As unidades de atendimento do Sine Municipal estão disponibilizando 281 vagas de trabalho em Fortaleza, incluindo Pessoas com Deficiência (PcD). Os equipamentos da Prefeitura de Fortaleza, geridos pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) em parceria com o Ministério da Economia, estão localizados na Rede Cuca (Jangurussu, Barra do Ceará e Mondubim) e nas Secretarias Regionais I, V e VI.

Estão abertas 60 vagas para segurança de evento, 40 vagas para auxiliar de logística, 36 vagas para vendedor, 29 para auxiliar de linha de produção, 19 para telemarketing, 15 para revisor de tecidos, além de vagas para técnico de enfermagem (10), mecânico de autos (6), operador de caixa (3), manicure (3), esteticista (3), balconista (3), costureira (3), entre outras ocupações.

Os interessados nas vagas de emprego devem comparecer a uma das unidades do Sine Municipal com RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de endereço, de escolaridade e de cursos realizados. Os currículos recebidos farão parte de um banco de dados para futuras vagas. Empresas também podem divulgar suas vagas de emprego, gratuitamente.

Nas unidades fixas a população pode realizar serviços de intermediação de mão de obra, habilitação para o seguro-desemprego, inscrição e encaminhamento para cursos de qualificação. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira. Já as unidades itinerantes não realizam habilitação para o seguro-desemprego e o atendimento é feito de terça a sexta-feira. Todas as unidades do Sine funcionam das 8h às 12h e das 13h às 17h.

UNIDADES FIXAS*
Sine Municipal I: Avenida Bezerra de Menezes, 459 - Farias Brito
Sine Municipal V: Avenida Augusto dos Anjos, 2466 - Siqueira

UNIDADES ITINERANTES
Sine Municipal VI: Rua Padre Pedro Alencar, 789 - Messejana
Sine Cuca Barra: Avenida Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará
Sine Cuca Mondubim: Rua Marlúcia, S/N - Mondubim
Sine Cuca Jangurussu: Avenida Governador Leonel Brizola, S/N - Jangurussu

Mais informações: (85) 3105-3712

*A unidade do Sine Municipal da Secretaria Regional III está em reforma.

Publicado em Economia

As unidades de atendimento do Sine Municipal, equipamentos da Prefeitura de Fortaleza, geridos pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) em parceria com o Ministério do Trabalho, estão disponibilizando 407 vagas de trabalho em Fortaleza, incluindo Pessoas com Deficiência (PcD).

Estão abertas 157 vagas para teleoperador/telemarketing, 30 vagas para atendente balconista, 24 vagas para costureira em geral, 21 vagas para manicure, 20 para açougueiro, além de vagas para vendedor pracista (17), jardineiro (12), auxiliar de linha de produção (10), auxiliar administrativo (9), entre outras ocupações.

Os interessados devem comparecer em uma das unidades do Sine Municipal, localizadas nas sedes das Secretarias Regionais I, III, V e VI, com RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de endereço, de escolaridade e de cursos realizados. Os currículos recebidos farão parte de um banco de dados para futuras vagas.

Saiba mais
No Sine Municipal a população pode realizar serviços de intermediação de mão de obra, habilitação para o seguro desemprego*, inscrição e encaminhamento para cursos de qualificação. Empresas interessadas também podem divulgar suas vagas, gratuitamente. O atendimento nas unidades é realizado de segunda à sexta-feira, sempre das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Endereços dos Sines Municipais
Sine Municipal I: avenida Bezerra de Menezes, 459 - Farias Brito.
Sine Municipal III: avenida Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia.
Sine Municipal V: avenida Augusto dos Anjos, 2466 - Siqueira.
Sine Municipal VI: rua Padre Pedro Alencar, 789 - Messejana. (*Por se tratar de uma unidade itinerante, no momento, o Sine VI não realiza habilitação para o seguro desemprego. O atendimento é realizado de segunda a quinta-feira).

Mais informações: (85) 3105-3712.

Publicado em Economia

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza (Habitafor), segue com a construção do Residencial Alto da Paz, no grande Vicente Pinzón. O local deve receber famílias do Serviluz, das desapropriações para a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e moradores que residiam no terreno em que a obra acontece.

Dividida em duas fases, a primeira está com 60% das obras concluídas e serão 1.111 apartamentos, enquanto a segunda, com 317 unidades, começou recentemente e está com cerca de 10%. As obras do Alto da Paz, além de trazer a esperança da casa própria para as famílias, proporcionam a possibilidade de emprego e renda para profissionais da construção civil, especialmente para moradores da região.

Atualmente, 650 trabalhadores formam o canteiro de obra, sendo que quase 40% desses são moradores de um raio de 2 km do empreendimento. “A partir de setembro, esse percentual vai aumentar para 750 trabalhadores, tendo em vista que as obras da fase dois devem avançar”, afirma a secretária do Desenvolvimento Habitacional de Fortaleza, Olinda Marques.

As unidades habitacionais

Formadas por sala, cozinha, banheiro, dois e três quartos, essas unidades habitacionais variam de 48 a 58m², contam com material de portas e janelas todo em alumínio, respeitando as condições do clima da região, além de 359 vagas para automóveis. A preocupação com a acessibilidade também está presente no empreendimento, sendo que 56 desses apartamentos serão devidamente adaptados para receber pessoas com deficiência. O Residencial contará ainda com uma linha de ônibus que passará dentro do residencial, além de toda a infraestrutura básica de drenagem, saneamento, água e luz. O Residencial Alto da Paz tem recursos do Programa Minha Casa Minha Vida e contrapartida da Prefeitura. As moradias devem ser entregues em 2019.

Publicado em Habitação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), atua no estímulo ao desenvolvimento inclusivo e oferece oportunidade de trabalho e renda para pessoas com deficiência visual, através do Projeto Visão nas Mãos. A iniciativa, que promove a inserção de 47 cegos no mercado de trabalho, disponibiliza espaços públicos para a execução de atividades de massoterapia.

Neste mês de julho, os profissionais oferecerem serviços de massoterapia em diversos pontos da Cidade: Praça dos Estressados, Mercado Central de Fortaleza, Ouvidoria e Controladoria do Estado, Fórum Clóvis Beviláqua, SDE Fortaleza, Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinf), Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Coordenadoria Especial de Relações Internacionais e Federativas (Cerif) e nas Regionais I, II e IV.

Acessibilidade econômica
As pessoas com deficiência visual, que participam do Projeto Visão nas Mãos, recebem consultoria, capacitação gerencial, disponibilização de material de trabalho (cadeiras quick massage, macas e biombos), bem como distribuição de materiais de consumo (camisas, toalha de rosto, mochila, loção hidratante, touca descartável, papel toalha e álcool em gel). Cada sessão custa entre R$ 15 e R$ 20. O valor cobrado nas sessões é repassado integralmente aos massoterapeutas.

Mais informações pelo telefone 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

ONDE QUANDO

Praça dos Estressados

(Av. Beira Mar, S/N - Meireles)

Todos os dias

(6h30 às 11h/ 17h às 21h)

Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado

(Av. Gal Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba).

Dia 26/07

(8h às 16h)

Tribunal de Justiça do Estado do Ceará

(Av. Gal Afonso Albuquerque Lima, S/N - Cambeba).

Todas as quintas-feiras, exceto feriados

(11h às 16h)

Fórum Clóvis Beviláqua

(Rua Des. Floriano Benevides, 220 - Edson Queiroz).

Todas as terças-feiras, exceto feriados

(08h às 17h)

Mercado Central de Fortaleza

(Av. Alberto Nepomuceno, 199 - Centro).

Todos os sábados

(9h às 15h)

SDE Fortaleza

(Rua Tibúrcio Cavalcante, 1233 - Aldeota).

Dia 06/07

(8h às 16h)

Seuma / Seinf

(Av. Deputado Paulino Rocha, 1343 - Cajazeiras).

Todas as quintas-feiras, exceto feriados

(8h às 16h)

Fórum das Turmas Recursais

(Av. Santos Dumont, 1400 - Aldeota).

Todas as sextas-feiras, exceto feriados

(08h às 17h)

Secretaria Regional I

(Rua Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito).

Dia 04 e 05/07

(08h às 17h)

Secretaria Regional II

(Rua Professor Juraci Oliveira, 1 - Edilson Queiroz).

Dia 06/07

(08h às 17h)


Publicado em Economia

sala de atendimento do Sine municipal
Por dia, cerca de 100 trabalhadores procuram uma das três unidades dos Sines Municipais, em busca de uma posição no mercado de trabalho
A Prefeitura de Fortaleza, por meio Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), oferece aos trabalhadores diversos serviços relacionados a trabalho e emprego, nos Sines Municipais.

Por dia, cerca de 100 trabalhadores procuram uma das três unidades, em busca de uma posição no mercado de trabalho. Mas de acordo com a assistente social, Priscilla Borges, os Sines Municipais também oferecem outras orientações para o trabalhador.

“Nós fazemos a habilitação do trabalhador que precisa entrar com o pedido do seguro-desemprego; inscrições para cursos de qualificação profissional; oficinas de orientação; além de intermediar a mão de obra diretamente com o empregador que está em busca de um novo colaborador para a sua empresa”, explicou a assistente social.

Nas unidades do Sines Municipais, o trabalhador também tem acesso livre a computadores, caso precise fazer e imprimir currículo. O padeiro Manoel Messias está sem trabalho há três meses e foi no Sine Municipal da Regional III pela primeira vez. Já saiu com a carta de encaminhamento. “Cheguei aqui às sete horas e o atendimento foi rápido. Já saí com uma entrevista marcada e é torcer para dar certo”, disse, esperançoso.

A dona de casa Tereza Pereira foi na mesma unidade em busca de informações para conseguir o sonhado primeiro emprego para as netas. “Elas terminaram o ensino médio no fim do ano e está na hora de trabalhar, nem que seja uma parte do dia. Vim saber qual a documentação necessária e amanhã cedo estaremos aqui para tentar um encaminhamento”, falou.

Atualmente, os Sines do Município disponibilizam 336 vagas de trabalho, incluindo Pessoa com Deficiência (PcD), em Fortaleza. São 210 vagas para telemarketing, 60 vagas para atendente de lanchonete, 60 vagas para auxiliar de cozinha, além de vagas para consultor de vendas (03), auxiliar de expedição (01), costureira (01) e mecânico (01).

Os postos de atendimento funcionam, em parceria com o Ministério do Trabalho, nas sedes das Regionais I, III e V. Os interessados, devem comparecer em uma das unidades, das 8h às 12h e de 13h às 17h, com RG, CPF, currículo, carteira de trabalho, comprovante de endereço, de escolaridade e de cursos realizados.

Endereços dos Sines Municipais de Fortaleza:

Regional – I – Av. Bezerra de Menezes, 459 – Farias Brito – 3105-3410
Regional – III – Av. Jovita Feitosa, 1264 – Parquelândia – 3223-4700
Regional – V – Av. Augusto dos Anjos, 2466 – Siqueira – 3433-2846

Publicado em Economia

Visando contribuir com a geração de emprego e renda de pequenos empreendedores locais, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), desenvolve, todos os meses, o Programa Feiras de Pequenos Negócios. A ação, que é realizada desde 2014, cadastrou 1.970 artesãos nas mais de 1.227 feiras já realizadas. Neste período, o faturamento gerou cerca de R$ 3,9 milhões para os pequenos empreendedores do Município.

Neste mês de abril, as feiras estão sendo realizadas em vários pontos da Cidade, tais como: terminais de ônibus, Praça do Lago Jacarey, Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Praça Murilo Borges, calçadão da Praia de Iracema etc. O Programa também disponibiliza um espaço fixo onde é possível encontrar uma amostra dos produtos comercializados: o Espaço do Artesanato, localizado na avenida Santos Dumont, 2500 Lj. 17, no bairro Aldeota, que é uma verdadeira vitrine para os artesãos.

Para o secretário Municipal do Desenvolvimento Econômico, Mosiah Torgan, a ideia é criar oportunidade de crescimento para os micro pequenos produtores locais. “Dessa forma, impulsionamos o pequeno negócio e contribuímos para que o empreendedorismo se torne um importante gerador de renda para as famílias e para a Cidade”, enfatiza.

Saiba como participar
Os interessados em participar do programa devem se dirigir à sede da SDE, Vapt Vupt Messejana, Vapt Vupt Antônio Bezerra, em uma das Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais ou no Espaço do Artesanato. Para realizar o cadastro é necessário apresentar Identidade (RG), Cadastro Nacional de Pessoa Física (CPF), comprovante de endereço e uma amostra do produto artesanal.

Mais informações pelo 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

ONDE QUANDO

Terminal Siqueira

Av. Gal. Osório de Paiva, 2955 - Vila Peri.

02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Terminal Papicu

Rua Pereira de Miranda, 187 - Papicu.

02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Terminal Conjunto Ceará

Rua 113, s/n - Conjunto Ceará.

02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Terminal Lagoa

Av. Gomes Brasil, 550 - Lagoa.


02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Terminal Messejana

Av. Jornalista Tomaz Coelho, 602 – Messejana.


02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Terminal Antônio Bezerra

Av. Cel. Carvalho, 3780 - Antônio Bezerra.


02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Terminal Parangaba

Av. Pedro Ramalho, 130 - Parangaba.

02 a 07/04 e 09 a 14/04

(8h às 18h)


Barraca da Inclusão - Beira Mar

Rua 52, 52 H e 52 I - Av. Beira Mar.

Todos os dias

(18h às 22h)


Praça do Lago Jacarey

Av. Viena Weyne, S/N - Cidade dos Funcionários.


13 a 15/04

(17h às 22h)


Feira da Praia de Iracema - Aterrinho

Calçadão da Praia Iracema.


Quinta a domingo

(17h às 22h)


Praça Papa Pio IX - Igreja de Fátima

Av. 13 de Maio, s/n - Fátima.


13/04

(8h às 16h)


Vapt Vupt Messejana

Av. Jornalista Tomaz Coelho, 408 - Messejana.


09 a 13/04

(8h às 17h)


Vapt Vupt Antônio Bezerra

Rua Demétrio Menezes, 3750 - Antônio Bezerra.


02 a 06/04

(8h às 17h)

 

Quiosque Terminal Siqueira

Av. Gal. Osório de Paiva, 2955 - Vila Peri.


Segunda a sexta

(8h às 20h)

 

Espaço do Artesanato

Av. Santos Dumont, 2500 - Lj. 17 - Aldeota.


Segunda a sexta

(8h às 17h)

 

Praça Murilo Borges

Rua Pedro I, S/N – Centro.


02 a 04/04

(8h às 16h)

Secretaria Regional I

Rua Dom Jerônimo, 20 - Farias Brito.


03 a 05/04

(8h às 17h)

Secretaria Regional III

Av. Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia.


11 a 12/04

(8h às 16h)

 
Publicado em Economia

 

Entrevista
Prefeito afirmou que Saúde será a prioridade (Foto: Marcos Moura)

O prefeito Roberto Cláudio participou, na manhã desta quinta-feira (17/11), do Programa Paulo Oliveira, da Rádio Verdes Mares AM (Verdinha 810). Na ocasião, o gestor respondeu a questionamentos e tirou dúvidas de ouvintes e do apresentador em diversas áreas, como limpeza urbana, saúde e segurança pública, além de anunciar ações a serem implementadas a partir do próximo ano.

“Na Saúde, vamos fazer o que a gente não conseguiu nestes quatro anos, tendo total prioridade. Outras duas áreas que ganharão relevância são a da Segurança Municipal, que o Moroni (vice-prefeito eleito) vai liderar e coordenar esse esforço. Já a outra não é uma tarefa direta do Município, mas com economia em desaquecimento, a crise e o desempregos passam a ter um efeito nefasto para a cidade. Por isso, vamos lançar um grande pacote que envolverá capacitação para o trabalho e mudanças na legislação urbana, aproveitando o Plano Diretor, para tornar a cidade mais flexível”, destacou o Prefeito.

Saúde
Sobre a Pasta da Saúde, o gestor informou que, embora esta tenha sido a área em que mais investiu nos últimos anos, ainda há muito a se fazer. “Construí 18 novos postos. Em 12 anos que me antecederam, foram dois. Há seis anos, não tínhamos nenhuma UPA na cidade, agora vamos ter 12. Abrimos 250 leitos hospitalares. Mesmo com tudo isso, precisamos de mais médicos, leitos hospitalares e atenção aos Caps nesse segundo mandato”, declarou.

O Prefeito afirmou também que, com a informatização, montagem de central de abastecimento único e implementação de scanners para controlar entrada e saída de remédios, os fortalezenses poderão contar com 84 medicamentos básicos obrigatórios nos postos.

Anunciou, ainda que, a partir do próximo ano, escolherá três postos de saúde em cada Regional, sendo em um total de 18, que funcionarão das 7h a 00h para serviço ambulatorial básico de emergência aberto à população.

Novas convocações e concurso
Mesmo tendo passado por três anos de crise, o gestor lembrou que conseguiu honrar os compromissos, pagando os funcionários públicos em dia e antecipando 13º salário, além de realizar quatro concursos para 4.100 novas vagas em diversas áreas. Para os próximos quatro anos, anunciou que convocará mais mil novos guardas, médicos, profissionais da saúde e professores, todos em cadastro reserva, além de realizar novo concurso para assistente social.

Segurança Pública
O prefeito Roberto Claudio anunciou que para os próximos quatro anos, uma nova política para segurança pública será implementada na cidade. “Serão escolhidos 50 espaços públicos, entre praças, mercados e areninhas, onde iremos montar torres de observação, com câmera de segurança, deixar dois guardas municipais em observação 24h nessas torres e outros dois em motocicletas rodando no entorno. Para cada dois postos de observação, conversamos com o governador Camilo Santana,  teremos uma equipe reduzida do Raio de suporte. Os pontos serão aqueles de maior frequência de furtos, assaltos e homicídio”, afirmou.

Desemprego
Para fortalecer e gerar renda na cidade, contou que irá lançar pacote de capacitação para o trabalho, atrelado a mudanças nas legislações urbanas municipais, que tornarão a cidade mais flexível para criação de comércios, shopping e clínicas, em áreas que hoje não recebem esses tipos de empreendimentos, através da flexibilização do Plano Diretor. A exemplo, citou projeto especial no Presidente Kennedy, que possibilitou a construção de shopping, gerando empregos e renda naquela região.

Lixo
Questionado sobre problemas relacionados ao acúmulo de lixo em algumas regiões da cidade, o prefeito Roberto Claudio explicou que isso ocorre por questão entre a Ecofor, empresa privada que presta serviços de coleta à cidade, e uma terceirizada, que já foi solucionado. “A gente vivenciou, nos últimos dez dias, um problema singular em virtude da greve de uma das empresas terceirizadas da Ecofor. Uma dessas empresas entrou em litígio com a Ecofor e, por isso, acabou parando por dez dias. Ontem, a Prefeitura pediu atenção sobre o caso e conseguimos normalizá-lo. Obviamente, pelo passivo do lixo na rua, a gente vai precisar entre três e cinco dias para resolver esse problema”, disse o gestor.

Inauguração até o fim do ano
No fim do Programa Paulo Oliveira, o prefeito Roberto Claudio citou algumas das obras a serem inauguradas até dezembro deste ano, entre elas o novo túnel da Padre Antônio Tomás até a Via Expressa, os dois viadutos da Raul Barbosa com rotatória e ponte duplicada, areninhas do Polo de Lazer do Conjunto Esperança e Serviluz, Avenida Ponta Mar e algumas praças.

 

Publicado em Fortaleza