá início a edição de 2018 do cineclube Telas Abertas com a mostra de filmes “A Ásia é uma Só?”, realizada entre os dias 23 a 26 de julho, às 18h30, na Casa do Barão de Camocim.

A mostra, com curadoria do fotógrafo e jornalista, Eduardo Oliveira, e da realizadora em audiovisual, Beatriz Tanabe, tem como proposta abordar a multiplicidade estética que permeia os diversos cinemas produzidos no continente asiático, disparando reflexões que interseccionam nacionalidade, gênero e sexualidade. Serão quatro sessões, onde serão exibidos longas e curtas-metragens.

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes lançou, em maio de 2018, a convocatória Telas Abertas para seleção de seis propostas de curadoria de mostras de filmes, para exibição entre os meses de julho e dezembro. Os contemplados receberão cachê e terão toda a estrutura disponibilizada para a exibição das mostras. 

Programação da mostra “A Ásia é uma Só?”:

Sessão 1 (23/07)
Linger – Sim Bee Li (Linger, 2009, 15”). País: Singapura. Sinopse: Na medida em que Ming e seu pai (Leung) passam por um processo de luto devido a morte repentina de sua mãe, os dois são obrigados a encarar o passado, seus arrependimentos e um ao outro. Classificação indicativa: Livre.

Caracol – Naomi Kawase (Katatsumori, 1994, 40”). País: Japão. Sinopse: Naomi Kawase, realizadora, e Uno Kawase, sua tia-avó: o estreito vínculo entre duas mulheres, o reencontro com o passado e uma lista das coisas que fazem “o coração bater mais forte”. Classificação indicativa: Livre.

Sessão 2 (24/07)
O dia em que me tornei mulher – Marzieh Makhmalbaf (Roozie Ke Zan Shodam, 2000, 78’’). País: Irã. Sinopse: Três gerações de mulheres. Todas em confronto com o pecado. A primeira delas é Hava, uma menina de nove anos. No dia do seu aniversário, a mãe a proíbe de sair de casa, pois está se tornando mulher.

Sessão 3 (25/07)
Melancia, peixe e metade fantasma – Payal Kapadia (Watermelon, fish and half ghost, 2015, 10’’16’). País: Índia. Sinopse: O filme aborda um conto popular sobre um tipo de sociedade na antiga cidade de Bombay e seus habitantes num conto fantasioso de amores perdidos. Classificação indicativa: 12 anos.

Luminous people – Apichatpong Weerasethakul (Luminous people, 2007, 16’’) País: Tailândia. Sinopse: Uma viagem de barco ao longo do Rio Mekong (na fronteira entre a Tailândia e o Laos) para dispersar as cinzas de um falecido pai. A presença dos mortos e a memória dos vivos. Classificação indicativa: Livre.

Para além das montanhas – Aya Koretzky (Yama no anata, 2011, 60”) País: Japão. Sinopse: Por meio de cartas enviadas por família e amigos que permaneceram no Japão, a realizadora relembra o passado e reflete sobre deixar Tóquio e mudar-se para Portugal. Classificação indicativa: 12 anos.

Sessão 4 (26/07)
Lilies – Yudho Aditya (Lilies, 2013, 07”) País: Indonésia. Sinopse: Passado e presente coincidem quando um encontro casual revela uma história de amor tão intrincada como um jogo de origami. Classificação indicativa: 12 anos.

Sexual struggle in India (Sexual struggle in Índia, 2009, 12”41’) País: Índia. Sinopse: Numa sociedade em que apenas dois gêneros são considerados válidos e somente relacionamentos heterossexuais são legitimados, o medo e a aversão a pessoas LGBTQI persiste, incluindo aquelas que são Hijras, Kothi e Panthi. Classificação indicativa: 12 anos.

Lee – Roland Wiryawan (Lee, 2011, 06”) País: Indonésia. Quando seu amor secreto é revelado, Lee precisa enfrentar a batalha mais difícil de sua vida: a de ganhar respeito. Classificação indicativa: 12 anos.

Tom / Trans / Thai – Jai Arun Ravine (Tom / Trans / Thai, 2011, 17″) País: Tailândia. Sinopse: Tom/Trans/Thai é um curta experimental que aborda o silêncio acerca da identidade transgênero no contexto tailandês. Classificação indicativa: Livre.

Serviço
Telas Abertas – Mostra “A Ásia é Uma Só?”
Data: 23 a 26 de julho
Horário: 18h30
Local: Casa do Barão de Camocim – Rua General Sampaio, 1632, Centro.

Publicado em Cultura
Peça gráfica

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes abre inscrição para a oficina “Como Criar e Manter um Cineclube”, nesta segunda-feira (25/06). Interessados podem participar do processo seletivo até o dia 6 de julho deste ano no site da instituição.

Confira o link para inscrição.

O curso, ministrado pela jornalista e crítica de cinema Camila Vieira, ocorrerá entre os dias 16 e 20 de julho, das 9h às 13h. A formação é voltada para pessoas acima de 16 anos, que estejam interessadas em elaborar projetos de cineclube na cidade.

“Como Criar e Manter um Cineclube” pretende oferecer ferramentas para a criação e a manutenção de um cineclube, tendo como principais objetivos compreender a importância do cineclube para o audiovisual no Brasil e o processo de curadoria, além de pensar estratégias para manter um cineclube dentro de um espaço geográfico específico.

Camila Vieira é doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre em Comunicação e graduada em Jornalismo pela Universidade Federal do Ceará (UFC). É crítica de cinema há mais de dez anos. Colabora, atualmente, para as revistas virtuais Sobrecinema e Verberenas. Dirigiu os curtas "Multidões" (2013) e "Rua dos Vagalumes" (2015). É curadora do Cineclube Delas, com sede no Tempo Glauber, no Rio de Janeiro. É integrante da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema) e da Aceccine (Associação Cearense de Críticos de Cinema).

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Serviço
“Como Criar e Manter um Cineclube”
Inscrições: 25/06 a 6/07
Link de inscrição
Resultado: 11/07
Realização: 16 a 20/07, 9h as 13h
Local: Vila das Artes – Rua 24 de maio, 1221, Centro

Publicado em Cultura

A Biblioteca Pública Municipal Dolor Barreira estreia, nesta quarta-feira (20/06), o Cine Nanquim, cineclube gratuito sobre literatura e quadrinhos com periodicidade mensal e programação composta por exibição de filmes e debates.

O evento de estreia tem início às 18h, com a exibição do filme Batman '66, animação baseada na clássica série que primeiro levou as aventuras do homem-morcego para a TV, nos anos de 1960. Após a sessão, o diretor da Biblioteca Dolor Barreira, Eduardo Pereira, conduzirá um bate-papo sobre os bastidores do filme e o universo do personagem criado por Bill Finger e Bob Kane.

A Biblioteca Pública Municipal Dolor Barreira é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). Localizado na Avenida da Universidade, nº 2572, tem funcionamento de segunda a sexta, das 8h às 20h.

Serviço
Cine Nanquim – Exibição do filme Batman '66
Data: Quarta-feira (20/06)
Horário: 18h
Local: Biblioteca Pública Municipal Dolor Barreira (Avenida da Universidade, 2572 – Benfica)

Publicado em Cultura
Peça gráfica informações da convocatória

A Prefeitura de Fortaleza abre convocatória, nesta terça-feira (22/05), para o projeto Telas Abertas 2018, que irá selecionar seis propostas de curadoria de mostras de filmes que serão exibidos na Vila das Artes entre os meses de julho e dezembro de 2018. A inscrição é online e ficará disponível até o dia 10 de junho deste ano. A Vila das Artes é um equipamento da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Link para inscrição online

Link para o regulamento da convocatória

Além do preenchimento do formulário online, os proponentes devem enviar a proposta em PDF para o e-mail da coordenação do cineclube da Vila das Artes, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., de acordo com as especificações do regulamento. Os interessados devem ser maiores de 16 anos.

A convocatória, que é uma iniciativa da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes (EAV), tem como objetivo a seleção de propostas de curadoria de mostras de filmes, com a finalidade de fomentar atividades didáticas e debates entre os alunos do Curso de Realização em Audiovisual, para compor a programação do Cineclube Vila das Artes.

Convocatória Telas Abertas
Período de inscrição: 22/05 a 10/06
Análise e seleção das propostas: 12 a 14/06
Resultado: 15/06

Publicado em Cultura
Peça gráfica cineclube Vila das Artes

A Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes lança, em abril, um cineclube gratuito, aberto ao público, com a mostra “Ritmos, Movimentos, Intervalos e Mudanças”. As sessões ocorrerão às segundas-feiras do mês de abril, às 18h30, com a presença de mediadores que realizarão uma roda de conversa após os filmes.

Com curadoria de Yuri Peixoto, a mostra busca apresentar filmes intimistas, onde a temática se aproxima do objetivo primordial do cinema pré Hollywood, de registrar o mundo ao redor e a interação com tudo que o cerca. Partindo desse princípio, Peixoto pontua: “queremos exibir filmes cuja cerne seja o registro da vida pessoal e única do realizador (a)”.

Entre os filmes exibidos, estão “Querida Mãe”, com direção de Patrícia Cornils; “Mataram Meu Irmão”, de Cristiano Burlan; “Ficar Me Trouxe Até Aqui”, de Renata Cavalcante; “Número Zero”, de Jean Eustache; “Abissal”, de Arthur Leite; “Eu Falo de Nós”, de Camila Osório; “Morada”, de Joana Oliveira; “Tarachime”, de Naomi Kawase; e “Nobody's Business”, de Alan Berliner.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza e todas as suas atividades são gratuitas.

Confira programação completa abaixo:

Mostra “Ritmos, Movimentos, Intervalos e Mudanças”
Local: Vila das Artes - Rua 24 de Maio, 1221, Centro
Mais informações: (85) 3252.1444

Sessão 1: 02/04 (segunda-feira), às 18h30
Querida Mãe/2008/26min - Direção: Patrícia Cornils
Mataram Meu Irmão/2011/77min - Direção: Cristiano Burlan
Conversa coletiva mediada por Amábile Alexandre

Sessão 2: 09/04 (segunda-feira), às 18h30
Ficar Me Trouxe Até Aqui/2016/21min - Direção: Renata Cavalcante
Número Zero/1971/47min - Direção: Jean Eustache
Abissal/2016/17min - Direção: Arthur Leite
Conversa coletiva mediada por Yuri Peixoto

Sessão 3: 16/04 (segunda-feira), às 18h30
Eu Falo de Nós/2017/34min - Direção: Camila Osório
Morada/2010/78min - Direção: Joana Oliveira
Conversa coletiva mediada por Polly Di

Sessão 4: 23/04 (segunda-feira), às 18h30
Tarachime/2006/43min - Direção: Naomi Kawase
Nobody's Business (Não É da Conta de Ninguém)/1996/58min - Direção: Alan Berliner
Conversa coletiva mediada por Evye Alves

Publicado em Cultura
Página 1 de 2