A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) convoca, neste mês de abril, os motoristas que operam por aplicativos a realizarem as vistorias nos veículos com final de placa 2. Para que os veículos estejam aptos a operar, os motoristas devem cumprir o calendário oficial vigente de 2024, que foi publicado no dia 02 de janeiro no Diário Oficial do Município de Fortaleza. 
 
Este ano, até o momento, foram realizadas 869 vistorias nos meses de janeiro e fevereiro. Em março, foram agendados os veículos de placa 1. Porém, todos os motoristas que desejam oferecer o serviço de transporte por aplicativo devem agendar a vistoria de seu veículo imediatamente, seja qual for o final da placa. 

Os motoristas que não realizarem a vistoria dentro do prazo previsto estão passíveis de multa e apreensão do veículo nas blitzes que são realizadas pela Etufor.

Para agendar, os motoristas devem acessar o site da Etufor, emitir o Documento de Arrecadação Municipal (DAM) no valor de R$ 138,98, apresentando o comprovante de pagamento e levar o veículo no dia e hora marcados à sede da Etufor (Av. dos Expedicionários, 5677 – Vila União).
 
Para garantir a segurança dos passageiros que utilizam os veículos por aplicativos, a Etufor observa itens como o estado e conservação dos pneus, do sistema elétrico, da carroceria entre outros. Os documentos obrigatórios do motorista e do veículo também são exigidos. Outro item considerado é a identidade visual do veículo, que deve obedecer ao Decreto No. 14.415 de 03 de maio de 2019, que determina o tamanho máximo de adesivo (14cm x 14cm) afixado no vidro traseiro no lado direito superior, sinalizando a marca do aplicativo ou a frase “Este veículo trabalha por aplicativos”. É necessário ainda respeitar a idade máxima dos veículos que é de dez anos. 

Após a vistoria, o veículo recebe um selo com o QR code e um respectivo laudo, comprovando a aprovação do mesmo. Caso o veículo não atenda aos itens necessários, o motorista pode realizar as adequações e reagendar a vistoria. 

Os passageiros podem conferir se o veículo está regularizado, observando, por meio do QR code, o selo afixado no para-brisa dianteiro e, ao ler o QR Code, confirmar se o mesmo encontra-se com a vistoria em dia.

Publicado em Mobilidade
mulher segurar um abanador da campanha
Haverá distribuição de material informativo sobre os serviços que protegem as vítimas de assédio sexual, orientações para registro de importunação pela ferramenta Nina ou pelos canais oficiais de denúncia (Foto: Marcos Moura)

A Prefeitura de Fortaleza realiza nesta sexta-feira (09/02), de 7h às 9h, a ação educativa junto aos passageiros do Terminal Antônio Bezerra a respeito da campanha Não é Não, Assédio nem de Brincadeira. O objetivo é reforçar a divulgação da rede de proteção às meninas e mulheres na cidade de Fortaleza. Durante o mês de fevereiro, aconteceram diversas ações nos polos de pré-carnaval e no Terminal de Messejana.

Para animar os passageiros do transporte coletivo, a banda Integração Cidadã, da Guarda Municipal de Fortaleza, participa do evento. Haverá distribuição de material informativo sobre os serviços que protegem as vítimas de assédio sexual, orientações para registro de importunação pela ferramenta Nina ou pelos canais oficiais de denúncia.

Denúncias pelo Nina 2.0

Com a finalidade de coibir a importunação sexual no transporte coletivo, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) reforça a divulgação da ferramenta Nina 2.0, que funciona pelo WhatsApp (85 93300-7001). Desde o lançamento de sua nova versão Nina 2.0, em 2022, a plataforma já recebeu 493 denúncias.

A maior parte das denunciantes (78%) são mulheres, sendo as principais importunações ocorridas no interior dos ônibus 79% seguido dos terminais 7%. Uma das ocorrências mais recorrentes é apalpar ou encoxar 40%, seguida de intimidação 14% e outros tipos de comportamentos inadequados 18%.

A Etufor disponibiliza as imagens solicitadas pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) que é responsável pela investigação de crimes de importunação sexual. Neste período, foram solicitadas 18 imagens para apuração de crimes dessa natureza no transporte público de Fortaleza.

Para utilizar a ferramenta, os passageiros devem realizar um cadastro, junto ao chatboot da Nina 2.0 para que, em caso de importunação sexual, seja registrada a denúncia, mencionando o local, linha e número do ônibus. Assim, as imagens capturadas podem ser utilizadas como provas criminais. É importante ressaltar que os denunciantes, que podem ser a própria vítima ou testemunhas, devem prosseguir com a denúncia, registrando Boletim de Ocorrência junto às autoridades policiais. Com isso, a Etufor pode disponibilizar as imagens solicitadas à polícia.

Para Cristhina Brasil, coordenadora especial de Políticas Públicas para Mulheres, este ano marca a ampliação das ações de proteção para todas as meninas e mulheres no Ciclo Carnavalesco. “É muito importante levar a informação sobre o que é importunação e assédio, e que isso é crime. Também é importante cuidar para que, através de estratégias para o momento da folia e para o ir e vir até a festa, este tipo de ato não aconteça”, ressalta.

Não é Não, Assédio nem de Brincadeira

A campanha Não é Não, Assédio nem de Brincadeira é organizada pela Rede Municipal de Proteção às Mulheres Vítimas de Violência e tem a participação da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Mulheres, Grupo Especializado Maria da Penha, ferramenta digital Nina 2.0, Coordenadoria de Mediação de Conflitos da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor).

Publicado em Mobilidade

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) transfere, a partir dessa segunda-feira (05/02), os pontos de embarque e desembarque de quatro linhas para o Terminal do Coração de Jesus. Com a transferência, o novo terminal passa a operar com um total de 20 linhas, beneficiando aproximadamente quase 30 mil passageiros/dia.

As linhas 022 - Jardim das Oliveiras / Centro, 610 - Cidade dos Funcionários / Conjunto Alvorada, 611 - Cidade dos Funcionários/Cofeco/Lago Jacarey e 613 - Barroso Jardim Violeta/Centro utilizavam os pontos de embarque e desembarque na Avenida Visconde do Rio Branco. Esses serão desativados após a mudança.

Segundo o presidente interino da Etufor, Raimundo Rodrigues, a transferência tem o objetivo de oferecer mais conforto e segurança para os passageiros. “A Prefeitura de Fortaleza construiu o novo Terminal da Praça Coração de Jesus para trazer mais conforto para o cidadão e atender uma demanda crescente. Trazer essas linhas para o local é dar mais segurança para os passageiros”, afirma.

Novo Terminal da Praça Coração de Jesus

Desde outubro de 2022, o novo Terminal Coração de Jesus foi entregue à população, reunindo as linhas de maior demanda que chegam ao Centro. O local funciona por meio da integração com Bilhete Único (BU) ou carteira estudantil, pagando apenas uma passagem no intervalo de duas horas. O Terminal passou por requalificação completa, com a construção de uma plataforma ampla e acessível para embarque e desembarque, coberta por estrutura metálica, bem como com faixa de pedestres em nível, facilitando o deslocamento entre as plataformas e os passeios existentes, além de implantação de semáforo com tempo de travessia para pedestres.

Linhas Novo Terminal Coração de Jesus
022 Jardim das Oliveiras / Centro
501 Bairro de Fátima Rodoviária /Centro
600 Messejana/Frei Cirilo/Expresso/Centro
601 Aerolândia/Centro
602 Parque Pio XII/Ana Gonçalves/Centro
603 Jardim União/Centro
604 Dias Macedo/Centro
609 Cidade dos Funcionários/Sítio São José/Centro
610 Cidade dos Funcionários / Conjunto Alvorada
611 Cidade dos Funcionários/Cofeco/Lago Jacarey
612 Conj. Tancredo Neves/Centro
613 Barroso Jardim Violeta/Centro
633 Passaré/Centro
649 Cidade dos Funcionários/Sítio São José/CMR/Centro
650 Messejana/Centro/BR Nova/Expresso
660 Cj. Palmeiras/Centro
666 Jardim Castelão/Centro
701 Parque Américo/Centro
702 Antônio Sales/Dionísio Torres/Centro
816 Edson Queiroz / Centro

Publicado em Mobilidade

O cartão Bilhetinho, que garante a gratuidade no transporte coletivo de Fortaleza para crianças entre 2 e 7 anos incompletos ou com altura de até 1,10m, emitiu mais de 2.400 documentos em 2023. Desde sua criação, em 2013, já foram emitidos cerca de 50 mil cartões. Para ter acesso ao benefício, os responsáveis pelas crianças precisam se dirigir a qualquer central de atendimento da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) e solicitar o cartão gratuitamente.

O Bilhetinho é uma forma de trazer mais conforto, segurança e dignidade ao público infantil, evitando que a criança pule ou passe debaixo da catraca. Além disso, o documento conta com um sistema de segurança da biometria facial, que evitará que o cartão seja utilizado por terceiros e outros tipos de fraudes. Com isso, ao apresentar no validador, os responsáveis devem apresentar a face da criança para que seja liberada a catraca.

Outra facilidade do cartão é que para aderir ao benefício não é necessário que a criança esteja estudando. “Mesmo se tratando de uma gratuidade, o Bilhetinho não exige que a criança esteja matriculada. Basta que os responsáveis solicitem e que a mesma esteja na faixa etária ou no tamanho de até 1,10m", explica Ivanderly Carvalho, coordenadora de atendimento ao estudante.

Apesar de um número alto de cartões emitidos, existe a capacidade de ampliar o benefício para mais crianças. "Com a apresentação do Bilhetinho, a criança tem o acesso facilitado, evitando dúvidas ou questionamentos dos motoristas. Ele já garante que a idade e estatura das crianças estão de acordo com a autorização de Gratuidade.", afirma a gestora.

É importante frisar, no entanto, que a gratuidade das crianças até 1,10m é garantida mesmo sem o cartão.

Como solicitar

Para solicitar, é necessário agendar o atendimento no site da Etufor e comparecer à Central de Atendimento do órgão selecionada com a documentação necessária (ver abaixo). A criança também deve comparecer para efetuar a biometria facial, que é a foto que será impressa no documento.

Onde pedir

O cadastro pode ser feito na sede da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Central de Atendimento no RioMar Kennedy ou no Terminal Washington Soares, Central da Cidadania da Câmara Municipal de Fortaleza e Vapt-Vupt Centro, RioMar Fortaleza, Antônio Bezerra e Messejana.

Documentação
- RG e CPF (cópia e original) da criança e/ou responsável
- Certidão de nascimento do beneficiário (cópia e original)
- Comprovante de residência com CEP de Fortaleza

Publicado em Mobilidade

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) inicia, nesta terça-feira (02/01), o processo de solicitação de carteiras estudantis 2024 de forma presencial e, na próxima segunda-feira (08/01), de forma on-line pela plataforma Identidade Estudantil da Etufor. Por meio do documento, o estudante tem direito ao Passe Livre, que consiste em duas passagens gratuitas nos dias úteis letivos, e à tarifa estudantil no valor de R$1,50.

Para solicitar a carteira, é necessário seguir os seguintes passos: solicitação da carteira, envio ou entrega da documentação necessária (declaração de matrícula atualizada, original e cópia do CPF, RG e comprovante de residência atualizado), cadastro ou atualização da biometria facial e solicitação de confirmação da matrícula pela instituição de ensino. Este ano, as solicitações só serão concluídas com a atualização da biometria facial dos estudantes, ou seja, a foto impressa na carteira deve ser recente para evitar bloqueios e fraudes.

Em 2024, o número de solicitações chegou a aproximadamente 276.474 carteiras estudantis. O documento tem validade até abril do corrente ano.

Solicitação

Os estudantes podem solicitar o documento de forma on-line pela plataforma Identidade estudantil a partir do dia 08 de janeiro. A solicitação também pode ser realizada de forma presencial, desde que agendada no site da Etufor e escolhido um dos postos de atendimento, que são:

- Sede da Etufor (Avenida dos Expedicionários, 5677 - Vila União)
- Shopping RioMar Kennedy
- Vapt Vupt Centro, Messejana, RioMar Fortaleza e Antônio Bezerra
- Central da Cidadania na Câmara Municipal de Fortaleza
- Novo terminal Washington Soares

Documentação

A documentação para alunos da rede pública e da rede particular inclui origiinal e cópia do RG, CPF, declaração de matrícula e comprovante de endereço atualizados.

Biometria

Todos os estudantes devem realizar novamente a biometria que pode ser feita on-line ou de modo presencial. A necessidade de atualizar a foto impressa na carteira é para evitar fraudes e bloqueios, já que o estudante pode passar por alguma mudança nas características faciais. A biometria é a forma de identificação nos validadores dos ônibus para evitar fraudes.

Alunos novatos

Os alunos novatos da rede pública e da privada devem solicitar o documento, enviando a documentação devida de forma on-line ou presencial para receber a carteira nova.

Alunos veteranos

A carteira dos alunos veteranos das escolas públicas municipais e estaduais será requisitada pela direção das instituições, que se responsabilizará pela solicitação da gratuidade.

Já os alunos da rede particular devem solicitar e pagar a taxa de confecção. O boleto pode ser impresso pela internet e pago em qualquer instituição financeira e aplicativos.

Os alunos que já possuem carteira de estudante da rede particular de escolas e universidades e que continuam na mesma instituição de ensino devem apenas imprimir o boleto pelo site. Caso o aluno tenha mudado de escola ou universidade, deve solicitar a confirmação de matrícula na sua instituição de ensino atual (procedimento realizado pelo representante cadastrado junto à Etufor) para que sejam atualizados seus dados escolares e, assim, poder imprimir seu boleto com os dados atualizados. Ambos devem acessar o Catálogo de Serviços do Portal da Prefeitura.

Todos os alunos que forem bolsistas do Programa Universidade para Todos (Prouni) ou que estudem nas universidades públicas (veteranos ou novatos) devem solicitar a gratuidade para obter a carteira de estudante de 2023, por meio da plataforma Identidade Estudantil ou de forma presencial. Os estudantes contemplados com bolsas do Prouni devem apresentar a declaração com essa informação.

Confirmação da matrícula

Após realizados os pedidos, os alunos devem acompanhar a solicitação pelo site. Em seguida, devem pedir à instituição para confirmar a matrícula no site da Etufor e aguardar o processo de confecção para receber os documentos em suas instituições de ensino ou nos Diretórios Centrais dos Estudantes (DCEs), no caso das universidades.

Passe Livre Estudantil e outros benefícios

Para ter acesso ao Passe Livre Estudantil, os estudantes devem possuir a carteira de estudante. O benefício é válido para todos os alunos residentes no Município, independente do seu endereço, e consiste no direito a duas passagens diárias, não cumulativas, válidas em dias úteis e letivos, de acordo com o calendário estipulado pelas instituições de ensino. Não há necessidade de nenhum cadastramento.

Fortaleza é a primeira cidade do País a conceder passe livre estudantil sem restrição de rede de ensino, nível escolar, sem critérios socioeconômicos ou outros fatores limitantes de público beneficiado, ou seja, de maneira universal para todos os estudantes.

Além de garantir a tarifa estudantil e o Passe Livre no transporte coletivo, o estudante pode usufruir da meia cultural. A carteira garante ainda a integração, pois o documento possui a função de Bilhete Único no mesmo cartão desde que possua créditos. Com isso, o aluno pode usufruir da integração, no intervalo de duas horas, pagando apenas uma tarifa. Outra vantagem é a utilização gratuita dos sistemas Bicicletar.

Publicado em Mobilidade
plataforma do papicu
As linhas passam a operar distribuídas somente em duas plataformas, sem prejuízo à operação do terminal (Foto: Daniel Calvet)

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) transfere os pontos de embarque de 27 linhas de ônibus para o novo terminal provisório do Papicu a partir desta segunda-feira (08/01) (ver relação abaixo). A nova plataforma do terminal está localizada ao lado do terminal antigo, próximo ao mercado de atacado Sam’s Club. O Terminal Papicu é um dos mais movimentados da cidade, com cerca de 160 mil passageiros/dia.

As linhas passam a operar distribuídas somente em duas plataformas, sem prejuízo à operação do terminal. A mudança acontece para viabilizar as obras de construção da nova Estação Papicu da Linha Leste do Metrofor, que devem iniciar no próximo dia 08 de janeiro. A plataforma provisória conta com banheiros públicos, sala de descanso dos operadores e 35 vagas de estacionamento dos ônibus.

A entrada de pedestres, ou seja, a bilheteria, continua funcionando normalmente somente pela Rua Pereira de Miranda. Com a nova distribuição das linhas, o acesso dos ônibus será realizado pela Rua Pereira de Miranda (entrada e saída da plataforma A), Av. Jangadeiro (entrada e saída da plataforma improvisada) e Av. Engenheiro Santana Júnior (entrada também da plataforma improvisada). Para interligar as duas plataformas, será construída uma passarela para pedestres na Rua Lauro Nogueira, que será interditada, sem fluxo de veículos, a partir da Av Engenheiro Santana Jr.

Sem custos à Prefeitura Municipal de Fortaleza, a nova plataforma foi construída pela Secretaria da Infraestrutura do Governo do Ceará (Seinfra) do Governo do Estado do Ceará com a finalidade de viabilizar os serviços de fundação, sondagem e instalação da mureta-guia da futura Estação Papicu da Linha Leste do Metrofor.

Linhas transferidas para nova Plataforma Papicu 

027 – SIQUEIRA / PAPICU / AEROPORTO
087 – EXPRESSO / SIQUEIRA / PAPICU
030 – SIQUEIRA / PAPICU / 13 DE MAIO
823 – BOM JARDIM / MONTESE / ALDEOTA
038 – PARANGABA / PAPICU
089 – EXPRESSO / PARANGABA / PAPICU
044 – PARANGABA / PAPICU / MONTESE
094 – EXPRESSO / PARANGABA / ALDEOTA
076 – CJ CEARÁ / ALDEOTA / PAPICU
096 – EXPRESSO / CJ CEARÁ / PAPICU
086 – BEZERRA DE MENEZES / SANTOS DUMONT
286 – EXPRESSO / ANTÔNIO BEZERRA / SANTOS DUMONT
092 - ANTÔNIO BEZERRA / PAPICU / PRAIA DE IRACEMA
016 – CUCA BARRA / PAPICU
810 – PRAIA DO FUTURO / PAPICU
813 – PRAIA DO FUTURO / PAPICU / ED
841 – HGF / PAPICU / RIOMAR
831 – CIDADE 2000 / HOSPITAL GERAL / ED
031 – AV. BORGES DE MELO / PAPICU I
042 – ANTONIO BEZERRA / FRANCISCO SÁ / PAPICU
045 – CJ CEARÁ / PAPICU / MONTESE
051 – GRANDE CIRCULAR I
069 – LAGOA / PAPICU / VIA EXPRESSA
680 – JOSÉ WALTER / PAPICU / CIDADE JARDIM
814- CASTELO ENCANTADO/PAPICU
901 – DOM LUIS / PAPICU / CENTRO
903 – VARJOTA / CENTRO
913 – SERVILUZ/ PAPICU

Publicado em Mobilidade

A partir deste sábado (02/12), Fortaleza conta com uma nova linha de ônibus para atender moradores do bairro Boa Vista, mais especificamente, da Comunidade Deus é Fiel, do Condomínio Solar das Águas e do Residencial Green Park. A nova linha 352 - Solar das Águas/Green Park/Parangaba tem como ponto inicial a Rua Brisa Leste, no bairro Cajazeiras, e ponto final, o Terminal da Parangaba.

Na mesma data, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) dá início à substituição da Linha 677 - Cidade Jardim 5 / Montenegro / José Walter pela Linha 605 – José Walter / BR-116 / Av. I / Centro, no bairro José Walter.

Linha 352

Além de favorecer o deslocamento, os usuários da nova linha 352 vão poder contar com a integração temporal, por meio do Bilhete Único ou carteira estudantil, com as linhas que se dirigem ao Centro e aos terminais da Parangaba e Papicu.

No sentido de ida, o itinerário da nova linha vai seguir a seguinte sequência:

1 - Rua Brisa Leste
2 - Avenida Dep. Paulino Rocha
3 - Av. Geógrafo Antônio Ribeiro Zaranza
4 - Rua Padre Paulino
5 - Rua Francisco Nogueira (Green Park)
6 - Rua Margarida de Queiroz
7 - Rua Tito Barros Filho
8 - Rua Francisco Vilela
9 - Rua José Messias Matos
10 - Rua Maestro Néo Miranda,
11 - Rua Ademar Paula
12 - Avenida Alberto Craveiro
13 - Avenida Dr. Silas Munguba
14 - Rua Carlos Amora
15 - Terminal Parangaba

Na volta, a linha 352 sai do Terminal da Parangaba, seguindo o seguinte itinerário:

1 - Terminal Parangaba
2 - Rua Eduardo Perdigão
3 - Avenida Silas Munguba
4 - Alça Rotatória Arena Castelão
5 - Avenida Alberto Craveiro
6 - Rua Ademar Paula
7 - Rua Maestro Néo Miranda
8 - Rua José Messias Matos
9 - Rua Francisco Vilela
10 - Rua Tito Barros Filho
11 - Rua Margarida de Queiroz
12 - Rua Francisco Nogueira (Green Park)
13 - Rua Padre Paulino
14 - Avenida Geógrafo Antônio Ribeiro Zaranza
15 - Rua Encontros
16 - Rua Brisa Leste

Mudança no Residencial Cidade Jardim 5

Buscando uma maior comodidade para os usuários do transporte público, a Etufor também fez ajustes nas linhas de ônibus que cobrem o Residencial Cidade Jardim 5. A Linha 677 - Cidade Jardim 5 / Montenegro / José Walter vai ser substituída pela Linha 605 – José Walter / BR-116 / Av. I / Centro, a partir de sábado (02/12), para atender aos moradores do Residencial Cidade Jardim 5, no bairro José Walter.

Com isso, a Linha 605 – José Walter / BR 116 / Av. I / Centro vai percorrer o interior do Residencial Cidade Jardim 5 na ida e na volta, oferecendo aos moradores maior facilidade no deslocamento ao Centro da cidade.

"A substituição dessa linha para atender o Conjunto Habitacional Cidade Jardim 5 representa mais facilidade no deslocamento daqueles que moram na região, proporcionando mais rapidez e conforto aos usuários", ressalta Raimundo Rodrigues, presidente da Etufor.

Publicado em Mobilidade
pessoas andando de bicicleta
Na Av. Desembargador Moreira, mm direção à Av. Beira-Mar, o trecho livre para circulação de ciclistas e pedestres recebe atividades gratuitas (Foto: Rogério Lima)

Com nova operação implementada no último fim de semana como parte das atividades do Pedala Mais, nova política cicloviária da Prefeitura de Fortaleza, a Ciclofaixa de Lazer segue com novidades neste domingo (01/10). Além dos 27 km em três rotas para pedalar pela cidade, o evento ciclístico oferece atividades para os ciclistas que passarem pelos pontos de apoios localizados na Cidade da Criança, no Centro, e no trecho fechado da Av. Desembargador Moreira, entre as avenidas Santos Dumont e Dom Luís.

Em direção à Av. Beira-Mar, o trecho livre para circulação de ciclistas e pedestres recebe atividades gratuitas, como distribuição de plantas por equipes da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). Entre as espécies disponíveis estão boldos, ipês amarelo e palmeiras de salão. Uma base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também estará no local.

Já na Cidade da Criança, no Centro, agentes de trânsito realizam atividades educativas e interagem com toda a família em brincadeiras como o Jogo Gigante de Tabuleiro do Trânsito e o Minicircuito de Bike Infantil. Plaquinhas que incentivam o respeito aos usuários de bike, inclusive na versão infantil, também serão distribuídas.

Outros pontos de apoio da Ciclofaixa de Lazer seguem concentrados no Parque Rachel de Queiroz, no bairro Presidente Kennedy; Anfiteatro do Parque do Cocó, no Cocó; e Igreja Nossa Senhora Aparecida, no Montese.

O evento é uma iniciativa da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), e conta com o apoio da Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor), Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Guarda Municipal de Fortaleza (GMF) e Seuma.

Confira as rotas:

- Rota leste

Av. Sebastião de Abreu
Parque do Cocó
Av. Pe. Antônio Tomás
Av. Desembargador Moreira (entre a Av. Santos Dumont e a Praça Portugal, na Av. Dom Luís)
Beira-Mar
Rua Carlos Vasconcelos
Cidade das Crianças
Rua Pinto Madeira
Av. Desembargador Moreira
Av. Pe. Antônio Tomás

- Rota sul

Av. Gomes de Matos
Rua Jorge Dummar
Rua Mal. Deodoro (passando pelo novo ponto de apoio na Praça da Gentilândia)
Av. 13 de Maio
Av. da Universidade
Rua Sólon Pinheiro
Cidade da Criança

- Rota oeste

Av. Domingos Olímpio
Av. Carlos Vasconcelos
Av. Beira-Mar

Publicado em Mobilidade

A Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor) convoca os motoristas que operam por aplicativos a realizarem as vistorias nos veículos com final de placa 8 neste mês de outubro. Para realizar a vistoria, é necessário  agendar no site da Etufor e efetuar o pagamento da taxa previamente.

Os motoristas que desejam ofertar o serviço devem realizar a vistoria antes de começar a operar em Fortaleza para estarem regularizados, independente do final de placa. Aqueles motoristas que perderam o prazo de vistoria devem agendar imediatamente. É importante ressaltar que a idade máxima para o veículo operar é de dez anos.

Em 2023, foram realizadas 9.495 vistorias nos veículos que operam por aplicativo na capital. No mês de setembro, o número chegou a 728 vistorias até o dia 26 de setembro.

A Etufor verifica diversos itens de segurança como estado de conservação dos pneus, sistema elétrico, carroceria entre outros. O veículo deve apresentar a identidade visual de acordo com o que está previsto no Decreto nº 14.415 de 03 de maio de 2019, que determina a sinalização da marca do aplicativo ou a frase “Este veículo trabalha por aplicativos”. O tamanho máximo de adesivo deve ser 14cm x 14cm afixado no vidro traseiro no lado direito superior. Após a vistoria, o veículo recebe um selo e um laudo que atestam a aprovação. Caso o veículo não atenda aos itens necessários, o motorista pode realizar as adequações e agendar uma nova vistoria.

Para ter maior segurança, o passageiro pode se certificar se o veículo está dentro das normas ao verificar a presença do selo afixado no para-brisa dianteiro ou ler o QR Code para confirmar se a vistoria foi realizada dentro do prazo legal. Os motoristas que não fizerem a vistoria dentro do prazo previsto estão sujeitos a multa e apreensão do veículo nas blitze da Etufor. Para agendar a vistoria, os motoristas devem acessar o site da Etufor, emitir o Documento de Arrecadação Municipal (DAM) no valor de R$ 128,90, apresentar o comprovante de pagamento e levar o veículo no dia e hora marcados à sede da Etufor (Av. dos Expedicionários, 5677 – Vila União).

Publicado em Mobilidade
cadeirante numa plataforma do terminal de ônibus da parangaba
Atualmente, 39.870 pessoas possuem o cartão, sendo a maior quantidade de documentos emitidos para pessoas com deficiência mental/intelectual, seguida de deficiência física

No dia 21 de setembro é celebrado o Dia Nacional de Luta das Pessoas com Deficiência. A Prefeitura de Fortaleza oferece diversos serviços que buscam garantir a acessibilidade de todos os cidadãos e um deles é o cartão de gratuidade para as pessoas com deficiência (PCDs) no transporte público, que foi assegurado pela Lei Complementar Nº 57/2008 e é emitido pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). Há 15 anos, o cartão gratuidade é emitido em Fortaleza. Atualmente, 39.870 pessoas possuem o cartão, sendo a maior quantidade de documentos emitidos para pessoas com deficiência mental/intelectual (23.440), seguido de deficiência física (9.551), visual (2.688), auditiva (2.572) e múltipla (1.619). Os usuários podem utilizá-los com direito a acompanhante, caso a presença do mesmo seja imprescindível.

Para ter direito ao cartão de gratuidade, o usuário precisa morar em Fortaleza, comprovar o tipo de deficiência por meio do laudo médico da rede pública, estar fora do mercado formal de trabalho e atender a um dos critérios socioeconômicos. A análise do enquadramento no perfil é realizada presencialmente na Diretoria de Acessibilidade, Sustentabilidade e Inclusão Social (Diasis), localizada na sede da Etufor, pelo próprio usuário ou pelo responsável legal.

Os cartões emitidos têm validade de um ano e, após esse período, o usuário deve dirigir-se novamente à Etufor para revalidação, portando os documentos atualizados que comprovem a condição da pessoa com deficiência (laudo médico padrão) e seu perfil socioeconômico atualizado.

Para David Bezerra, presidente da Etufor, o cartão gratuidade é direito fundamental para quase 40 mil pessoas em nossa cidade, tendo em vista que o ir e vir é garantido a essas pessoas que convivem com as mais diversas dificuldades.

Já Dimas Barreira, presidente do Sindiônibus, o acesso ao transporte público coletivo é um instrumento de cidadania tão essencial que, por vezes, se confunde com o próprio acesso à cidade, inclusive aos demais serviços públicos. "Garantir este direito a um público que já enfrenta tantas barreiras é algo levado a sério aqui no município de Fortaleza", considera Barreira. 

Cartão para pessoas com mobilidade reduzida não-aparente

Outro benefício que garante um ir e vir mais acessível no transporte público é o cartão para pessoas com mobilidade reduzida não-aparente. Com ele, o usuário pode realizar o embarque e desembarque pela porta da frente, dentro ou fora dos terminais de integração e o embarque prioritário quando for comprovada a restrição de passagem pela catraca.

Aprovado em 2021, atualmente 382 passageiros têm direito ao cartão. O documento pode ser utilizado no transporte público, desde que seja efetuada uma recarga, ou seja, não dá direito à gratuidade, sendo necessário apresentá-lo no validador para registro da biometria e débito da passagem, podendo usufruir das funções de integração.

Para ter acesso, o usuário deve solicitar presencialmente na sede da Etufor.

Critérios para o cartão gratuidade para pessoa com deficiência
Atender a um dos critérios socioeconômicos:
- receber o Benefício da Prestação Continuada (BPC) da Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS)
- estar fora do mercado formal de trabalho
- apresentar o laudo médico padrão emitido pela Rede Pública de Saúde Municipal, Estadual, Federal ou pela rede conveniada ao Sistema Único de Saúde (SUS)
- fazer parte de família beneficiária do programa Bolsa Família
- estar inscrito no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal ou dispor de renda per capita familiar de até um salário mínimo

Como solicitar Bilhete para pessoa com mobilidade reduzida não-aparente

A pessoa com mobilidade reduzida não-aparente e comprovada restrição de passagem pela catraca no ônibus deverá apresentar documentação para avaliação pela Etufor.
Agendamento: site da Etufor
Documentos: RG, CPF, comprovante de endereço e laudo médico

Publicado em Mobilidade