A Prefeitura de Fortaleza realizará mais um Dia D neste sábado (24/09), em todos os postos de saúde do Município, de 8h às 16h30. As crianças devem estar acompanhadas de um responsável, com documento de identificação com foto e a caderneta de vacinação.

Além dos postos, os shoppings Iguatemi Bosque, RioMar Fortaleza, RioMar Kennedy, North Shopping Bezerra, Via Sul Shopping, North Shopping Jóquei, Shopping Benfica e Shopping Parangaba vão disponibilizar exclusivamente a Vacina Oral contra a Poliomielite (VOP) para crianças com esquema completo da Vacina Inativada Poliomielite (VIP), administradas aos 2, 4 e 6 meses de idade. O atendimento será de 10h às 16h.

O objetivo é ampliar a cobertura vacinal de crianças menores de 15 anos de idade, atualizando o calendário vacinal das mesmas e ampliando a imunização contra doenças.

Serão ofertadas 14 vacinas, que protegem contra 19 doenças, de acordo com a faixa etária: BCG, Hepatite B, Rotavírus, Pentavalente, Pólio Inativada, Pneumocócica 10 Valente, Meningite C, Tríplice Viral, Hepatite A, Varicela, Pólio Oral, Tríplice Bacteriana (DTP), Febre Amarela, ACWY, Tríplice Viral, Dupla Bacteriana - Difteria e Tétano e, também, HPV, ofertada para meninas e meninos entre 9 e 14 anos de idade.

Cartão de vacinação

O cartão de vacinação pode ser acessado, também, pelo Aplicativo Mais Saúde Fortaleza, disponível para download em dispositivos iOS e Android. Na aba “Vacinação”, é possível acessar quais as últimas vacinas aplicadas e quais estão pendentes.

Calendário de vacinação

Crianças
- BCG: previne tuberculose
- Hepatite B: previne hepatite B;
- Rotavírus: previne contra doenças diarreicas causadas pelo rotavírus;
- Pentavalente: previne Difteria, Tétano, Coqueluche, Meningite e outras infecções por Haemophilus influenzae tipo b e Hepatite B;
- VIP (Vacina Inativada contra a Poliomielite): previne poliomielite ou paralisia infantil;
- Pneumocócica: previne pneumonia causada pelo pneumococo;
- Meningocócica C: previne doenças provocadas pela bactéria Neisseria Meningitidis do sorogrupo C, como meningite e a sepse;
- DTP (Tríplice Bacteriana): previne Difteria, Tétano e Coqueluche;
- Hepatite A: evita hepatite A;
- SCR (tríplice viral): previne sarampo, caxumba e rubéola.
- VOP (Vacina Oral contra a Poliomielite): previne poliomielite ou paralisia infantil;
- Varicela: previne varicela;
- HPV: previne cânceres do colo do útero e verrugas genitais;
- Febre Amarela;

Adolescentes
- HPV: previne cânceres do colo do útero, de pênis e verrugas genitais;
- Meningocócica ACWY: previne meningite dos tipos ACWY e meningococcemia;
- Hepatite B: previne hepatite B;
- dT: previne difteria e tétano;

Serviço
Dia D de multivacinação
Data: 24/09 (sábado)
Horário: 8h às 16h30

 

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) dá continuidade à vacinação de crianças em idade escolar nas instituições públicas e privadas de ensino, em Fortaleza, contra a Poliomielite, Covid-19, Meningocócica ACWY e o HPV. O objetivo é ampliar a cobertura vacinal na faixa etária de 1 a 14 anos, garantindo a imunização ao maior número de crianças possível.

As visitas de equipes a escolas e creches haviam sido interrompidas durante a pandemia e visam ampliar a cobertura vacinal de crianças e jovens. Semanalmente, as equipes de vacinação de cada regional comparecem às escolas para realizar a imunização dos alunos, que devem apresentar autorização prévia dos pais ou responsáveis, além da caderneta de vacinação.

Balanço

São aplicadas mensalmente cerca de 200 mil doses de vacinas que pertencem ao calendário nacional. De 8 a 29 de agosto, 107.019 crianças e jovens menores de 15 anos foram vacinadas para atualização da caderneta.

Vanessa Soldatelli, coordenadora de imunização da SMS, explica a importância da vacinação em crianças, seja nos postos ou nas creches e escolas. “Algumas doenças que eram consideradas erradicadas no mundo estão retornando, como é o caso da Poliomielite, em que já existe uma criança com diagnóstico positivo na América do Norte. Isto nos traz um alerta para a importância de intensificar a vacinação e de que a população deve ter a consciência que as vacinas salvam e protegem nossas crianças contra diversas doenças”.

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza, seguindo orientação do Ministério da Saúde (MS), amplia a oferta de duas vacinas para o público infantojuvenil. A Meningocócica ACWY (conjugada) será aplicada nos adolescentes não vacinados entre 11 e 14 anos de idade, de forma temporária, até junho de 2023. Já a vacina HPV4 será ampliada para meninos de 9 a 14 anos de idade. A vacina contra o HPV já era disponibilizada para meninas na mesma faixa etária.

A ampliação da Meningocócica ACWY se dá devido à faixa etária ser a maior responsável pela manutenção da circulação da doença na comunidade, em decorrência de elevadas taxas de estado de portador do meningococo em nasofaringe, sendo necessária a dose de reforço na adolescência para garantir a proteção nesta fase da vida.

Já o imunizante que protege contra o Papilomavírus Humano (HPV) foi incorporado de forma escalonada ao Sistema Único de Saúde (SUS) em 2014. Atualmente a vacina é aplicada em meninas e adolescentes do sexo feminino e masculino, entre 9 e 14 anos de idade (14 anos, 11 meses e 29 dias), e para grupos com condições clínicas especiais até os 45 anos (vivendo com HIV/AIDS, transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea e pacientes oncológicos).

“Crianças e adolescentes devem manter seu esquema vacinal atualizado, para que a proliferação dessas doenças seja controlada. Todos os postos de Fortaleza possuem vacinas, basta se dirigir ao mais próximo da sua residência para receber a imunização”, reforça Vanessa Soldatelli, coordenadora de imunização da SMS.

A aplicação das vacinas ocorre nos 116 postos de saúde da Capital, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30. Nos fins de semana e feriados, os postos Paulo Marcelo e Messejana funcionam de 8h30 às 16h30.

Publicado em Saúde

Seguindo a orientação do Ministério da Saúde (MS), a Prefeitura de Fortaleza vai prorrogar as Campanhas Nacionais de Vacinação contra Poliomielite e a de Multivacinação para crianças e adolescentes até o dia 30 de setembro. O prazo inicial da campanha que começou em 8 de agosto era até essa sexta-feira (09/09).

A aplicação das vacinas acontece nos 116 postos de saúde da capital, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30. Nos fins de semana e feriados, os postos Paulo Marcelo e Messejana, funcionam de 8h30 às 16h30.

A coordenadora de Imunização de Fortaleza, Vanessa Soldatelli, alerta para a importância de evitar-se o retorno das doenças que são preveníveis. Segundo ela, “não se vacinar, além de colocar em risco a própria saúde, coloca em risco também a saúde de seus familiares e de outras pessoas do seu convívio, contribuindo para aumentar a circulação de doenças. Vacinar é prevenir, imunizar e cuidar”.

Poliomelite

A poliomielite, também conhecida por paralisia infantil, é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou secreções eliminadas pela boca das pessoas doentes e provocar ou não paralisia. A paralisia infantil não existe cura, portanto a única forma de prevenção é a vacina. Desde 1988, o Ceará não registra casos de poliomielite, mas o vírus continua circulando pelo mundo.

A vacinação tem estratégias diferenciadas para crianças menores de um ano e para faixa etária de 1 a 4 anos de idade. Durante a campanha, todas as crianças menores de 4 anos devem comparecer às salas de vacinas para receber uma dose contra poliomielite. A depender do esquema vacinal registrado na caderneta, a criança poderá receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP), como dose de reforço ou extra, ou a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), como dose de rotina.

Entenda o esquema vacinal
1ª dose: aos 2 meses através de injeção (VIP)
2ª dose: aos 4 meses através de injeção (VIP)
3ª dose: aos 6 meses através da injeção (VIP)
1º reforço: 15 meses (1 ano e 3 meses) por meio da vacina oral (VOP)
2º reforço: menores de 4 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), por meio da vacina oral (VOP)

Multivacinação

Já na campanha de Multivacinação, o objetivo é atualizar e/ou completar os esquemas das crianças e adolescentes (de 0 até 14 anos 11 meses e 29 dias) com os 19 tipos de vacinas que protegem contra diversas doenças.

Vacinas disponibilizadas para crianças
BCG; Hepatite B; Poliomielite (VIP – inativada e VOP - atenuada); Rotavírus; Pentavalente; Pneumocócica 10; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela; Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola); Varicela; Hepatite A; Tríplice Bacteriana (Difteria, Tétano e Coqueluche); Papilomavírus humano (HPV).

Vacinas disponibilizadas para adolescentes
Hepatite B; Dupla bacteriana (Difteria e Tétano); Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola); Papilomavírus humano (HPV) e Meningocócica ACWY (conjugada), conforme esquema vacinal.

Balanço

Desde o inicio da campanha até o dia 7 de setembro, 29.023 crianças de 1 a 4 anos foram vacinadas contra pólio. Entre 5 a 14 anos, 43.158 foram vacinadas para regularizar a caderneta.

No dia “D”, que ocorreu no dia 20 de agosto, 5.568 crianças receberam a vacina VOP e/ou VOP e 16.347 crianças e adolescentes foram imunizados. Ainda neste dia, 8.774 pessoas também compareceram as unidades e receberam algum imunizante. Soldatelli explica que por ser uma campanha de atualização do esquema vacinal, não há meta fixa.

A meta definida pelo MS trata-se da vacina de rotina que deve ser de 95% para Poliomielite. “O intuito da campanha é que todas as crianças fiquem protegidas”.

Até junho deste ano, os índices de vacinação em Fortaleza seguem em torno de 67% a 73%, na cobertura média das principais vacinas ofertadas do calendário vacinal para crianças (BCG, pentavalente, DTP, poliomielite e tríplice viral).

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza manterá dois postos de saúde em funcionamento nesta quarta-feira (07/09), Dia da Independência do Brasil, exclusivamente para vacinação de rotina. Os postos Paulo Marcelo e Messejana funcionarão das 8h às 17h.

Postos de saúde abertos para vacinação de rotina na quarta-feira (07/09)

Posto Paulo Marcelo (Rua Vinte e Cinco de Março, 607 – Centro)

Posto Messejana (Rua Coronel Guilherme Alencar, s/n – Messejana)

Vacinação contra Covid-19

Na campanha contra a Covid-19, das 9h às 17h, a Prefeitura de Fortaleza segue realizando a aplicação do imunobiológico nos pontos de vacinação divulgados no Portal da Prefeitura.

Atendimento nas UPAs

Para atendimentos de urgência, Fortaleza conta com 12 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), sendo seis delas administradas pelo Município, todas funcionando 24h por dia, aptas para realizar atendimento de pacientes com sintomas de média complexidade.

Confira os endereços das UPAs municipais

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), dará inicio nesta segunda-feira (08/08), à Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para crianças com até 4 anos, 11 meses e 29 dias, e à Campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente com até 15 anos de idade. A aplicação das vacinas acontece nos 116 postos de saúde da capital, de segunda a sexta-feira, das 7h30 ás 18h30.

Reduzir o risco de reintrodução da poliomielite no país e garantir que crianças e adolescentes recebam todas as vacinas recomendadas pelo Plano Nacional de Imunização (PNI) são os objetivos das campanhas. “É importante que os pais e responsáveis levem os filhos até os postos de saúde para receber as vacinas e, assim, atualizar a situação vacinal. Não podemos ficar suscetíveis às doenças, como a paralisia infantil e tantas outras que podemos evitar por meio de vacinas seguras e que são oferecidas gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde”, reforça Vanessa Soldatelli, coordenadora de Imunização de Fortaleza.

Soldatelli explica ainda que a vacina contra poliomelite da campanha é a VOP (vacinal oral), aplicada nas crianças com esquema vacinal completo com a Vacina Inativada da Poliomelite (VIP - vacinas injetáveis), que são administradas com 2, 4 e 6 meses de idade. “Por ser uma campanha de atualização do esquema vacinal, não há meta definida. O intuito é que todas as crianças fiquem protegidas”.

Vacinação contra a poliomielite

Público-alvo: crianças de 1 ano à 4 anos

Vacina Oral Poliomielite (VOP): para crianças de um a quatro anos, de forma indiscriminada, desde que já tenham recebido as três doses de VIP do esquema básico.

Entenda o esquema vacinal:

1ª dose: aos 2 meses através de injeção (VIP);
2ª dose: aos 4 meses através de injeção (VIP);
3ª dose: aos 6 meses através da injeção (VIP);
1º reforço: 15 meses (1 ano e 3 meses) por meio da vacina oral (VOP)
2º reforço: menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), por meio da vacina oral (VOP)

Multivacinação para atualização de caderneta de vacinação

Público-alvo: crianças e adolescentes de até 14 anos, 11 meses e 29 dias

A campanha de multivacinação contemplará as crianças e adolescentes menores  até 14 anos 11 meses e 29 dias, não vacinados ou com esquemas vacinais incompletos, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação.

Vacinas disponibilizadas para crianças

BCG; Hepatite B; Poliomielite (VIP – inativada e VOP - atenuada); Rotavírus; Pentavalente; Pneumocócica 10; Meningocócica C (conjugada); Febre Amarela; Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola); Varicela; Hepatite A; Tríplice Bacteriana (Difteria, Tétano e Coqueluche); Papilomavírus humano (HPV).

Vacinas disponibilizadas para adolescentes

Hepatite B; Dupla bacteriana (Difteria e Tétano); Tríplice Viral (Sarampo, Caxumba, Rubéola); Papilomavírus humano (HPV) e Meningocócica ACWY (conjugada), conforme esquema vacinal.

Serviço
Período da campanha: 8 de agosto a 9 de setembro
Atendimento: segunda a sexta-feira
Horário: 7h30 às 18h30
Local: 116 postos de saúde de Fortaleza

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza amplia, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), a aplicação da vacina meningocócica C (Conjugada) para crianças até 10 anos e trabalhadores da saúde de Fortaleza, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde (SMS). O imunizante está disponível nos 116 postos de saúde da Capital, de 7h30 às 18h30.

A extensão do público-alvo vai até fevereiro de 2023 e tem o objetivo de proteger a população contra doença meningocócica do sorogrupo C, a fim de aumentar as coberturas vacinais e evitar a circulação da doença no País.

De acordo com a coordenadora de Imunização de Fortaleza, Vanessa Soldatelli, as coberturas vacinas em todo o Brasil caíram consideravelmente, e esta medida busca proteger estes grupos e evitar possíveis surtos da doença.

“É importante frisar que, embora o maior número de vacinas esteja previsto para utilização na infância, existem algumas que devem ser utilizadas na vida adulta, cuja indicação vai depender da história vacinal do adulto (vacinas utilizadas na infância e adolescência), das doenças que o adulto teve durante sua vida, sua saúde e a situação epidemiológica local”, explica Soldatelli.

Vacina meningocócica C

A vacina faz parte do Calendário Nacional de Imunização, sendo indicado duas doses, aos 3 e 5 meses de idade, e um reforço aos 12 meses, com idade máxima, anteriormente, para menores de cinco anos. Adolescentes de 11 e 12 anos também recebem uma dose da vacina meningocócica ACWY.

Seguindo a orientação do MS, se a criança até 10 anos não tiver se vacinado, deve tomar uma dose da vacina. Já os trabalhadores da saúde dos serviços públicos e privados, mesmo com esquema vacinal completo, podem se vacinar com mais uma dose, mediante comprovante de trabalho.

São considerados trabalhadores da saúde todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, quanto os trabalhadores de apoio, ou seja, aqueles que trabalham nos serviços de saúde, mas que não estão prestando serviços diretos de assistência à saúde das pessoas, tais como: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros. Cuidadores de idosos, doulas e parteiras, que atuam em cuidados domiciliares também estão inclusas. Além dos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde também têm direito a receber a vacina.

A doença

A Meningite é causada pela bactéria Neisseria Meningitidis, também conhecida como Meningococo, que provoca uma infecção nas meninges, as membranas que envolvem a medula espinhal e cerebral. O Meningococo é transmitido por meio de secreções respiratórias (tosse, espirro) e da saliva. Os principais sintomas são febre, rigidez na nuca, dor de cabeça intensa, vômitos e, em alguns casos, alterações neurológicas.

Publicado em Saúde

A Prefeitura de Fortaleza realiza mais um fim de semana do projeto VacinArte, que leva música e entretenimento aos pontos de vacinação de Fortaleza, neste sábado (30/10). Nesta edição, cinco polos de vacinação serão contemplados, totalizando seis atrações musicais. A ação é executada pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com o apoio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Neste sábado (30/10), se apresentam Pollyanna Alves, às 9h, no Centro de Eventos; Yane Caracas, às 9h, no Sesi Parangaba; Alê Eloi, às 10h, no Iguatemi Fortaleza; Diana Franco, às 14h, no Centro de Eventos; Dayana Silver, às 14h, no Shopping Riomar Papicu; Nicinha do Acordeon, às 14h, no Riomar Kennedy.

Confira abaixo os horários e as atrações do evento neste fim de semana.

VacinArte
Sábado (30/10)
9h – Pollyanna Alves (Centro de Eventos)
9h – Yane Caracas (Sesi Parangaba)
10h – Alê Eloi (Iguatemi Fortaleza)
14h – Diana Franco (Centro de Eventos)
14h – Dayana Silver (Shopping RioMar Papicu)
14h – Nicinha do Acordeon (RioMar Kennedy)

Publicado em Cultura

O projeto VacinArte segue levando música ao vivo aos pontos de vacinação contra a Covid-19 da Capital cearense. Neste sábado e domingo (11 e 12/09), dez atrações compõe a programação do evento, em locais e horários distintos. A iniciativa de apoio a classe artística é realizada pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com o apoio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

No sábado, Clara Martod estará, às 9h, na UAPS Rebouças Macambira; Kildare Ferreira, às 9h, na UAPS Irmã Hercília; Elizete Santos estará às 10h no Shopping Riomar; Rodrigo Santos, às 13h, no Shopping Riomar; Júnior Dias, às 14h, na UAPS Hermínia Leitão e Juan Torquato, às 15h, no Posto de Saúde Dom Aloísio Lorscheider.
Já no domingo, o público poderá conferir Juruviara, às 10h, no Shopping Iguatemi; Zé Cazado, às 10h, no Centro de Eventos; e Arrochados do Forró finaliza a programação deste fim de semana com apresentação às 14h no Sesi Parangaba.
Confira abaixo os horários e as atrações do evento neste fim de semana.

VacinArte – Sábado 11/09

9h: UAPS Rebouças Macambira (Jardim Guanabara) – Clara Martod
9h: UAPS Irmã Hercília (São João do Tauape) – Kildare Ferreira
10h: Riomar Fortaleza (Papicu) – Elizete Santos
13h: Riomar Fortaleza (Papicu) – Rodrigo Santos
14h: UAPS Hermínia Leitão (Quintino Cunha) – Júnior Dias
15h: Posto de Saúde Dom Aloísio Lorscheider (Itaperi) – Juan Torquato

VacinArte – Domingo 12/09

10h: Iguatemi (térreo, próximo a loja Forever 21, parte nova) – Juruviara
10h: Salão – Centro de Eventos – Zé Cazado
13h: Salão – Centro de Eventos – Balanço do Rei
14h: SESI Parangaba – Arrochados do Forró

Publicado em Cultura
Cartaz do projeto Vacinar. Ao fundo, cantora Day Melo e banda tocam para multidão na fila de vacinação.
A programação estará presente em dez polos de vacinação (Foto: Thiago Matine)

O projeto VacinArte segue levando música ao vivo aos pontos de vacinação contra a Covid-19 da Capital cearense. Neste sábado e domingo (19 e 20/06), dez atrações compõe a programação do evento, em locais e horários distintos. A iniciativa de apoio a classe artística é realizada pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com o apoio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

No sábado, Lorena Lyse estará, às 9h, na UAPS Anastácio Magalhães; Marcos Lima, às 11h, na UAPS Siqueira; Luiza Nobel estará às 13h na Arena Castelão; Soul do Sertão, às 14h, no UAPS Irmã Hercília; e Feito pra Sambar, às 15h, no Centro de Eventos do Ceará.

Já no domingo, o público poderá conferir Guto Balada, às 9h, no Centro de Eventos; Johnny Lima, às 11h, no North Shopping Jóquei; Mathias do Acordeon e Coisas do Sertão, às 13h, na Policlínica Dr. Jose Eloy da Costa Filho; Karla Tomé, às 14h, na Arena Castelão; e Carlinhos Beck finaliza a programação deste fim de semana com apresentação às 15h no Sesi Parangaba.

Confira abaixo os horários e as atrações do evento neste fim de semana.

VacinArte
Sábado (19/06)
9h – Lorena Lyse (UAPS Anastácio Magalhães)
11h – Marcos Lima (UAPS Siqueira)
13h – Luiza Nobel (Arena Castelão)
14h – Soul do Sertão (UAPS Irmã Hercília)
15h – Feito pra Sambar (Centro de Eventos)

Domingo (20/06)
9h – Guto Balada (Centro de Eventos)
11h – Johnny Lima (North Shopping Jóquei)
13h – Mathias do Acordeon e Coisas do Sertão (Policlínica Dr. Jose Eloy Da Costa Filho)
14h – Karla Tomé (Arena Castelão)
15h – Carlinhos Beck (Sesi Parangaba)

Publicado em Cultura
Página 1 de 2