Mulher faz carinho em cachorro.
Mais de 50 locais da capital, entre hotéis, bares e restaurantes, shoppings e barracas de praia, compõem a lista de estabelecimentos com o selo Pet Friendly (Foto: Thiago Gaspar)

A Prefeitura de Fortaleza tem sido modelo para outros estados do Brasil com o projeto Fortaleza Pet Friendly, que estimula estabelecimentos comerciais e turísticos a garantir a convivência saudável entre animais de estimação, clientes e colaboradores. Desde o lançamento, em setembro de 2021, as prefeituras das cidades de Santos (SP) e Foz do Iguaçu (PR) procuraram a gestão municipal para entender melhor o funcionamento do programa.

Lista de estabelecimentos pet friendly

O projeto, pioneiro no Brasil, é desenvolvido pela Secretaria Municipal do Turismo (Setfor), em parceria com a Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa) e com o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Ceará (Sebrae/CE).

Por meio de parceria com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis–CE (ABIH-CE) e a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes no Ceará (Abrasel-CE), a Setfor fornece um selo do projeto Fortaleza Pet Friendly para os estabelecimentos que zelam pela higiene e a segurança de pets, clientes e colaboradores.

Mais de 50 locais da capital, entre hotéis, bares e restaurantes, shoppings e barracas de praia, compõem a lista de estabelecimentos com o selo Pet Friendly, possibilitando que moradores e turistas desfrutem de Fortaleza na companhia de seus pets.

Segundo o titular da Coepa, Marcel Girão, a gestão municipal tem se preocupado cada vez mais em garantir o respeito e bem-estar dos animais. “Fortaleza tem sido cada vez mais referência porque a prefeitura tomou uma decisão de investir seriamente no desenvolvimento pioneiro de políticas públicas de proteção animal”, avalia.

Para o secretário do Turismo de Fortaleza, Alexandre Pereira, o projeto tem grande potencial para fomentar o turismo em Fortaleza. “A opção de poder levar seu pet numa viagem e saber que o destino está preparado para recebê-lo bem é um fator importante na tomada de decisão sobre o destino. É muito gratificante inspirar outros destinos com esse diferencial”, afirma o gestor.

Serviços gratuitos

A capital cearense sai à frente na oferta de serviços gratuitos voltados para a saúde dos animais. Fortaleza conta com três unidades do VetMóvel, projeto que realiza consultas e castrações gratuitas para cães e gatos dos fortalezenses. Duas dessas unidades são itinerantes e, mensalmente, contemplam dois bairros diferentes da capital. Mais de 168 mil serviços e atividades foram efetuados desde o início do programa, em 2018.

A terceira unidade do VetMóvel é fixa, estando localizada ao lado Clínica Veterinária de Fortaleza - Jacó (Avenida dos Paroaras, 60 - Passaré), que realiza atendimentos de urgências, emergências, consultas, cirurgias e exames. Inaugurada em 2020, a clínica contabiliza mais 196 mil procedimentos em benefício de quase 21 mil animais.

Publicado em Fortaleza
vista panorâmica da av. beira-mar
Em Fortaleza, o preço de três diárias em pousadas ou hotéis é encontrado por até 80% de diferença, indo de R$ 405,00 a R$ 729,30 (Foto: Rodrigo Carvalho)

O Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon Fortaleza) divulgou, nesta terça-feira (22/02), uma pesquisa com preços de hospedagem durante o período de Carnaval (26/02 a 01/03). O levantamento foi realizado, por telefone, entre os dias 14 e 18 de fevereiro, contemplando 52 hotéis e pousadas em 11 cidades das regiões Norte, Sertão Central, Centro-Sul, Serra, litorais Leste e Oeste. A consulta foi realizada levando-se em conta o preço total de três diárias, que compreendem a permanêndia de três noites nos destinos turísticos.

A diferença de preços de hospedagem pode chegar a 426% para uma mesma região turística, no valor total de três diárias. O Procon orienta que consumidores guardem anúncios e propagandas das hospedagens, bem como recibos e comprovantes de pagamento, para uma possível reclamação.

As festas públicas de Carnaval, bem como o feriado não acontecerão, conforme já anunciaram autoridades sanitárias, devido às medidas de contenção da Covid-19. As opções de hospedagem podem ser uma boa opção para aproveitar o período de forma segura, sem riscos à saúde da população. Segundo a Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza, a expectativa de ocupação hoteleira para o Carnaval é de 75%, na Capital.

Na pesquisa com os preços de hospedagem, foram coletadas o valor total de três diárias, de quarto para duas pessoas na modalidade standard (quarto simples), bem como chalés, nas regiões Norte, Sertão Central, Centro-sul, Serra, litorais Leste e Oeste. Também estão inclusos hotéis e pousadas da Capital.

Em Fortaleza, por exemplo, o preço de três diárias em pousadas ou hotéis com o mesmo padrão de hospedagem (quarto standard) é encontrado por até 80% de diferença, indo de R$ 405,00 a R$ 729,30. E quem desejar fugir da Capital e aproveitar o descanso no interior cearense pode aproveitar a cidade de Quixadá, no Sertão Central, cujas diárias variam de R$ 330,00 a R$ 1.000,00, no pacote de três dias, conferindo uma diferença de 203%.

Pesquisa completa com as variações de preços

A maior diferença de preços para o mesmo destino turístico, no período de Carnaval, está no litoral Leste, em Beberibe. Pousadas e hotéis, à beira-mar, podem custar até 426% de diferença, indo de R$ 705,00 a R$ 3.710,07.

Mas se o destino for o oposto ao calor das praias, ou seja, o clima de baixas temperaturas das serras cearenses, os preços de hospedagem podem variar até 133%, em Ubajara, na Serra da Ibiapaba, sendo encontrada três diárias por R$ 600,00 a R$ 1.399,00. Já em Guaramiranga, no Maciço de Baturité, é possível também desfrutar do clima ameno, vegetação verde e tranquilidade, por hospedagens que variam de R$ 840,00 a R$ 2.093,00, uma diferença de 149%.

Na região Centro-Sul, onde ficam balneários e açudes turísticos como o Trussu e o Orós, o levantamento do Procon encontrou preços para os três dias, entre R$ 267,00 e R$ 450,00, conferindo uma variação de 69%.

Para a diretora do Procon Fortaleza, Eneylândia Rabelo, é muito importante que os consumidores guardem anúncios e propagandas de ofertas de hospedagem, e de aluguéis de casas de praia ou serra, por exemplo. Isto pode garantir o cumprimento da oferta. "Se for contratar o serviço e hospedagem pela internet, o consumidor pode imprimir a página e guardar como prova dos preços praticados", sugeriu. Para a Diretora, fazer reservas de hotéis e pousadas em sites confiáveis, buscando informações sobre a realidade da hospedagem, além de ficar atento às condições do contrato podem minimizar os transtornos.

Eneylândia lembra ainda que consumidores turistas que estejam em trânsito na Capital, podem registrar reclamação no órgão de defesa do consumidor para solucionar algum problema. A ferramenta está disponível no portal da Prefeitura de Fortaleza, na categoria Defesa do Consumidor do Catálogo de Serviços. O mesmo vale para consumidores residentes em Fortaleza.

Hospedagem Carnaval - maiores variações

Região

Menor preço

(três diárias)

Maior preço

(três diárias)

Variação
Litoral Leste R$ 705,00 R$ 3.710,07 426%
Litoral Oeste R$ 1.333,00 R$ 3.660,00 175%
Sertão Central R$ 330,00 R$ 1.000,00 203%
Serra R$ 840,00 R$ 2.093,00 149%
Norte R$ 390,00 R$ 944,20 142%
Capital R$ 405,00 R$ 729,30 80%
Centro-Sul R$ 267,00 R$ 450,00 69%

Metodologia
A pesquisa foi feita por telefone, buscando o número de quatro ou cinco hotéis e pousadas por município ou região, incluindo café da manhã e contendo as mesmas características de hospedagem (quarto standard), exceto para Guaramiranga, onde as opções variam entre quartos e chalés. Os preços podem sofrer alterações se comparados com a data em que foram coletados.

O Procon informa que, nas variações de preços, devem ser levadas em consideração a estrutura dos hotéis e pousadas, bem como a comodidade ofertada pelas hospedagens (quartos), se incluem serviços de ar refrigerado, wi-fi, vistas panorâmicas, modelos de aparelhos de TV (LED, smart, convencional) e ainda alimentos inclusos no café da manhã.

Publicado em Economia
prefeito sarto caminha pela beira-mar
Para Sarto, as intervenções geram mais opções de lazer e esporte, fortalecendo o turismo na Capital

O prefeito de Fortaleza, José Sarto (PDT), inspecionou as obras de requalificação da avenida Beira Mar na manhã desta segunda-feira (11/01). Com novo calçadão, equipamentos de esporte e lazer, mais vagas de estacionamento, entre outras intervenções, a orla já tem proporcionado uma nova experiência para fortalezenses e turistas.

De acordo com o prefeito, os fortalezenses têm uma ligação histórica e cultural com a avenida e agora irão se encantar ainda mais com a nova Beira Mar. Com 90% de execução, a obra tem previsão de conclusão no próximo mês de junho. Para Sarto, as intervenções geram mais opções de lazer e esporte, fortalecendo o turismo na Capital.

“Vai servir para o fortalezense, em primeiro lugar, e para o turista que vem aqui. Nós temos agora faixas exclusivas para os ciclistas que vão ter oportunidade de passear de uma forma segura”, ressaltou.

Em novembro de 2020, a Prefeitura de Fortaleza realizou a engorda do aterro já existente, na Praia de Iracema, e criou um novo aterro entre as avenidas Rui Barbosa e Desembargador Moreira, com acréscimo de 80 metros de faixa de praia. Juntas, as faixas de engorda somam um trecho de dois quilômetros.

O novo aterro possibilitou a ampliação do calçadão, além da instalação de equipamentos de esportes e lazer, bem como a construção da nova via paisagística com ciclovia, pista de cooper e criação de 350 vagas de estacionamento, garantindo mais comodidade e segurança para os moradores e turistas.

“Temos aqui alguns caramanchões que vão oferecer serviços de internet, para que a pessoa possa ter lugar para sentar, para ler. Temos aqui também a distribuição de postos da polícia, temos unidades sanitárias, banheiros... enfim, a área toda da Beira Mar foi ampliada em muito”, destacou o prefeito Sarto.

A avenida também já recebeu piso intertravado e foi beneficiada com a construção de calçadas e com a instalação de um amplo sistema de drenagem.

a foto mostra uma ciclista no novo calçadão da beira mar
O novo aterro possibilitou a ampliação do calçadão, além da instalação de equipamentos de esportes e lazer

Ações de urbanização

Atualmente, estão em execução ações de urbanização da orla, que, entre outros benefícios, garantirão mais alternativas de lazer e melhores condições de trabalho aos empreendedores da região.

Neste semestre, numa segunda etapa das obras, serão construídos 707 boxes comerciais para a feirinha da Beira Mar, além de um skatepark. Haverá, ainda, a instalação de uma guarderia para as embarcações na orla do Mucuripe.

Os boxes, a pista de skate e a guarderia integram o trecho que fica entre a avenida Rui Barbosa e a rua Tereza Hinko, dando continuidade às obras de requalificação já realizadas desde o novo Mercado dos Peixes, no Mucuripe, até o calçadão na Estátua de Iracema, às margens do riacho Maceió.

O trecho abrange mais de 66 mil m² de área urbanizada, dispondo de novos postes de iluminação com fiação embutida, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parques infantis, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, Casa do Turista e quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados, que vão proporcionar o reordenamento do comércio na região, além de valorizar o pequeno empreendedor.

Orla de Fortaleza

O prefeito reforçou que as ações de urbanização realizadas pela Prefeitura alcançam toda a orla, desde a Barra do Ceará, no Morro de Santiago, passando pela Vila do Mar, no Pirambu, por exemplo. “Fortaleza tem uma orla belíssima e nós vamos procurar, tão logo seja possível, com recursos, integrar o Vila do Mar, Morro de Santiago, vindo pra cá, (antigo) Kartódromo, e toda a Beira Mar, porque, afinal de contas, ela é de todos nós”, afirmou.

Publicado em Infraestrutura

 

Maquete eletrônica da Av. Vicente de Castro
Maquete eletrônica da Avenida Vicente de Castro

O prefeito Roberto Cláudio assina, nesta sexta-feira (24/05), às 9h, a Ordem de Serviço para o início das obras de requalificação de Corredores Turísticos de Fortaleza. O projeto prevê a urbanização da Avenida Vicente de Castro, no Mucuripe, além das Ruas Adolfo Caminha, na Praia de Iracema, e João Moreira, no Centro. As intervenções têm como objetivo a ligação entre os principais corredores comerciais e turísticos da Capital, priorizando o pedestre.

As obras terão duração de oito meses e consistem na construção de calçadas padronizadas, totalmente acessíveis e com piso intertravado, paisagismo, ciclofaixas e nova iluminação nas Ruas João Moreira e Adolfo Caminha.

Na Avenida Vicente de Castro, o pavimento asfáltico será substituído por piso intertravado, seguindo o mesmo padrão da requalificação da Avenida Beira-Mar. A escolha do novo pavimento visa facilitar o escoamento da água, melhorar a sensação térmica da via, além de garantir mais acessibilidade com a instalação de piso tátil, rampas e passagens elevadas para pedestre. A avenida também passará a contar com sistema de drenagem, novas calçadas, paisagismo e ciclovia. As obras estão orçadas em R$ 9,8 milhões.

Corredores Turísticos já implantados

As obras dos Corredores Turísticos tiveram início em 2013, com a requalificação das avenidas Monsenhor Tabosa e Alberto Nepomuceno, além da Rua José Avelino, que receberam melhorias urbanísticas nas calçadas, canteiros e vias. As intervenções melhoraram a mobilidade na região e possibilitaram mais acessibilidade a importantes pontos turísticos, como o Mercado Central, a Catedral Metropolitana de Fortaleza e o Forte Nossa Senhora da Assunção, conhecidos pontos turísticos da cidade.

Serviço:
Assinatura da Ordem de Serviço de Corredores Turísticos
Data: 24/05 (sexta-feira)
Hora: 9 horas
Local: Avenida Vicente de Castro com Av. Beira-Mar (Em frente ao Mercado dos Peixes)

Publicado em Infraestrutura

O prefeito Roberto Claudio inaugura, nesta sexta-feira (24/08), às 17 horas, a nova Arena Beira Mar, localizada em frente ao Jardim Japonês. O equipamento, que abriga um complexo poliesportivo, foi completamente requalificado por meio do Programa de Adoção de Praças e Áreas Verdes, numa parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e a Unimed Ceará.

O espaço, que tem aproximadamente 3 mil metros quadrados, passou por uma reforma e ganhou uma nova estrutura para receber o público fortalezense que normalmente frequenta o local e visitantes. A área abriga três quadras de vôlei de praia e uma quadra poliesportiva (futsal e basquete).

O projeto de requalificação da nova Arena Beira Mar incluiu uma série de intervenções, tais como: a recuperação física das quadras poliesportivas; substituição de mastros das quadras de vôlei de praia; reparos e pinturas nas arquibancadas existentes com a inserção de toldos que protegem contra sol; pista de livre acesso à praia; recuperação nos montantes de alambrados; arte urbana nas lixeiras, bancos, piso e poste de iluminação; criação de uma praça de convivência com bicicletário; criação de arquibancadas nos fundos das quadras de vôlei de praia; reforço na iluminação pública e a instalação de lixeiras de coleta seletiva, além do espaço Pet e um totem de sinalização.
O espaço também ganhou uma paisagem mais moderna e ficou mais acessível com a nova identidade visual, trabalho do artista urbano Leandro Alves do Projeto Filtro de Papel, que busca promover reflexões através da arte de rua.

Entre as práticas esportivas presentes no local estão: vôlei de praia, futebol de areia, beach tennis e futevôlei. Além de basquete, futsal, aulas de zumba, entre outras atividades. A iniciativa é uma forma de incentivar a prática de atividades físicas, com o objetivo de levar mais qualidade de vida às pessoas.

Serviço
Inauguração da nova Arena Beira Mar
Data: 24/08 (sexta-feira)
Horário: 17h
Local: Av. Beira Mar (em frente ao Jardim Japonês)

Publicado em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e da Secretaria de Turismo (Setfor), inicia um novo Curso de Inglês Instrumental e História dos pontos turísticos nesta sexta-feira (24/08), de 18h às 21h, na sede da Etufor.

A capacitação, que prossegue até a próxima quinta-feira (30/08), é gratuita e exclusivamente voltada para os taxistas que atuam na zona hoteleira, orla marítima e espaços turísticos de Fortaleza. Com a finalidade de oferecer mais conforto aos passageiros do transporte individual, os taxistas podem melhorar a comunicação com os estrangeiros, bem como informar dados e curiosidades sobre os pontos turísticos de Fortaleza aos turistas.

Informações com Romeu, por meio do telefone: 3452.9348.

Publicado em Mobilidade

A Prefeitura de Fortaleza, por meio das Secretarias da Infraestrutura (Seinf) e Regional II, realizou, na manhã desta segunda-feira (13/08), reunião de articulação sobre o projeto de mobilidade e requalificação da orla da Avenida Beira Mar, com moradores e comerciantes da região.

Durante o encontro, que aconteceu no Iate Plaza Hotel, a titular da Seinf, Manuela Nogueira, anunciou que o início das obras deverá acontecer ao longo da próxima semana. As frentes de serviço terão início no trecho que corresponde ao Mercado dos Peixes até a Travessa Bauxita, no Mucuripe.

Nesta etapa, as intervenções devem ter duração de aproximadamente 120 dias, com a execução dos serviços de drenagem, substituição do pavimento da via, requalificação de calçadas e instalação de uma lixeira subterrânea no Mercado dos Peixes, garantindo a destinação correta do lixo orgânico que é gerado no equipamento.

“A Prefeitura de Fortaleza não poderia dar início a esta intervenção sem antes ouvir os anseios de vocês que residem e atuam nesta avenida que é tão importante para a nossa cidade e seus visitantes. Por isso mesmo, gostaríamos de ressaltar que todas as interdições que faremos durante as obras serão parciais, garantindo sempre os acessos locais e de tráfego da região”, disse Manuela.

Também estiveram presentes ao evento, o secretário executivo do Turismo, Érick Vasconcelos, a Coordenadora de Ordenamento do Território da Regional II, Beatriz Lima e o presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Neuri Freitas.

Publicado em Infraestrutura

O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da Secretária da Infraestrutura, Manuela Nogueira, e do titular da Regional II, Ferrúcio Feitosa, apresentou nesta terça-feira (31/07), no Paço Municipal, detalhes do projeto do Pólo Gastronômico da Varjota.

A reunião teve como objetivo discutir o cronograma de obras com os donos de bares, restaurantes, comerciantes, moradores e investidores da região para reduzir os impactos econômicos durante a execução dos serviços. Juntos, Prefeitura e comerciantes, decidiram iniciar as intervenções pelos trechos seis e dez, que correspondem respectivamente aos cruzamentos das ruas Frederico Borges com Antônio Justa e Ana Bilhar com Manoel Jesuíno. A previsão é que a ordem de serviço seja dada na segunda quinzena de setembro.

“Nós nos reunimos hoje com os principais interessados em revitalizar e reordenar a Varjota. O bairro é um ponto de encontro importante na cidade e, após terminada a obra, será um espaço de grande movimentação turística com novas atividades, gerando mais consumo, mais emprego e mais renda”, destacou o prefeito Roberto Cláudio.

As intervenções devem durar 12 meses preveem o remodelamento de cerca de 1,5km das ruas Ana Bilhar e Frederico Borges, que terão como prioridade pedestres e ciclistas, além de uma completa revitalização física da estrutura das vias e passeios localizados em todo o quadrilátero da Varjota.

As ruas passarão a contar com intervenções urbanísticas como parklets, cruzamentos com passagem elevadas para pedestres, drenagem, alargamento de calçadas, jardineiras e paisagismo, assim como nova iluminação com fiação embutida, mobiliários e o reordenamento do tráfego local.

A atividade possibilitará, além de uma melhoria no passeio dos mais de 110 estabelecimentos da região, um fortalecimento no turismo local. Orçadas em R$ 14,5 milhões, as obras terão duração de 12 meses.

"A nossa ideia é nos reunirmos com representantes do pólo de forma contínua para que eles conheçam cada etapa da obra e suas dificuldades e nos ajudem para que as intervenções tenham o menor impacto possível. Antes das férias do fim do ano, teremos outra reunião para decidirmos as próximas intervenções," explicou a secretária de infraestrutura, Manuela Nogueira.

Ônibus Double Deck

Ainda este ano, Fortaleza contará com o serviço de um ônibus de turismo que percorrerá, diariamente, um trecho saindo da Praça da Estação, passando pelo centro histórico, zona hoteleira, Beira mar, Mercado dos Peixes, Praça Portugal, Museu da Fotografia, Estoril e Mercado Central. Durante a reunião, os comerciantes da Varjota solicitam a inclusão do novo pólo gastronômico no roteiro.

No dia 8 de agosto, representantes da empresa vencedora da licitação estarão na Capital para refazer os trechos e alinhar detalhes do roteiro. A expectativa é que o serviço esteja disponível ainda em setembro.

“O usuário poderá comprar um passe diário para ter acesso aos trechos, subir e descer do ônibus quantas vezes quiser. Recebemos a demanda dos empresários da Varjota e estudaremos essa ampliação porque nosso roteiro não é engessado e, sem dúvidas, o novo pólo gastronômico irá atrair muitos turistas”, afirmou o secretário de turismo, Regis Medeiros.

Publicado em Infraestrutura

O prefeito Roberto Cláudio fará a apresentação do projeto do Polo Gastronômico da Varjota nesta terça-feira (31/07), às 9h30, no auditório do Paço Municipal, no Centro. O evento será direcionado para donos de bares, restaurantes, comerciantes, moradores e investidores da região.

As intervenções preveem o remodelamento de cerca de 1,5 km das ruas Ana Bilhar e Frederico Borges, que terão como prioridade pedestres e ciclistas, além de uma completa revitalização física da estrutura das vias e passeios localizados em todo o quadrilátero da Varjota.

As ruas passarão a contar com intervenções urbanísticas como parklets, cruzamentos com passagem elevadas para pedestres, drenagem, alargamento de calçadas, jardineiras e paisagismo, assim como nova iluminação com fiação embutida, mobiliários e o reordenamento do tráfego local.

A atividade possibilitará, além de uma melhoria no passeio dos mais de 110 estabelecimentos da região, um fortalecimento no turismo local. Orçadas em R$ 14,5 milhões, as obras terão início ainda no segundo semestre deste ano e terão duração de 12 meses.

Serviço
Apresentação do Polo Gastronômico da Varjota
Data: terça-feira (31/07)
Horário: 9h30
Local: Auditório do Paço Municipal. Rua São José, 01 – Centro

Publicado em Infraestrutura

várias pessoas num palco
Projeto foi apresentado em solenidade na manhã desta sexta-feira (27/07)
O prefeito Roberto Cláudio assinou a ordem de serviço para o início da requalificação da Avenida Beira-Mar, na manhã desta sexta-feira (27/07). Orçada em R$ 40 milhões, recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), a intervenção inclui a urbanização completa, além de dar continuidade às obras de requalificação já realizadas entre o novo Mercado dos Peixes e o calçadão na Estátua de Iracema.

“Este é um sonho antigo da cidade de Fortaleza. Estamos chamando a obra de Beira-Mar de Todos porque a ideia é que, para além de uma obra de infraestrutura, seja de emprego e renda, que irá transformar toda a estrutura de calçadão, pavimentação, feira, dando oportunidade para que os trabalhadores que já estejam aqui permaneçam, ao mesmo tempo que outros investimentos comerciais e empresariais se estabeleçam no entorno”, afirmou Roberto Cláudio.

O projeto compreende a requalificação da Avenida, a construção de um novo calçadão com três pavilhões multiusos, dotados de quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados e a urbanização dos espigões das avenidas Desembargador Moreira e Rui Barbosa, compreendendo uma área de total de 66.704,38 m², totalmente acessíveis.

Nova iluminação, fiação embutida, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parque infantil, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, ciclovia, pista de cooper com 2,6 km de extensão, além de um posto da Casa do Turista e prédio administrativo, estão entre as novidades a serem implementadas na nova Beira-Mar.

Manuela Nogueira, secretária da Infraestrutura do Município aprensentou a intervenção no local. “Vamos dividir as obras em trechos para tentar minimizar os impactos que possam causam à Cidade. Hoje, estamos dando a ordem de serviço para que a empresa possa se mobilizar e instalar o canteiro de obras. A partir de 10 de agosto, começamos o trecho entre o Mercado dos Peixes e Parque Bisão. Trabalharemos com as calçadas do lado dos prédios, parte viária drenagem e complementação do que falta na área do calçadão. Posteriormente, passaremos para os outros trechos, até chegar a Rui Barbosa”, informou.

Frequentador diário da orla de Fortaleza, Robert Claus tem grande expectativa em relação à obra. “Há algumas gestões que esperávamos a reforma da Beira-Mar e agora vai sair em sua totalidade. Já tivemos a primeira parte entregue e dá para ter ideia de que vai ficar muito bom. É algo que vai mudar a vida de muita gente, melhorar tudo para o morador e para o turista”, disse.

As intervenções, devem durar 24 meses, e incluem a urbanização completa do trecho entre a Av. Rui Barbosa e a Rua Tereza Hinko, dando continuidade às obras de requalificação já realizadas desde o novo Mercado dos Peixes, no Mucuripe, até o calçadão na Estátua de Iracema, às margens do Riacho Maceió. Ao todo.

Feira de artesanato

A área onde acontece a feirinha de artesanato também passará por melhorias urbanísticas, como novo piso, nova iluminação e zoneamento com padronização dos boxes comerciais, garantindo uma maior organização e disposição dos produtos vendidos, naquele que é considerado hoje o maior mercado de artesanato a céu aberto da Capital.

Avenida Beira Mar

As intervenções na Avenida incluem a construção de calçadas acessíveis com rampas, piso tátil e travessias elevadas para pedestres. A via contará também com um novo sistema de drenagem, com a construção de galerias, bocas de lobo e a substituição do pavimento asfáltico.

Impacto na economia local

Como forma de garantir o planejamento e o ordenamento territorial do calçadão, a Secretaria Regional II entregou, em junho deste ano, 1.342 autorizações aos ambulantes que atuam na feirinha da Beira-Mar. A reunião, que aconteceu no Náutico Atlético Cearense, teve como objetivo, assegurar a permanência de todos aqueles que já trabalham no local, mesmo no período da obra que não impactará no funcionamento do comércio ambulante.

Para o prefeito Roberto Cláudio, “a Avenida Beira-Mar, depois de pronta, se transformará em uma grande indústria para o turismo, gerando empregos diretos e, consequentemente, mais renda e oportunidades de desenvolvimento para o povo e para a cidade”.

Além da obra ser realizada por etapas, para minimizar os efeitos de uma intervenção desse porte, a Secretaria Regional II irá instalar partir desta sexta-feira, uma ouvidoria no calçadão da Beira Mar para ouvir as preocupações e sugestões para melhorar o deslocamento de quem mora ou trabalha na via e no seu entorno.

“Estamos discutindo instrumentos jurídicos, junto com eles, para que os atuais proprietários das barracas de praia possam permanecer nos quiosques padronizados que serão construídos na orla, com tamanhos que variam entre 21m² e 131m²”, afirmou o secretário da Regional II, Ferruccio Feitosa.

Já os 658 permissionários que trabalham na tradicional feira de artesanato também terão boxes fixos. A medida, além de ordenar a feira, trará mais conforto para quem trabalha e visita o local.

Publicado em Infraestrutura
Página 1 de 4