Amamentação
Atualmente, a SMS disponibiliza oito salas de apoio à amamentação

O prefeito Roberto Claudio participa, nesta quinta-feira (04/04), a partir das 9h, da visita semanal feita por técnicos do Programa Cresça com Seu Filho/Criança Feliz.

O programa é uma política pública inovadora implantada pelo Gabinete da Primeira-Dama, Carol Bezerra, que também participará da visita, ao lado da secretária adjunta da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Ana Estela Fernandes, e de membros do Ministério da Saúde que vieram ver de perto o trabalho dos agentes comunitários de saúde junto às crianças assistidas no programa pelo Posto de Saúde Ronaldo Albuquerque, no bairro Genibaú, na Regional V.

Implantado em bairros das Regionais I, V e VI, o programa teve como critério de inclusão residências em áreas de alta densidade demográfica, baixo IDH, maior incidência de gravidez na adolescência e casos de sífilis congênita e mortalidade infantil e materna. O Programa Cresça com Seu Filho/Criança Feliz já registrou 106.301 visitas domiciliares, com 8.424 crianças cadastradas e a capacitação de 797 agentes comunitários e 223 enfermeiros.

“Essa visita valoriza e motiva ainda mais o trabalho dos nossos agentes de saúde, que são de fundamental importância para o sucesso do programa, atuando de casa em casa junto com as famílias assistidas, facilitando o processo de desenvolvimento do vínculo afetivo da mãe/pai/cuidador com a criança”, destaca Ana Estela.

Após a visita, a coordenadora Nacional de Saúde da Criança e Aleitamento Materno, Cláudia Puerari, e o diretor do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas, Márcio Garcia, visitarão o Posto de Saúde Ronaldo Albuquerque onde conhecerão também as ações do projeto Unidade Amiga da Primeira Infância (UAPI) e a Sala de Apoio à Mulher que Amamenta/Posto de Coleta de Leite Humano, que integram a política pública da Prefeitura para o combate à mortalidade infantil.

Atualmente, a SMS disponibiliza oito salas de apoio à amamentação e tem 45 dos 113 postos de saúde participando do projeto UAPI, que traça uma linha de base de indicadores atrelados ao desenvolvimento infantil, contando com apoio da Sociedade Cearense de Pediatria (Socep) e da Associação Brasileira de Enfermagem (Aben-CE), além de cooperação técnica do Fundo das Nações Unidas Para a Infância (Unicef).

Publicado em Saúde

Dando continuidade às atividades alusivas ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, iniciadas no dia 23 de março, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) realiza nesta sexta-feira (29/03), das 8h às 12h, o 1º Fórum temático – Tuberculose em Fortaleza: O Controle é possível. O evento conta com a parceria da Escola de Saúde Pública do Governo do Estado do Ceará.

O objetivo do encontro é elaborar uma Carta Compromisso para uma tomada de decisão quanto ao controle da tuberculose no Município. Participarão do evento profissionais da Rede de Atenção à Saúde; dos Conselhos de Saúde; da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS); do Ministério Público; das Universidades (Uece, UFC, UNIChristus, Estácio, Fanor, Unifor e Fametro) e de Organizações Não Governamentais (ONGs).

Na ocasião, haverá três oficinas temáticas que debaterão: “O que posso fazer, no meu território, para adesão ao tratamento da tuberculose”; “A inclusão social no cuidado ao paciente com tuberculose” e “O ensino na graduação e pós-graduação para o controle da tuberculose”.

De acordo com a assessora técnica da SMS, Raiane Martins, envolver diferentes setores nas ações de controle da tuberculose em Fortaleza só será possível com o apoio dos profissionais da saúde, dos gestores, das academias e sociedade civil organizada. “Temos a certeza que teremos, em breve, excelentes resultados no fortalecimento do acesso da nossa população à prevenção, ao diagnostico e ao tratamento da tuberculose”, afirma.

No sábado (30/03), o encerramento das ações educativas com distribuição de material informativo, além de abordagem a população em relação aos cuidados com a doença ocorrerão das 8h às 12h, na Feira Livre do Vicente Pinzon (Regional II), e às 16h no Corredor Comercial e Polo de Lazer do Conjunto Ceara (Regional V).

Saiba Mais
A tuberculose é uma doença infecciosa causada por uma bactéria que afeta principalmente os pulmões, embora possa atingir outros órgãos e sistemas, como: ossos, rins e pleura (membrana que envolve os pulmões). O principal sintoma é a tosse, podendo apresentar febre vespertina, sudorese noturna, emagrecimento e cansaço/fadiga. O diagnóstico precoce previne e ajuda no combate à transmissão da doença. A tuberculose tem cura, desde que tratada adequadamente por um período mínimo de seis meses e sem interrupção.

Serviço
1º Fórum temático - Tuberculose em Fortaleza: O Controle é possível
Data: 29 de março/2019
Horário: 8h às 12h
Local: Auditório Central da ESP/CE
Endereço: Av. Antônio Justa, 3161 - Meireles

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza inicia, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas (CPDrogas), Secretaria Municipal de Educação (SME) e Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a formação dos profissionais que atuarão neste ano no Programa de prevenção ao uso do álcool, crack e outras drogas - #Tamojunto 2.0, no Município de Fortaleza. A qualificação começa na próxima terça-feira (26/03), das 8h às 17h, na Universidade do Parlamento Cearense (Unipace). A iniciativa é do Ministério da Saúde, em parceria da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

A formação será realizada em duas turmas, nas seguintes datas, respectivamente: 26 e 27 de março (1ª turma) e 28 e 29 de março (2ª turma). O objetivo é capacitar os profissionais das áreas da educação e da saúde que aplicarão o programa em 42 turmas, de 15 escolas municipais. A estimativa é de que 1.260 educandos e suas respectivas famílias sejam envolvidas com o programa.

Ao todo, a capacitação terá carga horária de 16 horas de aprendizado e será ministrada pela psicóloga e Dra. do Departamento de Psiquiatria da UNIFESP, Clarice Madruga. Entre os assuntos que serão abordados durante os encontros, estão a apresentação geral do programa, processos de aprendizagem em sala de aula, articulação dos territórios e reflexões sobre a temática.

De acordo com a coordenadora Especial da CPDrogas, Marta Gonçalves, este é um programa de prevenção organizado e interativo, que estimula diálogos constantes e atividades lúdicas que integram elementos do estilo de vida dos adolescentes. Ele explica que além do componente curricular, a estratégia de prevenção tem três encontros comunitários para pais e responsáveis pelos educandos, mediado pelos profissionais de saúde. “As escolas, os alunos e suas famílias vão trabalhar as habilidades de vida, como assertividade, autocontrole, autoconhecimento e empatia”, enfatiza.

Para Dalila Saldanha, secretária da SME, o primeiro aspecto trabalhado na dinâmica curricular está voltado para a educação integral da criança e do jovem, sendo assim, às temáticas que permeiam a comunidade devem ser fortalecidas ao longo da trajetória escolar, para que eles possam enfrentar a problemática das drogas. “A empatia, a autonomia, o discernir entre o certo e errado são temas abordados, uma metodologia lúdica que envolve as crianças e os adolescentes, fortalecendo os vínculos do aluno-professor-comunidade”, ressalta a importância do programa #Tamojunto 2.0.

O Programa tem como público-alvo os educandos do 8º ano do Ensino Fundamental II, com faixa etária de 13 e 14 anos, no qual são realizadas 12 aulas, planejadas para serem desenvolvidas durante o período escolar. Além disso, o #Tamojunto realiza três encontros, direcionados aos pais ou responsáveis pelos educandos, bem como a comunidade na qual se situa a escola, com objetivo de oportunizar momentos de compartilhamento sobre a fase da adolescência, oferecendo orientações sobre a temática e motivando-os a tomar uma posição mais ativa quanto à prevenção ao uso de drogas nessa fase.

Saiba Mais
O #Tamojunto 2.0 trabalha as habilidades de vida com adolescentes, entre elas: a capacidade de apreciar e respeitar os outros, criar relações positivas com a família e os amigos, ouvir e se comunicar de modo eficaz e assumir responsabilidades. Aos pais, possibilita um espaço de compartilhamento de experiências e demandas a respeito da fase da adolescência.

Fortaleza foi pioneira na aplicação dos programas federais de prevenção ao uso de drogas, aplicados nas escolas municipais entre os anos de 2013 a 2016, contemplando cerca de 5.151 alunos. Em 2017, foram interrompidos para análise dos resultados e passaram por melhorias. Este ano, a UNIFESP irá realizar a pesquisa de efetividade do programa, serão 15 escolas intervenção e 15 escolas de parâmetro de controle. Além de Fortaleza, esta etapa do processo também passará por Eusébio (CE), São Paulo (SP) e Brasília (DF).

Serviço
Formação dos Profissionais da Educação e Saúde Programa #Tamojunto
Data: 26 e 27 de março (1ª turma) / 28 e 29 de março (2ª turma)
Horário: 8h às 17h
Local: Universidade do Parlamento Cearense (Unipace), Rua Barbosa de Freitas, 2674 – anexo 2, 3º andar, Sala C.

Publicado em Educação

 

Visita
A reforma da unidade faz parte da política de fortalecimento da Atenção Primária (Fotos: Thiago Gaspar)

O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta quinta-feira (21/03), dois equipamentos públicos de Fortaleza que passaram por requalificações na Regional VI: o Posto de Saúde Galba Araújo, localizado no bairro Lagoa Redonda, e a Escola Municipal Cônego Francisco Pereira da Silva, na Paupina.

O posto de saúde Galba de Araújo passou por reforço estrutural, ganhou novo revestimento, pintura, coberta e revisão na parte elétrica. O posto, que compõe a Rede de Atenção Primária da capital, atende cerca de 15 mil pessoas, residentes da Sabiaguaba, Sapiranga, Lagoa Redonda e Abreulândia, com horário estendido das 7h às 19h.

“Nós requalificamos a unidade, que está funcionando integralmente, com novas condições desde o início da semana. Mas, para além da estrutura física, o posto é referência no atendimento de qualidade com equipes completas com três médicos, quatro odontologistas e uma farmácia bem equipada”, avaliou o prefeito Roberto Cláudio.

A reforma da unidade faz parte da política de fortalecimento da Atenção Primária, implantada pela gestão do prefeito Roberto Cláudio, que incluiu a construção de 20 novos postos e a reforma de outras 70 unidades para melhorar o acesso à saúde dos moradores.

“A atenção primária é a porta de entrada da população ao Sistema Único de Saúde e nada mais natural do que fazer constantes melhoramentos nas estruturas. Essa unidade já havia recebido melhorias em 2014 e agora conta com estrutura completa, incluindo a farmácia com os 84 medicamentos prioritários do SUS”, destacou a secretária da Saúde, Joana Maciel.

A unidade possui quatro equipes do Programa Saúde da Família (PSF), compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, dentista e auxiliar de saúde bucal. Os usuários podem ter acesso a consultas médicas, atendimento odontológico, exames laboratoriais, vacinação, testes rápidos (HIV/ sífilis/ hepatites/ gravidez), verificação de pressão arterial, medição de glicemia, retirada de pontos, drenagem de abscessos, realização de pequenos curativos, dentre outros serviços.

Visita
A unidade educacional atende cerca de mil alunos, do 1º ao 9º ano, em dois turnos

Educação
Na segunda parte da visita, o gestor seguiu para acompanhar as intervenções da Escola Municipal Cônego Francisco Pereira. A unidade educacional atende cerca de mil alunos, do 1º ao 9º ano, em dois turnos, e na primeira parte da reforma ganhou uma quadra poliesportiva com arquibancadas, vestiários, depósitos, cobertura e nova iluminação.

As obras de requalificação, que estão em andamento, incluem nova pintura, fachada, cozinha e refeitório, além de estrutura mais segura e acessível aos estudantes e professores com mais ventilação e iluminação nas salas de aula.

As intervenções estavam previstas no pacote de requalificação das escolas municipais, lançado pela Prefeitura de Fortaleza em julho de 2017. De acordo com a secretária da Educação, Dalila Saldanha, outras escolas também serão reformadas durante este ano. “Já entregamos sete escolas reformadas e temos 30 unidades com obras avançadas para entregar. Além disso, temos outras 60 instituições que vão receber as intervenções, sempre priorizando a infraestrutura e a segurança de professores e estudantes”, disse a titular da Educação.

As visitas também foram acompanhadas pelas secretárias Manuela Nogueira, da Infraestrutura, e Darlene Braga, da Regional VI.

Publicado em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP), realiza nesta quinta-feira (21/02), das 13h às 16h30, o 1º Fórum Temático de Síndrome de Down – em busca da equidade social, com objetivo de estimular o desenvolvimento integral das pessoas com síndrome de down, bem como a valorização dessa população e sua inclusão na sociedade. O evento é aberto ao público e contará com a presença de profissionais da área de saúde, educação, trabalho e jurídica. Tem a parceria da Sociedade Cearense de Pediatria, Associação Fortaleza Down e Empoderamento Down.

Na ocasião, serão realizadas três oficinas temáticas abordando: assistência a crianças com Down, escola inclusiva e trabalho para pessoas com síndrome de Down. De acordo com a Dra. Anamaria Cavalcante, da coordenadoria de Ensino, Pesquisa e Programas Especiais (CEPPES), o fórum será um espaço para chamar a atenção da sociedade civil e organizada, para essas crianças, jovens e adultos com síndrome de down que ainda hoje são muito estigmatizados. “Nós nos sensibilizamos com essa questão e esperamos que deste encontro tenhamos propostas de soluções de como melhor atender esse público, trazendo mudanças e impactos nesse cenário”, ressalta.

A síndrome de Down, chamada de trissomia 21, é uma condição genética que leva a características físicas singulares e propensão a algumas doenças. Ela é causada por um cromossomo extra no par 21. Embora apresentem deficiências intelectuais e de aprendizado, pessoas com síndrome de Down têm personalidade única, estabelecem boa comunicação e também são sensíveis e interessantes. Quase sempre, quanto maior o estímulo dado a essas crianças durante a infância, menor o "grau" de presença dos sintomas.

PROGRAMAÇÃO:

13h – Exposição de telas e totens na praça da ESP/CE com música ao vivo
13h – Entrega das fitas para dividir os grupos às Oficinas temáticas
13h30min – Abertura: Dra. Ana Maria Cavalcante
13h40min – Acolhida
13h50min – Apresentação artística/dança
14h10min – Apresentação teatral: “Meu filho nasceu com Down. E agora?”
14h30min – Orientações às oficinas temáticas
14h40min – Oficinas temáticas, conforme as cores: Saúde (Vermelho); Educação (Verde); Trabalho (Azul)
16h – Apresentação do produto de cada grupo
16h30min – Encerramento

Serviço
Data: 21 de março de 2019
Horário: 13h às 16h30
Local: Auditório Central da ESP/CE
Endereço: Av. Antônio Justa, 3161 - Meireles

Publicado em Saúde
80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti em Fortaleza estão localizados dentro dos imóveis
80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti em Fortaleza estão localizados dentro dos imóveis
80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti em Fortaleza estão localizados dentro dos imóveis

A Prefeitura de Fortaleza continua promovendo ações de combate ao Aedes aegypti nas residências da Capital. Durante os dias 13 e 14 de março, a partir das 8h, os agentes da Célula de Vigilância Ambiental e de Riscos Biológicos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) percorrerão os bairros Parque São José e Barroso realizando a Operação Quintal Limpo. Na ocasião, serão visitados mais de 8 mil imóveis, onde os profissionais promoverão atividades educativas, preventivas e de controle às arboviroses.

No primeiro dia, os agentes visitarão as casas distribuindo sacos de lixo e orientando a população sobre a importância do recolhimento dos depósitos que são potenciais locais para a proliferação do Aedes. Já no segundo dia, será realizado o recolhimento dos resíduos coletados e a inspeção e controle do mosquito nas residências.

A SMS ressalta que 80% dos criadouros do mosquito Aedes aegypti em Fortaleza estão localizados dentro dos imóveis, e que uma casa com criadouro pode afetar vários quarteirões, pois o vetor voa de uma residência para outra. Com a Operação Quintal Limpo, os profissionais incentivam a participação da população nas atividades, ensinando como identificar os possíveis focos e a vistoria semanal dos quintais.

 

Publicado em Saúde

Na manhã dessa quinta-feira (28/02), a Escola de Governo do Município de Fortaleza realizou a aula inaugural do primeiro ciclo de capacitação dos servidores que irão atuar no Programa de Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros no Ambientes Escolar (PAPS). O evento aconteceu no auditório do Imparh.

No total, serão 84 turmas capacitadas até o final dos doze ciclos. As turmas serão formadas por três representantes das comissões do PAPS nas 564 unidades escolares da Prefeitura de Fortaleza, resultando na capacitação de 1.692 servidores.

A capacitação, que é a primeira a ser ministrada pela Escola de Governo na modalidade semipresencial, inicia as atividades do primeiro ciclo no dia 1º de março, que será divido em três etapas: EaD, presencial e prática com previsão de encerramento para o dia 24 de maio. Cada ciclo terá carga horária de 56h/a.

O secretário adjunto da Secretaria Municipal da Educação, Jefferson Maia, destacou a importância do curso e enfatizou que a capacitação fará toda diferença no ambiente escolar, caso se faça necessário o protocolo de atendimento de primeiros socorros. O gestor acredita “que a iniciativa é parte da construção de uma rede de proteção e cuidado às crianças e adolescentes”, afirmou.

Instituído por meio da Portaria nº 0924/2018, o Programa de Prevenção de Acidentes e Primeiros Socorros no Ambiente Escolar é uma ação prevista no Plano Municipal da Primeira Infância, no Fortaleza 2040 e no Programa Saúde na Escola (PSE). O PAPS tem por objetivo capacitar os profissionais da Rede Municipal de Fortaleza para, diante de intercorrências, intervirem de forma protocolada, realizando assistência voltada aos primeiros socorros, até a chegada de atendimento especializado, que estará a cargo do SAMU Fortaleza.

Publicado em Educação

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e do Gabinete da Primeira-Dama recebe, nesta quarta-feira (20/02), uma equipe de visitantes da universidade norte-americana Teachers College da Columbia University, de Nova York, para conhecer as atividades de visita dos agentes comunitários de Saúde na atenção primária em Fortaleza.

A atividade faz parte do Programa Cresça com Seu Filho/Criança Feliz, conduzido pelo Gabinete da Primeira-Dama, Carol Bezerra, e selecionado para o Programa Avançado de Implementação de Políticas Públicas (PAIPP), uma iniciativa da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, da Fundação Lemann e do Teachers College da Columbia University, em parceria com o Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais da Fundação Getúlio Vargas (CEIPE FGV).

O PAIPP visa apoiar lideranças na elaboração, implementação de políticas públicas para a primeira infância no Brasil e conta também com participação de cidades como Belo Horizonte, Boa Vista, Manaus, Ponta Grossa, Recife e Taubaté. As cidades que participam do programa partilham projetos de relevância para primeira infância com ênfase nas áreas da saúde e educação, bem como programas integrados com diversas secretarias.

“É importante lembrar que o programa realizado hoje em Fortaleza envolve a revisão das atividades desenvolvidas pelo Agente Comunitário de Saúde (ACS) durante as visitas domiciliares e a capacitação de novos ACS e enfermeiros da Estratégia de Saúde da Família, bem como supervisores intersetoriais vinculados à Secretaria de Direitos Humanos e Desenvolvimento Social - SDHDS e Fundação da Criança e da Família Cidadã (Funci)”, ressalta a secretária adjunta da Saúde, Ana Estela Fernandes, que acompanhará a visita dos participantes ao Posto de Saúde Ronaldo Albuquerque Ribeiro, na Avenidda I, no Parque Genibaú, na Regional V.

Publicado em Saúde
De 16 a 22 deste mês, Comunidade Verdes Mares será contemplada com atendimentos bem estar social e melhorias urbanas, entre outros serviços.
Entre os serviços oferecidos, está a vacinação de animais

A Prefeitura de Fortaleza realiza, por meio da Secretaria Regional II, neste sábado (16/02), a partir das 8h, a abertura da 10ª edição do Projeto +Bairros, que segue levando melhorias aos bairros da Capital. O evento acontecerá no perímetro das Ruas Júlio Azevedo e Eduardo Sabóia, na Comunidade Verdes Mares, no bairro Papicu. Na ocasião, o secretário da Regional II, Ferruccio Feitosa, entregará os Termos de Permissão aos Ambulantes que atuam no bairro. Haverá também a entrega de uma calçada completamente requalificada na Rua Júlio Azevedo, com grafitagem nos muros do entorno do local.

Durante a programação de abertura serão realizadas ações socioeducativas, de saúde e melhorias urbanas, tais com: serviços de limpeza com capinação, retirada de lixo, varrição, pintura de vias e espaços públicos, visitação a imóveis com orientações sobre manuseio do lixo e combate às arboviroses com exposição temática itinerante. As principais ruas do bairro receberão melhorias com a operação tapa buraco e revisão na iluminação pública.

Também estão previstos atendimentos com imunização antirrábica para cães e gatos, distribuição de ração, aferição de pressão arterial, verificação de glicemia capilar, campanha de prevenção DST/Aids, massagem, além de uma aula de zumba e atividades lúdicas com a distribuição de quites com material de educação ambiental para as crianças.

A Escola de Saúde Pública do Ceará participará da ação com o lançamento do Programa Gravidez na Adolescência e Saúde da Mulher e com o Programa de Prevenção Quanto ao Uso Abusivo de Álcool/Drogas.

Teremos ainda uma ação sustentável com a troca de garrafas pet por mudas de várias espécies nativas de plantas. Uma equipe da Urbfor também estará presente com os serviços de poda de árvores na vizinhança.

Complementando a programação cultural de abertura do projeto teremos aulas de Karatê e Muay Thai, com os professores Adriano e Bil, apresentação do humorista Chico Pandeiro, samba com Fabiano Silva e participação especial de Biano, e o som do DJ Profeta, todos artistas da comunidade.

Em sua 7ª edição na Regional II, a oferta de serviços gratuitos promovida pela Prefeitura já prestou mais de 25 mil atendimentos.
No período de 18 a 22 de fevereiro (segunda a sexta-feira), das 08h às 12h, as famílias da Comunidade Verdes Mares e adjacências serão beneficiadas com a oferta de mais de 50 serviços gratuitos e atividades voltadas para a saúde e o bem-estar social, na sede do Centro de Formação e Inserção Social pelo Trabalho (CEFIT), localizado à Rua Valdetário Mota, s/n, próximo ao Hiper Bom Preço do Papicu.

Nesta edição, o +Bairros apresenta uma série de novidades com atendimentos profissionalizantes para quem está fora do mercado, quer se qualificar ou busca uma nova oportunidade de emprego. Neste sentido, a equipe do CEFIT disponibilizará serviços diários como recepção do seguro desemprego, cadastramento dos serviços autônomos e empregos para as áreas formal e informal, consulta de disponibilidade de vaga, oficinas de orientação para o trabalho, palestras indicando os serviços autônomos e o Projeto Primeiro Passo.

Serviço mais procurado pelo público, a emissão de documentos será oferecida durante toda a semana. As pessoas terão a chance de dar entrada na Carteira de Identidade, CPF, agendamento de Carteira de Trabalho, com a inclusão de fotos 3x4, além da emissão da Certidão de Antecedentes Criminais e declaração do Número de Inscrição Social (NIS). O mutirão de ações sociais disponibilizará ainda atendimentos nos Programas Minha Casa Minha Vida e Bolsa Família, além da atualização do cadastro do Bolsa Família com a verificação do peso da criança das famílias inscritas.

A promoção da saúde e a qualidade de vida são objetivos adotados pelo +Bairros desde a sua primeira realização. Além dos serviços de enfermagem que serão ofertados durante toda a programação, teremos imunização humana com a vacina tríplice viral nos dias 18 e 20/02. Já no dia 21/02 acontecerá uma ação de Saúde Bucal, com a distribuição de quites com escovas e creme dental para as crianças. Como forma de contribuir para com a prevenção de doenças o projeto oferecerá palestras sobre Tuberculose, no dia 20/02, e DST Aids, no dia 18/02. A equipe de zoonoses estará com um plantão disponibilizando vacinação antirrábica para cães e gatos, e exames de calazar durante toda a semana.

Ao longo de uma semana, a população será beneficiada com serviços essenciais de conservação e a Operação Quintal Limpo, na qual os agentes de endemias e os educadores em saúde percorrem as ruas do bairro apresentando aos moradores como é possível se prevenir contra o mosquito Aedes aegypti. Os profissionais irão orientar sobre vedação correta das caixas d’águas, cuidados com possíveis criadouros, realizando distribuição de sacos plásticos, recolhimento de materiais inservíveis e de materiais de grande porte, a exemplo de móveis, sofás, colchões velhos, pneus, dentre outros.

Nos dias 18 e 20/02, a equipe da Etufor estará presente na ação com o atendimento móvel de emissão de carteira de estudante, infantil, bilhete único e gratuidades. O atendimento da AMC para a emissão do Cartão de Estacionamento do Idoso acontecerá nos dias 20 e 21/02.

“O Projeto +Bairros é uma experiência inovadora e já exitosa que surge num momento oportuno em que a gestão pública celebra parcerias com a iniciativa privada e a população, com o objetivo de impulsionar e garantir mais qualidade de vida às pessoas. Nós é que temos que ir ao encontro das pessoas, estarmos dentro das comunidades ouvindo as demandas da população, qualificar o atendimento público, agilizar a resolução e ampliar os nossos serviços, gerar dignidade para os nossos irmãos fortalezenses”, destacou o titular da Regional II, Ferruccio Feitosa.

Encerrando a programação, no dia 22/02, será realizada a oficina “Como Conseguir a sua Empregabilidade”, com a equipe de instrutores do Instituto João Carlos Paes de Mendonça.

O projeto +Bairros teve início em localidades da Regional II e, por determinação do prefeito Roberto Cláudio, foi expandido para os demais bairros de todas as Regionais. Além da Regional II, o +Bairros já aconteceu nas Regionais I, IV e VI. Na Regional II, o projeto já percorreu os bairros Vicente Pinzón, Cais do Porto, São João do Tauape, Cidade 2000, Meireles e Praia de Iracema (comunidade Poço da Draga).

A Ação Social é uma parceria entre a Secretaria Regional II, Secretaria Municipal de Saúde, Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Autarquia de Paisagismo e Urbanismo de Fortaleza (URBFor), Secretaria de Proteção Social, Justiça, Mulheres e Direitos Humanos do Estado, Faculda Integrada do Ceará- Estácio FIC, Faculdade Metropolitana de Fortaleza (Fametro), Ração Magnus, Ecofor Ambiental, Secretaria da Cidadania e Direitos Humanos (SCDH), Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e o Instituto João Carlos Paes de Mendonça.

+Bairros
O Projeto +Bairros é um mutirão de serviços criado com o intuito de envolver a população, o poder público e a iniciativa privada, no desenvolvimento de atividades que possam melhorar a qualidade de vida das pessoas. Mensalmente um bairro é contemplado, durante sete dias, com a realização de atividades simultâneas, tais como melhorias urbanas e prestação de serviços de utilidade pública.

Serviço
Abertura do Projeto + Bairros na Comunidade Verdes Mares - Papicu
Data: 16/02 (Sábado)
Horário: 8h
Local: Ruas Júlio Azevedo e Eduardo Sabóia, na Comunidade Verdes Mares, no bairro Papicu

Atendimento mutirão de serviços
Data: de 18 a 22 de fevereiro
Turno: manhã (das 08h às 12h)
Local: Centro de Formação e Inserção Social pelo Trabalho (CEFIT), localizado à Rua Valdetário Mota, s/n, próximo ao Hiper Bom Preço do Papicu.

Publicado em Fortaleza
prefeito roberto cláudio com médicos do samu
Ao todo, são 24 novas ambulâncias, das quais 5 são equipadas com Unidades Móveis de Terapia Intensiva (UTI) (Foto: Rodrigo Carvalho)

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Fortaleza passa a operar, a partir desta segunda-feira (04/02), com 100% da frota de ambulâncias renovada. Para a finalidade, o prefeito Roberto Cláudio entregou, durante cerimônia realizada no Paço Municipal, 11 novos veículos que fortalecerão o serviço de assistência pré-hospitalar na Capital. Ao todo, 24 ambulâncias novas e devidamente equipadas estão à disposição da população 24 horas por dia.

A iniciativa, aliada à descentralização das 7 bases do SAMU, estrategicamente distribuídas pelas Regionais, fortalece um conjunto de esforços que vêm sendo desprendidos pela Prefeitura de Fortaleza para reduzir o tempo de resposta às demandas, otimizar o atendimento pré-hospitalar, salvar vidas e garantir a minimização de sequelas.

“Ao todo, são 24 ambulâncias, todas novas, das quais 5 são equipadas com Unidades Móveis de Terapia Intensiva (UTI). Há uma média estimada pelo Ministério da Saúde de 1 UTI móvel para cada 500 mil habitantes. Isso garante a cobertura adequada a uma cidade com as características populacionais de Fortaleza”, declarou o Prefeito, acrescentando que, até 2020, a meta da gestão é ampliar, de 7 para 12, o número de bases descentralizadas do SAMU.

As diretrizes para uma assistência eficaz envolvem, ainda, o treinamento das equipes profissionais, o cumprimento de protocolos, a aquisição de equipamentos e a integração da rede hospitalar. “Com todas essas ações, estamos buscando oferecer melhores condições aos profissionais e melhor atendimento à população. Nossas equipes estão preparadas para chegar cada vez mais rápido ao local do atendimento e depois levar o paciente à unidade específica em que ele será atendido. A equipe é treinada para levar o paciente ao local correto de atendimento a depender da complexidade e da especificidade do caso”, apontou a titular da Secretaria da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

Na oportunidade, Joana Maciel destacou, ainda, que, a partir da renovação integral da frota, cerca de 15 veículos estarão à disposição diante de eventuais intercorrências mecânicas ou de qualquer outra ordem. “Em caso de colisão, de situação de maior gravidade, em que o carro tenha que ser retirado da rua, nós temos, em estoque, alguns carros da antiga frota que ficarão à disposição da população para realizar essa substituição”, esclareceu.

Na oportunidade, o prefeito Roberto Cláudio, acompanhado do vice-prefeito Moroni Torgan, além de secretários municipais, deputados e vereadores, destacou a importância da união de esforços em prol da saúde dos fortalezenses. “Há um plano em desenvolvimento para oferecer condições cada vez mais adequadas de atendimento. A gente está recebendo 8 ambulâncias que foram produto de uma emenda parlamentar do então deputado federal Moroni Torgan, 3 ambulâncias de emenda do deputado estadual Walter Cavalcante, e, no ano passado, a gente estava com mais 13, produto de investimento próprio do tesouro e de contrato de aluguel. Assim, dotamos a cidade de maior resolutividade”, destacou.

De acordo com o gerente do Samu Fortaleza, Fred Arnaud, “todos os que fazem o SAMU estão em festa. A população de Fortaleza deve comemorar. Essas 11 ambulâncias entregues hoje vão fortalecer e agigantar a nossa instituição, que desempenha importante papel na Saúde da Cidade. Vamos atender com mais rapidez e qualidade a população”, garantiu.

SAMU

Destinado ao atendimento de emergências médicas pré-hospitalares agudas e graves, o serviço é acionado pelo número 192, que funciona 24 horas por dia e dá acesso a uma Central de Regulação, na Coordenadoria Integrada de Ações de Segurança (Ciops). As chamadas são acolhidas inicialmente por telefonistas treinadas, e os casos são enviados para análise de médicos, que enviam o recurso necessário de acordo com o tipo de emergência.

Esses recursos podem variar entre orientações de procedimentos por telefone, envio de moto ambulância, de uma unidade básica ou uma unidade de serviço avançado. As motolâncias circulam durante o dia e garantem maior velocidade no atendimento de ocorrências que requerem agilidade de deslocamento ou em áreas de difícil acesso.

As unidades básicas são equipadas para, se necessário, iniciar reanimação cardiovascular no paciente e contam com um técnico e motorista. Já as unidades de serviço avançado funcionam como uma UTI móvel e são dotadas de recursos para atendimento de pacientes mais graves, com uma equipe de médico, enfermeiro e condutor e todos os recursos disponíveis no tratamento médico intensivo.

O tempo de resposta das equipes depende de três importantes fatores: trânsito, volume de trotes e preparo das pessoas que acionam o serviço. As intervenções realizadas na área de mobilidade urbana pela gestão do Prefeito Roberto Cláudio e o apoio das equipes da Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) têm garantido que o Samu possa fazer deslocamentos mais rápidos pela cidade.

Publicado em Saúde
Página 1 de 11