várias pessoas num palco
A solenidade aconteceu no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Pici, onde funcionará o novo Cuca

O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta terça-feira (27/11), a ordem de serviço para a construção do Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca), no Pici. O novo equipamento será construído onde hoje funciona o Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) e o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras, orçadas em R$ 26,3 milhões e com previsão de duração de 18 meses, iniciam-se em dezembro e preveem a substituição das edificações existentes na área, exceto as piscinas, que serão mantidas e passarão por reformas.

O novo Cuca Pici irá oferecer aos moradores da região mais de 7 mil metros quadrados de área destinada a atividades esportivas, educacionais, culturais, artísticas e de entretenimento. Conforme ressaltou o Prefeito, a assinatura da ordem de serviço reuniu os titulares de diversas pastas como Educação, Esportes, Saúde, Juventude, Regional e Governo, o que evidencia a importância do comprometimento da gestão no sentido de mudar a realidade dos jovens da Cidade, prevenindo a violência e dando-lhes condições para um grande futuro. “Nós assumimos o compromisso de ter um Cuca em cada regional. Aqui no Pici, teremos a oportunidade de descobrir e desenvolver o talento de cada jovem, seja na área cultural no esporte ou profissionalmente. O mais importante é que ele estará protegido nesse espaço e, certamente, criará relações sociais positivas e será preparado para exercer um futuro de cidadania”, afirmou Roberto Cláudio.

De acordo com o titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Júlio Brizzi, em 2014 no lançamento da Rede Cuca, existiam cerca de 33 mil vagas em cursos de formação, e atualmente, já são mais de 61 mil. Para ele, este é um momento histórico para Fortaleza, no qual se concretiza uma série de benefícios para toda a população da Regional III. “O Cuca do Pici, além de restaurar a estrutura do Centro Social Urbano César Cals, que já formou milhares de pessoas, terá como diferencial um coworking popular para trabalhar a parte de inovação e tecnologia e empreendedorismo com jovens, uma parte específica para artes marciais, além da areninha já em pleno funcionamento, que irá compor o plano do equipamento", disse o Coordenador.

Estrutura

O projeto prevê a construção de diversos espaços e equipamentos de esporte e lazer, como: quadra poliesportiva coberta com arquibancadas, vestiários feminino e masculino; piscina semiolímpica coberta, teatro e anfiteatro, skatepark; salas de formação artística e educacional; cineclube com 68 lugares; salas de produção de audiovisual; salas administrativas; cantina, banheiros, copas, bicicletário, estação do Bicicletar; ambulatório e salas para coworking, aulas e reuniões. O entorno também passará por melhorias urbanística como nova iluminação, calçadas, paisagismos, bancos e lixeiras.

A Areninha e a praça existentes ao lado de onde funcionará o novo equipamento, serão integradas às atividades do novo CUCA. O próximo Cuca será no bairro José Walter. As obras devem ter início ainda no primeiro semestre de 2019.

Novo posto de saúde

Uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) está sendo construída no bairro Pici, próximo ao prédio do CCDH, onde atualmente funciona o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras do novo equipamento de saúde já estão 20% de execução e devem ser entregues até julho de 2019, quando o prédio do antigo posto deixará de funcionar.

O projeto da nova unidade de saúde contempla 728m² de área construída com consultórios médicos e odontológicos, além de farmácia, área de imunização, sala de coleta de exames laboratoriais, raio-x odontológico e recepção.

Publicado em Juventude
Fachada do Cuca Jangurussu
O novo Cuca Pici irá oferecer aos moradores da região mais de 7 mil metros quadrados de área destina a atividades esportivas, educacionais, culturais, artísticas e de entretenimento

O prefeito Roberto Cláudio e o Governador do Estado do Ceará em Exercício, Zezinho Albuquerque, assinam, nesta terça-feira (27/11), a ordem de serviço para a construção do Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca), no Pici. A solenidade terá início às 18 horas, no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Bairro e contará com a presença da titular da Secretaria da Infraestrutura (Seinf), Manuela Nogueira.

O novo Cuca Pici irá oferecer aos moradores da região mais de 7 mil metros quadrados de área destina a atividades esportivas, educacionais, culturais, artísticas e de entretenimento. O novo equipamento será construído onde hoje funciona o Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) e o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. O projeto prevê a substituição das edificações existentes na área, exceto as piscinas existentes, que serão mantidas e passarão por reformas.

As obras, que devem ter início no próximo mês de dezembro, devem durar cerca de 18 meses. Orçado em R$ 26,3 milhões, o projeto prevê a construção de diversos espaços e equipamentos de esporte e lazer, como: quadra poliesportiva coberta com arquibancadas, vestiários feminino e masculino; piscina semiolímpica coberta, teatro e anfiteatro, skatepark; salas de formação artística e educacional; cineclube com 68 lugares; salas de produção de áudio visual; salas administrativas; cantina, banheiros, copas, bicicletário, estação do Bicicletar; ambulatório e salas para coworking, aulas e reuniões. O entorno também passará por melhorias urbanística como nova iluminação, calçadas, paisagismos, bancos e lixeiras.

A Areninha e a praça existentes ao lado de onde funcionará o novo equipamento, serão integradas às atividades do novo Cuca.

Segundo a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), o próximo Cuca será no bairro José Walter. As obras devem ter início ainda no primeiro semestre de 2019.

Novo posto de saúde

Uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) está sendo construída no bairro Pici, próximo ao prédio do CCDH, onde atualmente funciona o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras do novo equipamento de saúde já estão 20% de execução e devem ser entregues até julho de 2019, quando o prédio do antigo posto deixará de funcionar.

O projeto da nova unidade de saúde contempla 728m² de área construída com consultórios médicos e odontológicos, além de farmácia, área de imunização, sala de coleta de exames laboratoriais, raio-x odontológico e recepção.

Cucas

A Rede Cuca, que é uma rede de proteção social e oportunidades, composta por três Centros Urbanos de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cucas), é mantida pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude (CEPPJ). Entre 2014 e 2018 já foram registramos mais de 1 milhão de atendimentos.

Os Cucas Barra, Mondubim e Jangurussu atendem, prioritariamente, jovens de 15 a 29 anos, oferecendo cursos, práticas esportivas, difusão cultural, formações e produções na área de comunicação e atividades que fortalecem o protagonismo juvenil e realizam a promoção e garantia de direitos humanos.

Além disso, a Rede Cuca também visa trazer para a periferia de Fortaleza possibilidades e oportunidades culturais por meio da realização de eventos como festivais, mostras, exposições e programação permanente de shows, espetáculos e cinema.

A demanda para construção do Cuca no bairro Pici é oriunda da necessidade de oferecer aos jovens das comunidades do entorno alternativas culturais e a possibilidade de integração através do esporte.

Serviço
Assinatura da Ordem de Serviço para construção do Cuca do Pici
Data: terça-feira (27/11)
Horário: 18h
Local: Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Pici (CCDH) - R Coronel Matos Dourado, 1499 - Pici

 

Publicado em Juventude

várias pessoas num palco
“Estamos cumprindo mais um compromisso com o Grande Pirambu. Há muitas obras acontecendo nesta região. E cuidar da saúde das pessoas é uma das nossas prioridades", afirmou o Prefeito durante a solenidade
O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta quarta-feira (31/10), a Ordem de Serviço que autoriza a reforma e a ampliação do Posto de Saúde Guiomar Arruda. Instalado na região do Grande Pirambu, o equipamento receberá investimentos da ordem de R$ 787 mil.

As intervenções previstas contemplam, além da climatização das salas de atendimento, serviços de pintura, alvenaria e instalação hidráulica e elétrica. Paralelamente, haverá a instalação de melhorias voltadas à acessibilidade e a ampliação de vários espaços, a exemplo da recepção e do setor de farmácia.

Além disso, novas estruturas fortalecerão as atividades desenvolvidas no Posto de Saúde, como auditório, novos consultórios, almoxarifado, depósito para material de limpeza, sala de agentes de saúde e copa.

“Estamos cumprindo mais um compromisso com o Grande Pirambu. Há muitas obras acontecendo nesta região. E cuidar da saúde das pessoas é uma das nossas prioridades. Portanto, estamos expandindo recursos na Saúde, na contramão do que vem acontecendo no País. A partir dessa reforma, nós entregaremos um Posto bacana, ampliado, com uma bela infraestrutura e com atendimento digno”, declarou o Prefeito, acrescentando que, durante o período da reforma, os atendimentos serão remanejados para o Posto de Saúde Carlos Ribeiro, para a Associação Comunitária de Ajuda Mútua do Pirambu e para a Federação do Movimento Comunitário do Pirambu, garantindo, assim, a continuidade do serviço à população.

A titular da Secretaria da Infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira, adiantou o cronograma de execuções previsto. “Nossa expectativa é de que as intervenções sejam concluídas ao longo do primeiro semestre do ano que vem”, disse.

A ação integra o projeto de reestruturação da Atenção Primária de Fortaleza, que já reformou 70 postos e viabilizou a construção de 22 equipamentos. Além disso, a informatização de prontuários e a ampliação do horário de funcionamento das unidades compõem o conjunto de melhorias capazes de otimizar o atendimento médico à demanda espontânea e programada.

“Hoje, em Fortaleza, nós temos o privilégio de ter toda a atenção primária informatizada. Por exemplo, um paciente habitualmente atendido na Regional VI, se, por ventura, necessitar ser atendido na Regional I, os profissionais terão toda a condição de analisar o seu histórico, a história clínica e a medicação em uso, otimizando o atendimento”, acrescentou a titular da Secretaria da Saúde de Fortaleza, Joana Maciel.

Presente na solenidade, a população aprovou a iniciativa da Prefeitura de Fortaleza. “Esse Posto de Saúde faz parte da minha vida e da minha história. É uma alegria saber que a situação vai ficar cada vez melhor. Nossa saúde é nosso maior presente”, considerou a aposentada Irene Pirapora, de 89 anos.

Publicado em Saúde
Foto mostra o interior do Parque das Crianças, com lagoa, árvores e bancos de madeira
Concurso de Ideias irá realizar as obras de revitalização da Cidade da Criança e da Praça do Sagrado Coração de Jesus, no Centro

O prefeito Roberto Cláudio empossa, nesta terça-feira, 23 de outubro, às 09 horas, no Auditório do Paço Municipal, o Comitê Municipal de Acompanhamento do Plano de Ação do Novo Centro. O projeto objetiva promover o ordenamento da região central de Fortaleza, por meio de obras e ações em seis eixos de atuação: Habitação, Política de Apoio a Pessoas em Situação de Rua, Turismo e Cultura, Infraestrutura e Mobilidade, Ordenamento do Comércio Informal e Segurança e Fiscalização.

O Comitê é composto por 48 membros, representantes de instituições públicas e privadas, e tem por missão acompanhar a execução de todas as ações do projeto, possibilitando melhorias na utilização dos espaços públicos a serem executadas a curto, médio e longo prazos. Logo após a posse, acontece a primeira reunião do Comitê.

Durante a solenidade, o prefeito Roberto Cláudio também anuncia o projeto vencedor do Concurso de Ideias que irá realizar as obras de revitalização da Cidade da Criança e da Praça do Sagrado Coração de Jesus, no Centro.

O edital do concurso contou com a participação de 36 inscritos entre arquitetos e urbanistas. Com a pontuação de 454 pontos, o projeto escolhido foi o do arquiteto Carlos Yuri Nobre, que receberá o prêmio de R$30 mil e será contratado pela Prefeitura de Fortaleza para a prestação de serviço de elaboração do projeto básico e orçamento.

A escolha do equipamento a ser contemplado com a reforma, foi através de consulta pública do projeto Você Faz Fortaleza. Foram coletados cerca de 102 mil votos, nos 40 totens espalhados pela cidade. O local mais votado , entre os 12 sugeridos foi a Cidade da Criança e a Praça Coração de Jesus que terão projetos executados pela Prefeitura de Fortaleza até 2020.

Saiba Mais

O Projeto Novo Centro, com ações iniciadas em agosto deste ano, tem prazo de 12 meses para efetivar obras como a reforma do calçadão da Rua Guilherme Rocha, já iniciada e inserida nas ações de Ordenamento do Comércio Informal. Além disso, as ações incluem dois projetos pilotos: a padronização das bancas na Rua Barão do Rio Branco e a criação de quiosques padronizados para o comércio ambulante, nos calçadões das Ruas Guilherme Rocha e Liberato Barroso.

O comitê, a ser empossado nesta terça-feira, é composto por instituições públicas e privadas que vão monitorar a execução de todas as ações do Projeto. Essas ações incluem estimular a ocupação habitacional na região central da Capital, por meio da viabilização de até 900 unidades habitacionais, dentro do eixo da Habitação.

Na pauta de apoio a pessoas em situação de rua, o projeto prevê a implantação de Pousada Social com até 100 vagas. No segmento de Infraestrutura e Mobilidade, está definida a construção do Terminal Aberto ao lado da Praça José de Alencar. O projeto prevê ainda, a instalação de faixas exclusivas de ônibus, a consolidação de uma agenda cultural única no Centro de Fortaleza e a aquisição de uma célula de monitoramento com instalação de vídeowall, ações inseridas nos eixos infraestutura e mobilidade, Turismo e Cultura e o de Segurança Pública, respectivamente.

Já o projeto Você Faz Fortaleza, buscou através do Concurso de Ideias selecionar as melhores soluções arquitetônicas, paisagísticas e viárias para a requalificação da Cidade da Criança e da Praça do Sagrado Coração de Jesus, ganhadora da consulta popular.

A comissão técnica que avaliou os projetos foi formada por 10 profissionais das áreas de arquitetura e engenharia, incluindo o engenheiro Adail Fontenele que é secretário da Regional do Centro, a arquiteta Águeda Muniz que é secretária do urbanismo e meio ambiente, e o presidente do conselho regional de engenharia e agronomia do Ceará, Emanuel Maia Mota.

Serviço:
Posse dos membros do Comitê Municipal de Acompanhamento do Plano de Ação do Novo Centro e anúncio do o projeto vencedor do Concurso de Ideias
Data: 23/10 (terça-feira)
Horário: 09h
Local: Auditório do Paço Municipal (Rua São José, 01 - Centro)

Publicado em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza lança, nesta terça-feira (23/10), às 14h30, o plano de melhorias para o Mercado dos Peixes. Na ocasião, serão apresentadas aos permissionários as ações que vão propiciar melhorias e aperfeiçoamento para o local e seu entorno. A ação acontece em conjunto entre as secretarias municipais do Turismo (Setfor), da Infraestrutura (Seinf), do Desenvolvimento Econômico (SDE), de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma) e Secretaria Regional II, além da Cagece. O plano operacional contempla obras de infraestrutura, ações de limpeza, conscientização, cursos de capacitação e implantação de lixeiras subterrâneas.

Durante o lançamento, serão anunciados detalhes das medidas, assim como as áreas nas quais serão oferecidos os cursos de capacitação e como será a atuação de cada secretaria envolvida no projeto.

Serviço
Lançamento do plano de melhorias para o Mercado dos Peixes
Data: 23/10/2018 (terça)
Horário: 14h30
Local: Mercado dos Peixes (Avenida Beira-Mar)

Publicado em Turismo

pessoas anda em um canteiro de obras
A implantação de piso intertravado é uma das intervenções previstas para a comunidade Cônego de Castro, que também será beneficiada com equipamentos de lazer e ações de paisagismo
O prefeito Roberto Cláudio visitou, nesta sexta-feira (19/10), as obras de urbanização da comunidade Cônego de Castro, no bairro Parque São José (Regional V), demanda antiga da comunidade. O local receberá novo calçamento, equipamentos de lazer e ações de paisagismo.

“Estamos começando agora todo o arruamento em piso intertravado, o mesmo que está sendo implantado na avenida Beira Mar, área mais nobre da Cidade. Vamos ainda fazer uma pracinha e disponibilizar equipamentos que foram solicitados pela comunidade, como playground e academia de ginástica. Estamos aqui para mostrar o compromisso em transformar a qualidade de vida das milhares de família que moram nesse entorno ”, declarou o Prefeito.

Solicitação histórica dos moradores que sofriam com o excesso de poeira, falta de espaços de lazer e entretenimento, a intervenção trará novos ares ao lugar, como explicou Manuela Nogueira, secretária da Infraestrutura. “Esse pavimente intertravado tem muito mais permeabilidade, traz o atrativo do pedestre poder usar melhor o ambiente no final de semana, com a comunidade fechando o espaço para fazer feirinhas e ações culturais, por exemplo”, completou.

Para Francisco Aristeu, que mora há três anos na região, a intervenção trará uma série de benefícios. “Aqui era muita poeira, um areial só, mas isso está tudo sendo mudado. Agora, está ficando bom. Vamos poder andar sem medo de cair, as crianças vão brincar na pracinha que construirão. O Prefeito está de parabéns porque vai melhorar a vida de nós todos”, disse.

A expectativa é que em torno de dois meses a comunidade Cônego de Castro já possa usufruir da urbanização.

Publicado em Infraestrutura

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), entrega mais uma importante obra de drenagem para a Capital neste sábado (20/10), às 9h30. O serviço foi executado na Rua Descartes Braga, na Granja Lisboa (Regional V) e a entrega contará com a presença do prefeito Roberto Cláudio.

A intervenção teve como principal objetivo captar as águas da chuva e dar vazão às águas do Açude da Viúva, eliminando os alagamentos enfrentados pelos moradores da região.

O local recebeu uma nova galeria de drenagem com 160 metros de extensão, além de bocas de lobo e os serviços de limpeza do canal e desobstrução da galeria já existente na rua.

Com a obra, foi possível requalificar toda a via, que ganhou mais de um quilômetro de novo asfalto, sinalização, meio fio e 17 bocas de lobo para facilitar o escoamento da água e dar mais durabilidade à pavimentação.

Orçada em aproximadamente R$ 1,2 milhão, a obra teve duração de sete meses.

Serviço:
Drenagem da Rua Descartes Braga
Data: 20/10 (sábado)
Horário: 9h30
Local: Rua Descartes Braga, Granja Lisboa (entre as ruas Pato Branco e Barra Vermelha)

 

Publicado em Infraestrutura

Pessoas andando em um canteiro de obras
Vistoriar dos trabalhos de drenagem e pavimentação do primeiro trecho ocorreu na quarta-feira (10/11)
Na manhã desta quarta-feira (10/10), a secretária Municipal de Infraestrutura, Manuela Nogueira, e o titular da Regional II, Ferruccio Feitosa, visitaram as obras de requalificação da Avenida Beira Mar, para vistoriar os trabalhos de drenagem e pavimentação do primeiro trecho. Na ocasião, os gestores falaram sobre o cronograma do projeto e o segundo passo das intervenções que será a internalização dos fios das redes de telecomunicação e a reforma das calçadas, localizadas na faixa direita da via.

As intervenções, que acontecem entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes, já alcançaram 60% dos serviços. As obras que começaram em agosto deste ano, tiveram início na faixa da esquerda da Avenida, com a construção de um novo sistema de drenagem, que contempla uma nova galeria e bocas de lobo, e substituição do asfalto por piso intertravado. Com a conclusão de parte dos serviços, as equipes realizam, agora, a instalação da nova pavimentação da via, que terá o asfalto substituído por piso intertravado, para facilitar o escoamento da água e melhorar a sensação térmica da via.

Ainda como parte do primeiro trecho da obra, serão implantadas lixeiras subterrâneas no Mercado dos Peixes. Para que os serviços de urbanização avancem, o tráfego da Avenida Beira Mar deverá ser remanejado para a pista já revitalizada.

Segundo as Secretarias da Infraestrutura (Seinf) e Regional II, todas as interdições serão parciais e os acessos locais estarão garantidos em todas as etapas da obra. Durante os trabalhos, agentes da AMC darão suporte operacional à intervenção.

Articulação com a população

A Secretaria Regional II tem estabelecido um diálogo permanente com a população da região, por meio de reuniões de articulação e a criação de canais de comunicação, a fim de se antecipar quanto ao andamento das obras. Um contêiner foi instalado no local para acolher as demandas, sugestões e esclarecer dúvidas da população.

“Temos feito o possível para facilitar a vida da população local, de forma que o transtorno seja o menor possível para todos. Estamos felizes pela aceitação, paciência e entendimento dos cidadãos sobre os benefícios que essa obra vai gerar. Nosso objetivo é deixar ainda mais acessível, agradável e atrativo um dos principais cartões postais de Fortaleza, que é a nossa Beira Mar”, explicou Ferruccio.

Sobre a obra

As obras da nova Avenida Beira Mar preveem uma série de melhorias urbanísticas e de mobilidade ao longo da via, bem como a construção de um novo calçadão em toda a extensão da orla, compreendida no trecho entre a Praia do Meireles e a Enseada do Mucuripe.

Com um total de 66.704,38 m² de área totalmente acessível, o projeto compreende a requalificação da avenida com a construção de um novo calçadão, com três pavilhões multiusos, dotados de quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados, além da urbanização dos espigões das Avenidas Desembargador Moreira e Rui Barbosa.

A região passará a contar, ainda, com nova iluminação que terá fiação embutida, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parque infantil, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, ciclovia, pista de cooper com 2,6 km de extensão, além de um posto da Casa do Turista e prédio administrativo.

A obra completa tem duração de cerca de 24 meses, já essa primeira fase tem prazo de 120 dias. O projeto está orçado em aproximadamente R$ 40 milhões, com recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Publicado em Infraestrutura

avenida beira mar com operários da construção civil e um trator
As obras da nova Avenida Beira Mar preveem uma série de melhorias urbanísticas e de mobilidade ao longo da via
A Prefeitura de Fortaleza já realizou mais de 60% das obras de requalificação da Avenida Beira Mar, no primeiro trecho das intervenções, que acontece entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes.

As obras começaram em agosto deste ano e tiveram início na faixa da esquerda da avenida, com a construção de uma nova galeria de drenagem e bocas de lobo. Com a conclusão de parte dos serviços, as equipes realizam, agora, a instalação da nova pavimentação da via, que terá o asfalto substituído por piso intertravado, para facilitar o escoamento da água e melhorar a sensação térmica da via.

Ainda como parte do primeiro trecho da obra, serão implantadas lixeiras subterrâneas no Mercado dos Peixes, além da internalização dos fios das redes de telecomunicação e a reforma das calçadas, localizadas na faixa da direita da via. Para que as equipes avancem nos serviços de urbanização, o tráfego da Avenida Beira Mar deverá ser remanejado para a pista já revitalizada.

Segundo a Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), todas as interdições serão parciais e os acessos locais estarão garantidos em todas as etapas da obra. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) trabalha para que não haja desvio de tráfego na região, já que os condutores poderão continuar circulando pela via. Durante as obras, agentes da AMC darão suporte operacional à intervenção.

Sobre a obra

As obras da nova Avenida Beira Mar preveem uma série de melhorias urbanísticas e de mobilidade ao longo da via, bem como a construção de um novo calçadão em toda a extensão da orla, compreendida no trecho entre a Praia do Meireles e a Enseada do Mucuripe.

As intervenções incluem a urbanização completa do trecho entre a Avenida Rui Barbosa e a Rua Tereza Hinko, dando continuidade às obras de requalificação já realizadas desde o novo Mercado dos Peixes, no Mucuripe, até o calçadão na Estátua de Iracema, às margens do Riacho Maceió.

Com um total de 66.704,38 m² de área totalmente acessível, o projeto compreende a requalificação da avenida com a construção de um novo calçadão, com três pavilhões multiusos, dotados de quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados, além da urbanização dos espigões das Avenidas Desembargador Moreira e Rui Barbosa.

A região passará a contar, ainda, com nova iluminação que terá fiação embutida, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parque infantil, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, ciclovia, pista de cooper com 2,6 km de extensão, além de um posto da Casa do Turista e prédio administrativo.

As obras terão duração de cerca de 24 meses e estão orçadas em aproximadamente R$ 40 milhões, com recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF).

Publicado em Infraestrutura

várias pessoas num palco
Assinatura da Ordem de Serviço ocorreu nesta quarta-feira (03/10). Obra atende a uma demanda antiga dos moradores, comerciantes e motoristas que trafegam pelo local
O prefeito Roberto Cláudio e o secretário das Cidades do Governo do Ceará, Paulo Henrique Lustosa, assinaram, nesta quarta-feira (03/10), no Pólo de Lazer da Sargento Hermínio, a Ordem de Serviço para a obra de requalificação da Avenida Sargento Hermínio. A obra, que faz parte do programa “Juntos por Fortaleza”, atende a uma demanda antiga dos moradores, comerciantes e motoristas que trafegam pelo local e vai garantir a duplicação do trecho entre as Ruas Olavo Bilac e Padre Anchieta.

A primeira etapa da intervenção já havia duplicado a Avenida Sargento Hermínio entre a Avenida José Jatahy e a Rua Padre Anchieta. A segunda parte da obra, corresponde a duplicação do trecho entre as ruas Olavo Bilac e Padre Anchieta e deve começar ainda nesta primeira quinzena do mês de outubro.

A via que hoje tem uma pista simples e de mão dupla será alargada, passando a ter quatro faixas e uma ciclovia no canteiro central, nos mesmos moldes do primeiro trecho já executado. A previsão para execução da obra é de 18 meses, tendo como previsão final o mês de maio de 2020.

“A obra, agora, vai ser feita num trecho que terá 1,5 km de trecho duplicado, mas teremos uma série de interferências nessa etapa da obra”, explicou o secretário das Cidades do Governo do Estado, Paulo Henrique Lustosa, destacando que será necessário resolver questões de iluminação, de ligação de esgoto e dos dutos da Cegás. “Ainda negociaremos os desvios periódicos e temporários das linhas de ônibus e precisamos contar com o apoio da população porque será necessária muita mudança, mas teremos um bom resultado”, concluiu o secretário.

O valor global dessa etapa da obra de duplicação da Avenida Sargento Hermínio será de R$ 19 milhões. A execução dos serviços deve custar cerca de R$ 7 milhões, com recursos oriundos do Governo do Estado, e o trabalho de demolição e retiradas das interferências no local da obra serão de responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza, com previsão de gastos no valor de R$ 12 milhões. As desapropriações previstas incluem especialmente comércios, jardins e frentes ou recuos de terreno.

“No desenho da obra não há previsão para demolições que desabriguem moradores. Algumas desapropriações já foram pagas e precisamos negociar o restante. Essa obra é essencial para a mobilidade urbana da Cidade, é extremamente importante para a interligação com o lado Oeste de Fortaleza e acompanha as diretrizes do Fortaleza 2040. Ficamos felizes com essa obra porque ela paga uma dívida histórica que temos com a nossa Capital”, destacou o prefeito Roberto Cláudio.

A obra de duplicação da Avenida Sargento Hermínio deve resolver os problemas causados pelo tráfego intenso nas Regionais I e III de Fortaleza. Pela Avenida circulam, por dia, cerca de 15 mil veículos que usam a Sargento Hermínio como via alternativa às Avenidas Bezerra de Menezes e Francisco Sá.

Publicado em Mobilidade
Página 1 de 7