Área interna de um Ecoponto
O novo Ecoponto é o 5º equipamento implantado na área da Regional IV

O prefeito Roberto Cláudio inaugura, nesta quinta-feira (09/11), às 9h, o Ecoponto do bairro Parangaba (Regional IV). Com o novo equipamento, Fortaleza conta agora com 38 Ecopontos para o descarte seletivo de resíduos sólidos em todas as Regionais, oferecendo também o benefício do programa Recicla Fortaleza, que dá desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis, proporcionando um comportamento cada vez mais sustentável.

O novo Ecoponto também é o 5º equipamento com este objetivo implantado na área da Regional IV e foi concebido a partir de uma parceria entre a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (Acfor) e a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP). O local conta com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento.

Assim como os demais, o Ecoponto do bairro Parangaba oferece local adequado para o descarte correto de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de pneus, óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. Os Ecopontos também oferecem ao cidadão o benefício do programa Recicla Fortaleza, que dá desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis, resultado de parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, a Enel Distribuição Ceará (Enel) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

Outros 37 Ecopontos já foram implantados e encontram-se em pleno funcionamento, estando distribuídos nos bairros Centro, Barra do Ceará, Vila Velha, Carlito Pamplona, Pirambu, São João do Tauape, Varjota, Cidade 2000, Praia do Futuro, Vicente Pinzon, Guararapes, Jóquei Clube, Pici, Bairro de Fátima, Vila Peri, Serrinha, Damas, Conjunto Esperança, Conjunto Ceará, José Walter, Aracapé, Granja Portugal, Jardim Cearense, Mondubim, Edson Queiroz, Cidade dos Funcionários, Jangurussu, Parque Dois Irmãos, Messejana, São Bento, Sapiranga e Dias Macedo. Até o fim deste ano, a expectativa é que Fortaleza conte com um total de 50 Ecopontos, estrategicamente distribuídos pelos bairros de todas as Regionais.

Recicla Fortaleza
Para ter acesso aos benefícios, é simples. Basta que o fortalezense procure um dos Ecopontos mais próximos, levando a conta da Enel ou o Bilhete Único, para fazer o cadastro e receber o cartão Recicla Fortaleza. Daí, é separar os resíduos recicláveis e levá-los até o Ecoponto para pesagem, lembrando de armazená-los sem sobra de alimentos ou produtos para não atrair insetos e gerar mau cheiro. No Ecoponto, o cidadão confere a tabela de valores dos resíduos recicláveis, pois o crédito será calculado de acordo o peso e os tipos de materiais, levando em consideração o mercado.

Indicadores
De dezembro de 2015 a setembro de 2017, os Ecopontos receberam mais de 11,2 mil toneladas de materiais. Nessa conta, as pequenas proporções de entulho somaram mais de 9,4 mil toneladas, enquanto que os materiais recicláveis, ou seja, plástico, vidro, metal, papel e papelão foram responsáveis por mais de 1,8 mil toneladas, além de 21.566,95 litros de óleo.

De abril de 2016 a setembro de 2017, o programa Recicla Fortaleza recebeu um total de 15.651 cadastros de usuários no sistema e gerou um benefício total de R$ 271.498,78, distribuídos na conta de energia e em créditos do Bilhete Único.

Materiais que geram crédito no Recicla Fortaleza
Os materiais que vão gerar crédito na conta de energia são vidro, metal, papel, plástico e outros, como na divisão abaixo:

Vidro
- Embalagens de vidro, café solúvel e maionese, e garrafas de cerveja, refrigerantes e aguardente.

Metal (Exceto Cobre)
- Ferros em geral, parafusos, latas de cerveja e refrigerantes, aço inox, antimônio, baterias de carro e moto, chumbo e bronze.

Papel
- Papelão, jornais, livros, cadernos, papel branco e papel misto.

Plástico
- Garrafas de refrigerantes (PET), filme, PVC, mangueira, sacolas, embalagens de água sanitária, margarina e detergente.

Outros
- Óleo de cozinha e embalagens Tetrapak (leite, sucos e achocolatados).

Serviço
Inauguração do Ecoponto Parangaba
Data: 09/11 (quinta-feira)
Endereço: Rua Ogum, esquina com a Rua D
Horário: 9h

Publicado em Meio ambiente
Escola
Essa é a terceira escola da rede municipal que se torna um PEV, junto às unidades Narciso Pessoa de Araújo e Tertuliano Cambraia

A Escola Municipal 2 de Dezembro iniciou, na manhã desta quarta-feira (11/10), dois projetos voltados para a preservação do meio ambiente e descarte correto do lixo. A secretária da Educação, Dalila Saldanha, e a diretora Sandra Sousa firmaram parceira com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) para a instalação de um Ponto de Entrega Voluntária (PEV) de materiais recicláveis na escola. A escola também se tornou uma unidade coletora de embalagens de creme dental vazias, por meio do projeto “Recicle e faça a natureza sorrir”, parceria com o Instituto Vida Cidadã (IVC).

Essa é a terceira escola da rede municipal que se torna um PEV, junto às unidades Narciso Pessoa de Araújo e Tertuliano Cambraia. Para a secretária de Urbanismo e Meio Ambiente, Águeda Muniz, a implantação dos pontos nas escolas, aliada aos trabalhos desenvolvidos com os alunos, são eficientes para a educação cidadã. "A instalação do PEV é importante, pois a escola funciona como ecoponto e faz com que os alunos desenvolvam consciência ambiental e disseminem essa ideia com a família e vizinhos”, explica.

Na implantação do PEV, a Seuma instala uma pequena praça - o Espaço Reciclando Atitudes - com recipientes para depósito de metais, plásticos, vidros e papéis; dispõe mudas para serem plantadas na escola e distribuídas na comunidade, e ornamenta com reutilização de materiais já descartados, como pneus com plantas.

Nesse espaço, também está disponível o coletor de tubos de creme dental vazios, do projeto “Recicle e faça a natureza sorrir”. A meta do IVC é premiar com uma mesa de pingue-pongue a escola que juntar maior número de tubos usados de creme dental. Ao todo, 20 unidades participarão.

Na região da Barra do Ceará, a Escola 2 de Dezembro já é referência em articulação das famílias, empresas e instituições como ONGs e igrejas na educação cidadã pelo meio ambiente e saúde comunitária. De acordo com a diretora Sandra Sousa, “uma das principais ações, motivada pelo projeto ‘Selo Escola Amiga da Saúde’, foi a troca de recicláveis por mudas, que motivou as famílias a fazerem coleta seletiva. Na 2 de Dezembro, se entende que a preservação ambiental é um compromisso com a vida de todos”.

Dalila Saldanha acredita que essas parcerias e o empenho das unidades para a educação dos alunos e comunidades são a concretização de um desejo da Secretaria Municipal da Educação (SME) para transformar Fortaleza em uma cidade mais comprometida com o meio ambiente.

"Já temos uma parceria concreta com a Seuma e uma disciplina de formação dos alunos para a questão ambiental. Agora, firmamos mais uma parceria pela reciclagem, que está alinhada à nossa proposta de educação para nossos alunos. Esses projetos são importantes para continuarmos diversificando o ensino e evitando a produção de tanto lixo, bem como seu destino correto", aponta a gestora.

A aluna Joana de Melo, do 4º ano, está empenhada nas atividades da escola e compartilha boas ideias pela comunidade. "A gente já fez horta aqui, já entregou mudas e aprendemos como separar o lixo. Eu sempre digo pra mamãe para não jogar fora os recicláveis", afirma.

Também participaram do evento o secretário da Regional I, Gilberto Bastos, e o presidente do IVC, Tadeu Oliveira. Durante a manhã desta quarta-feira, a escola apresentou diversas produções artísticas de alunos de professores, como as peças teatrais FLICTS, de Ziraldo, e A Menina do Vestido Azul.

Publicado em Educação
Primeira unidade do projeto, na Escola Municipal Narciso Pessoa de Araújo, localizada no Grande Bom Jardim
Primeira unidade do projeto, na Escola Municipal Narciso Pessoa de Araújo, localizada no Grande Bom Jardim

A Prefeitura de Fortaleza instala neste sábado (07/10), a partir de 8 horas, mais uma Escola Coletora de Resíduos Recicláveis da Cidade. Por meio de parceria entre as secretarias Municipais de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) e de Educação (SME), a partir de agora a Escola Municipal Tertuliano Cambraia, no bairro Jacarecanga (Regional I), contará com um Ponto de Coleta Voluntária (PEV) para o recebimento de materiais recicláveis.

A primeira unidade do projeto, instalada em novembro de 2016, foi a Escola Municipal Narciso Pessoa de Araújo, localizada no Grande Bom Jardim (Regional V), que recebeu o coletor de recicláveis e se transformou em um local de aprendizado sobre o descarte adequado de resíduos, catalisando a coleta seletiva já iniciada com a implantação de 36 Ecopontos espalhados por Fortaleza.

A iniciativa integra as políticas de Educação Ambiental e de Resíduos Sólidos e direciona a doação dos recicláveis para as associações de catadores. Com a ampliação do projeto, os integrantes da rede de profissionais da reciclagem serão inteiramente contemplados.

A instalação desse equipamento conta com a colaboração das Secretarias de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Regional I, Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (Acfor), Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (Urbfor), Coordenadoria das Regionais (Coareg), Ecofor Ambiental, Associação Comunitária Delmiro Gouveia e Athus Ambiental.

Serviço
Entregue da Escola Escola Coletora de Resíduos Recicláveis
Dia: 07/10 (sábado)
Horário: 8 horas
Local: Escola Municipal Tertuliano Cambraia (Rua Monsenhor Rosa, 946, bairro Jacarecanga)

Publicado em Meio ambiente
Avenida Monsenhor Tabosa
Com 187 lojas em funcionamento e gerando mais de 600 empregos diretos, a Avenida Monsenhor Tabosa foi escolhida para receber o segundo projeto-piloto de Ecopolo na Cidade

A Prefeitura de Fortaleza inicia, nesta quinta-feira (21/09), as atividades do projeto-piloto do Ecopolo da Avenida Monsenhor Tabosa, um dos principais polos comercias da Cidade. Neste projeto, serão desenvolvidas ações específicas envolvendo aplicativo de coleta seletiva e parceria com franquia social e lojistas da região, no sentido de proporcionar um comportamento cada vez mais sustentável em Fortaleza.

O projeto é coordenado pela Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Coordenadoria de Limpeza Urbana, em parceria com a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFor), Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) e a Secretaria Regional II.

Com 187 lojas em funcionamento e gerando mais de 600 empregos diretos, a Avenida Monsenhor Tabosa concentra uma forte atuação do comércio local e residências, tendo sido escolhida para receber o segundo projeto-piloto de Ecopolo na Capital, que funcionará no trecho entre a Avenida Dom Manuel e a Rua João Cordeiro.

Ecopolo Monsenhor Tabosa
No Ecopolo da Monsenhor Tabosa, serão realizadas ações específicas dividias em três eixos:

* Aplicativo de coleta seletiva
Com nenhum custo para a Prefeitura de Fortaleza, lojistas e moradores vão solicitar, de forma gratuita, a coleta seletiva de recicláveis para o endereço desejado por meio do site www.reciclafacilbrasil.com.br, via celular ou computador, para o endereço desejado, seguido de visita agendada do coletador credenciado.

* Franquia Social com a Socrelp
Após coletar o material, o coletador credenciado, que faz parte da Sociedade Comunitária de Reciclagem de Lixo do Pirambu (Socrelp), fará o descarte adequado dos materiais recicláveis na própria instituição. No caso do cidadão que queira receber o benefício do Recicla Fortaleza, que dá desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis, poderá também solicitar à Socrelp. Como a primeira franquia social do sistema de Ecopontos, a Socrelp realiza a coleta de materiais recicláveis e também gera o benefício do Recicla Fortaleza.

* Parceria com lojistas
Os lojistas atuantes no comércio da Avenida Monsenhor Tabosa são estimulados a realizar a logística reversa de seus resíduos. Isso quer dizer que podem destinar seus resíduos recicláveis para o Ecoponto do Centro, localizado na Avenida Alberto Nepomuceno, esquina com Travessa Icó, ou para a Socrelp, sendo os dois equipamentos responsáveis pelo descarte correto de resíduos recicláveis do Ecopolo da Monsenhor Tabosa.

Ecopolo Leste-Oeste
Inaugurado no dia 26 de agosto deste ano, o primeiro Ecopolo de Fortaleza, implantado na Avenida Presidente Castello Branco, também conhecida como Avenida Leste-Oeste (Regional I), segue em pleno funcionamento também como projeto-piloto. Na região da Leste-Oeste, foram implantadas 12 lixeiras subterrâneas, três Ecopontos, uma franquia social (Socrelp), 1,5 km de ciclofaixa, novas faixas de pedestres, requalificação e recuperação de calçadas, nova iluminação e arborização no canteiro central.

Além disso, está em andamento naquela região como projeto-piloto o programa “e-Carroceiro”, que incentiva os carroceiros a descartarem entulhos, restos de poda, móveis e estofados velhos, nos Ecopontos da região, gerando crédito subsidiado pelo Banco Palmas, que possibilita compras direto no comércio local. Em apenas 20 dias de operação, mais de 75 toneladas de resíduos foram coletadas, resultando em mais de R$ 1.500,00 creditados para catadores locais somente nesse período.

Também são desenvolvidos os projetos “Agentes de Sustentabilidade”, “Alô, Cidade Limpa”, “Ciclomonitoramento”, “Senhora Faxina” e “Reciclando Atitudes”, pretendendo assim contribuir para uma mudança de comportamento e atitude da população, pondo em prática um conjunto de equipamentos e ações multidisciplinares a partir daquela área da Cidade para a limpeza da região.

Ecopontos e Recicla Fortaleza
Fortaleza conta atualmente com 34 Ecopontos implantados em todas as Regionais da Capital, recebendo pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de pneus, óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. A iniciativa ajuda a eliminar o descarte irregular desses materiais na Cidade. De novembro de 2015, quando foi lançado o programa, até o fim de agosto deste ano, os Ecopontos já receberam quase 10 mil toneladas de materiais. Já o Programa Recicla Fortaleza, iniciado em abril de 2016 em todos os Ecopontos, já recebeu mais de 14.704 cadastros de usuários, o que gerou um benefício de crédito de mais de R$ 252.289,07, distribuídos na conta de energia e em créditos do Bilhete Único.

Publicado em Meio ambiente
Celebração do Dia Mundial de Limpeza de Praias, Rios e Lagoas
A ação contará com a colaboração de voluntários para a coleta de resíduos na faixa de praia

A Prefeitura de Fortaleza participa, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), da comemoração do Dia Mundial de Limpeza de Praias, Rios e Lagoas - CLean Up the World 2017, neste sábado (16/09), a partir das 16h, na Praia de Iracema (trecho da orla localizado entre o Espigão da Rua João Cordeiro e a Ponte dos Ingleses), próximo ao Centro Cultural Belchior.

A ação contará com a colaboração de voluntários para a coleta de resíduos na faixa de praia. Eles também farão abordagem educativa com conscientização de banhistas e frequentadores. No local, também ocorrerá troca de materiais recicláveis por mudas nativas ou frutíferas, exposição de lixo marinho retirado do Oceano Atlântico e uma oficina de bituqueira ecológica, utensílio feito com garrafa pet para armazenar bitucas de cigarro, a fim de evitar que os frequentadores descartem o resíduo na areia.

O objetivo é sensibilizar a população para os benefícios de cuidar do ambiente marinho e das praias, biomas importantes para o equilíbrio ambiental do planeta, além de se constituírem locais de lazer e prática de esportes para moradores e turistas da Cidade.

A atividade contará com o apoio da Secultfor, Agefis; Acfor, Ecofor Ambiental, Projeto Limpando o Mundo, Soluthec, Ecomuseu Natural do Mangue, REMES, IAPs, Geração Barbearia, ASUP-CE, Sociedade Ambiental, Associação de Catadores Brisamar/Serviluz, C. Rolim Engenharia, Embaixada Mundial dos Ativistas pela Paz e Instituto Vida Cidadã.

“Ações de preservação do meio ambiente são urgentes e necessárias para que tenhamos um equilíbrio planetário. Neste sentido, realizaremos uma intervenção que permitirá aos usuários da praia uma reflexão sobre o impacto de suas atitudes tanto no ambiente natural da praia quanto no mar”, explica Águeda Muniz, secretária Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente.

Saiba Mais

O Dia Mundial de Limpeza de Praias é comemorado anualmente no terceiro sábado de setembro. A iniciativa visa à coleta de resíduos para pesquisa sobre a extensão de danos no ambiente marinho causada pelo depósito irregular de dejetos humanos. Com a ampliação dos encontros e adesão de voluntários no mundo inteiro, o objetivo foi também estendido à educação ambiental e conscientização.

Serviço
Dia Mundial de Limpeza de Praias
Data: 16/09 (sábado)
Horário: a partir das 16 horas
Local: Praia de Iracema (trecho da orla localizado entre o Espigão da Rua João Cordeiro e a Ponte dos Ingleses), próximo ao Centro Cultural Belchior

Publicado em Meio ambiente
Blitz de Poluição Atmosférica
Blitz educativa foi promovida nesta quarta-feira

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), realiza a III Semana Municipal da Qualidade do Ar, entre os dias 7 e 11 de agosto. O objetivo é conscientizar a população sobre a importância de vivermos em uma cidade que respira um ar de boa qualidade.

Nesta quarta-feira (09/08), a Seuma realizou Blitz Educativa de Fiscalização da Poluição Atmosférica Veicular, com a participação do Programa Despoluir da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará Piauí e Maranhão (Fetrans) e do Pelotão Ambiental da Guarda Municipal. A ação verificou a opacidade da fumaça emitida pelos veículos do ciclo diesel e avaliou se estão dentro dos padrões permitidos, evitando, desta forma, poluição ambiental.

Durante a fiscalização, foram distribuídos brindes e mudas de plantas com o objetivo de promover a arborização em Fortaleza. Com o plantio de mais árvores, há uma perspectiva de redução dos efeitos da emissão de carbono para a atmosfera, o que melhora o clima da Cidade.

Nesta sexta-feira (11/08), a partir das 9h, ocorrerá intervenção de monitoramento das emissões da frota de ônibus de transporte coletivo de Fortaleza. As inspeções técnicas serão realizadas em uma empresa de ônibus, no bairro Messejana.

 

Publicado em Meio ambiente
Ação de educação ambiental na Praia de Iracema
Operação tem o intuito de combater o descarte irregular de resíduos na praia

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), realiza nesta quinta-feira (10/08), a partir das 15h, mais uma ação de educação ambiental como parte do Projeto Reciclando Atitudes na Praia, no calçadão do Aterro da Praia de Iracema.

A operação educativa tem o objetivo de combater o descarte irregular de resíduos na praia, com a coleta de lixo na areia, e no sentido de conscientizar a população.

A equipe de técnicos da Coordenadoria de Política Ambiental da Seuma conduzirá a atividade de limpeza que acontecerá ao longo da orla da Avenida Beira Mar, bem como o trabalho de sensibilização com os banhistas e frequentadores, sobre os cuidados com o meio em que vivemos, visando ao equilíbrio ambiental e práticas de sustentabilidade.

No decorrer da ação, acontecerá também a troca de resíduos recicláveis por mudas nativas, frutíferas e medicinais, a fim de promover a arborização em Fortaleza. Com o plantio de mais árvores, há uma perspectiva de redução dos efeitos da emissão de carbono para a atmosfera, o que melhora o clima da Cidade.

A atividade conta com o apoio da Secretaria Municipal do Turismo, Governo do estado, Projeto Limpando O Mundo, Instituto de Assistência e Proteção Social (Iaps), Ecomuseu do Mangue, Rede de Mulheres Empreendedoras Sustentáveis (Remes), Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Associação de Stand up paddle do Ceará (Asup-CE) e Ecofor Ambiental.

Serviço
Projeto Reciclando Atitudes na Praia
Dia: Quinta-feira (10/08)
Horário: 15h
Local: Avenida Beira Mar
Ponto de encontro: em frente ao Flat Classic Hotelaria (Av. Historiador Raimundo Girão, 960 - Praia de Iracema)

Publicado em Meio ambiente

Diversos tipos de plantas podem ser encontradas no Horto Municipal Falconete Fialho que produziu cerca de 75 mil mudas nesse primeiro de semestre de 2017, distribuídas em três categorias: 41 mil ornamentais, 30 mil nativas e frutíferas e 4 mil palmeiras. Dessas mudas, cerca de 7.560 foram plantadas pela Prefeitura e outras 1.400 foram doadas para serem plantadas por moradores da cidade e órgãos públicos. "Estamos organizando a casa para nesse ano de 2017 podermos produzir ainda mais", ressalta Régis Tavares, superintendente da UrbFor.

Localizado no Parque Ecológico do Passaré, e administrado pela Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor), o Horto é responsável por produzir, cultivar e fornecer as plantas que compõem o paisagismo das ruas, avenidas e equipamentos públicos da capital, a exemplo das inaugurações da Escola de tempo Integral Professor Rodrigues de Albuquerque, no Siqueira, com o plantio de 1.200 mudas, e da Areninha do Bom Jardim com mais 1.200 mudas. O Centro Cultural Belchior recebeu 740 mudas e a Avenida Raul Barbosa, mudas.

"Precisamos estar cada vez mais próximos da natureza para alcançarmos uma boa qualidade de vida. Muita gente não conhece o trabalho do Horto, não sabem onde estamos, queremos trazer a população para conhecer o nosso trabalho e incentivar o plantio na cidade", disse Régis Tavares.

Para solicitação de mudas, basta entrar em contato com a Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) pelo número 3452-6910. Após avaliação do pedido, as mudas são doadas. A gestão municipal disponibiliza por intermédio do Horto Municipal Falconete Fialho, mudas de árvores de médio e grande porte, como mungubeiras, sibipirunas, ypês, timbaúbas, pata de vacas, que podem ser plantadas em colégios, ruas, praças e calçadas.


Solicitação de mudas
Seuma
Endereço: Av. Dep. Paulino Rocha, 1343, Cajazeiras
Horário: de segunda a sexta-feira, de 8h às 12h
Contato: 3452-6910.

Publicado em Meio ambiente

Atendendo a solicitação da Escola Estadual de Educação Profissional Darcy Ribeiro, localizada no bairro Conjunto Esperança, a Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor) doou 152 mudas para o projeto de recuperação paisagística de uma área degradada da escola.

Os alunos que cursam a disciplina de Gerenciamento de Projetos paisagísticos do único curso Técnico em Paisagismo de Fortaleza solicitaram para o projeto mudas de cróton roxo, abacaxis ornamentais, pingo de ouro, fitilho e grama azul. “Esse tipo de ação nos deixa motivados. Projetos como esse ajudam no aumento da arborização da cidade, na redução da poluição do ar, no sombreamento e estabilização da temperatura, produzindo melhorias no bem estar da população”, comenta o superintendente da UrbFor Régis Tavares.

“Com essa doação, os alunos poderão vivenciar todas as etapas de um projeto, desde sua concepção até o produto final, e isso não seria possível sem o apoio da UrbFor, hjá que a escola não dispõe de recursos próprios para aquisição desse material”, ressalta a coordenadora do curso, arquiteta e urbanista Yasmin Sales.

Para solicitação de mudas, basta se encaminhar à sede do órgão. Após avaliação do pedido, as mudas são doadas. A gestão municipal disponibiliza, por intermédio do Horto Municipal Falconete Fialho, mudas de árvores de médio e grande porte, como mungubeiras, sibipirunas, ypês, timbaúbas, pata de vacas, que podem ser plantadas em colégios, ruas, praças e calçadas.

É do Horto de onde saem também todas as árvores transplantadas pela Prefeitura. As espécies são levadas já adultas para espaços públicos, como ocorreu recentemente nas inaugurações da Escola de Tempos Integral (ETI) Professor Alexandre Rodrigues de Albuquerque, no Siqueira, e do Centro de Educação Infantil Professor Agostinho Gósson, na Granja Lisboa.

Serviço:
Solicitação de mudas
UrbFor: Rua Jorge Dumar, 1501, Benfica, de segunda a sexta-feira, de 8h às 17h, no setor de Protocolo.

Publicado em Meio ambiente
Gaiolas com aves
A atuação da Ipam é realizada, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), de forma sistemática

A Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza, neste primeiro quadrimestre, fez a apreensão de cerca 200 animais silvestres nas feiras da Parangaba, Antônio Bezerra e Messejana. O trabalho consiste no combate à comercialização ilegal de animais em Fortaleza.

A atuação da Ipam é realizada, em parceria com o Batalhão de Polícia Ambiental (BPMA), de forma sistemática em diferentes pontos da cidade, principalmente aqueles onde há comercialização de várias espécies. Os animais apreendidos são encaminhados para o Ibama para e Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas).

Controle ambiental
A Ipam tem o objetivo de promover e garantir o controle ambiental, de forma preventiva, coibindo e identificando crimes ambientais, além de apoiar fiscalizações integradas em Fortaleza. A inspetoria atua com um efetivo de 127 guardas, responsáveis por rondas e permanências nas áreas verdes da cidade, como os parques Rio Branco, Adahil Barreto, Parreão, Cocó, além do Polo de Lazer da Avenida Sargento Hermínio e Zoológico Sargento Prata e os 26 Ecopontos.

Também têm o apoio da Inspetoria de Proteção Ambiental as operações integradas de combate à poluição sonora, realizadas pelas Secretarias Regionais em diferentes bairros de Fortaleza. Atualmente, são realizadas, por mês, cerca de 50 apreensões de equipamentos de som.

Publicado em Segurança Cidadã