A Prefeitura de Fortaleza promove mensalmente, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), o Programa Feira de Pequenos Negócios. A ação tem o objetivo de estimular a geração de emprego e renda para os pequenos empreendedores da Cidade. Em funcionamento desde 2014, o Programa cadastrou 2.178 artesãos nas 1.446 feiras já realizadas, movimentando mais de R$ 5,1 milhões.

Neste mês de junho, as feiras são realizadas em vários pontos da Capital: nos terminais de ônibus de Fortaleza; Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra; Barracão da Inclusão da avenida Beira Mar; Feira do Aterrinho da Praia de Iracema; Quiosque Terminal do Siqueira e no Espaço do Artesanato da SDE.

O Programa Feiras de Pequenos Negócios de Fortaleza disponibiliza um espaço fixo onde é possível encontrar uma amostra dos produtos comercializados. Trata-se do Espaço do Artesanato, localizado na Avenida Santos Dumont, 2500, loja 17, na Aldeota, que é uma verdadeira vitrine para os artesãos da Cidade.

Saiba como participar
Os interessados em participar das Feiras de Pequenos Negócios devem se dirigir à sede da SDE Fortaleza, Vapt Vupt Messejana, Vapt Vupt Antônio Bezerra, em uma das Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais ou no Espaço do Artesanato da SDE. Para realizar o cadastro, é necessário apresentar Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de endereço e uma amostra do produto artesanal.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Terminal do Siqueira
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: avenida General Osório de Paiva, 2955 - Vila Peri.

Terminal do Papicu
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: rua Pereira de Miranda, 187 - Papicu.

Terminal do Conjunto Ceará
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: rua 113, S/N - Conjunto Ceará.

Terminal do Lagoa
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: avenida Gomes Brasil, 555 - Parangaba.

Terminal de Messejana
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: avenida Jornalista Tomaz Coelho, 245 - Messejana.

Terminal do Antônio Bezerra
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: avenida Coronel Carvalho, 3780 - Antônio Bezerra.

Terminal da Parangaba
Data e horário: 10 a 15/06, 8h às 18h
Local: avenida Pedro Ramalho, 130 - Parangaba.

Vapt Vupt Messejana
Data e horário: 10 a 14/06, 8h às 16h
Local: avenida Jornalista Thomaz Coelho, 602 - Messejana.

Vapt Vupt Antônio Bezerra
Data e horário: 10 a 14/06, 8h às 16h
Local: Rua Demétrio Menezes, 3750 - Antônio Bezerra.

Barracão da Inclusão
Data e horário: Todos os dias, 18h às 22h
Local: avenida Beira Mar (52 H e 52 I), S/N - Meireles.

Feira do Aterrinho da Praia de Iracema
Data e horário: quinta a domingo, 17h às 22h
Local: avenida Beira Mar, S/N - Praia de Iracema.

Quiosque Terminal do Siqueira
Data e horário: segunda a sexta-feira, 8h às 18h
Local: avenida General Osório de Paiva, 2955 - Vila Peri.

Espaço do Artesanato de Fortaleza
Data e horário: segunda a sexta-feira, 8h às 17h
Local: avenida Santos Dumont, 2500, loja 17 - Aldeota.

Mais informações: 0800 081 4141

*Programação sujeita à alteração.

Publicado em Economia

Para apoiar os micro e pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio, a Prefeitura de Fortaleza promove mensalmente, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável.

Neste mês de janeiro, estão sendo ofertadas capacitações para áreas como: Postura e Imagem Profissional no Mundo do Trabalho; Liderança e Gestão de Pessoas; Empreendedor Individual; Como Formar Preços para Seu Produto ou Serviço; Gerenciando Conflitos para Alcançar o Sucesso; Relações Humanas e Afetividade; entre outras. Cada oficina tem duração de duas a três horas, com até 20 vagas por turma.

Como se inscrever
Para participar é simples, basta RG, CPF e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol) ou no Espaço do Artesanato da SDE, que fica localizado na avenida Santos Dumont, 2.500, loja 17, bairro Aldeota.

Fortaleza Competitiva
Esta é mais uma ação do Programa Fortaleza Competitiva, que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda.

Mais informações: 0800 081 4141.

Confira a lista de oficinas

Postura e Imagem Profissional no Mundo do Trabalho
Data e hora: 22/01, 14h às 16h.
Local: Vapt Vupt Antônio Bezerra (Rua Demétrio Menezes, 3750 - Antônio Bezerra)

Liderança e Gestão de Pessoas
Data e hora: 22/01, 14h às 16h.
Local: Casa de Economia Solidária (Av. Alanis Mª Laurindo de Oliveira, 315 - Conj. Ceará).

Empreendedor Individual
Data e hora: 23/01, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional IV (Av. Dr. Silas Munguba, 3770 - Serrinha).

Como Formar Preços para Seu Produto ou Serviço
Data e hora: 24/01, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional V (Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso).

Postura e Imagem Profissional no Mundo do Trabalho
Data e hora: 24/01, 14h às 16h.
Local: Espaço da Cidadania (Av. Presidente Castelo Branco, S/N - Barra do Ceará).

Empreendendo com Sucesso/Etapas para o Empreendedor
Data e hora: 29/01, 14h às 16h.
Local: Espaço da Cidadania (Av. L esquina com a Av. G - Vila Velha).

Vendas no Mundo Digital
Data e hora: 30/01, 14h às 16h.
Local: Secretaria Regional IV (Av. Dr. Silas Munguba, 3770 - Serrinha).

Relações Humanas e Afetividade
Data e hora: 30/01, 14h às 16h.
Local: Sala do Empreendedor (Av. Mons. Hélio Campos, 178 - Cristo Redentor).

Gerenciando Conflitos para Alcançar o Sucesso
Data e hora: 31/01, 14h às 16h.
Local: Espaço do Artesanato (Av. Santos Dumont, 2500 - Lj. 17 - Aldeota).

Publicado em Economia

Com o intuito de estimular a geração de emprego e renda, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), desenvolve, mensalmente, o Programa Feiras de Pequenos Negócios. A ação já cadastrou 2.085 artesãos nas 1.341 feiras realizadas desde 2014. O faturamento gerou cerca de R$ 4,5 milhões para os pequenos empreendedores de Fortaleza.

Neste mês de novembro, as feiras são realizadas em vários pontos da Cidade: nos terminais de ônibus, no Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, na Praça do Lago Jacarey, nas Regionais I e III, na Praça Murilo Borges, no calçadão da Praia de Iracema, no Mercado dos Peixes, entre outros locais públicos.

O Programa Feiras de Pequenos Negócios de Fortaleza disponibiliza um espaço fixo onde é possível encontrar uma amostra dos produtos comercializados: o Espaço do Artesanato, localizado na avenida Santos Dumont, 2500, loja 17, na Aldeota, que é uma verdadeira vitrine para os artesãos da Cidade.

Saiba como participar
Os interessados em participar das Feiras de Pequenos Negócios devem se dirigir à sede da SDE Fortaleza, Vapt Vupt Messejana, Vapt Vupt Antônio Bezerra, em uma das Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais ou no Espaço do Artesanato da SDE. Para realizar o cadastro, é necessário apresentar Identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de endereço e uma amostra do produto artesanal.

Programa Fortaleza Competitiva
Esta é mais uma ação do Programa Fortaleza Competitiva, que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda.

Mais informações: 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

ONDE QUANDO

Terminal Siqueira

Avenida Gal. Osório de Paiva, 2955 - Vila Peri.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 18h)

Terminal Papicu

Rua Pereira de Miranda, 187 - Papicu.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 18h)

Terminal Conjunto Ceará

Rua 113, S/N - Conjunto Ceará.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 18h)

Terminal Lagoa

Avenida Gomes Brasil, 550 - Lagoa.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 18h)

Terminal Messejana

Avenida Jornalista Tomaz Coelho, 245 - Messejana.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 17h)

Terminal Antônio Bezerra

Avenida Cel. Carvalho, 3780 - Antônio Bezerra.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 18h)

Terminal Parangaba

Avenida Pedro Ramalho, 130 - Parangaba.

05 a 10/11 e 12 a 17/11

(8h às 18h)

Barraca da Inclusão - Beira Mar

Avenida Beira Mar - Meireles.

Todos os dias

(18h às 22h)

Praça do Lago Jacarey

Avenida Viena Weyne - Cidade dos Funcionários.

09 à 11/11

(17h às 22h)

Praça Murilo Borges

Rua Pedro I - Centro.

05 à 07/11

(8h às 16h)

Feira da Praia de Iracema

Aterrinho - Calçadão da Praia Iracema.

Quinta a domingo

(17h às 22h)

Vapt Vupt Messejana

Avenida Jornalista Tomaz Coelho, 408 - Messejana.

12 à 13/11 e 14 à 16/11

(8h às 17h)

Vapt Vupt Antônio Bezerra

Rua Demétrio Menezes, 3750 - Antônio Bezerra.

05 a 09/11

(8h às 17h)

Quiosque Terminal Siqueira

Avenida Gal. Osório de Paiva, 2955 - Vila Peri.

Segunda a sexta

(8h às 20h)

Espaço do Artesanato

Avenida Santos Dumont, 2500 - Lj. 17 - Aldeota.

Segunda a sexta

(8h às 17h)

Secretaria Regional III

Avenida Jovita Feitosa - Parquelândia.

20 à 21/11

(8h às 16h)

Secretaria Regional I

Rua Dom Jerônimo, 20  - Farias Brito.

06 à 08/11

(8h às 16h)

Mercado dos Peixes

Avenida Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

08 à 10/11 e 22 a 24/11

(17h às 21h)

Publicado em Economia

Com o intuito de apoiar os micro e pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), promove, mensalmente, capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável.

Neste mês de novembro, estão sendo ofertadas capacitações para áreas como: Marketing e Vendas; Empreendedorismo e MEI; Gestão Empreendedora e Sustentável; Avaliando e Buscando a Satisfação do Cliente; Saúde Financeira e Fluxo de Caixa; Estratégias Mercadológicas; Excelência no Atendimento entre outras. Cada oficina tem duração de duas a três horas, com até 20 vagas por turma.

Como se inscrever
Para participar é simples, basta apresentar identidade (RG), CPF e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol) ou no Espaço do Artesanato da SDE, que fica localizado na avenida Santos Dumont, 2.500, loja 17, bairro Aldeota.

Programa Fortaleza Competitiva
Esta é mais uma ação do Programa Fortaleza Competitiva, que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, desenvolvimento econômico, geração de emprego e renda.

Mais informações: 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

TEMA QUANDO ONDE
Marketing e Vendas

05/11

(14h às 16h)

Ijovem - Instituto para Qualificação e Inserção Profissional

Rua Prof. Jacinto Botelho, 1600 - Guararapes.

Empreendedorismo e MEI

06/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Oportunidade de Negócio e Inovação

07/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Gestão Empreendedora e Solidária

07/11

(14h às 16h)

Lavanderia Comunitária

Rua Dr. Almeida Filho, S/N - Elery.

Avaliando e buscando a satisfação do cliente

08/11

(14h às 16h)

Casa de Economia Solidária

Av. Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 315 - Conj. Ceará.

Financiando seu sonho: a melhor forma de buscar recursos

12/11

(14h às 16h)

Secretaria Regional VI

Rua Padre Pedro Alencar, 789 - Messejana.

Saúde Financeira e Fluxo de Caixa

13/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Atendimento e Vendas

13/11

(14h às 16h)

Espaço de Cidadania Vila Velha

Av. L, esquina com Avenida G - Vila Velha.

Como Precificar seu produto

14/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Estratégias Mercadológicas

14/11

(14h às 16h)

Lavanderia Comunitária

Rua Dr. Almeida Filho, S/N - Elery.

Empreendedorismo e MEI

14/11

(14h às 16h)

Escola São José do Arpoadores

Rua Francisco calaça, 90 - Cristo Redentor.

Como aumentar e Gerenciar suas vendas

20/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Desenvolvimento de produto ou projeto - o caminho

20/11

(14h às 16h)

Lavanderia Comunitária

Rua Dr. Almeida Filho, S/N - Elery.

Atendimento e Relacionamento com o cliente

21/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Relação Humana e Afetividade

21/11

(14h às 16h)

Lavanderia

Rua Dr. Almeida Filho, S/N - Elery.

Desenvolvimento de produto ou projeto - o caminho

22/11

(14h às 16h)

Casa de Economia Solidária

Av. Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 315 - Conj. Ceará.

Motivação e Sucesso

22/11

(14h às 16h)

Espaço de Cidadania Barra do Ceará

Av. Presidente Castelo Branco, S/N - (Próximo ao Cuca Barra).

Gestão de Conflitos

23/11

(14h às 16h)

Secretaria Regional VI

Rua Padre Pedro Alencar, 789 - Messejana.

Vigilância Sanitária

27/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Marketing e Vendas

27/11

(14h às 16h)

Centro de Qualificação Profissional Granja Portugal

Rua Antônio Neri - Granja Portugal.

Vigilância Sanitária

28/11

(14h às 16h)

Mercado dos Peixes

Av. Beira Mar, 3479 - Mucuripe.

Motivação e Sucesso

29/11

(14h às 16h)

Espaço do Artesanato - SDE Fortaleza

Av. Santos Dumont, 2.500 - Loja 17 - Aldeota.

Saúde Financeira e Fluxo de Caixa

29/11

(14h às 16h)

Casa de Economia Solidária

Av. Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 315 - Conj. Ceará.

Excelência no Atendimento

30/11

(14h às 16h)

Unidade Móvel - SDE Fortaleza

Av. Castelo de Castro, SN - (Próximo ao ao Cuca Jangurussu).

Publicado em Economia

O prefeito Roberto Cláudio lança, nesta quinta-feira (12/04), às 14h, no Auditório do Paço Municipal, o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) que visa à expansão da banda larga de Fortaleza. A ação faz parte do Programa Fortaleza Competitiva, iniciativa que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, na capital, viabilizando mecanismos para o surgimento e crescimento de empresas em áreas estratégicas do Município, gerando emprego, renda e desenvolvimento. O PMI da Expansão da Banda Larga de Fortaleza é uma mostra de que a Prefeitura está ciente da importância dos avanços tecnológicos e dos serviços de telecomunicações para o desenvolvimento econômico e sustentável do Município.

O Procedimento tem por o objetivo de escolher uma empresa para realizar um estudo de viabilidade para a instalação de equipamentos de sistemas de transmissão e recepção de rádio, televisão, telefonia e telecomunicações em imóveis e equipamentos urbanos da Prefeitura. Ele é um instrumento necessário para dar início à formalização da escolha de um ente privado para a realização de um estudo de viabilidade para seleção posterior de empresa que tenha interesse de investir no setor de transmissão de dados para telefonia móvel e internet.

A ideia da Prefeitura de Fortaleza é utilizar espaços que estão ociosos nos imóveis e equipamentos urbanos do Município que possam ser usados para a instalação de antenas, permitindo a melhora na cobertura de sinal de internet e telefonia celular da Cidade. “Com isso, a Prefeitura pretende promover, além da ampliação da rede, uma maior eficiência da transmissão de dados, melhorando, assim, a vida dos cidadãos que necessitam estar cada vez mais conectados. Outro ganho com a ação é uma melhor gestão dos ativos imobiliários do Município, que passarão a gerar uma renda extra para a capital”, enfatiza o coordenador de fomento às Parcerias Público-Privadas de Fortaleza (PPPs), Rodrigo Nogueira.

Além disso, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), já desenvolve atividades que visam ampliar a conexão da Capital, como a publicação da Lei Complementar 230/2017, que dispõe de padrões urbanísticos e ambientais para a instalação de antenas e a criação da atividade de serviço de comunicação, por meio da Lei de Uso e Ocupação do Solo (Luos). O poder público Municipal, também disponibiliza, por meio do Fortaleza Online, dois serviços de Licenciamento Ambiental das antenas, sendo a Isenção e a Licença para Instalação Urbanística-Ambiental. Até o final deste semestre, outros dois serviços serão ofertados de forma online para ampliar a rede de conexão, a Regularização e o Compartilhamento de antenas.

Serviço:
Lançamento PMI da Expansão da Banda Larga de Fortaleza
Data: Quinta-feira (12/04)
Horário: 14h
Local: Auditório Paço Municipal - Rua São José, 01 - Centro

Publicado em Tecnologia

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), iniciou, nesta segunda-feira (02/04), o processo de capacitação para os 124 empreendimentos habilitados a participar do Projeto Mulher Empreendedora. As aulas, com duração de 20h/a, estão sendo ministradas na Casa de Economia Solidária (Ecosol) do Conjunto Ceará, na Sala do Empreendedor da Secretaria Regional IV e na Sala do Empreendedor do Vapt Vupt Antônio Bezerra.

Confira aqui o edital completo

As capacitações estão sendo realizadas no intuito de auxiliar as empreendedoras na elaboração do Plano de Negócio, de acordo com cada proposta apresentada na inscrição. “No fim desta segunda etapa, serão selecionados 100 Planos de Negócios, que receberão crédito subsidiado de até R$ 15 mil. Haverá, ainda, acompanhamento técnico por um período de até 12 meses às empreendedoras”, enfatiza o secretário do Desenvolvimento Econômico, Mosiah Torgan.

Incentivo ao empreendedorismo feminino
O Projeto Mulher Empreendedora faz parte do Programa Fortaleza Competitiva e visa estimular o empreendedorismo feminino, possibilitando o acesso ao crédito orientado, além de capacitações e consultorias gerenciais. A ação pretende investir até R$ 1,5 milhão em empreendimentos geridos por mulheres de Fortaleza.


Serviço
Locais de capacitação do Projeto Mulher Empreendedora

Casa de Economia Solidária
(Av. Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 461 - Conjunto Ceará)

Vapt Vupt Antônio Bezerra
(Rua Demétrio de Menezes, 3750 - Antônio Bezerra)

Sala do Empreendedor - Regional IV
(Avenida Dr. Silas Munguba, 3770 - Serrinha)

Mais informações: 0800 081 4141

Publicado em Economia

O prefeito Roberto Cláudio lança nesta terça-feira (27/03), às 18h, no Centro Cultural Belchior, o plano de expansão dos pontos de acesso gratuito à internet sem fio do programa Wi-Fi Fortaleza. O projeto é desenvolvido pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova) e da Coordenadoria de Fomento às Parcerias Público–Privada e Concessões (PPPFor).

O gestor também vai apresentar o cronograma de expansão do Wi-Fi Fortaleza que prevê a instalação do sinal livre de internet em 60 praças da Capital no prazo de um ano. A ampliação faz parte do Programa Fortaleza Competitiva, que objetiva promover um ambiente de inovação e geração de oportunidades na Cidade.

Serviço
Lançamento do plano de expansão do programa Wi-Fi Fortaleza
Data: Terça- feira (27/03)
Horário: 18h
Local: Centro Cultural Belchior (Rua dos Pacajús, 123 - Praia de Iracema)

Publicado em Tecnologia

prefeito roberto cláudio falando ao microfone
“Essa é a primeira vez que uma operação urbana surge de uma demanda do Município", afirmou o Prefeito durante sua apresentação
O prefeito Roberto Cláudio apresentou, nesta quinta-feira (11/01), o resultado de estudo realizado por consultoria internacional com o objetivo de implementar novas Operações Urbanas Consorciadas (OUCs) na cidade. Ao todo, seis áreas de interesse público foram identificadas como prioritárias pela Prefeitura e compartilhadas com empresários e imprensa. “Essa é a primeira vez que uma operação urbana surge de uma demanda do Município. Um estudo detalhado definiu seis áreas da Cidade, quase todas com alguma área de degradação socioeconômica, do patrimônio, ou ambiental, que vão poder, agora, com a parceria da iniciativa privada, resolver esses conflitos sem necessariamente utilizar recursos públicos. O Município passa a ter um papel de moderar e equilibrar as desigualdades, investindo o recurso público onde mais se precisa”, afirmou Roberto Cláudio.

Divididas em Litoral Central, Parque Raquel de Queiroz, Francisco Sá, Parangaba, Eduardo Girão e Maceió / Papicu, as novas OUCs foram definidas a partir de critérios do interesse público e da motivação do setor privado para investimentos que garantam o financiamento de projetos de reestruturação da cidade, objetivando o fortalecimento de arranjos público-privados.

Do ponto de vista público, conta como critério a relevância das intervenções de impactos sociais, além da possibilidade de implantação de projetos e planos urbanísticos previstos no Plano Fortaleza 2040, como explicou a secretária do Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz: “Essas operações vêm para somar. O que definiu essas áreas foram as zonas especiais de interesse social, a necessidade de melhorias de habitação, de áreas verdes, preservação do patrimônio histórico, buscando agregar valores à sociedade. A operação urbana só visa às operações urbanísticas, ambientais e sociais mediante ao pagamento de contrapartidas e alteração de uso e ocupação do solo em determinadas áreas, para implementar melhorias diretas à população”.

As Operações Urbanas Consorciadas foram pensadas numa perspectiva que busca reduzir a segregação Leste-Oeste da Cidade, recuperando áreas degradadas de grande potencial de desenvolvimento a curto e médio prazos e que tenham impacto no desenvolvimento da zona Oeste da cidade.

Como forma de estimular a adesão de investidores privados, foram avaliados aspectos de riscos do negócio, rentabilidade, grau de efetivação da comercialização dos empreendimentos a serem desenvolvidos, condições concretas do início da parceria no curto prazo, possibilidade de desdobramento de negócio para médio e longos prazos.

De acordo com Vinícius Monteiro, representante da WR Engenharia, que já tem parceria com a Prefeitura na OUC do Sítio Tunga, a iniciativa da Gestão Municipal só vem somar com o desenvolvimento de Fortaleza. “As operações urbanas consorciadas são mecanismos extremamente importantes que permitem que investimentos sejam feitos no âmbito do município com recursos privados. Esse trabalho identifica polos onde podem ser implantados operações do tipo, quando o empresário poderá, após verificar interesse, sentar e negociar com a Prefeitura, possibilitando que muito possa ser feito com recursos privados e deixando os recursos públicos a serem aplicados em outras finalidades”, declarou.

O estudo é resultante das ações do Programa Fortaleza Competitiva e foi realizado pela empresa Quanta Consultoria, especialista em planejamento urbano e regional, contratada em junho de 2017. O trabalho aponta um diagnóstico com as potencialidades e vocações de determinadas áreas de Fortaleza, onde serão promovidas transformações urbanísticas, sociais e econômicas.

Em consonância com o Fortaleza 2040, foram identificadas 15 áreas a serem avaliadas em suas principais especificidades. Dessas alternativas, seis foram selecionadas por serem passíveis de execução iniciando no curto prazo. As demais ficam em um bloco intermediário, uma carteira de possibilidades a serem incorporadas a um plano estratégico de médio e longo prazos.

Entre os benefícios que esse tipo de parceria público-privada pode trazer estão, por exemplo, revitalização de áreas verdes, lagoas, abertura de avenidas, obras de mobilidade, construção de equipamento sociais, entre outros.

Fortaleza é pioneira em Operações Urbanas Consorciadas entre as capitais brasileiras, contado com sete operações. Três já foram entregues sendo elas a do Riacho Maceió, do Jóquei Clube e a da Lagoa do Papicu. Recentemente, foram iniciadas as obras da Operação Urbana Consorciada Sítio Tunga, no Bairro Luciano Cavalcante, com início de importantes obras viárias e a implantação de um parque urbano com mais de 40 mil metros quadrados. Outra operação urbana em andamento é a OUC Osório de Paiva, onde foram obtidos recursos para a construção de um equipamento cultural que já está com seu projeto em andamento para implantação.

Até março, serão revisados os projetos das seis novas OUCs e, entre abril e junho, serão encaminhados como projetos de Lei à Câmara Municipal de Fortaleza para votação. A partir daí, as iniciativas poderão ser viabilizadas em parceria entre as esferas público e privada.

As seis alternativas eleitas com condições de serem trabalhadas com procedimentos já no curto prazo são:

Litoral Central – Área citada de forma unânime por todos os envolvidos em negócios urbanos em Fortaleza para se realizar empreendimentos. Do ponto de vista público, trata-se de área estratégica para atividades turísticas e culturais e que necessita de um processo de revitalização.

Parque Raquel de Queiroz – Corredor de caráter metropolitano situado na zona Oeste da cidade. Região de conexão com o Complexo Industrial Portuário do Pecem e da Zona de Processamento de Exportação do Estado do Ceará. Com grande potencial imobiliário e nichos de mercado expressivos, como o Campus do Pici.

Francisco Sá – Zona Oeste central (Riacho Jacarecanga), essas duas alternativas foram unificadas. Trata-se de zona de integração das OUCs litoral central e Parque Raquel de Queiroz. De grande importância para revitalização do Centro da cidade e de desenvolvimento da zona Oeste. Apresenta boa infraestrutura instalada, conexão com grandes vias de escoamento e com grandes áreas subutilizadas.

Parangaba – Região estratégica de integração da zona Oeste com o restante do município. Hub de transportes públicos que apresenta possibilidades de expansão imobiliária, destacadamente no adensamento do entorno do terminal de integração de ônibus, terminal do VLT, corredor da Avenida Silas Munguba e de duas estações do Metrô Linha Sul.

Eduardo Girão – Zona degradada com potencial de ser área de continuidade da expansão do corredor da Avenida 13 de Maio, abriga importante conexão entre o VLT e o corredor BRT Aguanambi/BR-116. A esta OUC se agregou o corredor da Aguanambi e a parte da área do aeroporto que está fora das operações deste pacote e que ficam à margem de áreas da OUC Eduardo Girão, passíveis de requalificação e adensamento.

Maceió / Papicu – Setor que se situa no quadrante da cidade com maiores valores de terra, apresentando problemas de natureza social e ambiental que, tratados adequadamente com as contrapartidas, trará possibilidades de empreendimentos, principalmente nas proximidades dos corredores da Via Expressa e do Binário da Avenida Santos Dumont.

Publicado em Meio ambiente