O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta segunda-feira (01/06), o balanço das negociações de dívidas realizadas pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. Entre os dias 28 de abril e 29 de maio, 4.323 atendimentos ocorreram por meio da ferramenta "Negocie Procon". Desses, 2.583 prosseguiram para negociações abertas. Os demais atendimentos não se enquadravam dentro de pré-requisitos, como possuir dívidas com as empresas participantes ou dívidas já terceirizadas, que são vendidas a financeiras.

Em uma das negociações, um consumidor possuía débito de empréstimo no Banco Bradesco, no valor de R$ 19.069,49 e obteve desconto de 94,76% para pagamento à vista da dívida, que caiu para R$ 999,24.

Em outro caso, um consumidor registrava débito com a empresa Tim, no valor de R$ 725,93. A operadora de telefonia ofertou desconto de 90%, restando para pagamento à vista, o valor de R$ 72,59.

Até agora, nove empresas aderiram ao formato de conciliação. São operadoras de telefonia, bancos, operadoras de cartão de crédito e ainda concessionárias de água e de energia elétrica.

A ferramenta "Negocie Procon" está disponível pelos números de whatsapp (85) 98439-6661 e 98896-8888. O serviço funciona durante o período de isolamento social, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, exceto feriados. Os números são somente para mensagens de texto, não recebendo ligações telefônicas. Somente consumidores residentes na Capital podem participar, devido a área territorial de atuação do Procon Fortaleza.

O Procon pede que, ao entrar em contato pelo WhatsApp, o consumidor descreva seu problema, apresentando uma proposta de negociação, e se identifique com dados pessoais do titular da dívida, como CPF, RG e endereço.

Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, as empresas atenderam o pedido de apresentar condições facilitadas para os consumidores. "O serviço, que é pioneiro, demonstra que é possível negociar dívidas, mesmo no momento difícil que estamos vivendo", ressaltou.

Balanço "Negocie Procon" (28/04 a 29/05)

Total geral de atendimentos 4.323
Negociações abertas 2.583
Acordos 894
Sem acordos 351
Em análise 859
Desistência da negociação 84
Impossibilidade de contato com o consumidor 277
Débito não encontrado com a empresa 118

Atendimentos por empresa

Empresa Atendimentos
Bradesco 815
Enel Distribuidora do Ceará  575
Itaú/Hipercard 371
Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece) 330
Oi 165
Fortbrasil 138
Vivo 103
Claro 56
Tim 30
Publicado em Economia

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) lançou, nesta segunda-feira (27/04), uma ferramenta de negociação de dívidas por meio do aplicativo de mensagens "Whatsapp". A ferramenta "Negocie Procon" vai possibilitar que o consumidor possa resolver problemas financeiras durante a pandemia do coronavírus sem precisar sair de casa. Somente consumidores residentes na Capital podem participar, devido a área territorial de atuação do Procon Fortaleza.

Pelo menos 10 empresas já aderiram ao novo formato de conciliação. São operadoras de telefonia, bancos, operadoras de cartão de crédito e ainda concessionárias de água e de energia elétrica.

A ferramenta "Negocie Procon" já está disponível pelos números de whatsapp (85)98439-6661 e 98896-8888 e o serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, exceto feriados.

O Procon pede ao consumidor que, ao entrar em contato pelo whatsapp, descreva seu problema e se identifique com dados pessoais do titular da dívida, como CPF, RG e endereço. Caso seja necessário, o Procon solicitará outros dados.

Segundo a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, a nova ferramenta permite agilidade e comodidade. "As empresas que aderiram já se comprometeram a atender os problemas dos consumidores com maior rapidez e resolutividade", explicou.

Empresas participantes do "Negocie Procon"

Concessionárias:
⁃ Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará (Cagece)
⁃ Enel Distribuidora do Ceará (Enel)

Bancos e financeiras:
⁃ Bradesco
⁃ Fortbrasil
⁃ Hipercard
⁃ Itaú

Telecomunicações:
⁃ Claro
⁃ Tim
⁃ Oi
⁃ Vivo

banner do canal coronavírus fortaleza

Publicado em Economia

A Prefeitura vai realizar, por meio do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), o Mutirão de Renegociação de Dívidas, entre os dias 7 e 11 de outubro (segunda a sexta-feira), no Ginásio Paulo Sarasate. Para o Procon, este promete ser o maior evento de conciliação de dívidas já promovido pelo Órgão. Os descontos podem chegar a 95% no valor da dívida. Pelo menos, 50 guichês vão atender simultaneamente.

Serão distribuídas 400 senhas por dia. O Procon espera cerca de 1.200 negociações diariamente, totalizando 6.000 operações em uma semana. Isso porque os consumidores possuem, em média, três dívidas a serem renegociadas. Pelo menos, 45 empresas entre grupos e conglomerados se habilitaram a participar do mutirão.

Cláudia Santos, diretora do Procon Fortaleza, explica que foram estabelecidas condições para que as empresas possam participar do mutirão. "Solicitamos às empresas que ofereçam descontos e prazos especiais para o pagamento da dívida. Sem essas condições, não haveria motivo para participar do mutirão", esclareceu.

Ainda segundo a Diretora, a escolha do Ginásio Paulo Sarasate permite que o consumidor tenha mais conforto contando com área coberta e assentos suficientes.

O Procon também preparou divulgação nos terminais de ônibus da capital, que recebem entre os quarta e sexta-feira (02 a 04/10), panfletagem com material explicando a realização do mutirão, bem como a lista das empresas participantes.

Empresas participantes 

Documentos
É preciso levar cópias da documentação pessoal e do comprovante de endereço e ainda de faturas de cobrança ou de contratos que comprovem a situação a ser renegociada com a empresa. Só podem participar consumidores residentes na Capital.

Principais problemas

O número de consumidores com problemas financeiros que procuram o Procon Fortaleza tem aumentado sucessivamente nos últimos anos. Saiu de 5.856 em 2015 para 7.957, em 2016, um aumento de 35,87%. Em 2017, saltou para 8.505, uma elevação de 6,88% frente ao período anterior. No ano passado, esse número chegou a 8.936, representando um aumento de 5% se comparado ao ano de 2017. Os consumidores se queixam, principalmente, de cobrança indevida e de juros e multas abusivos.

O Procon lembra que aqueles consumidores que não sabem qual tipo de dívida possuem e nem o valor do débito devem procurar antes o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e solicitar um extrato detalhado da dívida.

O telefone do Procon Fortaleza para denúncias e informações é o 151.

Balanço 2018

No ano passado, o Mutirão de Renegociação de Dívidas, que também ocorreu em outubro, superou as expectativas do Procon. Houve um aumento de 208% na quantidade de atendimentos, se comparado com o mutirão de 2017 (2.348 em 2018 contra 762 em 2017). O índice de resolutividade também subiu, passando de 68% para 83%.

Cerca de 1.494 consumidores procuraram o Procon para renegociar dívidas com bancos, operadoras de cartão de crédito e empresas que emprestam dinheiro, o que corresponde a 83% do total de 2.348 atendimentos. Em seguida, 211 consumidores (9%) buscaram a intermediação do Procon para renegociar dívidas com a concessionária de energia elétrica. Outros 188 consumidores (8%) registraram insatisfação com cobranças abusivas de empresas de telefonia.

Pelo menos 65% do total, cerca de 1.526 atendimentos, foram do sexo feminino, enquanto que 822 reclamações foram do sexo masculino, o que corresponde a 35%.

Serviço
Mutirão de Renegociação de Dívidas
Data: 07 a 11/10 (segunda a sexta-feira0
Horário: 8h às 17h
Local: Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050 - Dionísio Torres - entrada pela Rua Antônio Augusto)

Publicado em Economia

A Prefeitura de Fortaleza anuncia, por meio do Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza), nesta quarta-feira (02/10), às 9 horas, a realização do Mutirão de Renegociação de Dívidas. A coletiva ocorrerá no auditório do Ginásio Paulo Sarasate, localizado na Secretaria do Esporte e Lazer (Secel).

De acordo com Cláudia Santos, diretora geral do Procon Fortaleza, este será o maior mutirão de renegociação de dívidas já realizado. "Percebemos que, no ano passado, o mutirão superou todas as expectativas e ganhou uma proporção que não comporta mais ser realizado na sede do Procon, no Centro", avalia. Ela também afirma que, no Ginásio Paulo Sarasate, o consumidor terá mais conforto com área coberta e assentos suficientes para realizar até mil negociações por dia.

O Mutirão de Renegociação de Dívidas será realizado de 7 a 11 de outubro.

Serviço
Coletiva de anúncio do Mutirão de Renegociação de Dívidas
Data: 02/10 (quarta-feira)
Horário: 9h
Local: Auditório do Ginásio Paulo Sarasate (Rua Ildefonso Albano, 2050 - Dionísio Torres)

Publicado em Economia
Em algumas negociações, o Procon conseguiu redução de até 97% do valor da dívida.
Em algumas negociações, o Procon conseguiu redução de até 97% do valor da dívida (Foto: Rodrigo Carvalho)

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta terça-feira (18/9), o balanço do Mutirão de Renegociação de Dívidas, que ocorreu entre os dias 15 e 19 de outubro. O mutirão, realizado anualmente, superou as expectativas do Órgão. Houve um aumento de 208% na quantidade de atendimentos, se comparado com o mutirão do ano passado, quando 762 atendimentos foram realizados contra 2.348 renegociações de dívidas, deste ano. O índice de resolutividade também subiu, superando 2017, que foi de 68%, aumentando para 83% este ano.

Cerca de 1.494 consumidores procuraram o Procon para renegociar dívidas com bancos, operadoras de cartão de crédito e empresas que emprestam dinheiro, o que corresponde a 83% do total de 2.348 atendimentos. Em seguida, 211 consumidores (9%) buscaram a intermediação do Procon para renegociar dívidas com a concessionária de energia elétrica. Outros 188 consumidores (8%) registraram insatisfação com cobranças abusivas de empresas de telefonia.

Os consumidores se queixaram, principalmente, de juros e multas abusivos e de cobranças para além da dívida principal. Em algumas negociações, o Procon conseguiu redução de até 97% do valor da dívida, como foi o caso de um consumidor que possuía dívida com operadora de cartão de crédito, no valor de R$ 4.117,00, sendo reduzida para R$ 111,00 no pagamento à vista. Técnicos do Procon também relataram casos em que um único consumidor possuía dívida com 12 tipos de operadoras de cartão de crédito, que totalizavam aproximadamente R$ 30.000,00 de débitos.

Pelo menos 65% do total, cerca de 1.526 atendimentos, foram do sexo feminino, enquanto que 822 reclamações foram do sexo masculino, o que corresponde a 35%.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, esclarece que nos 399 casos em que não houve acordo, ou seja, 17% dos atendimentos, os consumidores foram orientados a registrar reclamação para tentativa de renegociação por meio de audiência no Procon Fortaleza. Ela também comemorou a adesão das empresas. "A cada ano, aumenta a participação de novas empresas, o que é positivo para o consumidor, que tem a chance de renegociar seus débitos".

Cláudia lembra ainda que os consumidores residentes na capital, podem procurar o Procon, a qualquer momento, para abertura de reclamação contra qualquer empresa, pedindo uma renegociação da dívida. No entanto, a Diretora ressalta que, durante o mutirão do Procon, as condições de renegociação são diferenciadas com redução de juros, multas e encargos, conforme as empresas se comprometeram.

Procon Fortaleza
Procon Centro (Rua Major Facundo, 869)
Procon vapt vupt Terminal de Antonio Bezerra
Procon vapt vupt Terminal de Messejana
Procon Regional V (Avenida Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso)

Publicado em Economia
A partir desta segunda-feira (15/10), consumidores endividados terão a oportunidade de renegociar dívidas com condições especiais de desconto
A partir desta segunda-feira (15/10), consumidores endividados terão a oportunidade de renegociar dívidas com condições especiais de desconto

A partir desta segunda-feira (15/10), consumidores endividados terão a oportunidade de renegociar dívidas com condições especiais de desconto e parcelamento do débito. O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) deu início ao mutirão de renegociação de dívidas, evento realizado anualmente com o objetivo de resgatar a dignidade e devolver o poder de compra ao consumidor. O Procon espera realizar dois mil atendimentos até sexta-feira (19/10). Os núcleos do Procon localizado nos Vapt Vupts de Antonio Bezerra e de Messejana e na Regional V também participam do mutirão.

As empresas que aderiram ao mutirão, assumiram o compromisso de oferecer condições diferenciadas para a quitação da dívida, inclusive com linha direta para solucionar os casos em tempo real.

Confira as empresas participantes, abaixo.

Bancos, operadoras de cartão de crédito e financeiras
Banco do Brasil
Bradescard
Bradesco cartões
Banco Santander
Banco Itaú, cartões e empresas do Grupo
Banco Investcred Unibanco S.A.
Caixa Econômica Federal
Cartão Losango
Crefisa
Dibens Leasing S.A.
FIC Promotora de vendas
FortBrasil
Grupo Rede
Hipercard Banco Múltiplo
Luizacred S.A.
Microinvest
Marcep Corretagem de Seguros
Omni Soluções Financeiras
Provar Negócios de Varejo

Operadoras de telefonia e telecomunicação
Claro TV
Claro móvel
Net
Tim celular
Vivo

Concessionária
Enel CE

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, avalia que os descontos nas dívidas podem chegar a 90% do valor do débito. "Esta é uma boa oportunidade para o consumidor limpar seu nome, com condições especiais para pagamento da dívida, inclusive, parcelando seus débitos", disse. Mas a diretora alerta que o consumidor assuma o pagamento daquilo que conseguirá pagar, sob o risco de envidar-se novamente.

O Procon ressalta que, independentemente das empresas que já aderiram ao mutirão e que se comprometeram a resolver em tempo real o problema, o consumidor pode abrir reclamação contra qualquer empresa. No entanto, nestes casos, as empresas são notificadas para realização de audiência de conciliação.

Principais problemas
O número de consumidores da capital que procuraram o Procon Fortaleza com problemas financeiros tem aumentado sucessivamente nos últimos três anos. Saiu de 5.856 em 2015 para 7.957, em 2016, um aumento de 35,87%. No ano passado, os consumidores com problemas financeiros saltou para 8.505, uma elevação de 6.88%, se comparado com o período anterior. Os consumidores se queixam principalmente de cobrança indevida e de juros e multas abusivos.

Consulta CPF
Em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Fortaleza (CDL de Fortaleza), será possível consultar a situação do Cadastro de Pessoa Física (CPF) durante o período de realização do mutirão.

Documentos
É preciso levar cópias da documentação pessoal e do comprovante de endereço e ainda de faturas de cobrança ou de contratos que comprovem a situação a ser renegociada com a empresa. Só podem participar consumidores residentes na capital.

Serviço
Mutirão de renegociação de dívidas
Período: de 15 a 19/10 (segunda a sexta-feira)
Horário: das 8 às 17 horas
Locais de atendimento:
Procon Centro (rua Major Facundo, 869)
Procon vapt vupt Antonio Bezerra
Procon vapt vupt Messejana
Procon Regional V (avenida Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso)

Publicado em Economia

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) e a Caixa Econômica Federal assinam nesta sexta-feira (01/12), às 9h, Termo de Parceria que prorroga o atendimento, na sede do Procon, no Centro, a consumidores que estão em débito com o banco. A ação conjunta vai até o dia 29 de dezembro.

Essa iniciativa reforça a campanha #QUITAFACIL, que acontece até o fim de dezembro em todo o País, e tem como objetivo facilitar a regularização de contratos com mais de 360 dias de atraso, com descontos especiais. Durante a primeira fase da campanha, que aconteceu de 13 a 30/11, o Procon registrou descontos de até 90% no valor da dívida.

O Procon decidiu apoiar a ação da Caixa, após o banco comprometer-se a conceder descontos especiais na renegociação de dívidas de produtos do Banco a pessoas jurídicas ou físicas. Podem ser renegociados débitos com cartões de crédito, cheque especial, Crédito Direto ao Consumidor, empréstimos pessoal e consignado e financiamento de veículos. Os descontos concedidos na campanha "Quita Fácil" serão somente para pagamentos à vista.

Para a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, esta é uma oportunidade de renovar o crédito no mercado. "As compras de fim de ano estão chegando e o consumidor tem a chance de liquidar dívidas com descontos especiais", afirma. Mas a diretora alerta para o risco de novo endividamento. Por isso, ela pede cautela na contratação de novos empréstimos e nas compras.

Atendimento Caixa
Além do Procon Fortaleza, que atende consumidores da Capital, os clientes podem procurar qualquer agência no Estado para negociar. A campanha #QUITAFACIL beneficia clientes Pessoa Física e Jurídica com contratos comerciais em atraso, incluindo cartões de crédito.

Em todo o Estado, além das agências da Caixa, os clientes têm à disposição o site www.negociardividas.caixa.gov.br, e o telefone 0800 726 8068 (opção 8), que prestarão atendimento.

Publicado em Economia

A partir desta segunda-feira (13/11), o Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) recebe consumidores inadimplentes com a Caixa Econômica Federal (CEF) para renegociar dívidas. A parceria entre o Banco Federal e o Procon Fortaleza visa oferecer condições especiais para clientes da CEF (pessoas físicas ou jurídicas) que residem na Capital e que possuem dívidas em atraso com a Caixa, no período acima de 360 dias.

A CEF promete conceder descontos especiais na renegociação de dívidas de produtos do Banco, como cartões de crédito, cheque especial, Crédito Direto ao Consumidor, empréstimos pessoal e consignado e financiamento de veículos. Os descontos concedidos na campanha "Quita Fácil" serão somente para pagamentos à vista.

Para a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, qualquer ação que venha beneficiar o consumidor deve ser celebrada. "Decidimos apoiar a ação da Caixa após o Banco se comprometer em oferecer condições especias para renegociar e quitar a dívida de seus consumidores", comentou.

Documentos
O Procon lembra que o consumidor deve levar documentos pessoais (RG, CPF e comprovante de residência), bem como comprovantes do débito com a Caixa (faturas de cartão de crédito, contratos ou extratos bancários).

Serviço
Campanha "Quita Fácil"
Local: Procon Centro (Rua Major Facundo, 869)
Período: De 13 a 30/11
Horário: Das 8h às 17h
Mais informações: 151

Publicado em Economia

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) retoma, a partir desta segunda-feira (25/9), o Mutirão de Renegociação de Dívidas, realizado em comemoração aos 27 anos do Código de Defesa do Consumidor (CDC). Pelo menos 411 audiências de conciliação, já agendadas, ocorrerão neste período para solucionar casos de endividamento com empresas que não aderiram ao mutirão na primeira fase (de 11 a 15 de setembro). O objetivo é intermediar acordos entre fornecedor e consumidor, possibilitando a liquidação de débitos por meio da redução de juros e multas e condições diferenciadas no pagamento.

Para casos de endividamento com as empresas que aderiram ao mutirão (consulte a lista abaixo), o procedimento também continua até sexta-feira (29/9) e é mais rápido, pois ocorre em tempo real por meio de linha direta disponibilizada pelos fornecedores. Durante a primeira fase do mutirão, entre os dias 11 e 15 de setembro, o Procon registrou média de resolução de 68%. Dos 762 atendimentos realizados, 519 endividamentos foram liquidados. Bancos, operadoras de cartão de crédito e concessionária de energia elétrica são os segmentos com mais consumidores endividados na Capital, de acordo com os dados do mutirão.

A diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, pede que o consumidor não deixe de procurar o Órgão, pois um outro mutirão de renegociação de dívidas só deve ocorrer no próximo ano. "Nosso objetivo é consolidar esta ação nos próximos anos, como forma de resgatar a dignidade de pessoas que estavam sem credibilidade ou crédito no comércio".

Empresas que aderiram ao mutirão
Apiguana, À Vista S/A Administradora de Cartões de Crédito, Banco do Brasil e cartões do Grupo, Bradesco e cartões do Grupo, Cagece, Claro, Enel/Coelce, FortBrasil, Banco Santander e cartões do Grupo, Tim, Banco Itaú e cartões do Grupo e Vivo/Telefônica.

Endividamento cresceu 730%
O número de consumidores endividados com empresas financeiras e bancos, na capital, teve um aumento de 730% nos últimos três anos, saltando de 190 em 2014 para 1.388 no ano passado. Os dados são do Procon Fortaleza, contabilizados pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), do Ministério da Justiça.

Documentos
É preciso levar cópias da documentação pessoal e do comprovante de endereço e ainda de faturas de cobrança ou de contratos que comprovem a situação a ser renegociada com a empresa. Só podem participar consumidores residentes na capital.

10 dicas para não entrar no endividamento:
1 - Avalie, se realmente precisa realizar a compra;
2 - Pague sempre até o dia do vencimento sua fatura de cartão de crédito e demais contas;
3 - Analise seus gastos e orçamento dos últimos 12 meses, avaliando a expectativa de renda para os próximos 12 meses;
4 - Evite saques em dinheiro com o cartão de crédito, pois os juros nessa modalidade são muito altos;
5 - Lembre-se: cartão de crédito não é extensão de seu salário;
6 - Evite empréstimos, a não ser que seja para pagar dívidas com juros maiores;
7 - Não deixe que as parcelas dos empréstimos ultrapassem 30% da renda mensal familiar;
8 - Faça uma planilha com o orçamento doméstico mensal, anotando exatamente o valor da sua renda para saber quanto poderá gastar;
9 - Opte, quando possível, por compras à vista. Assim, você pode negociar descontos no valor do produto;
10 - Busque negociar sua dívida o mais breve possível, para evitar multas e encargos.

Serviço
Mutirão de Renegociação de Dívidas (2ª fase)
Local 1: Procon Centro (Rua Major Facundo, 869)
Local 2: Procon Messejana - Vapt Vupt (avenida Jornalista Tomaz Coelho, 602, ao lado do terminal de ônibus)
Local 3: Procon Antônio Bezerra (rua Demétrio de Menezes, 3750, ao lado do terminal de õnibus)
Horário: das 9h às 13h

Mais informações: Central de Atendimento ao Consumidor 151.

Publicado em Economia

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta segunda-feira (18/9), o balanço do Mutirão de Renegociação de Dívidas, que ocorreu entre os dias 11 e 15 de setembro. A ação foi uma das atividades em comemoração aos 27 anos do Código de Defesa do Consumidor (CDC). Bancos, operadoras de cartão de crédito e concessionária de energia elétrica foram as mais demandadas. Dos 762 atendimentos, 519 obtiveram acordos, o que representa 68% do total.

Algumas empresas resolveram até 100% dos casos reclamados, reduzindo juros e multas e ainda parcelando o valor das dívidas. Um dos casos que chamou a atenção dos atendendes do Procon foi uma dívida bancária no valor de R$ 52.943,72. Neste caso, o Procon conseguiu um desconto para o consumidor, de 85% do valor da dívida, que foi reduzida para R$ 7.941,00 e ainda parcelada em 18 vezes.

O Procon informa que os consumidores terão uma nova chance de participar do Mutirão, entre os dias 25 e 29 de setembro. Também, neste período, ocorrerão 411 audiências de conciliação para casos de endividamento com empresas que não aderiram ao Mutirão.

Para a diretora do Procon Fortaleza, Cláudia Santos, o mutirão superou as expectativas. "O mutirão foi um sucesso. Conseguimos auxiliar os consumidores a liquidar dívidas e, principalmente, devolver a dignidade para pessoas que estavam sem credibilidade no comércio", avaliou. A Diretora também alerta que é necessário cautela para não adquirir um novo endividamento e perder a capacidade de honrar com o acordo firmado.

Resultado mutirão de renegociação de dívidas

EMPRESA

COM

ACORDO

SEM

ACORDO

TOTAL %
  1. ÀVISTA CARTÕES
25 0 25 100%
  1. TIM
08 01 09 88%
  1. CLARO
06 01 07 86%
  1. VIVO
15 03 18 83%
  1. ENEL
100 25 125 80%
  1. ITAÚ
151 42 193 78%
  1. BRADESCO
154 86 240 64%
  1. FORTBRASIL
16 10 26 62%
  1. SANTANDER
19 17 36 53%
  1. BANCO DO BRASIL
24 37 61 39%
  1. CAGECE
01 21 22 4%
  1. APIGUANA
Não houve demanda durante o mutirão
TOTAL 519 243 762 68%
Publicado em Economia
Página 1 de 2