As sete Secretarias Regionais de Fortaleza são os principais espaços de representação da Prefeitura nos bairros da cidade
Em 2018, as Secretarias Regionais receberam cerca de 170 mil solicitações realizadas pelos fortalezenses

As sete Secretarias Regionais de Fortaleza são os principais espaços de representação da Prefeitura nos bairros da Cidade. O cidadão que dispor de requerimentos, reclamações, denúncias, dúvidas sobre as mais diversas áreas de atuação da administração pública municipal pode dirigir-se à Central de Acolhimento da Regional mais próxima da sua residência. Em 2018, as Secretarias Regionais receberam cerca de 170 mil solicitações realizadas pelos fortalezenses.

Nas Centrais, os moradores requisitam, diariamente, à Prefeitura de Fortaleza diversos serviços, a exemplo dos vinculados à fiscalização; saúde; educação; conservação e serviços públicos; combate à violência contra a mulher e à drogadição; mediação de conflitos; solicitação de licenças; tributos e impostos, dentre outros. Integram as Centrais de Acolhimento as Salas do Empreendedor; Ouvidorias; Núcleos do Programa Minha Casa, Minha Vida e de Mediação de Conflitos; Cadastro Único - muito procurado para benefícios como o Bolsa Família.

As principais demandas acolhidas por estas Centrais referem-se a solicitações para autorização de comércio ambulante; Licença para Operações Sonoras; Alvarás de Funcionamento para área superior a 300 m²; Registros Sanitários; Habite-se (Auto de Conclusão de Obra); solicitação de reformas em praças; limpezas em pontos de lixo; cancelamento de Autos de Infração; interdição de rua; irregularidades no Código de Obras; reparos e melhorias na Iluminação Pública.

Para o morador do bairro Ellery Cid Neto, as Centrais de Acolhimento facilitam a comunicação entre as famílias e os órgãos públicos. “Simplifica pra gente não ter que ir a mais de um órgão quando há mais de um tipo de demanda pra tratar com a Prefeitura. Solicitei na Central de Acolhimento da minha área, por exemplo, um Ecoponto pro meu bairro, melhoria em boca de lobo, poda de árvore. É muito gratificante ver que estas solicitações foram atendidas a partir de pedidos nossos”, relata Cid.

Vale ressaltar que existem outros modos, igualmente efetivos, de dar encaminhamentos para algumas das demandas das comunidades. Através do Programa Fortaleza Online, o cidadão pode emitir as principais licenças e autorizações municipais, como os Alvarás de Construção e de Funcionamento. No total, são 34 serviços disponíveis, que são expedidos de forma gratuita e imediata - ou em até 30 minutos. Já por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza e do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br, o fortalezense pode relatar inúmeras práticas nocivas ao meio ambiente, controle urbano e ao ordenamento da cidade, podendo-se ilustrar: poluições, obras, ocupações irregulares, comércio ambulante e grandes geradores de resíduos sólidos.

“As sete Secretarias Regionais da Prefeitura são espaços de amparo e encaminhamentos das mais diversas solicitações provenientes de todas as comunidades de Fortaleza. Nossa meta é, cada vez mais, atuar de modo afetivo, efetivo e cidadão”, garante o secretário da Regional I, Gilberto Bastos.

Abaixo, endereços e contatos das Centrais de Acolhimento da Prefeitura de Fortaleza:

Secretaria Regional do Centro
Rua Major Facundo, 907, Centro
Telefone: 3254.3427

Secretaria Regional I
Rua Dom Jerônimo, 20, Farias Brito
Telefone: 3105.3404

Secretaria Regional II
Rua Professor Juraci Oliveira, 1, Edson Queiroz
Telefone: 3241.4839

Secretaria Regional III
Av. Jovita Feitosa, 1264, Parquelândia
Telefone: 3433.2501

Secretaria Regional IV
Av. Dedé Brasil, 3770, Serrinha
Telefone: 3433.2812

Secretaria Regional V
Av. Augusto dos Anjos, 2466, Siqueira
Telefone: 3433.2926

Secretaria Regional VI
Rua Padre Pedro de Alencar, 789, Messejana
Telefone: 3452.1811

Publicado em Fortaleza

 

Operação de limpeza no Cemitério da Messejana.
Operação de limpeza no Cemitério da Messejana.

A Prefeitura de Fortaleza realiza uma operação especial de limpeza nos cemitérios públicos da Capital. A iniciativa tem como objetivo proporcionar um ambiente limpo e seguro para as pessoas que visitarão os cemitérios neste dia Dia de Finados, sexta-feira (02/11). A ação está sendo executada por meio das Secretarias Regionais, Conservação e Serviços Públicos (SCSP) e Autarquia de Urbanismo e Paisagismo (Urbfor).

Além dos serviços executados periodicamente, agentes municipais trabalham até quinta-feira (01/11) nos equipamentos públicos, realizando serviços de varrição, podas de árvores, capinação e remoção de resíduos sólidos nas áreas próximas aos túmulos e nas vias de acesso, além de pintura dos meios fios, nos cinco cemitérios públicos do município localizados nos bairros Parangaba, Mucuripe, Messejana, Antônio Bezerra e Bom Jardim.

Construído em 1869, o Cemitério de Messejana possui cerca de quatro mil jazigos. De acordo com a Regional VI, a média de sepultamentos é de 25 a 30 por mês. A expectativa é de o espaço receber, nesta data, entre quatro a cinco mil pessoas. No Cemitério de Messejana serão realizadas duas missas no Dia de Finados: às 9h e às 15h. As celebrações serão na Capela Interna do Campo Santo.

No Cemitério São Vicente de Paula, no Mucuripe, haverá missa na Igreja Nossa Senhora da Saúde, que fica em frente ao Cemitério, nos horários de 7h, 08h30, 12h, 17h e 19h. O equipamento, construído em 1916, inicialmente era administrado pelo Círculo de Trabalhadores Cristãos do Mucuripe, depois passou para a gestão da Prefeitura. Atualmente possui 1.019 jazigos e a média de sepultamentos é de 15 por mês.

No Cemitério Parque Bom Jardim, foram executados ainda serviços de manutenção na entrada, recuperação de jazigos, além de pintura e grafitagem no muro do cemitério. Para os visitantes, haverá missa campal nos horários de 8h, 9h, 10h, 11h, 13h, 14h, 15h e 16h.

No cemitério da Parangaba serão celebradas três missas nos horários de 9h, 12h e 16h. Na Parangaba são 9 mil jazigos.

O Cemitério Santo Antônio, conhecido popularmente como Cemitério do Antônio Bezerra, foi fundado em 1936 e possui hoje um total de 1.693 jazigos. A expectativa é que até 4 mil pessoas passem pelo local neste feriado. Será celebrada uma missa às 6h da manhã.

Serviço
Cemitério São Vicente de Paula (Cemitério do Mucuripe)
Endereço: Av. Abolição, 3986, Mucuripe
Horário de funcionamento: das 6h às 19h

Cemitério do Antônio Bezerra
Endereço: Rua Professor José Leite Gondim, 525, Antônio Bezerra
Horário de funcionamento: das 6h às 17h

Cemitério de São José (Cemitério da Parangaba)
Endereço: Rua Napoleão Quezado, 365, Parangaba
Horário de funcionamento: das 7h às 17h

Cemitério Parque Bom Jardim
Endereço: Estrada Jatobá, 2668 - Bom Jardim
Horário de funcionamento: das 7h às 17h

Cemitério de Messejana
Endereço: Rua Pe. Severiano, 290, Messejana
Horário: das 7h às 17h

Publicado em Fortaleza

Para apoiar os pequenos empreendedores locais no aperfeiçoamento do seu negócio, a Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico (SDE), promove, mensalmente, capacitações gratuitas como parte do Programa de Empreendedorismo Sustentável (PES).

Neste mês de maio, estão sendo ofertadas capacitações para áreas de Atendimento ao Cliente, Vendas no Mundo Digital, Técnicas de Vendas, Gestão de Finanças Pessoais, Promovendo seu Negócio com o Facebook, Aprendendo e Desenvolvendo Características Empreendedoras, Aprenda a Controlar seu Dinheiro, entre outras. As oficinas têm duração de 2 horas com 20 vagas por turma.

Saiba como se inscrever
Para participar é simples, basta apresentar identidade (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF) e comprovante de residência. Os interessados devem se dirigir às Salas do Empreendedor nas Secretarias Regionais, Vapt Vupt Messejana e Antônio Bezerra, Casa de Economia Solidária (Ecosol), Espaço do Artesanato, Lavanderia Comunitária ou na Unidade Móvel da SDE, que está atendendo ao lado do Cuca do Jangurussu.

Mais informações pelo 0800 081 4141.

Confira a programação completa:

TEMA

QUANDO

ONDE

Promovendo seu Negócio com o Facebook

07 e 08/05

(14h às 16h)

Secretaria Regional VI
 (Rua Padre Pedro de Alencar, 789 - Messejana).

Atendimento ao Cliente

08/05 (14h às 16h)

Grupo Tamandaré

(Rua Francisco Lima e Silva, 194 - Conj. Tamandaré).

Vendas no Mundo Digital

08/05 (14h às 16h)

Ecosol

(Av. Alanis Maria Laurindo de Oliveira, 461 - Conj. Ceará).

Planejando com Sucesso sua Empresa

09/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional II
 (Rua Prof. Juraci M. Oliveira, 01 - Edson Queiroz)

Aprendendo e Desenvolvendo Características Empreendedoras

09/05 (09h às 11h)

Ijoven

(Rua Prof. Jacinto Botelho, 1600 - Patriolino Ribeiro)

Técnicas de Vendas

14/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional V

(Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso).

Aprenda a Controlar seu Dinheiro

14/05 (13h às 17h)

Secretaria Regional IV

(Av. Dedé Brasil, 3770 - Serrinha).

Como Formar Preço para seu Negócio

15/05 (13h às 17h)

 Espaço do Artesanato
 (Av. Santos Dumont, 2500, Lj.17 - Aldeota)

Aumentando suas Vendas com Criatividade

15/05 (13h às 17h)

Secretaria Regional V

(Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Bonsucesso).

Boas Práticas de Fabricação

17/05 (14h às 16h)

Espaço do Artesanato
 (Av. Santos Dumont, 2500, Lj.17 - Aldeota)

Vendas no Mundo Digital

17/05 (14h às 16h)

Centro de Qualificação Ingrid Mayara

(Rua Raquel de Holanda, S/N - Ellery)

Gestão de Finanças Pessoais

18/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional IV

(Av. Dedé Brasil, 3770 - Serrinha)

Empreendedorismo e o MicroempreendedorIndividual

22/05 (14h às 16h)

Ijoven

(Rua Prof. Jacinto Botelho, 1600 - Patriolino Ribeiro)

Empreendendo com Sucesso/Etapas para o Empreendedor

22/05 (09h às 11h)

Centro de Qualificação Profissional

(Av. Celso Tinoco, 1374 - Vila União)

Aprendendo e Desenvolvendo Características Empreendedoras

24/05 (09h às 11h)

Centro de Qualificação Profissional

(Rua Pio Saraiva, 335 - Quintino Cunha)

Economia Solidaria

29/05 (14h às 16h)

Centro de Qualificação Profissional

(Rua Antônio Candeia, 245 - Guajiru)

Inovando para Crescer no Mercado

29/05 (14h às 16h)

Secretaria Regional I

(Rua Dom Jeronimo, 20 - Otávio Bonfim)

Como Identificar uma Oportunidade de Negócio

30/05 (14h às 16h)

Centro de Qualificação Profissional

(Rua Antônio Neri, S/N - Granja Portugal)

 

Publicado em Economia

prefeito roberto cláudio observa obra de asfaltamento em rua do bairro genibau
Visita ocorreu na manhã desta terça-feira (24/04). Intervenção faz parte do investimento da Prefeitura na requalificação asfáltica da Cidade
O prefeito Roberto Cláudio visitou, na manhã desta terça-feira (24/04), as obras de urbanização da comunidade Área Verde II, localizada no Genibaú (Regional V). Acompanhado da secretária da Infraestrutura, Manuela Nogueira, do coordenador das Regionais, Renato Lima, o Gestor andou pelas ruas do bairro e conversou com os moradores.

A obra inclui nova pavimentação em oito vias da Comunidade, troca de iluminação, nova sinalização e correção de calçadas. “As ruas que estão sendo modificadas eram ainda na areia, calçamento ou pavimento antigo e isso acumula lama na frente das casas. Estamos fazendo essa intervenção em vários locais da Cidade para garantir mais qualidade de vida aos moradores”, afirmou o Prefeito.

Moradora do Genibaú há nove anos, Dona Antônia Saraiva ficou satisfeita com o início das obras. “Vai melhorar muito. As crianças vão poder brincar e vai reduzir muitos os mosquitos também porque aqui tem muita lama, disse a dona de casa.

A requalificação asfáltica será entregue em 30 dias. Quando concluída, a obra vai facilitar a vida de pedestres, motoristas e motociclistas que trafegam diariamente na região.

Publicado em Infraestrutura
Os mediadores atendem as partes envolvidas
Desde 2014, foram 2.131 aconhecimento com 75% dos casos mediados com sucesso

Os Núcleos de Mediação de Conflitos, implementados pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec), vêm proporcionando diálogos que viabilizam a resolução pacífica de conflitos em cinco Regionais de Fortaleza. Desde a implantação, em julho de 2014, esses espaços realizaram 2.131 acolhimentos, com uma média de 75% de resolutividade.

Os dados fazem parte de um relatório apresentado pela Coordenadoria de Mediação de Conflitos da Sesec, que mostram as Regionais VI, IV e I como as primeiras em atendimentos da população. De acordo com o levantamento, a Regional VI lidera as estatísticas com 1.132 acolhimentos, seguida da IV, com 484, e da Regional I, com 277. Também aparecem nos números, as Regionais II e III, com 127 e 111, respetivamente. “Os números se justificam pelo engajamento dos parceiros, sobretudo delegacias de polícia e juizados especiais, além do adensamento populacional que acaba trazendo maior índice de conflitualidades. Vale ressaltar que conflitos de vizinhança são os de maior incidência, seguidos pelos de família e dívidas”, explica o gerente de Mediação Cidadã, Ítalo Borges.

Para a coordenadora de Mediação de Conflitos da Sesec, Tatiane Castro, os núcleos colaboram diretamente com a prevenção da violência, tendo em vista que a maior parte das demandas vem das delegacias. “Tratamos os crimes considerados de menor potencial ofensivo como ameaça, injúria, calúnia, difamação que, em 70% dos casos, são demandados das delegacias. Com isso, a Prefeitura de Fortaleza contribui, por meio da segurança cidadã, com a prevenção da violência em nossa Cidade”, afirma.

Mais

Desde a sua criação, a Sesec estabeleceu a Coordenadoria de Mediação de Conflitos, que atua nos âmbitos comunitário e escolar com o objetivo de promover uma cultura de paz nas comunidades e escolas. No aspecto comunitário, destaque para conflitos mediados entre briga entre vizinhos, crimes contra a honra, dívidas, questões relacionadas à família e outros. No âmbito escolar, a Sesec capacitou mais de 700 atores do cenário acadêmico municipal com iniciativas voltadas para a promoção da cultura de paz. Entre as principais ações estão as rodas de conversas, círculos de construção de paz, palestras e sensibilizações.

Mais informações pelo 3281-9120.

Publicado em Segurança Cidadã

A 5ª edição da Semana Municipal sobre Drogas está movimentando a cidade de Fortaleza entre os dias 26 e 30 de junho, com ações de cuidado, prevenção ao uso de drogas e promoção à vida. Iniciativa da Prefeitura de Fortaleza e execução da Coordenadoria Especial de Políticas sobre Drogas (CPDrogas), o evento chega ao seu quarto dia nesta quinta-feira (29/06) com atividades nos bairros Papicu e Jangurussu.

Pela manhã, das 7h às 9h, a atuação se concentra no Terminal do Papicu com atividades de redução de danos, no qual a equipe multidisciplinar da CPDrogas estará orientando a população sobre os malefícios do uso indevido de substâncias psicoativas. Além disso, haverá entrega de insumos e distribuição de informativos com informações sobre a rede de atenção que o município oferta para as pessoas que estão envolvidas com o uso de drogas. 

Já no período da tarde, a intervenção continua no Cuca Jangurussu, das 13h30 às 15h30, com o projeto #ReconstruindoSonhos que, de forma lúdica, dialógica e artística, atua por meio de oficinas de dobraduras, rosas e arteterapia com crianças e adolescentes, fortalecendo os fatores de proteção ao uso de drogas, minimizando assim, os fatores de risco no território.

Para a coordenadora adjunta da pasta, Patrícia Studart, o propósito dessas ações vai muito além da prevenção, trabalhando também o conceito singular da CPDrogas de acreditar na valorização do ser humano e da vida. “Envolver a sociedade com essa temática é de muita relevância, somar forças para lutar contra essa problemática, por meio de intervenções que promovam o fortalecimento de fatores de proteção, melhorando a qualidade de vida de crianças, jovens e adultos em diversas esferas sociais”, afirma.

Publicado em Social

A Prefeitura de Fortaleza inicia grande ação de limpeza para eliminação de todos os pontos de lixo localizados nos arredores de escolas municipais da Regional I. Os trabalhos começam na próxima segunda-feira (26/06), a partir das 8h, na EMEIF Francisco das Chagas de Farias, no bairro Jardim Iracema.

A requalificação do espaço localizado do lado da escola seguirá por dois dias e contará com limpeza. melhorias da calçada e do meio-fio, paisagismo, pintura, ciclomonitoramento e ação de educação socioambiental junto aos moradores e comerciantes com a participação dos alunos e da equipe educadora da escola. No local, a Prefeitura já instalou iluminação branca, mais uma contribuição à segurança pública e à sustentabilidade da ação.

Diariamente, a gestão municipal disponibiliza, em todos os bairros da cidade, centenas de garis, acompanhados por caçambas, microcoletores, caminhões e compactadores para a execução das coletas domiciliares e das limpezas de pontos de lixo. Já foram também instalados 24 Ecopontos e o primeiro Ecopolo da cidade, localizado na avenida Leste-Oeste, está com obras em andamento.

Existem pontos de lixo nas imediações de 18 das 46 escolas municipais que beneficiam comunidades da Regional I. A meta da Prefeitura é requalificar todos estes locais, localizados nos bairros Barra do Ceará (04), Vila Velha (03), Jardim Iracema (03), Álvaro Weyne (02), Jardim Guanabara (02), Moura Brasil (01), Carlito Pamplona (01), Cristo Redentor (01) e Ellery (01).

As ações de eliminação destes pontos de lixo contarão com parceria entre a Secretaria Regional I, Secretaria Municipal de Educação (SME), Secretaria Municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle dos Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (Acfor) e a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), por meio da Ecofor.

 

Publicado em Meio ambiente

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Regional IV, realiza mais uma edição da Operação Quintal Limpo, quinta e sexta-feira (27 e 28/04), no bairro Serrinha, área que apresenta alto índice de infestação do Aedes aegypti.

Cerca de 30 agentes vão percorrer as ruas do bairro com o objetivo de conscientizar a população sobre medidas que combatem o mosquito transmissor da dengue, zika e chikunguya. O trabalho ocorre entre 8h e 12h. O ponto inicial será na rua Madre Eliza Balde com Sturdart Jucá. Ao todo, serão visitas 761 imóveis. De acordo com a Secretaria Municipal da Saude (SMS), somente este ano no bairro Serrinha foram notificados 226 casos de dengue e 244 de chikunguya.

Durante os dois dias, serão feitas visitas domiciliares, com a distribuição de material educativo, sacos plásticos, soro de reidratação oral e uma caçamba irá recolher materiais inservíveis e lixo. Os agente também vão orientar sobre como evitar os criadouros do mosquito. "A limpeza dos quintais reflete diretamente na saúde da população. Todos, poder público e comunidade, devem tomar providências para eliminar focos desse mosquito altamente nocivo a saúde. O uso da caçamba na operação também pode ser usado para recolher móveis que não servem mais, evitando que esse material seja jogado na rua", disse Francisco Sales, secretário da Regional IV.

Publicado em Fortaleza
Os usuários são recebidos individualmente
Atualmente, os Núcleos estão instalados nas Regionais I, III, IV e VI

Em dois anos de funcionamento nas Regionais de Fortaleza, os Núcleos de Mediação de Conflitos da Prefeitura realizaram mais de 800 atendimentos. Entre os principais conflitos mediados estão briga entre vizinhos, crimes contra a honra, dívidas, questões relacionadas à família e outros.

Desde a sua criação em 2013, a Secretaria Municipal da Segurança Cidadã (Sesec) estabeleceu a Coordenadoria de Mediação de Conflitos, que vem atuando nos âmbitos comunitário e escolar, com o objetivo de promover uma cultura de paz nas comunidades e escolas. “Depois de uma intensa divulgação com parceiros como delegacias, juizados especiais, escolas, começamos a ter um retorno real do trabalho das nossas equipes”, ressalta a coordenadora de Mediação de Conflitos da Sesec, Tatiane Castro. Ela se refere ao balanço de dois anos de ação dos núcleos que aponta as delegacias de polícia como o principal parceiro, com quase 60% dos casos encaminhados.

Outro dado mostrado pelo relatório é que os atendimentos prioritários dos núcleos instalados nas Regionais I, III, IV e VI são desavenças entre vizinhos com 38%, seguido de casos que envolvem crimes contra a honra (calúnia, injúria, difamação) e ameaça, que somados chegam a 20%, seguido de dívidas com 17% e as questões familiares, com 16% dos atendimentos realizados pelos mediadores. “Esses são dados do biênio 2015/2016 e, ressaltamos que, dos atendimentos submetidos à sessão de mediação, chegamos ao percentual de acordo em 70% dos casos”, celebra o gerente da Célula de Mediação Comunitária, Ítalo Borges.

Para Elane Barros, que é advogada e já usou os serviços duas vezes, o que chamou atenção foi celeridade na resolução dos conflitos. “Como cidadã, procurei numa situação de barulho de vizinho e outra de cobrança indevida. Nas duas tive um atendimento rápido, tendo em vista que os mediadores são capacitados para deixar as partes entenderem que o problema é delas e que, somente, elas podem resolver por meio do diálogo. Como advogado, ressalto que os núcleos são importantíssimos, pois resolvem problemas que se fossem para justiça comum demorariam bastante tempo para serem resolvidos”

Outra linha de atuação

Além do trabalho realizado nos Núcleos de Mediação de Conflitos nas Regionais, outro campo de atuação da Secretaria Municipal da Segurança Cidadã é a mediação escolar. De acordo com dados da Sesec, quase 700 atores do cenário acadêmico municipal, entre alunos, professores e coordenadores, já passaram por algum tipo de capacitação voltada para a promoção da cultura de paz. Entre as principais ações, estão as rodas de conversas, círculos de construção de paz, palestras e sensibilizações.

Mais informações: 3281-9120.

Publicado em Segurança Cidadã
Empreendedorismo
Pesquisa busca apresentar propostas para reduzir ou erradicar as principais dificuldades que limitam a competitividade (Foto: Igor de Melo)

A Prefeitura de Fortaleza, por meio da Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE), apresentará levantamento sobre o perfil socieconômico de empresas por Regionais de Fortaleza. A pesquisa faz parte do projeto “Por Dentro do seu Bairro”, desenvolvido em parceria com o Grupo Edson Queiroz. A apresentação acontecerá durante o Seminário Novos Empreendimentos e Novos Empreendedores no Século XXI: Economia Criativa no Bairro, na Cidade e na Comunidade, realizado na próxima segunda-feira (12/12), às 19h, no Auditório da Biblioteca Universidade de Fortaleza (Unifor).

A pesquisa busca oportunizar a proposição para reduzir ou erradicar as principais dificuldades que limitam a competitividade, os processos de inovação e o crescimento sustentável dos empreendimentos no Município, com destaque para as micro e pequenas empresas, procurando oferecer alternativas viáveis para a solução de problemas detectados, com maior índice de assertividade. O levantamento de dados foi realizado junto aos setores de Comércio e Serviços de Fortaleza, considerando as dimensões de análises por bairro e Regional. Foram entrevistados 589 empreendedores para obtenção das informações.

As Regionais de Fortaleza são áreas com alta densidade demográfica, que congregam populações de estratos sociais diferentes, que variam entre baixo, médio e alto poder econômico e educacional, de acordo com a localização geográfica.

Por outro lado, observa-se um potencial significativo para a realização de empreendimentos dos mais diversos portes, tendo em vista que as diversas Regionais apresentam vocações específicas com grande margem para exploração comercial, pois possuem lojas, instituições de ensino, restaurantes, praças esportivas e locais históricos com portes diferentes.

“A nossa proposta é conhecer o enorme potencial do comércio e serviço da nossa cidade e munir empreendedores de ferramentas que possibilitem um crescimento amparado em processos que garantam melhores resultados, tanto para o micro e pequeno empreendedor quanto para a sociedade”, destaca o secretário do Desenvolvimento Econômico de Fortaleza, Robinson de Castro.

O Seminário Novos Empreendimentos e Novos Empreendedores no Século XXI: Economia Criativa no Bairro, na Cidade e na Comunidade também contará com palestras para o segmento ministradas por Oded Grajew, idealizador do Fórum Social Mundial e ganhador do prêmio do Banco Mundial como liderança global 2016; além de Odair Furtado, coordenador da Unitrabalho (Rede Nacional das Universidades) e ex-presidente do Conselho Federal de Psicologia.

Saiba mais
O Projeto Por Dentro Dos Bairros – Um Retrato Do Potencial Socioeconômico De Fortaleza tem como premissa diagnosticar, em cada Regional, os potenciais econômicos da cadeia produtiva de acordo com o segmento que define a vocação dos bairros, de modo a detectar os principais entraves que dificultam a maior competitividade dos setores produtivos e comerciais da atividade, limitam os processos de inovação dos produtos e das ações de venda e consumo e dificultam a inserção de uma cultura de desenvolvimento sustentável. A iniciativa também pretende apresentar mecanismos, por meio de treinamento, que favoreçam a mudança desse perfil, permitindo a geração de emprego e renda para as populações dos bairros de cada Regional.

Serviço
Seminário Novos Empreendimentos e Novos Empreendedores no Século XXI: Economia Criativa no Bairro, na Cidade e na Comunidade

Quando: segunda-feira (12/12)
Horário: 19h
Local: Auditório da Biblioteca Universidade de Fortaleza (Unifor)

Publicado em Economia