Visitantes da Feira Afins de Vitrola escolhem Vinis em um dos estandes
Na feira do Mercado dos Pinhões, além da venda de LP'S, há troca e venda de equipamentos, como vitrolas, agulhas, borrachas e caixas (Foto: Thiago Matine)

A Prefeitura de Fortaleza divulga, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), a programação cultural referente à semana do dia 29 de julho ao dia 04 de agosto. Entre as diversas atrações gratuitas, destacam-se as a Feira Afins de Vitrola, no Mercado dos Pinhões; e apresentação da Orquestra Popular do Nordeste, no Centro Cultural Belchior.

Confira aqui a programação completa

Na quarta-feira (31/07), a partir das 16h, o Centro Cultural Belchior será palco da Roda de Praia da Orquestra Popular do Nordeste (OPN), em comemoração aos 5 anos de atividade do grupo. A OPN, nascida dentro do Curso de Música da Universidade Estadual do Ceará (Uece), une a música erudita à música popular em um repertório de compositores nordestinos. O evento é gratuito e aberto ao público.

Os aficionados por música e artigos vintage já sabem que todo primeiro sábado do mês é dia da Feira Afins de Vitrola. Neste sábado (03/08), às 17h, a festa conta com o som do DJ Alan Morais. O evento conta com colecionadores, lojistas, sebos e apreciadores da sonoridade única proporcionada pelo vinil. Além da venda de LP'S, há troca e venda de equipamentos, como vitrolas, agulhas, borrachas, caixas etc.

Além destas, muitas outras ações são destaque durante a semana. Tem Festival Gastronômico, no Mercado Cultural dos Pinhões; Feira de Produtos Orgânicos, no Mercado dos Pinhões; Passeio Instrumental, no Passeio Público; oficinas circenses com inscrições abertas, na Vila das Artes e muito mais.

Publicado em Cultura
Pessoas sentadas à mesa no Mercado Cultural dos Pinhões
No Festival Gastronômico Comida de Mercado, todos os pratos apresentam preço acessível a partir de R$10 (Foto: Thiago Matine)

A programação da Prefeitura de Fortaleza traz, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor),  nesta semana (22 a 28/07), atividades variadas em diversos equipamentos culturais. Em destaque, oferece o o encerramento do projeto “Hoje Tem Espetáculo – Férias no Picadeiro” e, no Mercado dos Pinhões, o “Festival Comida de Mercado – Queijos & Vinhos”.

Confira aqui a programação completa

Na sexta-feira (26/07), a Escola Pública de Circo da Vila das Artes apresenta o espetáculo de encerramento do projeto “Hoje Tem Espetáculo – Férias no Picadeiro”, conjunto de oficinas oferecidas em espaços descentralizados da Capital cearense que, em julho, ocupou diferentes circos tradicionais da Cidade. O evento tem início às 18h, no Marlyn Circo da Rússia (Rua Pindorama, próximo à Av. Rogaciano Leite - Bairro Salinas).

No sábado (27/07), a partir da 17h, o Mercado dos Pinhões e o anexo Mercado Cultural dos Pinhões recebem o especial “Festival Comida de Mercado – Queijos & Vinhos”, evento realizado em parceria com o Sebrae. Os renomados chefs da Associação dos Chefs de Cozinha do Ceará (ACC) ofertarão pratos alinhados com o tema, preparados à base de queijos e vinhos, a preço acessível a partir de R$10. Haverá também exposição e venda com produtores locais, além de show de Carlinhos Perdigão e Banda.

Além dessas, muitas outras ações são destaque durante a semana, como “Arraiá nos Mercados”, no Mercado dos Pinhões e Mercado da Aerolândia; “Julho de Grandes Comédias”, no Teatro São José, “Game em Foco”, na Biblioteca Dolor Barreira e muito mais.

Publicado em Cultura
Numa dinâmica teatral, pessoas enlaçadas por um grande lenço vermelho brincam com bolas de látex.
Curso gratuito "Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas” terá duração de um ano e meio (Foto: Thiago Matine)

A programação da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), traz, nesta semana de 15 a 21/07, atividades variadas em diversos equipamentos culturais. Em destaque, oferece o curso “Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas”, na Vila das Artes, e eventos especiais nas bibliotecas Dolor Barreira e Herbênia Gurgel.

Confira aqui a programação completa

Promovido pela Escola Pública de Teatro da Vila das Artes, a “Formação Continuada em Teatro: Conexões Contemporâneas” segue com inscrições abertas até 24 de julho. O curso gratuito terá duração de um ano e meio é destinado a artistas e coletivos teatrais da Capital cearense. Serão 13 módulos semanais, o primeiro com previsão de realização de 20 a 24 de agosto. Podem participar do processo seletivo candidatos com idade maior que 18 anos e experiência comprovada em artes cênicas. Inscrições devem ser realizadas pelo Mapa Cultural de Fortaleza.

Na Biblioteca Pública Infantil Herbênia Gurgel, quarta-feira (17/07) é dia de culinária! Em parceria com o curso de Gastronomia da Universidade Federal do Ceará (UFC), o equipamento cultural realiza o projeto de extensão “Gastronomia Social UFC”, que oferece um total de 20 vagas em oficina culinária voltada para crianças de 7 a 10 anos, a partir das 15h. Para se inscrever, as crianças devem estar acompanhadas dos responsáveis até 30 minutos antes do início da atividade para a realização de breve cadastro.

No sábado (20/07), a Biblioteca Dolor Barreira promove o Mercado Geek. A partir das 13h30, o evento reúne, no estacionamento da biblioteca, público interessado em vendas de quadrinhos, livros, filmes, música, games e artigos variados do gênero geek.

Durante a semana, há ainda outras atividades, como Mercado Criativo, no Mercado dos Pinhões; o espetáculo Loucuras de Amor, no Teatro São José; Passeio Instrumental, no Passeio Público; Festival Gastronômico, no Mercado Cultural dos Pinhões; e muito mais.

Publicado em Cultura
Quadrilha Junina dançando
Nos Mercados dos Pinhões e da Aerolândia, a festa é aberta ao público com direito a muita música, comida típica, brincadeiras e forró pé-de-serra

Atividades culturais diversificadas são o destaque da agenda desta semana (08 a 14//07) na programação cultural da Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor). Entre os destaques, os festejos de São João nos Mercados dos Pinhões e da Aerolândia, e o Festival Gastronômico Comida de Mercado Café & Chocolate, no Mercado Cultural dos Pinhões.

Confira aqui a programação completa

Em julho, as Festas de São João seguem com muito forró, quadrilha improvisada e tradições juninas. Na sexta-feira (12/07), a partir das 18h, o Mercado dos Pinhões recebe as atrações musicais Eletrocactus e Freitas Filho. No fim de semana, a partir das 19h, a festa continua no Mercado da Aerolândia com a banda Na Pisada do Xote, no sábado (13/07), e com os grupos Rala Buxo e Forró de Cabo a Rabo, no domingo (14/07). Também no fim de semana, ocorre o IX Festival Toinho, Joãozinho e Pedrinho, às 18h, no Theatro José de Alencar, projeto contemplado pelo Edital de Festejos Juninos 2019.

No Mercado Cultural dos Pinhões, sábado (13/07) é dia de Festival Gastronômico Comida de Mercado, com o tema Café & Chocolate. Parceria entre o Sebrae e a Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), o evento conta com cardápio alinhado ao tema especialmente elaborado pelos chefes da Associação dos Chefes de Cozinha do Ceará, com pratos preparados à base de café e chocolate. Tudo isso ao som da banda eclética Preto e Café, composta pelo humorista e cantor Haroldo Guimarães e a cantora Giselle Café. O evento ocorre das 17h às 22h.

Durante a semana, há ainda outras atividades, como o Festival Abrigo Alternativo, no Centro Cultural Belchior; a apresentação da banda cearense Selvagens à Procura de Lei e o espetáculo Malasombro, no Teatro São José; atividades infantis, na Biblioteca Herbênia Gurgel; Passeio Instrumental, no Passeio Público; Literatura Em Foco, na Biblioteca Dolor Barreira e muito mais.

Publicado em Cultura
Em primeiro plano, banner com os dizeres
Nesta edição do Salão de Abril, cinco espaços recebem as obras contempladas na mostra (Foto: Thiago Matine)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), realiza uma programação cultural na semana que vai de 29 de abril a 5 de maio, com destaque para as exposições do 70º Salão de Abril e para mais uma edição da feira de vinil Afins de Vitrola, no Mercado dos Pinhões.

Confira aqui a programação completa.

O Salão de Abril, principal mostra de artes plásticas do Estado, continua com uma vasta programação gratuita e aberta ao público. Nesta semana, ocorrerá, na quinta-feira (02/05), a abertura da exposição na galeria Sem Título Arte. Nesta edição do Salão de Abril, cinco espaços recebem as obras contempladas na mostra, em datas de abertura escalonadas. A abertura ocorreu no último sábado (27/04), no Minimuseu Firmeza.

O Mercado dos Pinhões será palco de mais uma edição da Feira Afins de Vitrola, neste sábado (04/05), a partir das 17h. O evento reúne colecionadores, lojistas, sebos e apreciadores da sonoridade única proporcionada pelo vinil.

A Vila das Artes, por meio da Escola Pública de Audiovisual da Vila das Artes, realiza, de segunda a sexta-feira (29/04 a 3/05) – exceto quarta-feira (01/05) –, mostra especial com filmes que trazem questões ligadas ao período ditatorial no Brasil, nas décadas de 60, 70 e 80 do século passado. Com o tema “As Memórias que nos Contam”, o Cineclube da Vila apresenta sessões gratuitas e abertas ao público, com exibição de filmes sempre a partir das 18h30, na Vila das Artes.

A programação ainda conta com aulas de música e de capoeira na Biblioteca Infantil Herbênia Gurgel; festival gastronômico no Mercado Cultural dos Pinhões; e chorinho no Passeio Público de Fortaleza.

Publicado em Cultura

O prefeito Roberto Cláudio lança, nesta segunda-feira (25/02), às 14h, no auditório do Paço Municipal, o Profuturo Fortaleza, uma plataforma online que reúne as informações sobre os cursos de qualificação profissional ofertados pela Prefeitura de Fortaleza. Desenvolvida pela Fundação de Ciência, Tecnologia e Inovação (Citinova), em parceria com a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), a plataforma vai centralizar e disponibilizar ferramentas de acesso às formações profissionais. A ação faz parte do pacote de medidas do Programa Fortaleza Competitiva.

Neste primeiro momento, o Profuturo integrará os cursos oferecidos por órgãos municipais: Secretaria Municipal da Cultura (Secultfor), Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), Instituto Municipal de Desenvolvimento de Recursos Humanos (Imparh), Secretaria Municipal do Turismo (Setfor) e Coordenadoria de Juventude. Com a consolidação da plataforma, a Prefeitura de Fortaleza pretende ampliar a integração, reunindo as informações do Governo do Estado, terceiro setor e iniciativa privada, inclusive, os cursos de ensino a distância.

"A integração das informações permitirá potencializar os esforços de formação, possibilitando uma visão gerencial para a tomada de decisões no direcionamento das qualificações ofertadas de acordo com as demandas do mercado e das potencialidades de Fortaleza", enfatiza Cláudio Ricardo, presidente da Citinova. "Integrada com o mercado de trabalho, por meio do Sine Municipal, a plataforma oferecerá orientação vocacional ao público interessado em qualificação profissional, além do itinerário formativo", complementa o titular da SDE, Mosiah Torgan.

Cidade Competitiva
O Programa Fortaleza Competitiva é uma iniciativa que engloba um pacote de medidas de estímulo à criação de um cenário qualificado para novos negócios, na Capital, viabilizando mecanismos para o surgimento e crescimento de empresas em áreas estratégicas do Município, gerando emprego, renda e desenvolvimento.

Serviço
Lançamento da Plataforma Profuturo Fortaleza
Data: Segunda-feira (25/02)
Horário: 14h
Local: Auditório do Paço Municipal (Rua São José, 01 - Centro).

Publicado em Economia
Grupo de ciclistas paramentados com capacetes conversam dispostos em círculo junto a uma monitora do Museu de Arte da UFC
O percurso desta edição contempla pontos de visitação e de parada ao longo do eixo Centro-Benfica (Foto: Thiago Gaspar)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), realiza a quarta edição da Ciclofaixa Cultural no próximo domingo (11/11). O projeto, que integra também a programação do Corredor Cultural do Benfica 2018, conecta em uma rota ciclística diferentes bens de relevante interesse histórico e cultural da capital cearense, que ficarão abertos à visitação do público das 8h às 12h.

O percurso desta edição contempla cinco pontos de visitação: Passeio Público, Fortaleza de Nossa Senhora de Assunção, Observatório de Fortaleza, Instituto do Ceará, Museu do Humor Cearense e Reitoria da Universidade Federal do Ceará (MAUC). Em cada um dos espaços, monitores guiarão os visitantes.

Passeio Ciclístico
Os pontos de visitação estarão abertos ao público das 8h às 12h, independentemente da participação dos visitantes em passeios ciclísticos. Para quem quiser integrar um grupo de visitação, um passeio ciclístico guiado pelo turismólogo Paulo Probo concentra-se no primeiro ponto de visitação, o Passeio Público, na Praça dos Mártires, na Rua Dr. João Moreira, no Centro, a partir das 8h. O grupo sai para a visitação dos outros pontos às 9h.

Além dos pontos de visitação, o percurso prevê paradas em pontos históricos e culturais do eixo Centro-Benfica.

Corredor Cultural do Benfica
Com programação que inclui shows musicais, teatro, dança, atrações infantis, sessões de cinema, oficinas, feirinhas, visitas guiadas e prestação de serviços, ao longo de todo domingo (11/11) no entorno da Reitoria da UFC, o Corredor Cultural do Benfica 2018 é uma realização do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede) e da Universidade Federal do Ceará (UFC), com agradecimento à Enel, apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE) e da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), e organização da Maestria Comunicação e Eventos.

Serviço
4ª Edição da Ciclofaixa Cultural
Data: Domingo (11/11)
Horário: das 8h às 12h
Local: Passeio Público, Fortaleza de Nossa Senhora de Assunção, Observatório de Fortaleza, Instituto do Ceará, Museu do Humor Cearense e Reitoria da Universidade Federal do Ceará (MAUC)

Passeio Ciclístico, com o Turismólogo Paulo Probo
Horário: 8h (Concentração) / 9h (Saída)
Local: Concentração no Passeio Público (Rua Doutor João Moreira – Centro)

Publicado em Cultura
Texto Eleição Para o Conselho Municipal de Política Cultural 2019 / 2020 sobre fundo azul escuro, com a marca do conselho e o brasão da Prefeitura de Fortaleza acima

O Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC) lança o edital para a eleição dos membros da sociedade civil que irão compor o colegiado durante o biênio 2019 / 2020. Interessados terão até as 17h do dia 16 de novembro para realizar cadastro e inscrição no Mapa Cultural de Fortaleza. O CMPC é um órgão integrante do Sistema Municipal da Cultura de Fortaleza, vinculado administrativamente e financeiramente à Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com a finalidade de promover a gestão democrática e autônoma da Cultura do Município de Fortaleza.

Confira aqui a ficha de inscrição

Ao todo, serão eleitos 44 conselheiros de diversos segmentos culturais e territórios, entre titulares e suplentes, escolhidos por votação pública. Eleitores e candidatos poderão se cadastrar em apenas um dos segmentos culturais. Um mesmo participante não pode se cadastrar, se candidatar e votar em mais de um segmento ou Região Administrativa (território).

Podem participar, como candidatos, pessoas físicas maiores de 18 anos; como eleitores, maiores de 16 anos, emancipados, e pessoas físicas maiores de 18 anos domiciliados no Município de Fortaleza. Eleitores devem comprovar pelo menos um ano de atuação no campo cultural da cidade de Fortaleza no segmento escolhido. Já os candidatos devem comprovar pelo menos dois anos de atuação no campo cultural escolhido.

Serão escolhidos um titular e um suplente para cada um dos segmentos culturais: Artes Visuais, Fotografia, Audiovisual, Literatura, Música, Teatro, Dança, Circo, Cultura Tradicional, Popular, Produtores Culturais, Humor, Moda, Mídia Digital, Artesanato e Organizações da Sociedade Civil (Antigas Organizações Não Governamentais); e territórios: Região Administrativa I de Fortaleza, Região Administrativa II de Fortaleza, Região Administrativa III de Fortaleza, Região Administrativa IV de Fortaleza, Região Administrativa V de Fortaleza, Região Administrativa VI de Fortaleza e Região Administrativa do Centro de Fortaleza.

Durante o período de cadastramento, a Secultfor disponibilizará suporte aos proponentes em dias úteis, das 8h às 12h e das 13h às 17h, por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Votação
A votação ocorrerá na Vila das Artes (Rua 24 de maio, nº 1221 – Centro) entre os dias 11 a 14 de dezembro, das 9h às 18h, e no dia 15 de dezembro, das 9h às 12h. É obrigatória a apresentação de um documento oficial com foto no ato da votação.

Conselho
O Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), criado pela Lei no 9.501/2009, alterada pela Lei nº10.336, de 1º abril de 2015, é um órgão colegiado permanente, de caráter normativo, deliberativo, fiscalizatório e consultivo, integrante do Sistema Municipal da Cultura de Fortaleza, vinculado administrativamente e financeiramente à Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), com a finalidade de promover a gestão democrática e autônoma da Cultura do Município de Fortaleza, bem como fomentar a articulação governamental com os demais níveis federados.

Serviço
Eleição para o Conselho Municipal de Política Cultural 2019 / 2020
Inscrição: Até 16/11
Confira aqui o Edital na íntegra
Confira aqui a ficha de inscrição

Publicado em Cultura
Museu
A iniciativa busca reconhecer espaços, agentes e promotores culturais em Fortaleza (Foto: Rodrigo Carvalho)

A Prefeitura de Fortaleza inaugurou, na noite desta quarta-feira (31/10), a terceira galeria do Museu Orgânico na linguagem “Música”, no Bar do Mincharia. A iniciativa busca reconhecer espaços, agentes e promotores culturais em Fortaleza, sistematizando o roteiro desses locais, valorizando palcos de produções intelectuais e fortalecendo a democratização da arte e a dinamização da memória local.

No espaço, além de um painel com 50 fotos de músicos e intérpretes locais, marca do projeto, também foi colocado um quadro homenageando o cantor Evaldo Gouveia, que recebeu tributo do trio Bossampop e do cantor e compositor Daniel Medina durante a ocasião.

“O Museu Orgânico tem uma característica muito bacana, que é o estímulo à memória. O Ceará tem muitos talentos nacionais, e é muito importante que este projeto se consolide, se amplie pela cidade, pelos espaços públicos que contam a história desses grandes artistas, fortalecendo cada vez mais a cultura local”, disse o titular da Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor), Gilvan Paiva.

Para o coordenador de Comunicação Social da Prefeitura de Fortaleza e membro da curadoria do Projeto, Moacir Maia, a gestão municipal cumpre bem o papel de reconhecer esses espaços que têm dado à Cidade referências que são indispensáveis para a vida da comunidade. “Estamos identificando os locais que fazem a vida cultural da Cidade, e na área da música o Bar do Mincharia faz isso, trazendo também um conjunto de referências para você identificar o que é o conceito do museu orgânico. Com esta homenagem, gente não faz mais do que justiça ao Evaldo, grande referência da nossa música", disse.

Homenagem
A mulher de Evaldo Gouveia, Liduína Lessa, esteve presente ao Mincharia e agradeceu a homenagem. “O Evaldo Gouveia é um grande compositor, grande cantor, uma pessoa maravilhosa, e é justa demais essa homenagem para ele. É um homem que fez todos os gêneros de música, fez valsa, tango, bolero, fado, samba-enredo. Ele está muito feliz com a homenagem", afirmou, lembrando que o cantor não pôde comparecer ao evento em razão de estar se recuperando de uma pneumonia.

O Projeto Museu Orgânico ainda terá mais nove painéis de música a serem fixados até o fim deste ano, concluindo 12 galerias em 2018. A primeira do Projeto foi inaugurada no Cantinho do Frango, com show de Rodger Rogério, nome escolhido pelo dono do estabelecimento, Caio Napoleão, para ser homenageado. A segunda, no Flórida Bar, na Praia de Iracema, e prestou tributo ao cantor, compositor e humorista cearense Falcão. Dentro das próximas estão locais como o Café Couture e o Serpentina Bar, conforme Moacir Maia.

Carlos Aragão é permissionário do Bar do Mincharia há 16 anos, e afirma que, hoje, o local se tornou um símbolo de resistência na Praia de Iracema e está estritamente ligada à história do cantor e compositor Evaldo Gouveia. “Ele nasceu a partir da cena musical na Praia de Iracema e frequentava a própria Casa do Mincharia. Eu achei interessante a Prefeitura valorizar este espaço, pois temos poucos bares que resistem há tanto tempo, já são mais de 35 anos fazendo história na cidade”, afirmou.

O cantor e compositor Daniel Medina, representando uma nova geração de artistas locais, prestou homenagem a Evaldo Gouveia. Para ele, além do Bar do Mincharia ser um local simbólico para fruir a arte, a Praia de Iracema como local histórico se confunde com a história do artista prestigiado. "Evaldo Gouveia é uma referência para todo jovem compositor e muitos outros que vêm fazendo a música brasileira e recriando a canção popular dia após dia. Sem dúvidas, a canção que eu faço hoje é extremamente influenciada por essa poética, por esse lirismo tão cearense", ressaltou.

A terceira edição do Museu Orgânico dá continuidade à ideia iniciada em julho deste ano; cujos eventos foram realizados no Cantinho do Frango e no Flórida Bar. Os lugares são estrategicamente selecionados e passam a compor o roteiro turístico de Fortaleza, como se a cidade fosse um grande museu.

Outras linguagens
A Prefeitura de Fortaleza abrirá inscrições para espaços vivos de cultura interessados em se tornar galerias do Museu Orgânico. Além dos bares, poderão pleitear o material restaurantes, equipamentos públicos, espaços culturais, barracas de praia, terminais de transportes, centros educacionais, praças de esportes, tendo obediência ao princípio de que só entrarão no roteiro espaços que ofereçam acesso público. Inicialmente, os bares-galerias do Projeto Museu Orgânico serão convidados pela Prefeitura de Fortaleza, atendendo o critério de distribuição espacial no território da Capital, contemplando as sete Regionais da Cidade, com a identificação desses espaços vivos de cultura.

Paralelamente à implantação das galerias com os painéis da linguagem MÚSICA, a Prefeitura de Fortaleza desenvolverá painéis, nos mesmos moldes e seguindo os mesmos critérios, para outras manifestações culturais, como teatro, literatura, fotografia, artes visuais, humor, esportes, etc. Conforme Moacir Maia, também está sendo desenvolvida uma plataforma digital que proporcionará, por meio de um QR Code, mais informações sobre os pontos já integrados ao roteiro.

Curadoria
As bases para a constituição e o funcionamento do Museu Orgânico, a escolha dos 50 nomes que integram o painel a ser multiplicado nos bares-galeria, bem como a seleção dos primeiros espaços foram desenvolvidas por um grupo de curadores indicados pelo gabinete do prefeito Roberto Cláudio, composto pelo jornalista Moacir Maia, coordenador de Comunicação Social da Prefeitura Municipal de Fortaleza; pelo arquiteto Totonho Laprovitera, representante da Secretaria Municipal do Turismo de Fortaleza; pelo escritor e produtor cultural, Jorge Pieiro, representante da Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza; e pelo jornalista, compositor e escritor Flávio Paiva, autor do livro-cd "Bulbrax – Sociomorfologia Cultural de Fortaleza".

Publicado em Cultura

ciclistas na frente do Museu do Ceará
Nesta edição, o percurso percorrido pelo grupo de cerca de 20 pessoas, contemplou o Paço Municipal, Museu do Ceará, Cidade das Crianças e o Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (Mauc) como principais pontos de visitação
A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor) em parceria com a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), realizou a terceira edição da Ciclofaixa Cultural neste domingo (14/10). Nesta edição, o percurso percorrido pelo grupo de cerca de 20 pessoas, contemplou o Paço Municipal, Museu do Ceará, Cidade das Crianças e o Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (Mauc) como principais pontos de visitação. Além desses, os ciclistas também passaram por logradouros históricos e culturais do eixo Benfica-Centro, como a Praça dos Leões, a Praça da Bandeira e o Conservatório de Música Alberto Nepomuceno.

Na ocasião, os visitantes foram guiados em cada um dos espaços por monitores da Secultfor e pelo turismólogo Paulo Probo. Ele explica que a iniciativa possui, principalmente, uma ideia de educação patrimonial, utilizando-se do sucesso de adesão à Ciclofaixa de Lazer para possibilitar a mais cidadãos e turistas o acesso ao patrimônio local.

“Hoje a gente vem planejando roteiros diversos e cada edição compõe um itinerário diferente. São equipamentos históricos e culturais que precisam ser mais vistos pela população. A cada edição a gente percebe que o número de pessoas aumenta e que as pessoas realmente valorizam esse tipo de iniciativa”, reforça Paulo.

Por sua vez, o gerente do patrimônio material da Secultfor, Diego Amora, frisou a importância de valorizar os equipamentos do Centro de Fortaleza. “Nosso intuito é Despertar para os cidadãos o nosso patrimônio, fazer com que o pessoal se aproprie desses espaços e saibam que o bairro tem uma agenda cultural permanente”.

Dentre outras iniciativas da pasta para a valorização patrimonial, Diego Amora destacou o Seminário do Patrimônio, de ocorrência anual; e atual a formação contínua de professores, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (SME), para a disseminação de conteúdo relacionado à memória da cidade também nas salas de aula.

A comerciária Sandra Cariús é gaúcha e já mora há mais de 30 anos em Fortaleza. Dentre outras atividades que tinha para este domingo, escolheu priorizar o passeio ciclístico pela oportunidade de conhecer a cidade onde mora. "A gente passa tantas vezes por perto e não sabe a história daquilo que vemos todos os dias", contou.

Corredor Cultural do Benfica

Esta edição da Ciclofaixa Cultural integra a programação do Corredor Cultural do Benfica 2018. Com programação que inclui shows musicais, teatro, dança, atrações infantis, sessões de cinema, oficinas, feirinhas, visitas guiadas e prestação de serviços, ao longo de todo domingo (14/10) no entorno da Reitoria da UFC, o Corredor Cultural do Benfica 2018 é uma realização do Centro de Treinamento e Desenvolvimento (Cetrede) e da Universidade Federal do Ceará (UFC), com agradecimento à Enel, apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE) e da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza (Secultfor), e organização da Maestria Comunicação e Eventos.

Publicado em Cultura
Página 1 de 11