maisvidamissaoinfanciafortaleza

O primeiro Seminário Mais Vida – Missão Infância será realizado pela Prefeitura de Fortaleza, nesta quinta-feira (18/09), das 8h às 16h30, em parceria com a Sociedade Cearense de Pediatria (Socep). O evento contará com a presença do prefeito Roberto Cláudio, que participará de diálogo aberto com especialistas, discutindo a mortalidade infantil e a importância de políticas públicas para a primeira infância.

A secretária da Saúde, Joana Maciel, fará abertura do encontro, que também contará com a expertise da pediatra Ana Cecília Sucupira, professora da Universidade de São Paulo (USP), mentora e assessora técnica dos Programas "Trevo de Quatro Folhas" e "Coala", experiências exitosas no enfrentamento da mortalidade infantil.

O Mais Vida – Missão Infância surgiu da necessidade apontada pelo Seminário Infância Fortaleza, realizado no último mês de agosto, que marcou o lançamento de um pacote de ações voltadas para o atendimento às crianças da capital cearense.

Ações para redução da Mortalidade Infantil

O objetivo do seminário é subsidiar a execução de Plano Municipal da Saúde 2018-2021, nas ações para redução da Mortalidade Infantil, através de metodologia de perguntas norteadoras, em dois eixos de intervenção: comitês de prevenção da mortalidade infantil e assistência perinatal.

O evento é direcionado a profissionais que atuam na atenção materno-infantil nas redes de atenção primária, pré-hospitalar e hospitalar, tanto na rede pública como privada. Os participantes serão divididos em seis grupos, intituladas Oficinas Regionais.

No primeiro eixo de trabalho, os integrantes discutirão o Comitê de Prevenção da Mortalidade Infantil, que apresentará dados dos seis comitês regionais de saúde e investigação de óbitos infantis nesses territórios, com informações da Coordenadoria de Vigilância Ambiental, através de dados fornecidos das 113 unidades de atenção primária e dos hospitais maternidade da capital.

No segundo eixo, os grupos avaliarão a atenção perinatal, que compõe a assistência pré-natal, intraparto e pós-parto, investigando temas como a classificação de risco das gestantes, o acompanhamento das faltosas, a presença ou não de apoio familiar, o tratamento de infecções pélvicas, diagnóstico laboratorial, bem como qualidade das salas de parto e da assistência pós-natal.

Encaminhamento: propostas de soluções

Após debate das perguntas norteadoras e listagem dos problemas enfrentados, cada grupo apresentará suas propostas de soluções exequíveis para redução da mortalidade infantil, que segundo recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) deve estar com indicador máximo de 30 óbitos para cada 100 mil nascidos vivos até o ano de 2030, pactuado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, documento no qual o Brasil é signatário.

Em Fortaleza, a gestão do prefeito Roberto Cláudio vem desenvolvendo iniciativas inovadoras de promoção da saúde, prevenção de doenças e fortalecimento da intersetorialidade em políticas públicas para Primeira Infância, com a implantação do Programa Cresça com seu Filho/Criança Feliz, a criação da certificação Unidade Amiga da Primeira Infância (UAPI), a implantação dos Núcleos de Desenvolvimento Infantil (NDI) e das Salas de Apoio à Mulher que Amamenta e os Postos de Coleta de Leite Humano.

Serviço
Seminário Mais Vida - Missão Infância Fortaleza
Data: 19/09 (quinta-feira)
Horário: 8h às 16h30
Local: Sociedade Cearense de Pediatria (Rua Maria Tomásia, 701 – Aldeota)

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza realizou, por meio do Instituto Doutor José Frota (IJF), uma programação especial para a promoção do Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio, nesta terça-feira (10/09), com palestras, ações de sensibilização e serviços para os usuários e profissionais do maior hospital da rede de assistência municipal.

A iniciativa foi coordenada pelas equipes do Núcleo de Serviço Social, Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho, do Serviço de Psicologia e da Residência Multiprofissional do hospital, que recepcionaram o público logo no início da manhã, com entrega de materiais educativos e distribuição de abraços e mensagens de esperança, autoestima e superação. O acolhimento especial teve como objetivo levar esclarecimentos e confiança para a busca de cuidados especializados para problemas sérios como a depressão.

Público acompanha palestra sobre prevenção ao suicídio no Auditório do IJF.
Palestras, ações de sensibilização e serviços foram ofertados no maior hospital da rede municipal

À tarde, o auditório principal do IJF acolheu os participantes das seguintes palestras: “Síndrome de Burnout - curar pode me fazer adoecer”, da Drª Neli Marjollie Guanabara Teixeira Reis; e “Nossa Vida Vale Ouro”, do Dr. Helder Gomes de Moraes Nobre. Os servidores do hospital também contaram com oficinas de autocuidado em Massoterapia, Meditação, Reiki e Auriculoterapia.

A programação ainda segue nos próximos dias com rodas de conversa nas Unidades de Internação direcionadas aos pacientes e acompanhantes, mesa redonda sobre “Prevenção ao Suicídio na perspectiva da valorização da vida”, com profissionais da Rede de Atenção Psicossocial de Fortaleza, e sessões de Massoterapia com a colaboração da massoterapeuta Mikaelle Ialeska Ribeiro Sampaio e do Projeto Quarto Varas.

Publicado em Saúde
eleicaoconselho
O Conselho é formado por 24 titulares e 24 suplentes que têm o papel de fiscalizar e acompanhar a política municipal de saúde

A eleição da nova mesa diretora do Conselho Municipal de Saúde de Fortaleza (CMSF) ocorreu na tarde desta terça-feira (10/09), na sede da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), durante reunião ordinária que elegeu, por unanimidade, o conselheiro da Regional V, João Batista Gomes Leal, como presidente para o biênio 2019-2020. A solenidade de posse contou com a presença da titular da SMS, Joana Maciel, da secretaria adjunta, Ana Estela, e do presidente do CMSF no biênio 2017-2019, Marcus Vinícius Campos.

Para os demais cargos foram eleitos Ana Cristhina de Oliveira Brasil de Araújo para vice-presidente, Mayara Lobato Pequeno para secretária geral e Zenilda Mesquita Lopes para secretária adjunta. Logo após a votação, os membros foram empossados.

Segundo o presidente eleito, o Conselho Municipal de Saúde tem uma relevância devido ao papel que exerce e reafirma a responsabilidade e os desafios existentes. “Vamos procurar dialogar com a gestão e ouvir sempre os dois lados buscando resolver com união”, declarou. De acordo com a vice-presidente Ana Cristhina, o objetivo do CMSF é ser um canal efetivo de participação social nas políticas públicas de saúde, que “permite estabelecer uma sociedade na qual a cidadania deixe de ser apenas um direito, mas uma realidade”, disse.

O Conselho é formado por 24 titulares e 24 suplentes que têm o papel de fiscalizar e acompanhar a política municipal de saúde. Um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) está relacionado com a participação da sociedade no processo de fiscalização dos recursos e do andamento dos trabalhos realizados.

Saiba mais

O prefeito Roberto Cláudio empossou, na última sexta-feira (06/09), no Ginásio Paulo Sarasate, 1.536 novos Conselheiros de Saúde de Fortaleza. Os profissionais, cuja atribuição consiste em fortalecer estratégias voltadas às políticas de saúde, atuarão durante o biênio 2019-2021. A iniciativa visa o reforço do direito constitucional à saúde com qualidade, além do respeito à dignidade humana. A cerimônia de posse reuniu secretários municipais, vereadores, lideranças políticas e comunitárias.

Publicado em Saúde
interior da UPA do Cristo Redentor
O certificado confirma o grau de excelência em uma série de itens avaliados no equipamento

A Unidade de Pronto Atendimento Dr. Eduíno França Barreira - UPA do Cristo Redentor, recebe, pela segunda vez, o Certificado de Acreditação concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), principal atestado de qualidade do Brasil no setor de saúde. A entrega do título vai acontecer nesta quarta-feira (11/09) na unidade, às 9 horas, durante visita do prefeito Roberto Cláudio e da secretária municipal da Saúde, Joana Maciel.

O certificado, reconhecido em todo País e chancelado pela Sociedade Internacional para Qualidade na Saúde (ISQua), confirma o grau de excelência em uma série de itens avaliados no equipamento. O serviço passou por uma rigorosa auditoria levando em consideração a estrutura física, o quadro funcional (quantidade e qualificação de profissionais), as práticas de segurança, a capacidade de controle (informações oferecidas aos pacientes e seus acompanhantes), a qualidade de atendimento, dentre outros critérios.

A UPA do Cristo Redentor é a terceira unidade do País e a primeira do estado do Ceará a receber o título de “Acreditado Pleno” (nível 2), que dispõe de um sistema de planejamento e organização focado na gestão integrada. O nível 2 da ONA estabelece: mecanismos de controle para os processos-chave e de apoio; programa de educação continuada; grupos de melhoria de processos; e sistemática de análise crítica implantada. No prazo de até dois anos, a ONA fará uma reavaliação da Unidade com objetivo de garantir a permanência da acreditação. Durante esse período acontecerá o processo de certificação para Acreditado com Excelência (nível 3).

Atendimento

A UPA do Cristo Redentor foi inaugurada no dia 14 de fevereiro de 2014, tendo realizado, até julho deste ano, mais de 767 mil procedimentos. O atendimento aos pacientes é feito a partir do acolhimento, no qual a classificação é de acordo com a gravidade de cada caso e não por ordem de chegada, seguindo o Protocolo de Manchester.

Saiba mais

A Organização Nacional de Acreditação é uma entidade não governamental, sem fins lucrativos, com atuação em todo Brasil. Sua atividade busca promover a implantação de um processo permanente de avaliação e certificação da qualidade de serviços de saúde, estimulando o aprimoramento contínuo das instituições do setor. No ano de 2013, a organização tornou-se membro da Sociedade Internacional para Qualidade na Saúde (ISQua), o que reforça sua notoriedade dentro e fora do País.

Serviço
Entrega do Certificado de Acreditação da UPA do Cristo Redentor
Data: 11/09 (quarta-feira)
Horário: 9horas
Local: Av. Presidente Castelo Branco, s/n - Cristo Redentor

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza convoca, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS),  médicos com especialidade em Clínica Médica aprovados no concurso público regulamentado pelo Edital 78/2018 para atuação na Rede de Atenção Psicossocial (RAPS).

No dia 12 de setembro de 2019, os aprovados deverão comparecer à Junta Médica do Instituto de Previdência do Município (IPM), localizado na Avenida da Universidade, 1940, 1º andar – Centro, portando os exames relacionados no Edital de Convocação. A entrega da documentação será realizada no dia 13 de setembro de 2019 na Sefin III - Contencioso Administrativo Tributário, situada à Rua Bárbara de Alencar, 55, 2º andar – Centro.

Os aprovados devem observar as datas e os horários estabelecidos no Edital de Convocação Nº 049/2019, conforme a ordem de classificação.

Edital de Convocação Nº 049/2019 – Oriundo do Edital Regulador Nº 78/2018.

Publicado em Saúde
Pessoas sentadas à mesa em cima de palco com plateia assistindo
O objetivo do evento foi pensar sobre as práticas de atuação e de intervenção do psicólogo e os desafios vivenciados no atendimento aos pacientes e seus familiares

O Serviço de Psicologia do Instituto Doutor José Frota (IJF) promoveu, nesta quarta-feira (28), a Segunda Jornada de Psicologia do IJF, em alusão ao Dia do Psicólogo, celebrado em 27 de agosto. O evento teve como tema “A Psicologia no contexto hospitalar: antigas demandas, novas reflexões”. O objetivo foi pensar sobre as práticas de atuação e de intervenção desse profissional e os desafios vivenciados no atendimento aos pacientes e seus familiares.

A jornada iniciou com o acolhimento dos mais de 100 participantes, entre profissionais e acadêmicos de Psicologia de diversas universidades e unidades de saúde do Estado. A mesa de abertura teve a participação da diretora técnica do IJF, Dra. Cristiane Rodrigues, da coordenadora do Núcleo de Psicologia do hospital, Dra. Sâmia Ribeiro, e da coordenadora da Residência Multiprofissional da unidade, Dra. Renata Barreira. Já a palestra de abertura teve como tema “A Psicanálise no Hospital e o dispositivo da Urgência Subjetiva” e foi ministrada pela psicóloga Dra. Janara Pinheiro Lopes, professora da Universidade de Fortaleza (Unifor).

A programação também contou com três mesas redondas, cujas temáticas foram: “A atuação da Psicologia e seus contextos de intervenção”; “A formação e a inserção da Psicologia no campo da saúde”; e “O cuidado com Quem Cuida: escuta, trabalho e qualidade de vida”. O dia foi encerrado com a palestra “Suicídio: reflexões sobre a vida, o cuidado e as possibilidades de intervenção”, de Alessandra Xavier, integrante da Comissão Permanente Intersetorial de Políticas Públicas de Prevenção ao Suicídio do Estado do Ceará.

Dra. Sâmia Ribeiro destaca que o evento teve o intuito de discutir temáticas relacionadas à dinâmica do que se vive dentro do IJF com outras instâncias. “A gente pensou em trazer um espaço de reflexão para pensar um pouco sobre o fazer da Psicologia em ambiente hospitalar, os desafios vividos devido à grande demanda de atendimentos e a gravidade deles”, conclui a psicóloga.

Publicado em Saúde
apresentaçõesauditorioipm
O evento aconteceu nesta quarta-feira (21/08) na sede do IPM, das 8h às 12h

Criar ambientes coletivos de reflexão, escuta, compartilhamento de experiências e de avaliação, por meio de metodologias ativas. Esse foi o principal foco das apresentações dos profissionais de saúde do Município, no I Encontro Científico e Criativo de Saberes e Práticas em Saúde: a MetAMORfose pelo CAS-SUS. Realizado pela Prefeitura de Fortaleza, na manhã desta quarta-feira (21/08), no auditório do Instituto de Previdência do Município (IPM). A iniciativa é da Coordenadoria de Educação em Saúde, Ensino, Pesquisa e Programas Especiais e do Núcleo de Educação Permanente do SAMU 192, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Ao longo de toda manhã, profissionais dos postos de saúde apresentaram práticas criativas de cuidado implantadas dentro dos serviços. No total, foram 12 apresentações orais e 24 mostras de banners com relatos de experiências expostos. As estratégias favorecem os processos de trabalho, organização da unidade, escuta nas relações pessoais, além de favorecer o diálogo e ativar a participação dos envolvidos, por meio de aportes teóricos, tecnológicos, científicos e metodológicos.

Dr Cláudio Azevedo, coordenador do NEP SamuFor explica que os profissionais participam do Curso de Capacitação em Aprendizagem Significativa (CAS-SUS) e do Curso de Aperfeiçoamento em Aprendizagem Significativa (AAS-SUS) e se tornam facilitadores, voltam para o território e colocam em prática o que aprenderam, ressignificando seus trabalhos e atuando de forma colaborativa na integração dos profissionais. “Hoje, esse encontro é o resultado do que está sendo produzido e aplicado nos ambientes de trabalho”. Ele reforça a importância do trabalho de educação permanente que esta sendo realizado desde 2013, no qual cerca 150 profissionais já foram capacitados.

Um dos trabalhos agraciados no evento foi da Juliete Pontes, enfermeira do posto de saúde Carlos Ribeiro, da Regional I, que vivenciou práticas, ressignificou conceitos, aprendeu metodologias lúdicas e reflexivas, por meio do CAS-SUS e AAS-SUS. “Os usuários relatam as mudanças, e isso é fundamental para revigorar as práticas de trabalho, e trazer o despertar de fazer sempre algo novo”, disse.

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza realiza, nesta quarta-feira (21/08), das 8h às 12h, o I Encontro Científico e Criativo de Saberes e Práticas em Saúde: a MetAMORfose pelo CAS-SUS. A ação ocorre no auditório do Instituto de Previdência do Município (IPM) e é promovida por meio da Coordenadoria de Educação em Saúde, Ensino, Pesquisa e Programas Especiais e do Núcleo de Educação Permanente do SAMU 192, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

O objetivo do evento é contribuir com as práticas de cuidados, em um contexto interdisciplinar, além de compartilhar experiências e vivências no âmbito do trabalho em saúde na perspectiva do fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS). O público-alvo são os profissionais e gestores da Atenção Básica do Município. Durante toda manhã, haverá ciclos de apresentações orais, totalizando 12 trabalhos acadêmicos, além de mostras de banners com relatos de experiências em práticas de saúde.

De acordo com Cláudio Azevedo, coordenador do Núcleo de Educação Permanente do SAMU 192 (NEP SAMUFor), esse movimento é resultado da união de educandos e facilitadores do Curso de Capacitação em Aprendizagem Significativa (CAS-SUS) e do Curso de Aperfeiçoamento em Aprendizagem Significativa (AAS-SUS), no qual os resultados foram observados a partir das atuações dos profissionais nas Unidades de Saúde. “É um momento que favorece a integração dos profissionais a atuarem de forma criativa, colaborativa e interdisciplinar, proporcionando outros horizontes e alternativas inovadores”, reforça.

Serviço
I Encontro Científico e Criativo de Saberes em Práticas em Saúde
Data: 21/08 (quarta-feira)
Horário: 8h às 12h
Local: Auditório do IPM (Av. da Universidade, 1940 – Centro)

 

Publicado em Saúde
médica atendendo um bebê qu está no colo da mãe
Dentre as diretrizes de formação, está a garantia do cuidado nos diferentes ciclos de vida (gestação e nascimento, saúde da criança, saúde da mulher, saúde do homem, saúde do idoso)

Os profissionais médicos selecionados para a primeira turma do Programa Médico Fortaleza serão empossados nesta segunda-feira (12/08), às 9 horas, na Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP). O programa está estruturado com formato de pós-graduação em que a Prefeitura de Fortaleza realiza em parceria com o Governo do Estado, por meio da Escola de Saúde Pública.

A solenidade de posse dos novos profissionais contará com a presença do prefeito Roberto Cláudio, do governador Camilo Santana, da secretária da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel, do secretário estadual de Saúde, Carlos Roberto Martins Rodrigues, e do superintendente da Escola de Saúde Pública, Salustiano Gomes de Pinho Pessoa, além de outras autoridades.

O programa surgiu como parte de uma política de fortalecimento da atenção primária, possibilitando o complemento de equipes de Estratégia da Saúde da Família e fomentando o interesse de médicos para o trabalho nos Postos de Saúde.

A formação terá duração de um ano, com pagamento de uma bolsa mensal no valor de R$ 11.865,00, custeada pelo Tesouro Municipal de Fortaleza. Durante o curso de Pós-Graduação latu sensu em Atenção Primária à Saúde (APS), os médicos participarão de atividades de ensino e práticas de treinamento em serviço.

Dentre as diretrizes de formação, estão às linhas de cuidado assistencial com base nos indicadores epidemiológicos (principais agravos), a sensibilização dos médicos para o conceito de Redes de Atenção e a garantia do cuidado nos diferentes ciclos de vida (gestação e nascimento, saúde da criança, saúde da mulher, saúde do homem, saúde do idoso).

Capacitação
Durante a primeira semana deste mês de agosto, os médicos já participaram de Curso Introdutório em Atenção Primária à Saúde de Fortaleza. Com carga horária de 40 horas, a capacitação foi realizada pela SMS, na Escola de Saúde Pública (ESP), com o objetivo de apresentar a Rede de Saúde do Município.

Programa Saúde na Hora
Outra estratégia de fortalecimento da atenção primária foi a adesão de Fortaleza ao Programa Saúde na Hora do Ministério da Saúde, no qual a capital cearense foi o município brasileiro com maior número de postos habilitados.

Em junho de 2019, a Prefeitura de Fortaleza habilitou 58 postos de saúde, ou seja, 45% dos primeiros 128 postos de saúde que aderiram ao Programa do Governo Federal em todo o País. A portaria com a homologação dos 24 primeiros municípios habilitados, que oferece incentivo financeiro federal para funcionar com horário estendido foi publicada em 14 de junho de 2019, no Diário Oficial da União.

Com a entrada dos novos profissionais médicos do Programa Médico Fortaleza, o Município terá um número ainda maior de unidades habilitadas a receber esses recursos. Em Fortaleza, desde 2013, na primeira gestão do prefeito Roberto Cláudio, os postos de saúde passaram a contar com um gestor para cada unidade, prontuário eletrônico e horário de funcionamento estendido de 7h às 19h com objetivo de ampliar o acesso da população aos serviços da Atenção Primária, como consultas médicas e odontológicas, coleta de exames laboratoriais, aplicação de vacinas e pré-natal. Essas são as premissas para qualificação no Programa Saúde na Hora.

Com a adesão ao programa, as unidades que recebiam R$ 21,3 mil para custeio de até três equipes de Saúde da Família passam a receber R$ 44,2 mil, o que representa um incremento de 106,7% ao incentivo de custeio. As unidades que possuem atendimento em saúde bucal, o aumento é de 122%, passando de R$ 25,8 mil para R$ 57,6 mil.

Publicado em Saúde
mulher amamentando criança
O serviço reforça a importância da amamentação e incentiva a doação de leite

O Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter, o Gonzaguinha do José Walter, recebe nesta quarta-feira (07/08), às 10 horas, a 10º Sala de Apoio à Mulher que Amamenta/Posto de Coleta de Leite Humano. A entrega do equipamento encerra as ações de sensibilização promovidas pela Prefeitura de Fortaleza em alusão à Semana Mundial de Amamentação, nas 113 Unidades de Atenção Primária à Saúde e nas maternidades do Município.

A iniciativa busca ampliar o serviço voltado para o compartilhamento de informações sobre os benefícios do aleitamento materno, além de divulgar técnicas que auxiliam para uma boa amamentação. O aleitamento materno proporciona muitos benefícios cruciais à mãe e ao bebê. Pensando nisso, a sala conta com um enfermeiro e técnico de enfermagem, capacitados, que proporcionam um melhor acolhimento às mulheres, esclarecendo dúvidas e repassando orientações sobre o assunto. A importância da doação de leite também é reforçada nesses espaços. Cada litro de leite doado é suficiente para amamentar 10 bebês que estejam internados e/ou não podem ser amamentados pelas próprias mães.

A coordenadora da Saúde da Criança da Secretaria Muniicpal da Saúde (SMS), Riteméia Mesquita, reforça a importância da iniciativa. “Desde o pré-natal essas mães já podem procurar esse serviço a fim de compreender a amamentação e suas intercorrências. Além disso, as mamães recebem toda orientação de como retirar o leite da forma correta, de como armazená-lo e da importância da doação do leite materno”, esclarece.

O leite materno é considerado o alimento mais completo para o bebê. Contém substâncias como anticorpos e glóbulos brancos, essenciais para proteger a criança contra várias doenças. O próprio ato de mamar promove uma melhor flexibilidade na articulação das estruturas da fala e estimula o padrão respiratório nasal da criança.

Saiba mais

As Salas de Apoio à Mulher que Amamenta/Postos de Coleta de Leite Humano estão localizadas nos postos de saúde Rigoberto Romero (Regional II), Roberto Bruno (Regional IV), Dom Aloísio Lorscheider (Regional IV), Ronaldo Albuquerque (Regional V), Luis Franklin (Regional VI), além do Hospital e Maternidade Zilda Arns, Hospital Nossa Senhora da Conceição e nos Gonzaguinhas da Barra do Ceará e de Messejana. As salas recebem, em média, de 4 a 5 litros de leite por mês. Os equipamentos estão conveniados aos bancos de leite dos Hospitais Albert Sabin, Dr. Cesar Cals e Maternidade Escola Assis Chateaubriand.

Serviço
Entrega da 10ª Sala de Apoio à Mulher que Amamenta de Fortaleza
Data: 07/08 (quarta-feira)
Horário: 10h
Local: Hospital Distrital Gonzaga Mota José Walter - Gonzaguinha do José Walter (Av. D, 440 – 2ª etapa José Walter)

Publicado em Saúde
Página 1 de 14