As unidades de atendimento do Sine Municipal estão disponibilizando 413 vagas de trabalho em Fortaleza, incluindo Pessoas com Deficiência (PCD). Os equipamentos da Prefeitura, geridos pela Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico (SDE) em parceria com o Ministério da Economia, estão localizados na Rede Cuca (Jangurussu, Barra do Ceará e Mondubim) ou nas sedes das Secretarias Regionais I, III, V e VI.

Estão abertas 154 vagas para operador de telemarketing, 39 vagas para auxiliar de cozinha, 35 vagas para atendente de restaurante, 35 para segurança, além de vagas para auxiliar de limpeza (15), recepcionista (13), técnico de enfermagem (10), consultor de vendas (10), copeiro (8), montador de estruturas metálicas (6), operador de caixa (7), auxiliar de linha de produção (5), maqueiro (5), mecânico (5), entre outras ocupações.

Os interessados devem comparecer em uma das unidades do Sine Municipal com RG, CPF, carteira de trabalho, comprovante de endereço, de escolaridade e de cursos realizados. Os currículos recebidos farão parte de um banco de dados para futuras vagas.

No Sine Municipal a população pode realizar serviços de intermediação de mão de obra, habilitação para o seguro-desemprego*, inscrição e encaminhamento para cursos de qualificação. Empresas interessadas também podem divulgar suas vagas gratuitamente. O atendimento nas unidades é realizado de segunda a sexta-feira, sempre das 8h às 12h e das 13h às 17h.

UNIDADES FIXAS
Sine Municipal I: Av. Bezerra de Menezes, 459 - Farias Brito
Sine Municipal III: Av. Jovita Feitosa, 1264 - Parquelândia
Sine Municipal V: Av. Augusto dos Anjos, 2466 - Siqueira

UNIDADES ITINERANTES
Sine Municipal VI: Rua Padre Pedro Alencar, 789 - Messejana
Sine Cuca Barra: Av. Presidente Castelo Branco, 6417 - Barra do Ceará
Sine Cuca Mondubim: Rua Marlúcia, S/N - Mondubim
Sine Cuca Jangurussu: Av. Governador Leonel Brizola, S/N - Jangurussu

*As unidades itinerantes não realizam habilitação para o seguro-desemprego. O atendimento é feito de terça a sexta-feira.

Mais informações: (85) 3105-3712

Publicado em Economia
Fiscais caminhando ao lado de calçadas com degraus
A operação Calçada Acessível percorrerá mais de 70 ruas e avenidas de maior fluxo até o fim do ano (Foto: Thiago Gaspar)

A Prefeitura de Fortaleza dará início, por meio da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis), nesta semana, à nova fase da operação Calçada Acessível. Agora, a fiscalização será ampliada para toda a cidade. Entre as vias que serão percorridas estão a Av. Dr. Theberge, Av. Santos Dumont, Av. Fernandes Távora, Av. 13 de Maio, Av. Godofredo Maciel, Av. Oliveira Paiva e Rua Floriano Peixoto.
A Calçada Acessível percorrerá mais de 70 ruas e avenidas de maior fluxo até o fim do ano. A primeira etapa da Operação foi realizada entre 28 de janeiro e 29 de março e contemplou ruas e avenidas das Regionais I e III. Ao longo dos dois meses, 154 imóveis foram notificados pela fiscalização para que façam a adequação dos passeios à acessibilidade.

O objetivo da ação é orientar os donos de comércio e residências acerca da correta utilização e manutenção dos passeios. Esses espaços devem ser construídos em conformidade com as normas técnicas e mantidos livres de obstáculos, para a garantia do ir e vir de todos. De acordo com o Código de Obras e Posturas do Município (lei nº 5.530/81), os proprietários dos imóveis são os responsáveis pela manutenção do passeio (calçada). Em caso de irregularidades, o proprietário do imóvel é notificado para a regularização. Após o prazo legal, caso a situação não esteja solucionada, poderá ser aplicada multa de R$ 86,57 a R$ 4.328,50, dependendo da gravidade e da reincidência.

A operação Calçada Acessível intensifica um trabalho já realizado rotineiramente pela Agefis. Os cidadãos também podem ajudar a Prefeitura de Fortaleza nesse monitoramento, acionando os canais de denúncia da Agefis. É possível acionar a fiscalização municipal por meio do aplicativo Fiscalize Fortaleza (disponível em Android e IOS), do site denuncia.agefis.fortaleza.ce.gov.br e da Central 156.

Publicado em Fortaleza

O prefeito Roberto Cláudio inaugura, na tarde desta quinta-feira (27/11), a partir das 18h, a nova Praça Dona Deinha, localizada no bairro Presidente Kennedy, totalmente reestruturada.

O projeto de reforma contemplou a recuperação de todo o piso da praça, reforma da quadra poliesportiva, rampas de acesso para cadeirantes, troca da iluminação amarela por branca, novos bancos, mesas de tabuleiros, pintura, lixeiras e paisagismo.

O equipamento ganhará um parque infantil do Projeto Praça Amiga da Criança. Os parques integram o Plano Municipal pela Primeira Infância de Fortaleza (PMPIF), e tem como articuladora a primeira-dama, Carol Bezerra. Ao todo já são mais de 90 parques infantis distribuídos em praças de toda a Cidade. A área de lazer receberá também uma Academia ao Ar Livre, que irá auxiliar na melhoria da qualidade de vida da comunidade.

As requalificações nestes espaços públicos proporcionam melhorias no ponto de encontro para jovens, crianças e idosos, fazendo com que as famílias voltem a conviver na praça e possam usufruir de um bom espaço.

Serviço:
Inauguração Praça Dona Deinha
Data: Quinta-feira (27/11)
Horário: 18h
Endereço: Rua Braz de Francesco c/ Rua Cinco - Presidente Kennedy

Publicado em Fortaleza
várias pessoas num palco
A solenidade aconteceu no Centro de Cidadania e Direitos Humanos do Pici, onde funcionará o novo Cuca

O prefeito Roberto Cláudio assinou, nesta terça-feira (27/11), a ordem de serviço para a construção do Centro Urbano de Cultura, Arte, Ciência e Esporte (Cuca), no Pici. O novo equipamento será construído onde hoje funciona o Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) e o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras, orçadas em R$ 26,3 milhões e com previsão de duração de 18 meses, iniciam-se em dezembro e preveem a substituição das edificações existentes na área, exceto as piscinas, que serão mantidas e passarão por reformas.

O novo Cuca Pici irá oferecer aos moradores da região mais de 7 mil metros quadrados de área destinada a atividades esportivas, educacionais, culturais, artísticas e de entretenimento. Conforme ressaltou o Prefeito, a assinatura da ordem de serviço reuniu os titulares de diversas pastas como Educação, Esportes, Saúde, Juventude, Regional e Governo, o que evidencia a importância do comprometimento da gestão no sentido de mudar a realidade dos jovens da Cidade, prevenindo a violência e dando-lhes condições para um grande futuro. “Nós assumimos o compromisso de ter um Cuca em cada regional. Aqui no Pici, teremos a oportunidade de descobrir e desenvolver o talento de cada jovem, seja na área cultural no esporte ou profissionalmente. O mais importante é que ele estará protegido nesse espaço e, certamente, criará relações sociais positivas e será preparado para exercer um futuro de cidadania”, afirmou Roberto Cláudio.

De acordo com o titular da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas de Juventude, Júlio Brizzi, em 2014 no lançamento da Rede Cuca, existiam cerca de 33 mil vagas em cursos de formação, e atualmente, já são mais de 61 mil. Para ele, este é um momento histórico para Fortaleza, no qual se concretiza uma série de benefícios para toda a população da Regional III. “O Cuca do Pici, além de restaurar a estrutura do Centro Social Urbano César Cals, que já formou milhares de pessoas, terá como diferencial um coworking popular para trabalhar a parte de inovação e tecnologia e empreendedorismo com jovens, uma parte específica para artes marciais, além da areninha já em pleno funcionamento, que irá compor o plano do equipamento", disse o Coordenador.

Estrutura

O projeto prevê a construção de diversos espaços e equipamentos de esporte e lazer, como: quadra poliesportiva coberta com arquibancadas, vestiários feminino e masculino; piscina semiolímpica coberta, teatro e anfiteatro, skatepark; salas de formação artística e educacional; cineclube com 68 lugares; salas de produção de audiovisual; salas administrativas; cantina, banheiros, copas, bicicletário, estação do Bicicletar; ambulatório e salas para coworking, aulas e reuniões. O entorno também passará por melhorias urbanística como nova iluminação, calçadas, paisagismos, bancos e lixeiras.

A Areninha e a praça existentes ao lado de onde funcionará o novo equipamento, serão integradas às atividades do novo CUCA. O próximo Cuca será no bairro José Walter. As obras devem ter início ainda no primeiro semestre de 2019.

Novo posto de saúde

Uma nova Unidade Básica de Saúde (UBS) está sendo construída no bairro Pici, próximo ao prédio do CCDH, onde atualmente funciona o Posto de Saúde César Cals de Oliveira. As obras do novo equipamento de saúde já estão 20% de execução e devem ser entregues até julho de 2019, quando o prédio do antigo posto deixará de funcionar.

O projeto da nova unidade de saúde contempla 728m² de área construída com consultórios médicos e odontológicos, além de farmácia, área de imunização, sala de coleta de exames laboratoriais, raio-x odontológico e recepção.

Publicado em Juventude

várias pessoas num palco
Assinatura da Ordem de Serviço ocorreu nesta quarta-feira (03/10). Obra atende a uma demanda antiga dos moradores, comerciantes e motoristas que trafegam pelo local
O prefeito Roberto Cláudio e o secretário das Cidades do Governo do Ceará, Paulo Henrique Lustosa, assinaram, nesta quarta-feira (03/10), no Pólo de Lazer da Sargento Hermínio, a Ordem de Serviço para a obra de requalificação da Avenida Sargento Hermínio. A obra, que faz parte do programa “Juntos por Fortaleza”, atende a uma demanda antiga dos moradores, comerciantes e motoristas que trafegam pelo local e vai garantir a duplicação do trecho entre as Ruas Olavo Bilac e Padre Anchieta.

A primeira etapa da intervenção já havia duplicado a Avenida Sargento Hermínio entre a Avenida José Jatahy e a Rua Padre Anchieta. A segunda parte da obra, corresponde a duplicação do trecho entre as ruas Olavo Bilac e Padre Anchieta e deve começar ainda nesta primeira quinzena do mês de outubro.

A via que hoje tem uma pista simples e de mão dupla será alargada, passando a ter quatro faixas e uma ciclovia no canteiro central, nos mesmos moldes do primeiro trecho já executado. A previsão para execução da obra é de 18 meses, tendo como previsão final o mês de maio de 2020.

“A obra, agora, vai ser feita num trecho que terá 1,5 km de trecho duplicado, mas teremos uma série de interferências nessa etapa da obra”, explicou o secretário das Cidades do Governo do Estado, Paulo Henrique Lustosa, destacando que será necessário resolver questões de iluminação, de ligação de esgoto e dos dutos da Cegás. “Ainda negociaremos os desvios periódicos e temporários das linhas de ônibus e precisamos contar com o apoio da população porque será necessária muita mudança, mas teremos um bom resultado”, concluiu o secretário.

O valor global dessa etapa da obra de duplicação da Avenida Sargento Hermínio será de R$ 19 milhões. A execução dos serviços deve custar cerca de R$ 7 milhões, com recursos oriundos do Governo do Estado, e o trabalho de demolição e retiradas das interferências no local da obra serão de responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza, com previsão de gastos no valor de R$ 12 milhões. As desapropriações previstas incluem especialmente comércios, jardins e frentes ou recuos de terreno.

“No desenho da obra não há previsão para demolições que desabriguem moradores. Algumas desapropriações já foram pagas e precisamos negociar o restante. Essa obra é essencial para a mobilidade urbana da Cidade, é extremamente importante para a interligação com o lado Oeste de Fortaleza e acompanha as diretrizes do Fortaleza 2040. Ficamos felizes com essa obra porque ela paga uma dívida histórica que temos com a nossa Capital”, destacou o prefeito Roberto Cláudio.

A obra de duplicação da Avenida Sargento Hermínio deve resolver os problemas causados pelo tráfego intenso nas Regionais I e III de Fortaleza. Pela Avenida circulam, por dia, cerca de 15 mil veículos que usam a Sargento Hermínio como via alternativa às Avenidas Bezerra de Menezes e Francisco Sá.

Publicado em Mobilidade

várias pessoas num palco
Durante a inauguração do Ecoponto, o Prefeito declarou que, até o fim de 2018, Fortaleza contará com 60 equipamentos similares
O prefeito Roberto Cláudio inaugurou, na noite desta quinta-feira (27/09), o 49º Ecoponto de Fortaleza. O equipamento, instalado no bairro Amadeu Furtado, é o sexto implantado na Regional III e reforça a política voltada à gestão responsável de resíduos sólidos na Capital. A solenidade de inauguração marcou, ainda, a entrega da reforma da Praça Ari de Sá Cavalcante, onde o Ecoponto foi implantado.

O novo Ecoponto, como os demais, oferece estrutura adequada ao descarte de pequenas proporções de entulho, restos de poda, móveis e estofados velhos, além de óleo de cozinha, papelão, plásticos, vidros e metais. A partir da troca de materiais recicláveis por vantagens do programa Recicla Fortaleza, a população obtém desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único.

Oriundo da parceria entre a Autarquia de Regulação, Fiscalização e Controle de Serviços Públicos de Saneamento Ambiental (ACFor) e a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), o local funciona de segunda-feira a sábado, de 8h às 12h e de 14h às 17h, e está equipado com caçambas para coleta e estrutura administrativa de trabalho para as equipes de limpeza urbana, fiscalização e monitoramento.

Os benefícios provenientes da iniciativa são multisetoriais e, além de estimularem a geração de renda, impactam positivamente a limpeza urbana e a saúde pública. “Todos os Ecopontos, incluindo este, até dezembro, já contarão com o E-carroceiro. Além da troca do lixo reciclável por crédito, a gente vai pagar pelo lixo de entulho, de poda de árvore, de resto de mobília, depositando o valor em um cartão e credenciando os comércios locais. Além de limpar a Cidade e gerar nova renda, a gente vai estimular a economia local”, informou o Prefeito, acrescentando que, até o fim de 2018, Fortaleza contará com 60 equipamentos similares.

Praça Ari de Sá Cavalcante

Também inaugurada nesta quinta-feira, a Praça Ari de Sá Cavalcante recebeu intervenções infraestruturais, equipamentos de ginástica, pintura, mobiliários urbanos e reforma da quadra esportiva.

“O vereador Michel Lins, adotante do espaço, promoveu, junto à comunidade, uma grande reforma, entregando à Cidade de volta um espaço público digno, bacana, para ser utilizado pelas famílias, pela comunidade, pelas crianças e jovens”, afirmou Roberto Cláudio.

A população aprovou as novidades. “A gente espera que o Ecoponto torne esse entorno mais limpo. Aqui, circulam pessoas de todas as idades, estudantes, idosos, famílias. Espero que todos colaborem. Só quem ganha é a população, que, agora, também vai poder aproveitar a nova Praça, que ficou linda e iluminada”, afirmou o vendedor José Éverton Araújo.

Outros 48 Ecopontos já foram implantados e encontram-se em pleno funcionamento, estando distribuídos nos bairros Centro, Barra do Ceará, Cristo Redentor, Vila Velha, Carlito Pamplona, Pirambu, Jacarecanga, Vila do Mar, São João do Tauape, Varjota, Cidade 2000, Praia do Futuro, Vicente Pinzon, Guararapes, Cocó, Luciano Cavalcante, Jóquei Clube, Pici, Autran Nunes, Bairro de Fátima, Vila Peri, Serrinha, Damas, Parangaba, Conjunto Esperança, Conjunto Ceará, José Walter, Aracapé, Granja Portugal, Jardim Cearense, Mondubim, Edson Queiroz, Cidade dos Funcionários, Jangurussu, Parque Dois Irmãos, Messejana, São Bento, Sapiranga, Dias Macedo, Sítio São João, Paupina, João XXIII e Bonsucesso.

Até o fim da gestão do prefeito Roberto Cláudio, a expectativa é de que Fortaleza conte com, pelo menos, um Ecoponto em cada bairro, totalizando 119 equipamentos distribuídos por todas as Regionais.

Recicla Fortaleza tem adesão de mais de 22 mil usuários e gera benefícios totais de quase R$ 500 mil

O programa Recicla Fortaleza dá desconto na conta de energia e crédito no Bilhete Único pela troca de resíduos recicláveis, resultado de parceria entre a Prefeitura de Fortaleza, a Enel Distribuição Ceará (Enel) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus).

A iniciativa já conta com a adesão de cerca de 22 mil usuários, gerando benefícios totais da ordem de R$ 500 mil. Ainda de acordo com o titular da SCSP, João Pupo, a expectativa da Prefeitura é de continuar fomentando a adesão da população à política. “Essa adesão sugere que há fortalezenses que, por exemplo, não pagam mais conta de energia ou fazem todos os seus trajetos em transporte público apenas com os créditos do Bilhete Único. Ainda este ano, a gente pretende passar a trocar lixo reciclável por dinheiro, que poderá ser utilizado em supermercados, feiras ou trocado em caixas eletrônicos. É mais um estímulo que a gente oferece ao aumento da adesão da população à ideia”, reforçou.

Para se ter acesso aos benefícios é simples. Basta que o fortalezense procure um dos Ecopontos mais próximos, levando a conta da Enel ou o Bilhete Único, para fazer o cadastro e receber o cartão Recicla Fortaleza. Daí, é separar os resíduos recicláveis e levá-los até o Ecoponto para pesagem, lembrando de armazená-los sem sobra de alimentos ou produtos para não atrair insetos e gerar mau cheiro.

No Ecoponto, o cidadão confere a tabela de valores dos resíduos recicláveis, pois o crédito será calculado de acordo o peso e os tipos de materiais, levando em consideração as diretrizes mercadológicas.

Materiais que geram crédito no Recicla Fortaleza

Os materiais que vão gerar crédito na conta de energia são vidro, metal, papel, plástico e outros, como na divisão abaixo:

Vidro
- Embalagens de vidro, café solúvel e maionese, e garrafas de cerveja, refrigerantes e aguardente.

Metal (Exceto Cobre)
- Ferros em geral, parafusos, latas de cerveja e refrigerantes, aço inox, antimônio, baterias de carro e moto, chumbo e bronze.

Papel
- Papelão, jornais, livros, cadernos, papel branco e papel misto.

Plástico
- Garrafas de refrigerantes (PET), filme, PVC, mangueira, sacolas, embalagens de água sanitária, margarina e detergente.

Outros
- Óleo de cozinha e embalagens Tetrapak (leite, sucos e achocolatados).

Publicado em Meio ambiente

várias pessoas num palco
"Agora, estamos trazendo de volta este a espaço a comunidade, embelezando, servindo como ponto de referência e melhorando a autoestima da população", declarou o Prefeito durante a inauguração
O prefeito Roberto Cláudio entregou, na noite desta segunda-feira (24/09), a requalificação da Praça Olavo Oliveira. O equipamento, instalado no bairro Quintino Cunha, recebeu, além de intervenções infraestruturais, iluminação em luz branca, pintura, projeto paisagístico, mobiliários urbanos, novo piso e melhorias voltadas à acessibilidade. A iniciativa garante mais uma opção de lazer à população da Regional III.

Equipada com diversas novas estruturas, a Praça fortalece as relações comunitárias. Dentre as novidades oferecidas, está a instalação de aparelhos de ginástica, oriundos do Programa Academia ao Ar Livre; e de parque infantil, fruto do Projeto Praça Amiga da Criança.

“Esta é a prova de que até os pequenos investimentos podem apresentar excelentes resultados. Este era um pedaço abandonado de praça, que acumulava sujeira e escuridão. Agora, estamos trazendo de volta este a espaço a comunidade, embelezando, servindo como ponto de referência e melhorando a autoestima da população, que, agora, deverá zelar e cuidar com carinho”, declarou o Prefeito.

Durante a solenidade de inauguração, que contou com a presença de secretários municipais, lideranças políticas e comunitárias, a população comemorou a renovação pela qual passou o local. “Essa atenção com os espaços públicos têm suma importância no desenvolvimento da Cidade. Como moradora das imediações, eu me sinto presenteada em ver a ocupação saudável desta Praça, além da geração de empregos diretos e indiretos”, avaliou a jornalista Vitória Silva.

O 25º equipamento similar reformado pela Prefeitura de Fortaleza na Regional III fz parte do maior programa de requalificação de praças do Município. “O prefeito Roberto Cláudio tem trabalhado bastante e sido bastante enfático com o seu secretariado para que esses esforços sejam intensificados e que cada vez mais famílias tenham acesso a espaços públicos qualificados”, acrescentou o secretário em exercício da Regional III, Arquimedes Pinheiro.

Nos últimos cinco anos, quase 300 praças foram reformadas em toda a Cidade. Número que representa mais do que a metade do total de praças existentes na Capital.

Publicado em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza entrega, por meio da Secretaria Regional III, nesta segunda-feira (24/09), às 18h, a Praça Olavo Oliveira, no bairro Quintino Cunha, totalmente requalificada. Com a entrega do equipamento, a comunidade passa a contar com Academia ao Ar Livre e parque infantil, do projeto Praça Amiga da Criança.

A praça recebeu novo piso, pintura, melhoria nos meios-fios, novo paisagismo, rampas de acessibilidade, novas lixeiras e bancos, além de iluminação branca, ação que contribui com a segurança pública.

As reformas destas áreas de lazer integram o maior programa de requalificação de praças do Município. Nos últimos cinco anos, a Prefeitura de Fortaleza reformou mais de 250 praças em toda a Cidade. Número que representa mais do que a metade do total de praças existentes na Capital. Com o equipamento que será entregue neste sábado, as comunidades da Regional III contarão com 25 praças reformadas pelo prefeito Roberto Cláudio.

Serviço:
Entrega da Praça Olavo Oliveira
Data: 24/09 (Segunda-feira)
Horário: 18h
Local: Av. da Independência com Rua Carlos Araújo – Quintino Cunha

 

Publicado em Fortaleza
duas pessoas assinam um documento
Assinatura da parceria entre Prefeitura e UFC ocorreu nesta segunda-feira (17/09), na reitoria da Universidade

O prefeito Roberto Cláudio e o reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC) Henry Campos assinaram Termo de Cooperação Técnica entre o Município de Fortaleza e a Universidade para a implantação dos trechos 8, 9 e 10 do Parque Rachel de Queiroz. Localizadas no Campus do Pici Professor Prisco Bezerra, as áreas apreciadas no documento terão uso misto, beneficiando o uso comunitário e científico.

“Esta intervenção é uma ação da Prefeitura Municipal com parceria técnica da UFC, possibilitando a recuperação, descontaminação e revitalização de todos os mananciais hídricos e áreas verdes do Parque Rachel de Queiroz, sendo feito 100% com recursos públicos. A ideia é entregar para a Cidade um parque usufruído por Fortaleza. Dos dez trechos, três estão dentro do Campus do Pici”, afirmou o Prefeito, durante a solenidade na manhã desta segunda-feira (17/09), na Reitoria da UFC.

A assinatura do Termo possibilita a implantação dos trechos localizados na poligonal formada entre as avenidas Coronel Matos Dourado, Mister Hull e Humberto Monte, na área da Regional III. A iniciativa trará melhorias significativas para aquela área verde, que perpassa por 22 bairros de três Regionais (I, III e V).

Henry Campos destacou os benefícios advindo com a parceria. “Vai mudar inteiramente a feição do nosso campus em termo de proteção dos nossos equipamentos. As obras de urbanização também vão criar espaços de lazer, melhorar o acesso à população, que ganhará jardins. Vai possibilitar, ainda, a limpeza do açude Santo Anastácio, que é uma demanda de muitos anos. Tudo isso humanizará a área, sendo uma obra histórica”, disse.

Desde 2014, a Prefeitura de Fortaleza vem implementando o Parque Rachel de Queiroz. No primeiro momento, a administração municipal elaborou projetos e regulamentou o equipamento. A expectativa é que, nesta nova fase, a população possa receber o equipamento por completo, como explicou Águeda Muniz, secretária municipal de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma). “Até o final do ano, teremos a ordem de serviço para o trecho 6, por trás do colégio Santa Isabel. O grande momento são os trechos 8, 9 e 10, por meio dessa parceria com a UFC , que poderemos executar via empréstimo do Banco Mundial”, completou.

O Parque Rachel de Queiroz está inserido no Programa Fortaleza Cidade Sustentável (FCS) que aguarda aprovação do Senado para assinatura do contrato de empréstimo com o Banco Mundial, no valor de 150 milhões de dólares. No total, possui aproximadamente 137 hectares, com 12 quilômetros de extensão. Está dividido em 19 trechos, dos quais os trechos três e quatro receberam requalificação e já foram entregues para a população.

O trecho quatro, no bairro São Gerardo, foi a primeira área requalificada e entregue a população. Após a intervenção, os 335 metros quadrados de área verde contam com quadra de futebol de areia, playground, academia ao ar livre, bancos, pista para cooper, arborização e paisagismo. Já o trecho três, segunda área concluída, corresponde ao Polo de Lazer da Sargento Hermínio. O equipamento recebeu quadra poliesportiva, areninha, novos mobiliários, playgrounds, anfiteatro, espaços para a prática de parkour, bicicross, capoeira e corrida. Além de nova iluminação e pista de skate.

Publicado em Meio ambiente

prefeito roberto cláudio conversa com duas operárias da obra do IJF
Atualmente, cerca de 45% da obra está pronta e a entrega total está prevista para o final de 2019
O prefeito Roberto Cláudio, acompanhado das secretárias da Saúde, Joana Maciel, e da Infraestrutura, Manoela Nogueira, visitou nesta segunda-feira (03/09), as obras do Instituto Doutor José Frota 2.

O térreo da unidade que contém 59 leitos está em fase final de acabamento para, ainda em setembro, iniciar o atendimento aos pacientes e, assim, zerar os leitos de corredor do Hospital.

“Essa é uma obra de grande valor humano em virtude da importância regional do IJF, já que ele recebe pacientes de todo o Ceará. A entrega colocará fim a angústia e a desumanidade das pessoas que passam dias a espera de uma cirurgia ou internamento em condições ideais”, pontuou Roberto Cláudio.

Do total de pacientes atendidos na unidade, cerca de 51% são da Região Metropolitana e interior do Estado e 49% são de Fortaleza. A previsão é de que até o final do ano, o primeiro andar do IJF2 também seja entregue totalizando assim, cerca de 130 leitos que contribuirão para aumentar a capacidade clínica e cirúrgica do hospital, especialmente na urgência e emergência.

Atualmente, cerca de 45% da obra está pronta e a entrega total está prevista para o final de 2019. Os próximos serviços incluem a finalização das instalações, do elevador e da passarela que interliga as duas unidades. Quando concluída a intervenção, serão ao todo 664 leitos, além de novas salas cirúrgicas e central de exames especializados.

Só em leitos de UTI (Unidades de Terapia Intensiva), o acréscimo será de 91%. Em leitos de pós-operatório, o aumento será de 82%. As enfermarias também serão reforçadas com uma ampliação de 41% no número de leitos.

O IJF2 é resultado de uma parceria entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Estado. A unidade amplia em 13.237m² o complexo hospitalar. Dotado de cinco pavimentos, o novo prédio terá duas guaritas, estacionamentos em subsolo, área de convivência, enfermarias, UTIs, Centros Cirúrgicos e salas de recuperação pós-anestésica. A estrutura também permitirá a instalação dos novos serviços de Ressonância Magnética e Hemodinâmica, hoje inexistentes no IJF e de grande importância para o tratamento de vítimas de traumas graves.

Em paralelo a obra, 591 novos profissionais de saúde irão compor o quadro do IJF2. As equipes multiprofissionais serão reforçadas com cargos de nível superior e técnico.

várias pessoas andando no meio de um canteiro de obras
As 240 unidades da primeira etapa do Vila do Mar serão entregues em outubro

Vila do Mar

Em seguida, o prefeito Roberto Cláudio visitou as obras habitacionais do Vila do Mar III, projeto do antigo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento). As 240 unidades da primeira etapa do empreendimento serão entregues em outubro. No fim do ano, os outros 260 apartamentos também ficarão prontos. O conjunto habitacional reassentará famílias da área de risco do litoral Oeste da Cidade.

Publicado em Infraestrutura
Página 1 de 5