prefeito roberto cláudio fala ao microfone
Durante a reinauguração do equipamento, Roberto Cláudio destacou o significado histórico do Teatro São José, além de sua localização 

O prefeito Roberto Cláudio reinaugurou, na noite desta quarta-feira (19/09), o Teatro São José. Símbolo da cultura cearense, o equipamento, tombado como patrimônio do Município em 1988, recebeu obras de restauro e diversas novas estruturas. Dentre elas, a ampliação do espaço em 40%, a construção de prédio anexo e a reestruturação completa da tradicional edificação, construída, em estilo eclético, no ano de 1915.

Reformado pela Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), o equipamento será administrado pela Secretaria da Cultura de Fortaleza (Secultfor). Orçadas em R$ 6,2 milhões, as intervenções, iniciadas em 2016, incluíram minuciosos trabalhos infraestruturais. Além da restauração de pisos, portas, balaústres e mezaninos, o palco do Teatro foi equipado com novo tablado, nova iluminação e sonorização, oferecendo melhor experiência à plateia de até 346 pessoas, que, durante os espetáculos, será acomodada em assentos retráteis em madeira e tecido bordô.

Totalizando 1.446 m² de área construída, o Teatro passará a oferecer, ainda, espaços paralelos, como cafeteria, banheiros, salas multiuso, depósito, bilheteria e pátio externo com áreas de convivência.

“Este Teatro é cheio de significados importantes para a Cidade. Primeiro por ser mais um espaço confortável, adequado, destinado à cultura cearense. Segundo, pela localização no meio de um circuito cheio de valor e de energia cultural. E o terceiro é o seu valor histórico. Um espaço que representa um significado da identidade de ser fortalezense. Nosso desejo é de que ele esteja cheio de vida, de gente, de artistas, com muito público e que possa ser um ambiente de alegria e de criatividade”, declarou o Prefeito, acrescentando a importância da atenção ao conjunto histórico do Centro de Fortaleza e de sua orla marítima.

Visando à garantia de maior segurança e durabilidade, toda a coberta do Teatro São José recebeu estrutura metálica com revestimento termoacústico e forro em lambri de madeira. Além disso, a coberta externa do equipamento recebeu telhas de cerâmica em estilo colonial, seguindo o padrão das tradicionalmente instaladas no século passado.

O diretor teatral e dramaturgo, Karlo Kardozo, assumirá a direção do Teatro, que, além de oferecer programações plurais, sediará, ainda este ano, a VI Bienal Internacional de Dança do Ceará, nos dias 19 a 28 de outubro 2018; e as eliminatórias do 1º Festival da Música de Fortaleza, nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro. “Mais do que um espaço histórico e cultural, este lugar é carregado de memória e de afeto que se reencontram, por meio de sua estrutura e de sua programação, com a sua Cidade e com o seu povo”, acrescentou.

A população compareceu à solenidade de reinauguração, que reuniu gestores municipais, estaduais, além de diversas autoridades, e aprovou as intervenções. O vendedor Roberto de Castro, acompanhado da filha de dois anos, relembrou a importância do equipamento durante a sua trajetória. “O Teatro São José faz parte da minha vida. Esta reforma ficou ótima. O prefeito Roberto Cláudio caprichou. Estou feliz de trazer a minha filha para conhecer um espaço onde, no passado, fui tão feliz”, destacou.

O titular da Secultfor, Gilvan Paiva, destacou a relevância do cenário de transformações positivas pelo qual passa a Cultura de Fortaleza. “Nessa nova fase, o Teatro desempenhará papel social, amplo e plural. A Cidade tem valorizado a Cultura, os talentos locais e todos os agentes ligados a ela. E não podemos deixar de homenagear os operários que trabalharam, tanto na construção deste equipamento, no início do século XX, quanto em todo esse processo de requalificação. Estes receberão uma justa homenagem no próximo dia 25”, adiantou.

Raimundo Fagner cantando no paldo do Teatro São José
Raimundo Fagner foi a atração principal da reinauguração do Teatro São José

Apresentações Musicais

A cerimônia de reinauguração contou com a participação da Orquestra Filarmônica do Ceará, sob a regência do maestro Gladson Carvalho. E Raimundo Fagner encerrou a noite desta quarta-feira com um pocket show. Do palco, o cantor destacou a felicidade em ver a transformação positiva pela qual passou o Teatro e parabenizou a consequente expansão de oportunidades destinadas aos talentos locais.

Programação Especial de Reinauguração

Na oportunidade, a Prefeitura apresentou a programação alusiva à reinauguração do Teatro, que deverá reunir, até o dia 30 de setembro, atrações culturais de diversas esferas.

Confira a programação completa

 

Publicado em Cultura

O prefeito Roberto Cláudio anuncia em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (06/09), às 14h, no auditório do Paço Municipal, o início da implantação da segunda etapa do binário da Av. Santos Dumont com a R. Des. Lauro Nogueira, no Papicu (Regional II).

Na ocasião, será apresentado à imprensa o projeto e as intervenções que serão realizadas naquela região.

O novo binário terá início na Av. Santos Dumont, no trecho entre o Túnel Barros Pinho (Santos Dumont sob Via Expressa) até a R. Dr. Francisco Matos, tendo a R. Des. Lauro Nogueira como via alternativa ao bairro Aldeota.

Estarão presentes no evento, representantes de todas as secretarias envolvidas no projeto, como: o secretário executivo da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), Luiz Alberto Sabóia; a secretária municipal da infraestrutura, Manuela Nogueira, o presidente da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), José do Carmo; o superintendente da Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (Urbfor), Regis Tavares; o secretário executivo da Secretaria Regional II, Marcus Teixeira; o secretário executivo da Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Adolfo Viana e o superintendente da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), Arcelino Lima.

Serviço:
Coletiva sobre o novo Binário da Av. Santos Dumont
Data: quinta-feira (06/09)
Horário: 14h
Local: Auditório do Paço Municipal. Rua São José, 01 – Centro

Publicado em Mobilidade

As calçadas da Rua dos Tabajaras ganham um novo desenho. A previsão é que até outubro, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), entregue a obra de reconstrução dos passeios, no trecho entre a Rua Cariris até a Av. Almirante Tamandaré.

As calçadas, de ambos os lados, ganharão calçadas acessíveis com sinalização tátil e rampas de acessibilidade. A intervenção inclui ainda placas antiderrapantes em concreto, com piso drenante próximo ao meio fio.

Quando concluídas as obras no local, todo o passeio será dotado de calçadas impermeabilizadas, aumentando a absorção das águas da chuva e melhorando a temperatura do local.

Em junho deste ano, a Prefeitura realizou a requalificação viária da Rua dos Tabajaras, com a recuperação da pavimentação em paralelepípedo da via, melhorando assim a mobilidade da região.

As obras fazem parte do Planejamento Estratégico Colaborativo do bairro, ação que integra o Plano de Requalificação desenvolvido pelo Conselho e Instituto Iracema. O plano tem como objetivo revitalizar o espaço, com ordenamento urbano, segurança, cultura e eventos, moradores, mobilidade urbana, meio ambiente e turismo.

Publicado em Turismo

prefeito roberto cláudio conversa com duas operárias da obra do IJF
Atualmente, cerca de 45% da obra está pronta e a entrega total está prevista para o final de 2019
O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado das secretárias da Saúde, Joana Maciel, e da Infraestrutura, Manoela Nogueira, visitou nesta segunda-feira (03/09), as obras do Instituto Doutor José Frota 2.

O térreo da unidade que contém 59 leitos está em fase final de acabamento para, ainda em setembro, iniciar o atendimento aos pacientes e, assim, zerar os leitos de corredor do Hospital.

“Essa é uma obra de grande valor humano em virtude da importância regional do IJF, já que ele recebe pacientes de todo o Ceará. A entrega colocará fim a angústia e a desumanidade das pessoas que passam dias a espera de uma cirurgia ou internamento em condições ideais”, pontuou Roberto Cláudio.

Do total de pacientes atendidos na unidade, cerca de 51% são da Região Metropolitana e interior do Estado e 49% são de Fortaleza. A previsão é de que até o final do ano, o primeiro andar do IJF2 também seja entregue totalizando assim, cerca de 130 leitos que contribuirão para aumentar a capacidade clínica e cirúrgica do hospital, especialmente na urgência e emergência.

Atualmente, cerca de 45% da obra está pronta e a entrega total está prevista para o final de 2019. Os próximos serviços incluem a finalização das instalações, do elevador e da passarela que interliga as duas unidades. Quando concluída a intervenção, serão ao todo 664 leitos, além de novas salas cirúrgicas e central de exames especializados.

Só em leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva), o acréscimo será de 91%. Em leitos de pós-operatório, o aumento será de 82%. As enfermarias também serão reforçadas com uma ampliação de 41% no número de leitos.

O IJF2 é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado. A unidade amplia em 13.237m² o complexo hospitalar. Dotado de cinco pavimentos, o novo prédio terá duas guaritas, estacionamentos em subsolo, área de convivência, enfermarias, UTIs, Centros Cirúrgicos e salas de recuperação pós-anestésica. A estrutura também permitirá a instalação dos novos serviços de Ressonância Magnética e Hemodinâmica, hoje inexistentes no IJF e de grande importância para o tratamento de vítimas de traumas graves.

Em paralelo a obra, 591 novos profissionais de saúde irão compor o quadro do IJF2. As equipes multiprofissionais serão reforçadas com cargos de nível superior e técnico.

várias pessoas andando no meio de um canteiro de obras
As 240 unidades da primeira etapa do Vila do Mar serão entregues em outubro

Vila do Mar

Em seguida, o prefeito Roberto Cláudio visitou as obras habitacionais do Vila do Mar III, projeto do antigo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). As 240 unidades da primeira etapa do empreendimento serão entregues em outubro. No fim do ano, os outros 260 apartamentos também ficarão prontos. O conjunto habitacional reassentará famílias da área de risco do litoral Oeste da Cidade.

Publicado em Infraestrutura
Obra
Neste primeiro momento, intevenções ocorrem entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes, no Mucuripe (Foto: Kaio Machado)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Infraestrutura (Seinf), deu início nesta segunda-feira (20/08), às obras da nova Avenida Beira-Mar (Regional II). A requalificação viária da avenida será dividida por trechos. Nesta primeira etapa, as intervenções terão duração de, aproximadamente, 120 dias, e acontecerão entre a Travessa Bauxita e o Mercado dos Peixes, no Mucuripe. Na região, serão realizados os serviços de demolição do asfalto, drenagem, infraestrutura para internalização da fiação, além da construção de novas calçadas e do novo pavimento da via, que será substituído por piso intertravado.

Para viabilizar os serviços, a primeira faixa da via precisou ser interditada. Desta forma, apenas a segunda faixa da Av. Beira Mar estará livre para tráfego. Quando finalizados os serviços do lado esquerdo, as equipes avançam para o lado direito da via, invertendo assim a interdição da pista. A Seinf reitera que todas as interdições serão parciais e os acessos locais estarão garantidos em todas as etapas da obra. A Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) informa que não haverá desvio de tráfego na região, já que os condutores poderão continuar circulando pela via. Durante as obras, agentes da AMC darão suporte operacional à intervenção.

O projeto

As obras da nova Av. Beira Mar preveem uma série de melhorias urbanísticas e de mobilidade ao longo da via, bem como a construção de um novo calçadão em toda a extensão da orla, compreendida no trecho entre a Praia do Meireles e a Enseada do Mucuripe.

O pacote de obras de requalificação da Avenida Beira Mar será executado pela Secretaria Municipal da Infraestrutura, por meio da empresa Edcon Comércio e Construções LTDA, vencedora da licitação. As intervenções incluem a urbanização completa do trecho entre a Av. Rui Barbosa e a Rua Tereza Hinko, dando continuidade às obras de requalificação já realizadas desde o novo Mercado dos Peixes, no Mucuripe, até o calçadão na Estátua de Iracema, às margens do Riacho Maceió.

Com um total de 66.704,38 m² de área totalmente acessível, o projeto compreende a requalificação da avenida, a construção de um novo calçadão com três pavilhões multiusos, dotados de quiosques de alimentação e bebidas, todos padronizados, e a urbanização dos espigões das Avenidas Desembargador Moreira e Rui Barbosa.

A região passará a contar ainda com nova iluminação, com fiação embutida, espaços para convivência com caramanchões, academias, banheiros, parque infantil, quadras de vôlei de praia, pista de skate, anfiteatro, pista de hockey, ciclovia, pista de cooper com 2,6 km de extensão, além de um posto da Casa do Turista e prédio administrativo.

As obras estão orçadas em aproximadamente R$ 40 milhões e vão contar com recursos provenientes do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) e devem durar cerca de 24 meses.

Feira de artesanato

A área onde acontece a feirinha de artesanato também passará por melhorias urbanísticas, como novo piso, nova iluminação e zoneamento com padronização dos boxes comerciais, garantindo uma maior organização e disposição dos produtos vendidos, naquele que é considerado hoje o maior mercado de artesanato a céu aberto da Capital.

Articulação com a população

A Secretaria Regional II tem estabelecido um diálogo permanente com a população da região, por meio de reuniões de articulação e a criação de canais de comunicação, a fim de se antecipar quanto ao início das obras, esclarecer dúvidas e prestar um suporte institucional. Durante os encontros, moradores e comerciantes recebem esclarecimentos técnicos sobre a execução do projeto de mobilidade e requalificação da orla da Avenida Beira Mar e o detalhamento das etapas das frentes de serviço. As reuniões também servem para acolher as demandas e sugestões da população, no sentido de facilitar o cotidiano de quem convive naquela área.

O resultado da obra trará um impacto positivo, aumentando a competitividade da economia local, proporcionando o fortalecimento e a geração de emprego e renda da Cidade. A previsão é que haja um aumento significativo no número de turistas, fortalecendo ainda mais o setor da indústria hoteleira. Atualmente, Fortaleza é um dos destinos turísticos mais procurados em todo o Brasil.

Publicado em Infraestrutura

prefeito no interior do teatro são josé, que se encontra em obras
"Temos convicção que em mais três semanas estamos com a obra pronta”, afirmou o Prefeito durante a visita
O prefeito Roberto Cláudio visitou as obras de restauração do Teatro São José, na manhã desta terça-feira (14/08), no Centro de Fortaleza. O equipamento cultural deve ser inaugurado 19 de setembro, quando se comemora o Dia do Teatro. "Queremos homenagear a Cidade com uma grande festa no Dia do Teatro", declarou o Prefeito. Segundo o Gestor, os trabalhos estão em fase de acabamento da instalação de ar-condicionado, cadeiras, teto acústico e  outros detalhes da obra. "Também estamos trabalhando a área externa, a praça, área de bilheteria. Temos convicção que em mais três semanas estamos com a obra pronta”, afirmou o Prefeito. Logo após o término da reforma, o Teatro São José ficará aberto para visitação do público.

Atualmente, também estão sendo executadas as instalações do mezanino (camarotes em madeira) do Teatro, que recebem piso de madeira e guarda-corpo, além de acabamentos no prédio anexo e restauração da fachada do prédio histórico. Com mais de 75% de execução da reforma, já foram concluídas as instalações das estruturas metálicas da nova coberta, além de do reforço das estruturas do palco e construção de um novo prédio anexo ao equipamento.

Para manter o patrimônio arquitetônico do prédio, foram realizadas prospecções pictóricas nas janelas, portas, balaústres, piso, colunas e paredes em diferentes substratos, como explicou Manuela Nogueira, secretária da Infraestrutura. “Observamos cada elemento, sendo um processo mais lento e delicado, tanto de prospecção, de ver como era originalmente, como para realizar a execução do restauro de cada elemento”, explicou.

Ao todo, serão investidos R$ 6,2 milhões nos 1.446 m² de área construída. Com capacidade para 370 pessoas, ele será dotado de salões multiuso, cafeteria, área de convivência, camarins e prédio administrativo com banheiros e almoxarifado. O prédio histórico será todo climatizado e passará por minucioso trabalho de restauração nos objetos de cena, palco, mezaninos, guarda-corpos e elementos decorativos e de fachada, como molduras, frisos e estátuas.

A obra é de grande importância para Fortaleza por fazer parte do patrimônio histórico-cultural da Cidade, possibilitando a ampliação de espaços de cultura e lazer, além de promover a reocupação e revitalização do Centro da Cidade e Praia de Iracema.

O Teatro São José

Construído em 1914 em estilo eclético, o Teatro São José surgiu como alternativa de lazer às pessoas menos favorecidas, que não tinham acesso facilitado ao luxuoso Theatro José de Alencar. O Teatro São José é um bem histórico, tombado pelo Município em 1988, pela Lei nº 6.318. O Teatro pertence ao conjunto histórico do Centro de Fortaleza e de sua orla marítima vizinha, articulando-se com várias obras arquitetônicas de valor patrimonial tombadas nos níveis municipal, estadual e federal.

Publicado em Infraestrutura

A Prefeitura de Fortaleza, por meio das Secretarias da Infraestrutura (Seinf) e Regional II, realizou, na manhã desta segunda-feira (13/08), reunião de articulação sobre o projeto de mobilidade e requalificação da orla da Avenida Beira Mar, com moradores e comerciantes da região.

Durante o encontro, que aconteceu no Iate Plaza Hotel, a titular da Seinf, Manuela Nogueira, anunciou que o início das obras deverá acontecer ao longo da próxima semana. As frentes de serviço terão início no trecho que corresponde ao Mercado dos Peixes até a Travessa Bauxita, no Mucuripe.

Nesta etapa, as intervenções devem ter duração de aproximadamente 120 dias, com a execução dos serviços de drenagem, substituição do pavimento da via, requalificação de calçadas e instalação de uma lixeira subterrânea no Mercado dos Peixes, garantindo a destinação correta do lixo orgânico que é gerado no equipamento.

“A Prefeitura de Fortaleza não poderia dar início a esta intervenção sem antes ouvir os anseios de vocês que residem e atuam nesta avenida que é tão importante para a nossa cidade e seus visitantes. Por isso mesmo, gostaríamos de ressaltar que todas as interdições que faremos durante as obras serão parciais, garantindo sempre os acessos locais e de tráfego da região”, disse Manuela.

Também estiveram presentes ao evento, o secretário executivo do Turismo, Érick Vasconcelos, a Coordenadora de Ordenamento do Território da Regional II, Beatriz Lima e o presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Neuri Freitas.

Publicado em Infraestrutura
várias pessoas num palco
Durante a solenidade de assinatura da Ordem de Serviço, foi destacado, mais um a vez, que não haverá nenhum prejuízo para quem trabalha na Feira da Parangaba

O prefeito de Fortaleza Roberto Cláudio assinou, nesta segunda-feira (06/08), a ordem de serviço para dar início às obras de requalificação e urbanização da Lagoa da Parangaba. As intervenções devem durar 12 meses e começarão pelo lado norte da Lagoa com a construção de um píer, que permitirá uma melhor visualização da Lagoa, além de amplas áreas verdes e pequenas praças que envolvem todo o seu entorno.

Orçadas em aproximadamente R$ 4,3 milhões, as intervenções incluem a urbanização de uma área de 60.757,30 m² que corresponde toda área existente às margens da Lagoa, situada entre a Av. Américo Barreira, Rua Gomes Brasil, Rua Caio Prado, Rua Pedro Muniz e Av. Carneiro Mendonça.

“Vamos fazer uma grande intervenção, com uma feira modificada, padronizada e organizada para os trabalhadores e consumidores. Além disso, requalificaremos toda área para que ela seja referência para a comunidade com relação a esportes, gastronomia, diversão e cultura”, explicou o prefeito Roberto Cláudio.

O projeto prevê a construção de novas calçadas, ciclofaixa, brinquedopraças, pista de cooper e skate, paisagismo com o plantio de árvores e criação de jardins, além de serviços de pavimentação, instalação de nova iluminação e substituição de pisos. Além disso, será instalado um campo de futebol, quadras de vôlei de praia, assim como pracinhas e quiosques de alimentação (quatro), convivência (cinco) e banheiros (quatro). Está prevista, ainda, uma ciclofaixa contornando a Lagoa, além de duas quadras de vôlei de praia e uma mini Areninha com grama sintética.

“Há 15 dias, fizemos toda a apresentação do projeto para os trabalhadores e moradores da obra explicando com detalhes o passo a passo da intervenção. Mas é preciso reforçar que não haverá nenhum prejuízo para quem trabalha na Feira da Parangaba. Nem durante a obra e nem depois que ela estiver pronta”, lembrou a secretária da Infraestrutura, Manuela Nogueira.

Durante a coletiva de imprensa, Roberto Cláudio também destacou a parceria da Prefeitura de Fortaleza com a Cagece, durante a execução da obra, para realizar um estudo da qualidade da água e identificar e coibir todos os pontos de poluição da Lagoa da Parangaba.

Ainda este semestre, a Prefeitura entrega dois projetos de urbanização. Em agosto, terminam as intervenções na Lagoa do São Cristóvão e, no final de setembro, as obras da Lagoa da Taperoaba. Até o fim do ano, se inciam as obras da Lagoa da Maraponga e de parte da Lagoa de Messejana.

Publicado em Infraestrutura

várias pessoas num palco
"Viemos apresentar o projeto inteiro aos moradores e comerciantes da região e garantir tranquilidade aos feirantes porque todos vão ganhar com uma nova feira organizada e bem estruturada", enfatizou o Prefeito
O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado da secretária da infraestrutura de Fortaleza, Manuela Nogueira, apresentou nesta quarta-feira (18/07), no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, o projeto de urbanização e requalificação da Lagoa da Parangaba. As intervenções previstas na região já estão licitadas e incluem a urbanização de uma área de 60.757,30 m². A obra deve começar em 30 dias.

O projeto prevê a construção de novas calçadas, ciclofaixa, brinquedopraças, pista de cooper e skate, paisagismo com o plantio de árvores e criação de jardins, além de serviços de pavimentação, instalação de nova iluminação e substituição de pisos.

"A Lagoa da Parangaba é um dos centros de referência para lazer em Fortaleza e nós acreditamos que, com a revitalização, teremos um grande centro de ocupação qualificada do espaço público da Cidade. Viemos apresentar o projeto inteiro aos moradores e comerciantes da região e garantir tranquilidade aos feirantes porque todos vão ganhar com uma nova feira organizada e bem estruturada", enfatizou o Prefeito.

Orçadas em aproximadamente R$ 6 milhões, as obras terão duração de 12 meses, sendo divididas por regiões.

Na área norte, será construído um píer, que permitirá uma melhor visualização da Lagoa, além de amplas áreas verdes e pequenas praças que envolvem todo o seu entorno.

A área oeste terá uma ampla praça, dotada de diversos equipamentos para esporte e lazer, como quadra poliesportiva, pista de skate, academia ao ar livre e parque infantil.

Já a área leste do manancial será destinada à realização da Feira da Parangaba. O local receberá serviços de urbanização, oferecendo um espaço mais organizado e adequado para a atividade. Neste mesmo trecho está previsto uma área para prática de esportes diversos, com a instalação de um campo de futebol, quadras de vôlei de praia, assim como pracinhas e quiosques de alimentação (quatro), convivência (cinco) e banheiros (quatro).

Por fim, ao sul da Lagoa, o projeto destaca a instalação de uma ciclofaixa contornando a lagoa, além de duas quadras de vôlei de praia e uma mini Areninha com grama sintética.

"É importante destacar que a feira não irá acabar durante as intervenções. Iremos iniciar as obras construindo um espaço onde os feirantes irão trabalhar até que o local definitivo esteja 100% pronto, incluindo os banheiros tão reclamados pelos feirantes da Parangaba", explicou Manuela Nogueira.

Para garantir a permanência dos feirantes que já trabalham na área, a Prefeitura de Fortaleza concedeu 1.100 Termos de Permissão de Uso aos permissionários da Feira da Parangaba, que foram recadastrados pela Regional IV, no início de 2018.

"A gente está unido para que a feira se torne um lugar melhor para se trabalhar e para se divertir também. Acredito que ficará um espaço bonito, limpo e organizado como a gente precisa", disse o permissionário Nilson Carvalho que trabalha na feira há mais de dez anos.

A Lagoa da Parangaba é a maior da Capital. Para a requalificação, não foi necessária desapropriação ou remoção, mas um trabalho em conjunto com a Cagece irá conscientizar os moradores sobre o descarte irregular e poluição da área verde e do manacial. Em paralelo às intervenções, a Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente e a Cagece irão realizar ações de despoluição da Lagoa.

Publicado em Infraestrutura

O prefeito Roberto Cláudio apresentará, na manhã desta quarta-feira (18/07), às 8h, no Ginásio Poliesportivo da Parangaba, o projeto de requalificação e urbanização da Lagoa aos feirantes e moradores da região.

A obra prevê uma série de melhorias de infraestrutura no entorno da Lagoa, como construção de novas calçadas, criação de jardins, novas praças, reordenamento da feira, mirante, equipamentos de esporte e lazer, dentre outros.

Além disso, para garantir a permanência dos feirantes que já trabalham na área, serão entregues os Termos de Permissão de Uso aos 1.100 permissionários da Feira da Parangaba, que foram recadastrados pela Regional IV.

Serviço:
Apresentação do Projeto de Requalificação da Lagoa da Parangaba
Data: quarta-feira (18/07)
Horário: 8h
Local: Ginásio Poliesportivo da Parangaba - ao lado da lagoa (Av. General Osório de Paiva) - área externa

Publicado em Infraestrutura
Página 1 de 5