.

O Cineclube Vila das Artes promove, às 17h desta quinta-feira (25/06), a sexta edição das "Sessões de Quarentena", versão online do cineclube, com transmissão ao vivo por meio do canal da Vila na plataforma de vídeos YouTube. A sessão exibirá "Passando Batom" (2017), filme realizado por alunos de curso sobre documentário, ministrado por Kiko Alves, no Cuca Mondubim. Após a sessão, haverá debate com convidados.

Acesse a Vila das Artes no YouTube

Produzido em 2017, o documentário traz um pouco da história de Thina Rodrigues, Labelle Rainbow e Suzzy Medeiros, mulheres trans e travestis, e também o registro de uma intervenção artística de Chris Rodrigues.

Após a sessão, será transmitido ao vivo debate mediado por Rennata Ferreira e Pedro Felipe, membros do coletivo LGBTQueens, grupo curador desta edição das "Sessões de Quarentena", com a participação de Kiko Alves, militante do movimento negro e LGBTTT+, comunicador e professor de audiovisual; Nik Hot, funkeira e fundadora da Casa Transformar, casa de acolhimento para pessoas LGBTQI+ em situação de exclusão familiar e social; e Lorena Soares, gestora cultural e idealizadora da Promove Cultura e Projetos Sociais.

A Vila das Artes é um complexo cultural da Prefeitura de Fortaleza, coordenado pela Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com o Instituto Cultural Iracema (ICI).

Vila na Rede
Em seu mais novo formato, o Cineclube Vila das Artes, ação da Escola Pública de Audiovisual, realiza semanalmente as "Sessões de Quarentena". A cada edição, cineclubistas integrados ao Cineclubes Organizados do Ceará (CicloCE) são convidados a realizar curadoria e mediação de sessões temáticas que serão transmitidas ao vivo no canal da Vila das Artes no Youtube.

Toda a programação online da Vila das Artes faz parte do projeto "Vila na Rede", iniciativa que visa a manutenção das atividades do equipamento cultural e oferece alternativas culturais que podem ser apreciadas no conforto de casa, durante o período de distanciamento social recomendado devido à pandemia da Covid-19.

Serviço
Cineclube Vila das Artes - 6ª "Sessões de Quarentena", com a exibição do filme "Passando Batom" e debate ao vivo em seguida
Data: 25/06 (Quinta-feira)
Hora: 17h
Local: Canal da Vila das artes no Youtube

Publicado em Cultura

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), lançou edital para a seleção de entidades da sociedade civil que desejam integrar o Conselho Municipal de Promoção dos direitos da População de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT) para o biênio 2018/2020. As inscrições estarão abertas até o próximo dia 13/08/2018, das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Clique aqui para conferir o edital

As entidades interessadas devem enviar ofício à Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual da SDHDS informando a candidatura e indicando delegado(a), titular e suplente que participarão do colégio eleitoral. Será necessário, ainda, apresentar os seguintes documentos: carta de princípios e/ou estatuto; CNPJ ou Carta atestando existência da entidade há, pelo menos, dois anos; documento descritivo de atividades da entidade nos dois últimos anos; cópia da ata da eleição da última diretoria da entidade; e documento de identificação do(a) delegado(a) e suplente) com foto.

Os documentos poderão ser entregues, pessoalmente, no Setor de Protocolo da SDHDS ou enviados por correspondência para a Rua Padre Pedro de Alencar, 2230 – Messejana, Cep: 60.840-282, Fortaleza-CE. Neste caso, o envelope deve constar a seguinte formação "EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA A SELEÇÃO DE ENTIDADES DA SOCIEDADE CIVIL INTEGRANTES DO CONSELHO MUNICIPAL DE PROMOÇÃO DOS DIREITOS DA POPULAÇÃO LGBT DE FORTALEZA".

Publicado em Social

A Prefeitura de Fortaleza anuncia em coletiva de imprensa nesta terça-feira (29/06), às 14h, detalhes sobre os serviços de segurança, trânsito e transporte público que serão oferecidos à população no próximo domingo (24/06), dia da XIX Parada pela Diversidade Sexual do Ceará na Avenida Beira-Mar. A coletiva será realizada no Auditório do Paço Municipal.

No evento para a imprensa, serão apresentados pelos órgãos competentes o plano de segurança da Polícia Militar e da Guarda Municipal (guarda-vidas na orla), as rotas de bloqueio de tráfego pela Autarquia Municipal de Trânsito e o plano operacional de transporte público pela Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Etufor). No domingo, a Tarifa Social estará em vigor, garantindo o transporte do fortalezense por valor de R$ 2,80 (inteira) e R$ 1,20 (tarifa estudantil).

Além dos representantes das instituições envolvidas com os planos de segurança, transporte e trânsito para o evento, estarão disponíveis para entrevista o assessor especial da Secretaria dos Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SDHDS), Marcelo Nogueira, e o coordenador de Políticas Públicas para Diversidade Sexual de Fortaleza, Paulo Diógenes.

A Parada é uma realização do Grupo de Resistência Asa Branca (GRAB) e conta com as parcerias da Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual, pertencente à SDHDS, órgãos governamentais e Movimento Social LGBT.

O evento tem o objetivo de contribuir para o empoderamento e para a mobilização política da população LGBT, visibilizando suas bandeiras de luta, a fim de provocar a opinião pública quanto à importância dos direitos humanos dessa população, para a garantia da cidadania e da liberdade de orientação e expressão afetivo-sexual.

Serviço
Coletiva de imprensa sobre a da XIX Parada pela Diversidade Sexual do Ceará
Data: Terça-feira (19/06) 
Horário:14h
Local: Paço Municipal – Auditório (Rua São José, 01 – Centro)

XIX Parada pela Diversidade Sexual do Ceará
Data: Domingo (24/06)
Horário: 15h às 22h
Local: Avenida Beira-Mar

Publicado em Social
parada diversidade 2016
A 17ª Parada pela Diversidade Sexual seguiu ao som de três trios elétricos e já faz parte do calendário turístico de Fortaleza (Foto: Marcos Moura)

 

Milhares de pessoas lotaram a Avenida Beira Mar neste domingo (13/11), onde aconteceu a 17ª Parada pela Diversidade Sexual do Ceará. O evento foi promovido pela Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Políticas para Diversidade Sexual da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH), e organizado pelo Grupo de Resistência Asa Branca (GRAB).

Com o tema “Basta de close errado, por cidadania plena LGBT! Nenhum passo atrás!”, a parada tem como objetivo dar visibilidade às lutas do movimento LGBT, como igualdade dos direitos civis, criminalização da homofobia e defesa de um Estado laico, além de celebrar as conquistas e lutas pela causa.

O enfermeiro Daniel Martins reconhece a importância do evento. “Sempre venho participar da Parada. É uma oportunidade para a gente se divertir e mostrar a importância de lutar a favor do movimento LGBT”, comentou.

Segundo o coordenador de Diversidade Sexual de Fortaleza, Jorge Pinheiro, “a Parada promove a divulgação da arte e cultura LGBT e representa um momento de falas políticas da sociedade civil e do poder público para visibilidade da luta por direitos iguais”.

A 17ª Parada pela Diversidade Sexual seguiu ao som de três trios elétricos e já faz parte do calendário turístico de Fortaleza

Pré Parada movimentou Dragão do Mar

Para celebrar a Semana da Consciência Homossexual, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Coordenadoria de Políticas para Diversidade Sexual da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH), realizou o Ato Show – Festa da Pré Parada da Diversidade Sexual e Feira Empreendedora LGBT, neste sábado (12/11), na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. A semana faz parte da Lei 8.626/2002.

De acordo com o coordenador de políticas para a diversidade sexual da Prefeitura de Fortaleza, Jorge Pinheiro, o Ato Show da Pré Parada promove a divulgação da arte e cultura LGBT e também representa um momento de expressar posições políticas da sociedade civil e do poder público para dar visibilidade a luta por direitos iguais. “Este é o momento de dar visibilidade e abrir espaços para os artistas LGBT locais com projeções nacionais para que possam mostrar o trabalho para os fortalezenses”, comentou.

Participaram da Pré Parada Verônica Decide Morrer, Três Travestis, Damas Cortejam e The Dilas. Ao todo, o evento reuniu mais de 60 artistas durante oito horas de festa.

A vendedora Michele Bezerra foi uma das frequentadoras do evento. “É a primeira vez que venho para a Pré Parada. Adorei as atrações que se apresentaram e é uma oportunidade para dar visibilidade a causa LGBT”, disse.

Durante o evento, uma unidade móvel do projeto Fique Sabendo Jovem realizou testes rápidos de doenças sexualmente transmissíveis (HIV e sífilis), em parceria com a Secretaria de Saúde do Município (SMS).

 

 

Publicado em Fortaleza
As aulas são direcionadas principalmente para jovens de 16 a 21 anos vulneráveis socialmente

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH), realiza a nova edição da Oficina Faça e Venda – Doces e Salgados. Desta vez, a ação é voltada para o público LGBT, acontece até o dia 1º de agosto, no Centro Municipal de Profissionalização Manoel Dias Branco (Rua João Tomé, 261, Monte Castelo).

Para o secretário Karlo Kardozo, oportunidades como essa criam “uma possibilidade de fugirmos da dependência econômica. É o primeiro passo para que possamos fazer valer nossos direitos”. Em junho passado, 83 concludentes do curso de gastronomia receberam certificados.

A Oficina Faça e Venda faz parte do “Cozinha Criativa”, que oferece formação profissional para a comunidade, em especial para jovens de 16 a 21 anos em situação de vulnerabilidade social.

Serviço:
Oficina Faça e Venda – Doces e Salgados para população LGBT
Inscrições na Coordenadoria de Políticas para a Diversidade Sexual – SCDH (Parque da Liberdade/Cidade da Criança, Rua Pedro I, S/N, Centro)
Mais informações: 3452.2345

Publicado em Social
A apresentação do espetáculo de Silvero Pereira acontece dentro da programação do IX Festival de Teatro de Fortaleza

O IX Festival de Teatro de Fortaleza, promovido pela Prefeitura por intermédio da Secretaria de Cultural (Secultfor), leva a montagem “BR Trans”, do Coletivo Artístico As Travestidas, ao Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do Conjunto Ceará, nesta quarta-feira (27/11), às 20 horas. A apresentação do espetáculo naquele bairro acontece por causa do fortalecimento da cidadania a partir do trabalho desenvolvido pelo Grupo de Convivência LGBT do Conjunto Ceará, pioneiro no Brasil no trabalho de desenvolver as relações entre público LGBT, seus familiares e comunidade local.

“BR Trans” é um solo do ator Silvero Pereira, com direção de Jezebel De Carli e de Silvero. O espetáculo trabalha a temática de travestis, transformistas e transexuais e suas histórias de vida, passeando pelas experiências do próprio artista. A apresentação é gratuita. Mais informações sobre o  IX Festival de Teatro de Fortaleza podem ser acessadas clicando neste link.

O Grupo de Convivência LGBT do Conjunto Ceará é mantido pela Prefeitura de Fortaleza por meio da Coordenadoria da Diversidade Sexual da Secretaria de Cidadania e Direitos Humanos (SCDH). Ele fortalece a participação dessa parcela da população, identificando, integrando, compartilhando objetivos e interesses. Os encontros acontecem quinzenalmente no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Conjunto Ceará e recebem público médio de 30 pessoas.

Durante toda terça-feira (26/11), a equipe da Coordenadoria da Diversidade Sexual realiza mobilização nas escolas e na comunidade convidando para o espetáculo e conversando sobre o Grupo de Convivência LGBT.

 

Serviço:

Apresentação do espetáculo “BR Trans” 

Data: 27/11/2013 (quarta-feira)

Horário: 20h

Entrada gratuita

Local: Auditório do Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) do Conjunto Ceará (Av. B, 460, Conjunto Ceará)


 

Publicado em Cultura