A Prefeitura de Fortaleza inicia, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a primeira fase da campanha nacional contra a gripe. A imunização começa nesta segunda-feira (23/03) e prossegue até 23 de maio, nas salas de vacinação dos 113 postos de saúde da Capital. A primeira fase da campanha tem como público-alvo idosos (a partir de 60 anos) e trabalhadores da área da saúde.

Veja a relação dos postos e escolas

De acordo com a Coordenadora de Imunização da SMS, Vanessa Soldatelli, a expectativa é vacinar 90% do público-alvo da 1ª fase, visto que a proteção da vacina é anual. “A vacina deste ano está completamente diferente do ano passado, porque é produzida a partir da pesquisa do vírus que está circulando no país naquele momento. Além disso, ela não possui memória imunológica, e só confere proteção por um ano”, afirma.

A decisão de priorização dos idosos se dá pela maior vulnerabilidade deste grupo em relação a doenças, evitando um deslocamento às unidades de saúde no período esperado de provável circulação do Coronavírus no país. Além disso, a antecipação da campanha, que normalmente ocorre no fim de abril, é uma forma de auxiliar os profissionais de saúde a obterem diagnósticos mais evidentes em relação ao COVID 19. Com a proteção da vacina e a consequente diminuição dos casos de influenza H1N1, H3N2 e Influenza b, é mais fácil diagnosticar possíveis casos de coronavírus em caso de sintomas gripais fortes.

Os pacientes acima de 80 anos deverão receber a aplicação da vacina em domicílio. Esse atendimento será realizado com base nos dados dos usuários cadastrados no programas Saúde da Família e Melhor em Casa. Os que ainda não estão cadastrados devem entrar em contato com o posto mais próximo para fazer o cadastro e evitar a locomoção ao posto de saúde.

Campanha nas escolas

Para os idoso acima de 60 anos, além dos 113 postos de saúde da capital,  escolas também serão pontos de vacinação de forma a evitar a aglomeração de pessoas, facilitar o acesso e reduzir o tempo de permanência.

Veja a relação das escolas

Calendário da campanha

Conforme o calendário divulgado pelo Governo Federal, a campanha de 2020 segue três fases:

1ª fase (a partir de 23/03): idosos (a partir de 60 anos) e profissionais da saúde.

2ª fase (a partir de 16/04): professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

3ª fase (09/05 a 23/05): crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade.

Publicado em Saúde
vacinacao contra raiva
Durante a campanha de 2016, foram vacinados 257 mil e 655 animais

A Prefeitura de Fortaleza lança, nesta sexta-feira (10/11), a campanha de vacinação contra a raiva para cães e gatos.  A abertura acontece na Unidade de Vigilância de Zoonoses (CCZ), às 8h, com um show de adestradores, desfile de animais, peça de teatro sobre a importância da vacina e os cuidados a serem adotados com os animais. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) promove ainda um dia “D” de vacinação antirrábica no sábado (11/11), com 125 locais de vacinação, disponíveis de 8h às 17h. O município de Fortaleza está há 14 anos sem registrar casos da doença.
 
Durante a campanha de 2016, foram vacinados 257 mil e 655 animais, alcançando 94% da população de cães e gatos existentes na Capital. As Regionais I, V e VI, áreas de maior concentração de animais domésticos, tiveram cobertura acima de 95%, totalizando 162.917 animais protegidos.  
 
A raiva é transmitida do animal para o homem e apresenta uma alta taxa de mortalidade, chegando a alcançar quase 100% entre os animais. Os principais transmissores são os animais silvestres, como morcegos, raposas e macacos, que contaminam cachorros, gatos e humanos de forma acidental. Os principais sintomas são o aparecimento repentino de uma agressividade no animal, salivação excessiva e paralisia. 

Para o gerente da Célula de Vigilância Ambiental da SMS, Atualpa Soares, a campanha visa garantir a saúde e proteção dos animais. “Todos os cães e gatos podem ser vacinados, exceto aqueles que se encontrem doentes. A idade mínima para vacinação é de três meses, seguida de uma dose de reforço. Lembrando que a vacina é a única forma de garantir a proteção desses animais contra a raiva”, destaca Atualpa.

Ao levar seu animal para receber a vacina, os proprietários devem adotar algumas medidas de segurança: o cão deve estar devidamente com guia e coleira, em caso de cão bravo deve-se adotar a focinheira. Gatos precisam ser conduzidos em caixas específicas para evitar fugas. Dessa forma o animal e a equipe de vacinação estarão seguros de eventuais acidentes.


Saiba mais - Nos humanos, o vírus da raiva possui tropismo pelo sistema nervoso central, instalando-se no cérebro, tendo como resultado final a encefalite que é uma inflamação no cérebro.
 
Serviço:
Abertura da campanha de vacinação contra a raiva
Data: Sexta-feira (10/11)
Hora: 8h
Local: Unidade de Vigilância de Zoonoses - Rua Betel, 2980 – Dendê (Por trás da UECE, no bairro Itaperi)

Publicado em Saúde
Até o dia último dia 25, a campanha tinha atingido 81% da meta de vacinação (Foto: Fábio Lima /arquivo)

Em Fortaleza, a campanha contra a poliomielite (paralisia infantil) foi prorrogada até o dia 5 de julho. Nesta quinta-feira (27/06), durante o feriado, dois postos de saúde estarão aplicando a vacina, o Edmar Fujita e o Frei Tito.

O público-alvo da campanha são crianças de seis meses até menores de cinco anos. Elas devem receber a vacina independente de terem sido vacinadas em campanhas anteriores.

A meta mínima é vacinar 95% do público-alvo. Para isso, os pais, familiares ou responsáveis, devem se dirigir aos postos de saúde e garantir a imunização de suas crianças.

Serviço
Vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil)
Dia: quinta-feira (27/06)
Locais:
- Posto de Saúde Frei Tito - 8h às 20h (Rua José Cláudio Costa Lima, 100 – Caça e Pesca)
- Posto de Saúde Edmar Fujita - 9h às 21h (Av. Alberto Craveiro, 1480 – Castelão)
 

Publicado em Saúde
A campanha tem como público alvo crianças de seis meses até menores de cinco anos (Foto: Fábio Lima /arquivo)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) prorrogou até o próximo dia 5 de julho a Campanha de Vacinação contra a Poliomielite em Fortaleza. Neste sábado (22/06), diversas unidades estarão abertas oferecendo a vacina. A campanha tem como meta mínima atingir 95% de seu público alvo, que é formado por crianças de seis meses até menores de cinco anos (que deverão receber a vacina oral independente de tê-la recebido anteriormente).

Os pais, familiares ou responsáveis devem se dirigir ao posto de saúde mais próximo de sua residência e garantir a imunização de suas crianças. Já durante a semana, a vacina contra a pólio estará disponível em todas as 92 UAPS do Sistema Municipal de Saúde.

Serviço
Vacinação contra a Poliomielite
Dia: 22 de junho
Horário: 8h às 17 horas
 
REGIONAL II

UAPS Paulo Marcelo – Rua 25 de Março, nº 607 – Centro
UAPS Miriam Porto Mota – Rua Coronel Jucá, nº 1636 – Dionísio Torres
UAPS Rigoberto Romero – Rua Alameda das Gaivotas, nº 195 – Cidade 2000
 
REGIONAL III
UAPS Anastácio Magalhães – Rua Silveira Filho, nº 903 – Jóquei Clube
UAPS César Cals – Rua Coronel Matos Dourado, s/n – Pici
UAPS Fernandes Távora – Rua Maceió, nº 1354 – Henrique Jorge
UAPS Sobreira de Amorim – Av. Des. Luis Paulino, nº 109 - Henrique Jorge
UAPS João XXIII – Rua Júlio Braga, s/n – João XXIII
UAPS Eliezer Studart – Av. Lineu Machado, nº 145 – Jóquei Clube
UAPS Meton de Alencar – Rua Cândido Maia, nº 294 – Antônio Bezerra
 
REGIONAL IV
UAPS Valdevino de Carvalho – Rua Guará, s/n – Itaóca
Shopping Benfica
 
REGIONAL V
UAPS Luciano Torres de Melo – Rua Delta, nº 365 – Varjota
UAPS Edmilson Pinheiro – Av. H, nº 2191 – Granja Lisboa
UAPS Zélia Corrêa – Rua Antônio Pereira, nº 1495 – Pantanal
UAPS Luiza Távora – Travessa São José, nº 940 – Mondubim

REGIONAL VI
Lago Jacareí – 17 às 21 horas.
 

Publicado em Saúde
O “dia D” acontecerá na Uaps Paulo Marcelo no Centro (Foto: Fábio Lima)

Na próxima sexta-feira (7), será iniciada a campanha de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil). Em Fortaleza, o “dia D” de mobilização acontecerá na Unidade de Atenção Primária à Saúde (Uaps) Paulo Marcelo, no Centro, a partir das 9 horas.

A campanha nacional contra a poliomielite segue até o dia 21 de junho.  As crianças de seis meses a cinco anos (que deverão receber a vacina oral independente de tê-la recebido anteriormente) são o público alvo. A meta mínima da campanha é atingir 95% desse grupo, aproximadamente, 152.523 crianças. A campanha é fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Secretaria Estadual de Saúde (Sesa).

Saiba mais
O Brasil realiza, em 2013, o 34º ano de campanhas nacionais de vacinação contra a Poliomielite e o 24º ano sem a doença no país, estando livre do poliovírus desde 1990. Assim deve permanecer até a concreta certificação mundial da erradicação deste agente infeccioso. Esta estratégia tem como objetivo garantir a não reintrodução da doença no território brasileiro.

Serviço
Abertura da campanha municipal de vacinação contra a poliomielite
Dia: 7/6 (sexta-feira)
Local: Uaps Paulo Marcelo (Rua 25 de março, 607)
Horário: 9h

Dia de mobilização nacional
08/06 – sábado

Vacinas disponíveis:
Oral contra rotavírus;
Tríplice viral - sarampo, rubéola e caxumba;
Pentavalente;
DTP – contra difteria, tétano e coqueluche;
dT – contra difteria, tétano acidental/neonatal;
Hepatite B;
Pneumocócica 10 valente;
Meningocócica conjugada tipo C.

Publicado em Saúde