.

A Vila das Artes realiza, por meio da Escola Pública de Dança, na terça-feira (12/11), mais uma edição do programa Conversa de Academia. A convidada é a dançarina e pesquisadora Emyle Daltro, que apresentará o tema “Composição em dança e invenção de mundos”, estudo realizado durante seu processo de Doutoramento em Arte. O evento tem início às 18h, na Vila das Artes.

A partir do trabalho de dança “Folharal”, realizado com o músico multi-instrumentista Bruno Esteves, Emyle compartilhará pesquisa sobre estratégias composicionais e de aprendizagem, por meio das relações com “coisas”, humanas ou não, levadas em conta como coautoras de corpos e danças. “Na conversa de academia, pretendo partir do processo de criação de Folharal para compartilhar o quanto a composição tanto em quanto para a cena, quanto em ou para a sala de aula inventam modos de vida, conectam mundos, constituindo mutuamente aprendizagem e criação em dança”, explica a pesquisadora.

O programa Conversa de Academia tem como objetivo compartilhar o resultado de trabalhos acadêmicos com temas ligados à dança e estimular a visibilidade desses estudos criando um ciclo contínuo de diálogos.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Sobre a ministrante
Artista da dança, professora e pesquisadora nos cursos de graduação em Dança, da Universidade Federal do Ceará (UFC) desde 2013. Nascida em Cuiabá, MT, em 1975. Iniciou seus estudos em dança aos sete anos de idade. Aos 17 anos, começou a conduzir aulas de dança e nunca mais parou deste então. Doutora em Arte pela UnB (Universidade de Brasília), mestra em Estudos de Cultura Contemporânea pela UFMT, tem especialização em Planejamento e Gestão Cultural e graduação em Comunicação Social. Mudou-se de Brasília para Fortaleza em 2013 e, em novembro desse mesmo ano, realizou Intervenções de Dança com estudantes das graduações em dança no bosque da reitoria da UFC. Integrou o Projeto de Pesquisa Mapeamento da Dança nas capitais brasileiras e no Distrito Federal (2015). Foi coordenadora dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Dança da UFC (2016-2018). Em 2017, fez a orientação dramatúrgica do trabalho Cabeças Sagradas, com coreografia de Gerson Moreno. Coordenou o Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID Dança e Teatro da UFC), trabalhando com três escolas da rede pública de ensino de Fortaleza (2018-2019). É co-orientadora do grupo de pesquisa Sonoridades Múltiplas, coordenado também por Consiglia Latorre, trabalhando improvisação e composição em música e dança. Coordena o projeto de pesquisa Arte, decolonialidade e invenção e coordenou o projeto de extensão Grande Roda: africanidades, ancestralidades e interculturalidade em movimentos (2017-2018).

Serviço
Conversa de Academia – “Composição em dança e invenção de mundos”, com Emyle Daltro
Data: Quarta-feira (12/11)
Horário: 18h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes lança o edital de seleção de alunos e alunas para o Curso de Formação Básica em Dança referente ao período 2020–2026. Destinado a crianças e pré-adolescentes com idades entre 8 e 13 anos, o curso é uma realização da Escola Pública de Dança e mantém inscrições abertas até 20 de janeiro de 2020.

Acesse o Edital

Para participar do processo seletivo, o representante legal dos candidatos e candidatas devem entregar, pessoalmente, na Vila das Artes, a ficha de inscrição (anexo II do edital) com originais e cópia da documentação exigida (item 4.2 do edital). Serão admitidos até 40 alunos, com idades entre 8 e 10 anos, para as duas novas turmas do 1º ano; e até 30 alunos, com idades entre 9 e 13 anos, para as turmas em andamento (2º ao 4º ano). Pretendentes às vagas das turmas em andamento devem apresentar experiência prévia em Dança. Serão selecionados ainda até 20 suplentes para ocupar eventuais vagas de candidatos aprovados desistentes do 1º ano.

Para a coordenadora da Escola Pública de Dança da Vila das Arte, Marina Carleial, a formação cumpre o objetivo de estimular o conhecimento e o aprofundamento nos estudos em dança, colaborando com a profissionalização na área artístico-cultural. "Trata-se de um curso de seis anos de duração, totalmente gratuito, que promove, junto a crianças e pré-adolescentes, o acesso a um amplo processo formativo que compreende conteúdos técnicos, artísticos e teóricos com foco na dança cênica, visando a inserção e qualificação nesse universo", afirma a coordenadora.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Seleção
Candidatos e candidatas com inscrições válidas passarão por processo seletivo coordenado por profissionais da área da Dança, em data e horário a serem definidos no ato da inscrição. A atividade consiste em uma uma vivência coletiva, segundo a qual candidatos e candidatas serão avaliados em critérios como motivação, criatividade, coordenação motora, aptidão física e nível técnico. Na ocasião, deverão trajar roupas que permitam movimentarem-se livremente.

Curso de Formação Básica em Dança
Fundado no ano de 2011, o Curso de Formação Básica em Dança da Escola Pública de Dança da Vila das Artes tem por objetivo fornecer subsídios práticos e teóricos para o desenvolvimento criativo de obras coreográficas. Destinado a crianças e pré-adolescentes com idades entre 8 e 13 anos, o curso tem duração de seis anos e prevê em seu currículo as seguintes disciplinas: Abordagens técnicas contemporâneas, Dança Clássica, Danças Tradicionais e Populares, Ateliê de Repertórios, Elementos da Música, Ateliê de Experimentação e Composição, Elementos da cena, Ateliê de Análise e Estudo de Obras Coreográficas, Introdução à História da Dança, Danças Urbanas e Introdução à Análise do Movimento.

Serviço
Edital de Formação Básica em Dança 2019
Inscrições: Até 20 de janeiro de 2020
Período de Seleção: 27 a 31 de janeiro de 2020
Resultado Preliminar: 7 de fevereiro de 2020
Recurso: 10 a 14 de fevereiro de 2020
Resultado Final: 21 de fevereiro de 2020
Matrículas novos alunos e início das aulas: 2 de março de 2020

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes recebe, a partir desta quarta-feira (06/11), o workshop "Step by Step Guide – Iniciação ao Breakdance", com Carlos Eduardo Paiva, mais conhecido como "Bboy Africano". Com duração de três dias, a atividade segue até sexta-feira (08/11), sempre das 12h às 13h, com inscrições por ordem de chegada. A ação integra o programa Aulas Abertas, da Escola Pública de Dança da Vila das Artes, e é realizada em parceria com a Ocupação Experimentus – Residência de Criação, com colaboração do grupo Sul Clan.

A atividade tem por objetivo apresentar de forma inicial e pedagógica um “passo a passo” do vocabulário corporal do breakdance, para aqueles que desejam entender e familiarizar-se com o movimento. O conteúdo das aulas envolve dança no chão, com elementos acrobáticos executados no solo, como toprock, footwork e freezes.

O programa Aulas Abertas é um projeto destinado a proporcionar aos artistas da dança local oportunidades regulares e adequadas de trabalho e aperfeiçoamento técnico-corporal. Constituído por módulos independentes entre si, em geral com duração de uma semana, o programa visa ainda possibilitar o contato de profissionais e estudantes com distintas propostas de trabalho corporal e artístico desenvolvidas em diferentes contextos de pesquisa e criação em dança.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Carlos Eduardo Nascimento Paiva, ou Bboy Africano, é arte educador, assessor de arte e cultura, jurado de eventos nacionais de breaking e realiza apresentações em slam, saraus e comerciais de TV. É também um dos primeiros integrantes do grupo Sul Clan. Atualmente desenvolve projeto de ensino do break em Centro Socioeducativos do Ceará.

Serviço
Programa Aulas Abertas – Workshop "Step by Step Guide – Iniciação ao Breakdance", com Carlos Eduardo (Bboy Africano)
Data: 06 a 08/11 (quarta a sexta-feira)
Horário: das 12h às 13h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3105-1402
Gratuito

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes recebe, nesta sexta-feira (25/10), a masterclass "Estudos de Métodos de Ensino nas Danças Urbanas", com Henrique Bianchini. A atividade ocorre das 14h às 17h, com inscrições por ordem de chegada. A ação integra o programa Aulas Abertas, da Escola Pública de Dança da Vila das Artes, e é realizada em parceria com a Bienal Internacional de Dança e o Festival Internacional de Danças Urbanas na Cena (Fiduc).

Segundo Henrique Bianchini, a masterclass parte da avaliação de métodos pedagógicos recorrentes e seus resultados, com a intenção de desenvolver possibilidades de reconfigurações em nome de uma transferência de conhecimento mais eficiente, que fuja da aleatoriedade na escolha e na aplicação dos processos. "Não há método de ensino certo ou errado, mas há o eficaz e o não eficaz. Pretendemos auxiliar o professor de Danças Urbanas a ajustar seus procedimentos de ensino de acordo com os objetivos pré-definidos", explica Henrique.

O programa Aulas Abertas é um projeto destinado a proporcionar aos artistas da dança local oportunidades regulares e adequadas de trabalho e aperfeiçoamento técnico-corporal. Constituído por módulos independentes entre si, em geral com duração de uma semana, o programa visa ainda possibilitar o contato de profissionais e estudantes com distintas propostas de trabalho corporal e artístico desenvolvidas em diferentes contextos de pesquisa e criação em dança.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Considerado um dos maiores especialistas em Hip Hop Dance do país, Henrique Bianchini acumula 20 anos de envolvimento com as Danças Urbanas Estadunidenses. Formado em Educação Física pela UNESP, o pesquisador atua constantemente como jurado em festivais competitivos, além de ministrar workshops e palestras nos principais eventos relacionados a Street Dance no Brasil. Diretor da empresa Urbaninhos Dança e Eventos, voltada ao treinamento de professores e agenciamento de aulas de dança para o público infanto-juvenil. É professor há 13 anos da prestigiada Casa da Dança Tati Sanchis em São Paulo.

Serviço
Programa Aulas Abertas – Masterclass "Estudos de Métodos de Ensino nas Danças Urbanas", com Henrique Bianchini
Data: Sexta-feira (25/10)
Hora: das 14h às 17h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3105-1402
Gratuito

Publicado em Cultura

A Vila das Artes promove, entre os dias 23 e 26 de setembro, programação especial do projeto Aulas Abertas. Serão oferecidas as oficinas "Voz em Movimento" (23 e 24/09), com Conrado Falbo, e "O viver em dança – caminhos cotidianos de sobrevivência" (25 e 26/09), com Drica Ayub, ambas em parceria com o VIII Temporal – Encontros de Dança Contemporânea e Composição em Tempo Real. As duas atividades ocorrem no horário de 19h às 21h, na Vila das Artes, com inscrições por ordem de chegada.

A partir de uma visão transdisciplinar que sintetiza elementos da técnica vocal para o canto, jogos teatrais e experimentações com diferentes qualidades de movimento, a oficina "Voz em Movimento" busca oferecer caminhos práticos, graduais e criativos para alcançar potencialidades vocais com autonomia e segurança. A abordagem, desenvolvida ao longo de 10 anos pelo artista Conrado Falbo, é resultado de pesquisa prática a partir de trabalhos de preparação vocal dirigidos a profissionais das artes cênicas. Não é necessário qualquer tipo de experiência prévia na área para participar.

Já a oficina "O viver em dança", com Drica Ayub, busca experimentar a improvisação enquanto lugar de autonomia de si, presença e conexão com o saber do corpo. Trabalham-se respiração, toque e movimento como um caminho de olhar para si em estado de dança. Com base no tantra e no xamanismo tolteca, é exercitada a presença em estado expandido de consciência como caminho de autoconhecimento e de cuidado de si e do mundo.

O programa Aulas Abertas é um projeto destinado a proporcionar aos artistas da dança local oportunidades regulares e adequadas de trabalho e aperfeiçoamento técnico-corporal. Constituído por módulos independentes entre si, em geral com duração de uma semana, o programa visa ainda possibilitar o contato de profissionais e estudantes com distintas propostas de trabalho corporal e artístico desenvolvidas em diferentes contextos de pesquisa e criação em dança.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre os ministrantes

Conrado Falbo é um artista interdisciplinar que trabalha com movimento, som e desenho sob a perspectiva da improvisação como abordagem integrativa e curativa dos processos de criação, interação com o público, preparação corporal, ensino e pesquisa. Desde 2007, investiga as possibilidades da voz em performance para além da fala e do canto. Aprofundou seus estudos no mestrado e no doutorado em Teoria da Literatura que realizou na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde foi professor substituto nos cursos de Teatro e Dança. Desde 2011, com o Coletivo Lugar Comum, experimenta criação colaborativa e performance em espaços públicos. Ao longo dos últimos sete anos, dedica-se à disciplina do Movimento Autêntico (sob orientação de Soraya Jorge, introdutora da prática no Brasil), e ao Contato Improvisação.

Drica Ayub é bióloga, com pós-graduação em Dança pela Faculdade Angel Vianna, além de terapeuta corporal, bailarina, pesquisadora do corpo, palhaça, terapeuta renascedora e arteterapeuta. Está em formação no Movimento Autêntico e como Educadora Somática pelo Body-Mind Movement. Há 10 anos, dedica sua pesquisa em experimentações corporais de ampliação de consciência, dando ênfase à respiração, toque e movimento. Desenvolve seu trabalho em atendimentos individuais e facilita grupos terapêuticos, utilizando a dança como base para o desenvolvimento das potências corporais energéticas e de criação.

Serviço:

Programa Aulas Abertas – Oficina “Voz em Movimento”, com Conrado Falbo
Data: segunda e terça-feira (23 e 24/09)
Hora: das 19h às 21h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3105-1402
Gratuito

Programa Aulas Abertas – Oficina “O viver em dança: caminhos cotidianos de sobrevivência” com Drica Ayub
Data: quarta e quinta-feira (25 e 26/09)
Hora: das 19h às 21h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3105-1402
Gratuito

Publicado em Cultura

A Vila das Artes realiza, por meio da Escola Pública de Dança, na quarta-feira (18/09), mais uma edição do programa Conversa de Academia. A convidada é a dançarina e pesquisadora Isabel Botelho, que compartilhará noções referentes à pesquisa “Dança de Situação – Movimentos entre fenomenologia existencial, corpo e arte”, sua dissertação de mestrado. O evento tem início às 16h30, na Vila das Artes.

A proposta consiste em uma oficina teórico-prática que levará aos participantes o estudo realizado pela pesquisadora sobre o diálogo entre a fenomenologia existencial pensada por Jean-Paul Sartre e Merleau Ponty com o movimento dançado e a composição artística em dança. É recomendado aos participantes utilizarem roupas propícias ao movimento e levarem bloco de notas.

O programa Conversa de Academia tem como objetivo compartilhar o resultado de trabalhos acadêmicos com temas ligados à dança e estimular a visibilidade desses estudos criando um ciclo contínuo de diálogos.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema.

Sobre a ministrante
Isabel Botelho é mestre em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR), com graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e especialização em Arte e Educação pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). É formada pelo Curso de Capacitação de Bailarinos do Instituto Dragão do Mar de Arte e Cultura, e é também sócia-fundadora da Associação de Bailarinos, Coreógrafos e Professores de Dança do Ceará (Prodança) e do Fórum de Dança do Ceará. Coordenou as políticas públicas para a Dança na Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), entre 2008 e 2012, a Companhia de Dança da UNIFOR, entre 2010 e 2012, e coordena a Ação Cultural do IACD e da Vanguardeiro desde 2013. Foi professora substituta do curso de graduação em Dança da UFC em 2014 e em 2019.

Serviço
Conversa de Academia – “Dança de Situação – Movimentos entre fenomenologia existencial, corpo e arte”, com Isabel Botelho
Data: 18/09 (quarta-feira)
Horário: das 16h30 às 18h
Local: Vila das Artes (Rua 24 de Maio, 1221 – Centro)

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes realiza, nos dias 19, 21 e 23 de agosto, a oficina "Convite a experimentar as relações corpo & espaço", com a dançarina Elisa Abrão. A atividade ocorre das 18h às 20h, com inscrições por ordem de chegada. A ação integra o programa Aulas Abertas, da Escola Pública de Dança da Vila das Artes.

"O convite dos encontros é para experimentar as relações corpo espaço, perpassando por escutas sensíveis do movimento na experimentação corporal dimensional, bidimensional e tridimensional", explica Elisa Abrão.

O programa Aulas Abertas é um projeto destinado a proporcionar aos artistas da dança local oportunidades regulares e adequadas de trabalho e aperfeiçoamento técnico-corporal. Constituído por módulos independentes entre si, em geral com duração de uma semana, o programa visa ainda possibilitar o contato de profissionais e estudantes com distintas propostas de trabalho corporal e artístico desenvolvidas em diferentes contextos de pesquisa e criação em dança.

A Vila das Artes é um equipamento cultural da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre a ministrante
Elisa Abrão é artista, pesquisadora e professora de dança. É professora efetiva do curso de Licenciatura em Dança da Universidade Federal de Goiás, responsável pelas disciplinas relacionadas à Improvisação e Composição e Estudos Introdutórios em Laban. Cursa doutorado no programa de Artes da Cena na Unicamp e é Mestre pela Universidade Federal de Santa Catarina. Participou de coletivos de pesquisa em dança nas cidades de Curitiba, Florianópolis, Guarapuava, Goiânia e Campinas. Produziu os vídeos do espetáculo Rubro (premiado pelo edital Klauss Vianna, 2011) e a vídeoinstalação Ruborizando (2012). Produziu os videodanças Guttae (2011), Rosas do Cerrado (2013),Clausura Azul (2013), ÉJÈ (2014). Realizou performances intituladas Abacaxis Coletivos (2016), Perfurações (2015), Vaca Parida (2016), Tudo Começa quando Explode (2015), Explosões cotidianas (2017), Talvez (2019) e Cascando (2016).

Serviço
Programa Aulas Abertas – Oficina "Convite a experimentar as relações corpo & espaço", com Elisa Abrão
Data: Segunda, quarta e sexta-feira (19, 21 e 23/08)
Hora: das 18h às 20h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3105-1402
Gratuito

Publicado em Cultura
.

A Vila das Artes promove, por meio da Escola Pública de Dança, no sábado (27/07) a master class gratuita "Dança Afro Brasileira". O evento terá a condução de Arismar Adoté e ocorre das 15h às 17h, na própria Vila das Artes. Inscrições serão realizadas por ordem de chegada no dia do evento.

A atividade parte dos princípios da dança afro brasileira e da diversidade que essa modalidade de dança abarca, para desenvolver um trabalho de alongamento, aquecimento, reconhecimento e também de criação coreográfica, onde os alunos e alunas poderão experiênciar em seus corpos a dança afro brasileira ao mesmo tempo em que trabalham o condicionamento físico.

O evento é destinado a dançarinos, estudantes de dança, bailarinos e pessoas interessadas em dançar que desejem investigar a dança afro brasileira, com idade mínima de 16 anos.

Sobre o ministrante
Arismar Adoté Jr. é um jovem bailarino formado pelo Balé Folclórico da Bahia, onde atua como professor da turma júnior. É diretor de Companhia de Dança LEKAN DANCE. Em 2008, ingressou no corpo de balé da cantora Daniela Mercury, onde atualmente é dançarino e diretor. É também assistente do coreógrafo e diretor do Balé Folclórico da Bahia José Carlos Arandiba (Zebrinha) e foi assistente de coreografia do DVD Ivete Sangalo Live Experiece 2019 .

Serviço
Master Class Dança Afro Brasileira
Data: Sábado (27/07)
Hora: das 15h às 17h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Inscrições por ordem de chegada
Idade Mínima: 16 anos
Mais informações: (85) 3252-1402
Gratuito

Publicado em Cultura
Na imagem, um bailarino dá um salto com as pernas esticadas. No texto, as informações de data e local do evento.

Em referência aos 10 anos da morte de Pina Bausch, a Escola Pública de Dança da Vila das Artes, em parceria com o Porto Iracema das Artes, promove edição especial do evento Falas de Dança, com o bailarino Daphnis Kokkinos. A palestra é gratuita e ocorre a partir das 18h desta segunda-feira (22/07), na Vila das Artes.

Membro da Tanztheater Wuppertal, o coreógrafo e diretor grego falará sobre sua experiência de vinte e seis anos junto à companhia de Pina Bausch. Uma das mais importantes criadoras da dança no século XX, Pina Bausch foi precursora da dança-teatro, o Tanztheater, expressão que dá nome à sua companhia.

A Vila das Artes é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, gerido pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Sobre o ministrante
Daphnis Kokkinos nasceu em 1965 na Grécia. Estudou na State School of Dance, em Atenas, Greek American Union e Young Theatre of Crete. Em 1993, ingressou como bailarino na companhia Tanztheater Wuppertal Pina Bausch e a partir de 2002 foi diretor assistente da bailarina e criadora.

Serviço
Falas de Dança, com Daphnis Kokkinos
Data: Segunda-feira (22/07)
Hora: 18h
Local: Vilas das Artes (Rua 24 de maio, 1221 – Centro)
Mais informações: (85) 3252-1402
Gratuito

Publicado em Cultura

A Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, em parceria com a Associação do Conjunto Ceará de Cidadania, Esporte, Lazer e Cultura (CELC), abre inscrições para aulas de dança, na modalidade jazz, voltadas para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos. As inscrições podem ser feitas até 04 de julho, às 17h, presencialmente na sede do equipamento e o início das aulas será no dia 5 de julho de 2019.

As aulas ocorrerão sempre às sextas-feiras, das 16h às 17h e serão ministradas pela jovem aprendiz Suiane Alcântara e sob supervisão da bailarina Amanda Leite. Para a inscrição, o responsável pelo aluno deverá apresentar na sede da Biblioteca os seguintes documentos: xerox do comprovante de endereço, RG, CPF e uma foto 3x4 da criança ou adolescente.

Para promover atividade no entorno do bairro Conjunto Ceará, a biblioteca fará um aulão de jazz inaugural, gratuito e aberto ao público, na quarta-feira, 26 de junho, uma semana antes do início oficial das aulas.

A Biblioteca Herbênia Gurgel é um equipamento da Prefeitura de Fortaleza, administrado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor).

Serviço
Aulas de Jazz
Inscrições: Até 04/07, na sede da Biblioteca Herbênia Gurgel
Aulas: Sextas-feiras, a partir do dia 05/07, das 16h às 17h
Local: Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel (Rua 531, nº 25, 2ª Etapa do Conjunto Ceará)
Gratuito

Publicado em Cultura
Página 1 de 5